Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Você já foi à lua? O Homem também não!...

Amigos e amigas.
Eu sou um cético, pois não consigo aceitar as coisas que se mostram impossíveis. A ida do homem à lua, HOJE EM DIA, é uma remotíssima possibilidade. Em 1969, IMPOSSIBILIDADE TOTAL!

Eu pesquisei um bocado para saber se já existe alguma indumentária capaz de suportar os TRÊS RIGORES LUNARES:
1- A ausência de pressão atmosférica;
2- Os extremos de temperatura (110°C no dia lunar e -150°C na noite lunar, variando super rápido);
3- O (quase) inconcebível nível de radiação solar que bombardeia a desprotegida face da lua.
Não achei tal informação.

Não existem até hoje filmes que suportem tais rigores. Então, como foi possível filmar e fotografar com tamanha precisão e nitidez? Os astronautas usavam luvas supergrossas e as câmeras estavam presas em seus peitos. E olhem que eles fotografaram e filmaram o próprio pé fazendo marcas na areia!

Quem tenta fotografar hoje em dia com CÂMERAS DIGITAIS, cheias de tecnologia e facilidades, sabe o quanto é complicado acertar uma foto do nível das tiradas na lua.

Há dezenas de perguntas e dúvidas muito procedentes que a NASA e seus defensores desdenham, ironizam e até atacam, dizendo ser conspiração contra ela.

Um outro fato interessante foi aventado por um brasileiro, Sr. Davino Servídio, que afirma que Copérnico errou (Escrevi sobre isto aqui: http://fab29-palavralivre.blogspot.com.br/2013/07/copernico-errou-revisitado.html) ao afirmar que a Terra gira em torno do Sol.

Ele propõe um teste: fique em um ponto sobre a linha do Equador. À meia noite de 21 de março, localize a constelação das Três Marias e marque sua posição. Em 21 de setembro, também à meia noite, volte ao mesmo ponto e localize as Três Marias. Segundo ele, ela estará NO MESMO LUGAR NO CÉU.

E isso seria TOTALMENTE IMPOSSÍVEL se houvesse o movimento de translação.

Detalhe importantíssimo: Se ficar provado que a Terra NÃO GIRA em torno do Sol, ficará provado por A + B que a viagem à lua foi uma farsa, porque um dos alicerces dela é uma infinidade de cálculos que "foram feitos" para acertar cada detalhe da trajetória da nave. Assim: imagine-se girando num carrossel (a Terra) e há uma lata de lixo (a lua) num carro girando junto ao carrossel. Imagine a sua dificuldade de acertar uma pedra (o foguete) na lata. Muitos desses cálculos são baseados na translação, que era um fator primordial e determinante para a dita "viagem".

Seguem abaixo, algumas fotos oficiais do 'homem na lua'. Esse 'módulo lunar' me é, no mínimo, ridículo. E as fotos são perfeitas demais para um amador numa situação tão extrema.




Cada um crê no que quiser. Pra mim, o 'homem na lua' não passou de (mais uma) patacoada norte-americana. E, se você quiser ver a NASA entregando o ouro da sua incompetência, veja AQUI.
FAB29

Adendo: vejam abaixo duas fotos da NASA. Na primeira, vemos a Terra vista da Lua. Notem duas coisas: primeiro, o céu com três tonalidades recortadas. Uma, azul escuro; outra, negra; e, ao redor da Terra, cinza escuro. E, em segundo, o tamanho da Terra. Sabemos que o diâmetro da Terra é quase quatro vezes maior que o da Lua. Logo, a Terra vista da Lua deveria ser muito maior que a Lua vista da Terra.
Comparem com a segunda foto, tirada pelo satélite DSCOVR, mostrando o lado escuro da Lua e a Terra ao fundo. Alguma dúvida da fraude do homem na Lua?

Resultado de imagem para foto na lua

Resultado de imagem para foto terra lua

11 comentários:

  1. Camarada, acompanho o seu blog e seus comentários no inacreditavel, mas nesse caso acho que a tese de que o homem não foi à Lua não procede. Até mesmo o Rudolf escreveu sobre isso e chegou a visitar um grande centro aeroespacial, e ficou convencido de que a viagem foi real:

    http://www.vho.org/tr/2003/1/Rudolf75-81.html

    Ele fez considerações técnicas bastante interessantes. Quanto ao módulo lunar, ele tinha toda a capacidade de aterrisar e decolar da Lua, pois lá a velocidade de escape é bem menor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Colega, eu também já li muito sobre isso e considerei, desconsiderei e reconsiderei um monte de coisas a esse respeito. Bem no fundo, eu acredito que essa viagem seja possível HOJE EM DIA. Mas lá em 1969 até 1972 (num total de SEIS viagens bem sucedidas!!), eu não consigo ver um mínimo de possibilidade. Darei uma olhada no link que me passou.

