Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


terça-feira, 31 de janeiro de 2012

TAPANACARA!

Amigos e amigas.
Não resisti em postar esta bofetada.
É claro que, na prática, não terá muito efeito, visto quem é o adversário. Mas que é muito bom deixar "O IMPÉRIO" numa saia justa, isto é!!
FAB29

Durante debate em uma universidade, nos Estados Unidos, o ex-governador do DF, ex-ministro da educação e atual senador CRISTOVAM BUARQUE foi questionado sobre o que pensava da internacionalização da Amazônia. O jovem americano introduziu sua pergunta dizendo que esperava a resposta de um Humanista e não de um brasileiro.
Esta foi a resposta do Sr. Cristóvam Buarque:

"De fato, como brasileiro, eu simplesmente falaria contra a  internacionalização da Amazônia. Por mais que nossos governos não tenham o devido cuidado com esse patrimônio, ele é nosso.
Como humanista, sentindo o risco da degradação ambiental que sofre a Amazônia, posso imaginar a sua internacionalização, como também de  tudo o mais que tem importância para a humanidade.

Se a Amazônia, sob uma ética humanista, deve ser internacionalizada, internacionalizemos também as reservas de petróleo do mundo inteiro. O petróleo é tão importante para o bem-estar da humanidade quanto a Amazônia para o nosso futuro. Apesar disso, os donos das reservas sentem-se no direito de aumentar ou diminuir a extração de petróleo e subir ou não o seu preço.
 
Da mesma forma, o capital financeiro dos países ricos deveria ser  internacionalizado. Se a Amazônia é uma reserva para todos os seres humanos, ela não pode ser queimada pela vontade de um dono, ou de um país.
Queimar a Amazônia é tão grave quanto o desemprego provocado pelas  decisões arbitrárias dos especuladores globais. Não podemos deixar que as reservas financeiras sirvam para queimar países inteiros na volúpia da especulação.

Antes mesmo da Amazônia, eu gostaria de ver a internacionalização de todos os grandes museus do mundo. O Louvre não deve pertencer apenas à França. Cada museu do mundo é guardião das mais belas peças produzidas pelo gênio humano. Não se pode deixar esse patrimônio cultural, como o patrimônio natural Amazônico, seja manipulado e instruído pelo gosto de um proprietário ou de um país. Não faz muito, um milionário japonês decidiu enterrar com ele um quadro de um grande mestre. Antes disso, aquele quadro deveria ter sido internacionalizado.
 
Durante este encontro, as Nações Unidas estão realizando o Fórum do Milênio, mas alguns presidentes de países tiveram dificuldades em comparecer por constrangimentos na fronteira dos EUA. Por isso, eu acho que Nova York, como sede das Nações Unidas, deve ser internacionalizada. Pelo menos, Manhattan deveria pertencer a toda a humanidade. Assim como Paris, Veneza, Roma, Londres, Rio de Janeiro, Brasília, Recife, cada cidade,  com sua beleza específica, sua historia do mundo, deveria pertencer ao mundo inteiro.

Se os EUA querem internacionalizar a Amazônia, pelo risco de deixá-la nas mãos de brasileiros, internacionalizemos todos os arsenais nucleares dos EUA. Até porque eles já demonstraram que são capazes de usar essas armas, provocando uma destruição milhares de vezes maiores do que as lamentáveis queimadas feitas nas florestas do Brasil.
 
Defendo a idéia de internacionalizar as reservas florestais do mundo em troca da dívida. Comecemos usando essa dívida para garantir que cada criança do mundo tenha a possibilidade de COMER e de ir à escola. Internacionalizemos as crianças, tratando-as, todas elas, não importando o país onde nasceram, como patrimônio que merece cuidados  do mundo inteiro.
 
Como humanista, aceito defender a internacionalização do mundo. Mas, enquanto o mundo me tratar como brasileiro, lutarei para que a Amazônia seja nossa. Só nossa!"

Mundo, vasto mundo!

