Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Mas que droga!!

INTERESSES ESPÚRIOS

Vejamos: o ópio vem da papoula (gênero Papaver); a cocaína, de um arbusto chamado Erythroxylum coca; a maconha, da erva Cannabis sativa. E assim por diante.
Perceberam que as drogas provêm dos vegetais. Para se produzir tantas toneladas delas, são necessárias imensas plantações, que seriam facilmente encontradas. Eu disse “seriam” se houvesse um mínimo de boa vontade por parte do poder vigente no mundo.
Todos nós conhecemos os grandes satélites que fotografam a superfície terrestre. Creio que a maioria já viu fotos de enorme nitidez de cidades inteiras, casa por casa. Vários desses satélites são tão precisos que você pode ver uma telha rachada no seu telhado. Pergunto: por que raios não usam os serviços desses satélites para detectar as gigantescas plantações desses vegetais citados acima? Não seria incrivelmente simples? E seria em qualquer lugar do globo terrestre!!
Repito a questão: POR QUE NÃO USAM?!? Na minha canhestra visão, fica claro o espúrio envolvimento do verdadeiro poder no mundo (que vive nos bastidores). As drogas fazem essencialmente duas coisas a esses Grandes Corruptores: primeiro, dão um brutal lucro financeiro; segundo, asseguram uma super e eficiente dominação da “massa anencéfala” da população mundial. Afinal, quem é que consegue racionalizar, produzir e progredir estando constantemente dopado?
E a grande maioria, que se mantém afastada, avessa e consciente da podridão das drogas, fica refém de todos os problemas que os viciados acarretam para a sociedade, em especial, a violência. Quanto mais o povo perder tempo focando suas atenção e energia nesse problema imputado, incentivado e financiado pela Grande Corrupção do Mundo, menos condição terá de melhorar de vida.
Não estou (DE MANEIRA NENHUMA!) propalando a idéia de abandonar os pobres coitados que caíram nessa situação dantesca do vício à sua própria sorte. A grande (e, até, simples) solução seria acabar com a produção dos entorpecentes. Com o auxílio desses “satélites-espiões”, 80% das drogas no mundo seriam tiradas de circulação, visto que nem seriam produzidas. Os 20% restantes (posso até imaginar a cena patética...) seriam disputados a tapa e a tiro pelos viciados e teriam preços exorbitantes (Lei da oferta e da procura). Estes fatos os deixariam expostos, permitindo maior controle e gradativa cura.
Alguns, talvez, pensarão: “É a Pedra Filosofal!”. Eu penso que é um promissor começo. Depende fundamentalmente de todos nós nos empenharmos, fazermos nossa parte de proteger nossos queridos, denunciar os iníquos e orientar os perdidos. Sempre as palavras mágicas: UNIÃO, FRATERNIDADE E FAMÍLIA! Praticando elas a cada momento, dará gosto ser chamado de SER HUMANO.
PS – O poder constituído também deveria fazer sua parte. Afinal, recursos (advindos dos impostos!) para isso não faltam!... Boa vontade,... Aí, é outro papo!...
FAB29

Nenhum comentário:

Postar um comentário