      Há tanta discrepância e impossibilidades nessas "viagens" quanto na história do holocausto. Você conhece esta história?
      http://fab29-palavralivre.blogspot.com.br/2012/05/cara-de-pau-ou-o-que.html

      Mas sua crença tem meu total respeito. Gostaria de conseguir crer assim.
      Abraço.

      Excluir
  2. Seria interessante verificar quanto, para qual empresas e a quem elas pertencem o contribuinte americano pagou por isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Interessante, mesmo, mas e condições (além de estômago) pra tanto?

      Excluir
  3. Século 20, o século das fraudes.

    Cobalto

    ResponderExcluir
  4. Essa última foto é muito na cara que é uma luz de estúdio. Muitíssimo parecido com aquelas luzes de estúdios.

    Cobalto

    ResponderExcluir
  5. Acho que o Sr. esta totalmente equivocado.

    Alias, qual seria então sua teoria caso Copérnico estivesse errado? Teoria provada matematicamente e não por suposições suas ou de qualquer outra pessoa. Só assim o Sr. teria credibilidade em seu questionamento.

    A busca da verdade é uma virtude, apenas questionar é ignorância.

    Desejo sucesso em suas pesquisas.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato, posso estar todo equivocado. Porém, a Ciência já teve quase cinco séculos para comprovar a TEORIA de Copérnico e transformá-la em LEI, como nos casos de Newton e Mendel.
      Eu tenho minha LEIGA teoria, mas antes, peço que você leia este link e dê sua opinião lá sobre ele:
      http://fab29-palavralivre.blogspot.com.br/2013/07/copernico-errou-revisitado.html

      Abraço.

      Excluir
  6. As fotos do solo lunar mostra-se "grumoso". Ora, grumos são terra aglutinada em volta de umidade. Como pode haver grumos no solo lunar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esta é MAIS UMA discrepância que salta aos olhos, mas a maioria continua crendo que não foram enganados.

      Devagarzinho, quem sabe...?

      Excluir
  7. Comentário enviado a mim por e-mail por Vapera:

    "Caros, discorrerei sobre luz especular, a luz rebatida.

    Tal luz é impossível de acontecer no vácuo, pois não há partículas para rebate-la.

    No vácuo o que está na sombra fica INVISÍVEL pois não há luz especular, e em todas as fotos a parte na sombra está visível!

    Ou a lua tem atmosfera ou os excremas não foram à lua, simples assim!

    Façam experiências com softwares 3D para entender o que digo, de preferência um antigo, como um 3Dstudio R2 por exemplo, neles os algoritmos simuladores de atmosfera eram toscos e SEMPRE as renderizações adquiriam aquele jeito de espaço sem luz especular, e temos nesse caso o mesmo efeito que fotografias no vácuo.

     

    Pelas IMPOSSIBILIDADES da lua, por exemplo: a sua órbita sincrônica que só permite que vejamos um lado é uma clara prova de que tal corpo é ARTIFICIAL.

    Entendendo que a cada grande terremoto a Terra reduz ou acelera sua rotação, fica evidente que a lua só pode se manter com giro sincrônico se houver ajustes pontuais!

    Afinal uma diferença de giro de 1 seg. por dia é suficiente para dessincronizar e em poucos anos (60) teremos a total dessincronia de giro.

    Entendo esse corpo como a casa grande, a casa do capataz da "granja de humanos", e por conta disso, só vemos o lado "desabitado". E claro, entendo selenitas como deus, o tal ente que fez o adestrador de humanos mais eficaz, o tal cristo.

    As análises postas foram bastante pertinentes, entretanto temos uma fragilidade, o solo grumoso é possível na ausência de umidade, pois a eletricidade estática influência na aglutinação e como não se sabe o tipo de eletricidade lunar fica difícil auferir tal fato. Sobretudo porque a pressão da bota gera eletricidade, e se o solo for de material piezoeletrico a coisa se complica ainda mais.

    Observo também que a águia não tem possibilidade de voar, mesmo em baixa gravidade, pois a própria forma dela gera momentos de torque que obrigariam que ela tivesse uma estrutura muito pesada pelo excesso de reforços estruturais.

    Não há o buraco feito pelo jato embaixo dela e se o solo é o mesmo comprimido pela bota, teria que haver uma cratera embaixo dela.

    E mais, dependendo do combustível da águia os residuos da queima seriam muito evidentes.

    Não é que a lua seja inalcançável, mas sim PROIBIDA!

    Abraços"

    ResponderExcluir