Amigos e amigas.
Todos nós temos histórias próprias ou conhecidas de incríveis coincidências. Muitas são hilárias, outras são tenebrosas.
Vejam abaixo algumas relacionadas a fatos e/ou personagens históricos.
FAB29


A MALDIÇÃO DO PORSCHE

Em setembro de 1955, James Dean perdeu a vida em um acidente de carro enquanto dirigia seu Porsche. Depois do ocorrido, uma maldição entrou em curso:
- Quando o carro foi rebocado do local do acidente e levado a uma garagem, o motor escorregou e caiu sobre um mecânico, aleijando-o;
- Mais tarde, o motor foi comprado por um médico que o colocou em seu carro de corridas e faleceu logo depois que uma corrida começou. O mesmo ocorreu com outro piloto na mesma corrida. Seu carro usava o eixo cardã do carro de Dean;
- A garagem onde o Porsche foi reparado posteriormente foi destruída por um incêndio.
- Mais tarde, o carro foi exibido em Sacramento (EUA). Sem motivo aparente, a armação onde estava quebrou e feriu gravemente um adolescente;
- No Oregon, o trailer em que o carro estava sendo exibido soltou-se, deslizou e destruiu a fachada de uma loja.
- Finalmente, em 1959, o carro misteriosamente se quebrou em onze pedaços enquanto estava suspenso em um suporte de aço.

O ASSASSINATO TARDIO

Henry Ziegland pensou que havia driblado o destino. Em 1883, sua namorada tirou a própria vida após ele ter terminado o relacionamento. O irmão da moça, enfurecido, caçou Henry e deu um tiro nele. Acreditando que havia dado cabo de Henry, o rapaz apontou a arma para a própria cabeça e acabou com a própria vida. Mas Henry não havia falecido, pois a bala o havia atingido de raspão no rosto e se alojou em uma grande árvore. Tudo levou a crer que ele era um homem de sorte.
Anos depois, Henry decidiu cortar a grande árvore, que ainda tinha a bala em seu interior. A tarefa parecia tão formidável que ele decidiu explodi-la com algumas bananas de dinamite. A explosão propeliu a bala exatamente na cabeça de Henry, que, desta vez, não escapou.

GASTRONOMIA FUNESTA

No século 19, o famoso escritor de terror Edgar Allan Poe escreveu um livro chamado “O relato de Arthur Gordon Pym”. Era sobre náufragos sobreviventes que ficaram muitos dias em um bote em mar aberto antes de decidirem “abater” e devorar o camareiro, que se chamava Richard Parker.
46 anos mais tarde, em 1884, uma embarcação chamada Mignonette afundou com apenas quatro sobreviventes que também ficaram em um bote em mar aberto por muitos dias. Quando o desespero da fome atingiu um nível insuportável, os três membros mais experientes da equipe fizeram o mesmo que os personagens daquele livro e devoraram o camareiro... que se chamava Richard Parker.

COINCIDÊNCIA TITÂNICA

Em 1898, o autor inglês de ficção científica Morgan Robertson publicou o romance “Futilidades”, editado em Londres. A obra, a começar pelo título, descreve o modo de vida da elite da época, em que os ricos possuíam empregados pessoais, os homens envergavam casacas em jantares suntuosos e as mulheres viajavam com baús repletos de jóias e roupas. Robertson conta a história da viagem inaugural do maior transatlântico jamais construído, considerado “inafundável”, que, em uma fria noite de abril, choca-se com um iceberg e afunda.
- Poucos passageiros conseguem salvar-se, pois havia quantidade insuficiente de botes salva-vidas (24);
- O nome do navio gigantesco era Titan;
- Ele media 240 metros, pesando 70 mil toneladas;
- Comportava três mil passageiros;
- O mês do afundamento foi abril;

Passados 14 anos do livro de ficção de Robertson, o Titanic afunda:
- Havia apenas 20 botes salva-vidas;
- O Titanic tinha 271 metros, pesando 60 mil toneladas;
- 2.228 passageiros;
- Os dois tinham três hélices propulsoras;
- Ambos trombaram com um iceberg na mesma localidade;
- O mês do afundamento foi abril;

HERANÇA MALDITA

Em 1858, Robert Fallon foi morto em um ato de vingança de seus parceiros de poker, que disseram que ele ganhara US$ 600 trapaceando. Com o assento de Fallon vazio e ninguém interessado em pegar os US$ 600 considerados “malditos”, eles encontraram outro jogador para assumir o seu lugar e deram o dinheiro do homem morto para ele utilizar no jogo.
Quando a polícia chegou para investigar o ocorrido, o novo jogador havia transformado os US$ 600 em US$ 2.200. A polícia exigiu que os US$ 600 originais fossem passados aos herdeiros de Fallon. Após rápida pesquisa, descobriram que Fallon tinha um único filho: justamente o novo jogador, que estava na cidade à procura do pai que não via havia sete anos;

SÓSIAS EM TUDO

Em Monza, Itália, o rei Umberto I foi a um pequeno restaurante para jantar, acompanhado de seu assistente, o General Emilio Ponzia-Vaglia. Quando o dono do restaurante anotou o pedido do rei, ele notou que o rei e ele próprio eram praticamente sósias, tanto no rosto como fisicamente. Ambos começaram a conversar sobre as incríveis similaridades entre si e descobriram também:
- Ambos nasceram na mesma data (14 de março de 1844);
- Também nasceram na mesma cidade;
- Casaram-se com mulheres com o mesmo nome: Margherita;
- No mesmo dia da coroação do Rei Umberto como soberano da Itália, o outro homem havia aberto seu restaurante;
- Em 29 de julho de 1900, o rei foi informado que o outro homem havia falecido em um misterioso tiroteio. Quando ele expressou em público o seu pesar, foi morto por um anarquista na multidão.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

O mundo Calvínico 2

Amigos e amigas.
Esta primeira sequência mostra Calvin "lutando contra sua natureza" e, na próxima, sua ternura.
Por essas e várias outras é que o "Mundo Calvínico" é muito o meu próprio.
FAB29













sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Talmud de Jmmanuel 10

Amigos e amigas.
Neste capítulo, Jmmanuel se concentra em exortar seus discípulos a não serem pervertidos pelos maus e falsos ensinamentos, além de combaterem a perfídia e a hipocrisia.
FAB29.
Capítulo 10
Nomeação dos Discípulos
TJ 10:1 E ele chamou os seus doze discípulos até ele e lhes deu o conhecimento para controlar os espíritos impuros, para que eles pudessem expulsá-los e curarem todas as doenças e enfermidades.
Mat. 10:1 E, chamando a si os seus doze discípulos, deu-lhes autoridade sobre os espíritos imundos, para expulsarem, e para curarem toda sorte de doenças e enfermidades.

TJ 10:2 Estes são os nomes dos doze discípulos: Simão, chamado Pedro, e André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão;
Mat. 10:2 Ora, os nomes dos doze apóstolos são estes: primeiro, Simão, chamado Pedro, e André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão;

TJ 10:3 Filipe e Bartolomeu, Tomé e Mateus, o coletor de impostos; Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu;
Mat. 10:3 Felipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o publicano; Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu;

TJ 10:4 Simão Cananeu, e Judas Iscariotes, o único, além de Jmmanuel, que entendia caligrafia.
Mat. 10:4 Simão Cananeu, e Judas Iscariotes, aquele que o traiu.

TJ 10:5 Jmmanuel enviou estes doze, e lhes ordenou, dizendo: Não ireis pelas ruas de Israel, e não ireis aos escribas e Fariseus, mas ireis para as cidades dos samaritanos e aos ignorantes em todas as partes do mundo.
Mat. 10:5 A estes doze enviou Jesus, e ordenou-lhes, dizendo: Não ireis aos gentios, nem entrareis em cidade de samaritanos;
TJ 10:6 Uma vez em que eu houver vos deixado, ireis àqueles aos quais faltam a compreensão, aos adoradores de ídolos, e aos ignorantes, porque eles não pertencem à casa de Israel, que trará a morte e o derramamento de sangue para o mundo.
Mat. 10:6 mas ide antes às ovelhas perdidas da casa de Israel;

TJ 10:7 Ide, e pregai, e dizei: As leis da natureza são as leis da Criação, e o poder do espírito Criacional dentro dos seres humanos personifica a vida.
Mat. 10:7 e indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus.

TJ 10:8 Curai os doentes, ressuscitai os mortos, limpai os leprosos, expulsai os maus espíritos. Porque recebestes sem ter que pagar, dai portanto, sem compensação.
Mat. 10:8 Curai os enfermos, ressuscitai os mortos, limpai os leprosos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai.

TJ 10:9 Não deveis ajuntar ouro, prata ou cobre em vossos cintos.
Mat. 10:9 Não vos provereis de ouro, nem de prata, nem de cobre, em vossos cintos;

TJ 10:10 Também, em vossas viagens não deveis carregar grandes alforjes convosco onde carregar alimento, água, e vestimenta.
Mat. 10:10 nem de alforje para o caminho, nem de duas túnicas, nem de alparcas, nem de bordão; porque digno é o trabalhador do seu alimento.

TJ 10:11 Segui o vosso caminho apenas com o essencial para comer e dormir, para que possais manter o vosso asseio, e para uma muda de roupa.
TJ 10:12 Jamais carregueis muito convosco, porque ireis apenas sobrecarregar-vos e vos tornareis vitimas dos salteadores nas estradas.
TJ 10:13 Além disso, lembrai-vos, todo trabalho é digno de sua recompensa e não passareis necessidades se vós diligentemente pregais e ensinais o verdadeiro conhecimento.
TJ 10:14 Quando irdes para uma cidade ou vila, perguntai se há ali alguém digno; e ficai com ele até vós partirdes.
Mat. 10:11 Em qualquer cidade ou aldeia em que entrardes, procurai saber quem nela é digno, e hospedai-vos aí até que vos retireis.

TJ 10:15 E quando entrardes em uma casa, saudai-a.
Mat. 10:12 E, ao entrardes na casa, saudai-a;

TJ 10:16 Se a casa for digna, vossa paz passará aos ocupantes. Mas se esta não for digna, a vossa paz retornará para vós.
Mat. 10:13 se a casa for digna, desça sobre ela a vossa paz; mas, se não for digna, torne para vós a vossa paz.

TJ 10:17 E se alguém não vos acolher e não ouvir as vossas palavras, deixai aquela casa ou aquela cidade e sacudi a poeira de vossos pés.
Mat. 10:14 E, se ninguém vos receber, nem ouvir as vossas palavras, saindo daquela casa ou daquela cidade, sacudi o pó dos vossos pés.

TJ 10:18 Em verdade, eu vos digo, não fiqueis em tais lugares, porque são a morada dos ignorantes e do mal; as pessoas dali não irão reconhecer as palavras da verdade e do conhecimento.
Mat. 10:15 Em verdade vos digo que, no dia do juízo, haverá menos rigor para a terra de Sodoma e Gomorra do que para aquela cidade.

TJ 10:19 Fujais destes lugares, pois seus habitantes são desleais para a Criação e as leis da natureza; as pessoas aí adoram templos, falsos deuses e ídolos, mas não a Criação, e nem seguem as suas leis.
TJ 10:20 Fujais destes lugares, porque as pessoas dali tentarão tirar as vossas vidas, pois eles não querem abandonar os seus falsos ensinamentos.
TJ 10:21 Fujais destas pessoas injustas, porque não deveis perder as vossas vidas pelo bem da verdade e do conhecimento. Nenhuma lei requer isto de vós, e nem há nenhuma lei que endosse tal negligência.
TJ 10:22 Em verdade, eu vos digo, muitos, contudo, irão perecer e derramarão seu sangue na areia, porque mais tarde meus ensinamentos se transformarão em falsos ensinamentos, que eu nunca preguei, e que se originam das mentes dos escribas e dos sacerdotes.
TJ 10:23 Por isso eles terão o povo sob o seu controle através da crença em seus falsos ensinamentos, de modo a roubar-lhes os seus bens e pertences.
TJ 10:24 Por todo o mundo haverá choro e ranger de dentes quando o sangue jorrar daqueles que transformaram os meus ensinamentos de sabedoria e conhecimento em falsos ensinamentos através da sedução maléfica, daqueles que crêem e advogam estes falsos ensinamentos – ensinamentos que certamente não são meus.
TJ 10:25 Muitos destes falsos crentes perderão as suas vidas, incluindo muitos israelitas, que nunca encontrarão a sua paz até o fim do mundo, porque são ignorantes e sem sapiência e negam o poder do espírito, do amor, e do conhecimento.
TJ 10:26 Em verdade eu vos digo, os povos de Israel nunca foram um povo distinto, e eles sempre viveram por meio do assassinato, do roubo, e do fogo. Eles obtiveram a posse destas terras através da fraude e do assassinato em guerras repreensivas e predatórias, onde os melhores dos amigos foram massacrados como animais selvagens.
TJ 10:27 Que o povo de Israel seja amaldiçoado até o fim do mundo, e que nunca encontrem a paz.
TJ 10:28 Vede! Tal como cordeiros dentre o lobos, eu vos envio dentre os ignorantes e os idólatras. Por isso, sejais espertos como as serpentes e inocentes como as pombas.
Mat. 10:16 Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes e simples como as pombas.

TJ 10:29 Mas acautelai-vos com o povo, porque ele vos entregará às cortes e vos açoitará nas suas sinagogas.
Mat. 10:17 Acautelai-vos dos homens; porque eles vos entregarão aos sinédrios, e vos açoitarão nas suas sinagogas;

TJ 10:30 E, sereis levados diante de soberanos e reis por causa dos meus ensinamentos, como testemunho à eles e para todos os povos ignorantes.
Mat. 10:18 e por minha causa sereis levados à presença dos governadores e dos reis, para lhes servir de testemunho, a eles e aos gentios.

TJ 10:31 Se não puderdes fugir e eles vos entregarem às cortes, não vos preocupeis; o poder do vosso espírito não vos deixará, e vosso conhecimento irá dizer-vos o que devereis dizer.
Mat. 10:19 Mas, quando vos entregarem, não cuideis de como, ou o que haveis de falar; porque naquela hora vos será dado o que haveis de dizer.

TJ 10:32 Não sereis vós quem falareis, mas o poder de vosso espírito com o seu conhecimento.
Mat. 10:20 Porque não sois vós que falais, mas o Espírito de vosso Pai é que fala em vós.

TJ 10:33 E sereis odiados por causa dos meus ensinamentos, Mas aqueles que perseverarem até o fim serão grandes.
Mat. 10:21 Um irmão entregará à morte a seu irmão, e um pai a seu filho; e filhos se levantarão contra os pais e os matarão.
Mat. 10: 22 E sereis odiados de todos por causa do meu nome, mas aquele que perseverar até o fim, esse será salvo.

TJ 10:34 Quando vos perseguirem em uma cidade, fujais portanto, para outra.
Mat. 10:23 Quando, porém, vos perseguirem numa cidade, fugi para outra; porque em verdade vos digo que não acabareis de percorrer as cidades de Israel antes que venha o Filho do homem. 

TJ 10:35 Não vos envolvais em problemas com as cidades de Israel, pois em verdade eu vos digo, não chegareis a lugar algum com os povos de Israel até o fim do mundo.
TJ 10:36 O discípulo jamais está acima do mestre, e nem o criado acima de seu senhor.
Mat. 10:24 Não é o discípulo mais do que o seu mestre, nem o servo mais do que o seu senhor.

TJ 10:37 Já é o bastante para o discípulo ser como o seu mestre e o criado como o seu senhor.
TJ 10:38 Se eles chamam ao pai de família de Belzebu, o quanto mais irão eles caluniarem os seus domésticos?
Mat. 10:25 Basta ao discípulo ser como seu mestre, e ao servo como seu senhor. Se chamaram Belzebu ao dono da casa, quanto mais aos seus domésticos?

TJ 10:39 Por isso, tendes cuidado com Israel, pois este é como uma pústula em ebulição.
TJ 10:40 Portanto, não os temais, porque nada existe que esteja oculto que não será revelado e nenhum segredo há que não será conhecido.
Mat. 10:26 Portanto, não os temais; porque nada há encoberto que não haja de ser descoberto, nem oculto que não haja de ser conhecido.

TJ 10:41 O que vos digo na escuridão, dizei-o ás claras, e o que é cochichado em vosso ouvido, proclamai-o do alto dos telhados.
Mat. 10:27 O que vos digo às escuras, dizei-o às claras; e o que escutais ao ouvido, dos eirados pregai-o.

TJ 10:42 Não temais a calúnia maligna, nem temais aqueles que vos tirais a vida e o membro.
Mat. 10:28 E não temais os que matam o corpo, e não podem matar a alma; temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno tanto a alma como o corpo.
Mat. 10:29 Não se vendem dois passarinhos por um asse? e nenhum deles cairá em terra sem a vontade de vosso Pai.
Mat. 10:30 E até mesmo os cabelos da vossa cabeça estão todos contados
Mat. 10:31 Não temais, pois; mais valeis vós do que muitos passarinhos.
Mat. 10:32 Portanto, todo aquele que me confessar diante dos homens, também eu confessarei diante de meu Pai, que está nos céus.
Mat. 10:33 Mas qualquer que me negar diante dos homens, também eu o negarei diante de meu Pai, que está nos céus. 

TJ 10:43 Não penseis que vim trazer a paz sobre a Terra.
Mat. 10:34 Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada.

TJ 10:44 Em verdade, eu não vim trazer a paz, mas a espada do conhecimento sobre o poder do espírito, que habita dentro do ser humano.
TJ 10:45 Pois eu vim trazer a sabedoria e o conhecimento e provocar a
humanidade: o filho contra o seu pai, a filha contra a sua mãe, a nora contra a sua sogra, o criado contra o seu senhor, o cidadão contra o seu governo, e o crente contra o seu pregador.
Mat. 10:35 Porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra;

TJ 10:46 Os inimigos das pessoas serão as suas próprias famílias.
Mat. 10:36 e assim os inimigos do homem serão os da sua própria casa.

TJ 10:47 O caminho da verdade é longo e a sabedoria do conhecimento irá penetrar vagarosamente.
Mat. 10:37 Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim
Mat. 10:38 E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim.
Mat. 10:39 Quem achar a sua vida perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á.
Mat. 10:40 Quem vos recebe, a mim me recebe; e quem me recebe a mim, recebe aquele que me enviou.
Mat. 10:41 Quem recebe um profeta na qualidade de profeta, receberá a recompensa de profeta; e quem recebe um justo na qualidade de justo, receberá a recompensa de justo.
Mat. 10:42 E aquele que der até mesmo um copo de água fresca a um destes
pequeninos, na qualidade de discípulo, em verdade vos digo que de modo algum perderá a sua recompensa.
TJ 10:48 Se seguirão eras de trevas, séculos e milênios, antes que a verdade do espírito penetre nas pessoas.
TJ 10:49 Os injustos e os ignorantes, incluindo os escribas, os sacerdotes e as autoridades, odiarão aqueles que possuem conhecimento e irão, portanto, perseguir-vos e semearão a inimizade.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

O mundo Calvínico

Amigos e amigas.
A dupla Calvin e Haroldo tem um universo maravilhoso e absolutamente fiel ao nosso. Ao meu, pelo menos.
Tantas e tantas tirinhas deles são a síntese da minha infância. Calvin, sempre um moleque sonhador, faz o que toda criança quer: transpõe a realidade para sua idiossincrasia. Eterna e intensamente insatisfeito, tenta se libertar das regras sisudas e intransigentes do mundo, dá vida ao seu tigre de pelúcia, singra o espaço sideral, vai à pré-história ou a traz para o hoje,... Tenta fazer o mundo ser seu mundo.
A partir de hoje, tentarei encontrar a essência de Calvin e Haroldo e posta-la a vocês.
Espero que, como eu, se enlevem, se emocionem e se divirtam.
FAB29







terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Mestre Fernando.

Amigos e amigas.
O que mais me impressiona em Fernando Pessoa é como um homem que viveu apenas 47 anos foi capaz de produzir tanto, de tantas maneiras e com tamanha qualidade.
Realmente, um iluminado. E como mestre da palavra e do sentimento como foi, eis alguns excertos de sua genialidade e sensibilidade.
Compreendam e degustem.
FAB29

Pensamentos de Fernando Pessoa


"Tenho em mim todos os sonhos do mundo"

"O amor romântico é como um traje, que, como não é eterno, dura tanto quanto dura; e, em breve, sob a veste do ideal que formamos, que se esfacela, surge o corpo real da pessoa humana, em que o vestimos. O amor romântico, portanto, é um caminho de desilusão. Só o não é quando a desilusão, aceite desde o principio, decide variar de ideal constantemente, tecer constantemente, nas oficinas da alma, novos trajes, com que constantemente se renove o aspecto da criatura, por eles vestida."

"Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida. A música embala, as artes visuais animam, as artes vivas (como a dança e a arte de representar) entretêm. A primeira, porém, afasta-se da vida por fazer dela um sono; as segundas, contudo, não se afastam da vida - umas porque usam de fórmulas visíveis e portanto vitais, outras porque vivem da mesma vida humana. Não é o caso da literatura. Esta simula a vida. Um romance é uma história do que nunca foi e um drama é um romance dado sem narrativa. Um poema é a expressão de ideias ou de sentimentos em linguagem que ninguém emprega, pois que ninguém fala em verso."

"O meu passado é tudo quanto não consegui ser. Nem as sensações de momentos idos me são saudosas: o que se sente exige o momento; passado este, há um virar de página e a história continua, mas não o texto."

"Tudo o que dorme é criança de novo. Talvez porque, no sono, não se possa fazer mal e, se não dá conta da vida, o maior criminoso, o mais fechado egoísta, é sagrado, por uma magia natural, enquanto dorme. Entre matar quem dorme e matar uma criança, não conheço diferença que se sinta."

"Sentir é criar. Sentir é pensar sem ideias, e por isso sentir é compreender, visto que o universo não tem ideias."

"A maioria pensa com a sensibilidade; eu sinto com o pensamento. Para o homem vulgar, sentir é viver e pensar é saber viver. Para mim, pensar é viver e sentir não é mais que o alimento de pensar."

"Querer não é poder. Quem pôde, quis antes de poder, só depois de poder. Quem quer nunca há de poder, porque se perde em querer."

"O próprio viver é morrer, porque não temos um dia a mais na nossa vida que não tenhamos, nisso, um dia a menos nela."


Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.

A liberdade é a possibilidade do isolamento. Se te é impossível viver só, nasceste escravo.

Adoramos a perfeição porque não a podemos ter; repugna-la-íamos, se a tivéssemos. O perfeito é desumano porque o humano é imperfeito.

Amar é cansar-se de estar só; é uma covardia, portanto, e uma traição a nós próprios (Importa soberanamente que não amemos).

Considerar a nossa maior angústia como um incidente sem importância, não só na vida do universo, mas da nossa mesma alma, é o princípio da sabedoria.