Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Sionismo / Racismo

Amigos e amigas.
Existe preconceito contra os judeus (assim como contra gays, negros, ciganos, etc. Nem mais, nem menos!), mas contra o sionismo, "o buraco é mais embaixo".
A maioria não consegue separar judeu de sionista. É fato que o sionismo é um movimento político, filosófico e nacionalista judaico, mas ele não é abraçado pelos judeus que professam a Torá (a grande maioria). Apenas os talmudistas o fazem.
A brutalidade do sionismo levou a ONU a adotar uma resolução que veremos abaixo. Destaque para Idi Amin Dada, que é execrado pela História oficial, assim como Saddam, Khadafi e Ahmadinejad, como "ditador sanguinário".
FAB29

"A Resolução 3379 da Assembléia Geral das Nações Unidas, adotada em 10 de Novembro de 1975 por uma votação de 72 votos contra 35 (com 32 abstenções) pela Assembléia Geral das Nações Unidas, considerou que o sionismo equivale a racismo. A resolução foi anulada pela Resolução 4686 da Assembleia Geral das Nações Unidas de 16 de Dezembro de 1991 e é frequentemente referenciada nos debates que decorrem das acusações ao sionismo de racismo.


A resolução de 1975 teve o objetivo, por parte de seus seus patrocinadores, de formalizar, pela ONU, uma condenação ao sionismo. Em 1947, a ONU havia antes aprovado o Plano de Partição que estabeleceu o estado de Israel.

Após a Guerra dos Seis Dias, guerra em que uma coligação de estados árabes havia sido derrotada, a intensidade de esforços públicos contra Israel aumentou (ver Sionologia). Por outro lado, o boicote do petróleo árabe que se seguiu à Guerra do Yom Kippur de 1973 aumentou os fundos disponíveis para os esforços anti-sionistas.

Em 12 de Setembro de 1972, o presidente de Uganda, Idi Amin Dada enviou um telegrama ao secretário-geral das Nações Unidas no qual ele elogiou o Holocausto e propunha construir uma estátua a Adolf Hitler em Uganda, uma vez que não tinha sido erigida qualquer estátua na Alemanha.

Em 1 de Outubro de 1975, as Nações Unidas ofereceram uma recepção de boas-vindas a Idi Amin, que presidia àquela altura a Organização da Unidade Africana.

Foi aplaudido de pé pelos presentes antes do seu discurso. Foi muito interrompido por aplausos durante o seu discurso. Quando terminou o discurso, foi mais ainda aplaudido. Nesse discurso, ele condenou a "conspiração Sionista-Americana" e exortou à expulsão de Israel das Nações Unidas e a "extinção" de Israel.

No dia seguinte, o secretário-geral das Nações Unidas e o presidente da Assembleia Geral ofereceram um jantar público em sua honra.

A resolução afirmava na sua conclusão que:
"O Sionismo é uma forma de racismo e discriminação racial."
A resolução "tomou nota" de várias afirmações prévias em encontros internacionais pela eliminação do Sionismo.
  1. A Declaração do México sobre a Igualdade da Mulher e seu Contributo para o Desenvolvimento e Paz, afirmava que ...“a cooperação e paz internacionais requeriam [...] a eliminação do [...] Sionismo."
  2. A Resolução 77 da Assembléia de Chefes de Estado e do Governo da Organização da Unidade Africana considerava que „o regime racista na Palestina ocupada e o regime racista no Zimbabwe e na África do Sul têm uma origem imperialista comum, formando um todo e tendo a mesma estrutura racista e sendo orgânicamente ligados na sua política destinada à repressão da dignidade e integridade do ser humano“.
  3. A Declaração Política e Estratégia para Fortalecer a Paz Internacional e Segurança e Intensificar a Solidariedade e Assistência Mútua entre Países Não Alinhados, na conferência de ministros dos negócios estrangeiros dos Países não alinhados, em Lima, Peru, condenou o Sionismo como racismo, imperialismo e uma ameaça para a paz e segurança mundiais."(Fonte: Wikipédia.)

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

O mundo Calvínico 7

Amigos e amigas.
Acredito que todos nós, quando crianças, quebramos alguma coisa e ficamos em pânico.
Minha namorada me contou que o filho de uma amiga dela estava no quarto e a amiga, na sala. De repente, um barulhão no quarto. A mulher correu até a porta do quarto e perguntou: "Filho!! O que foi isso?!" E o moleque respondeu: "Nada, não, mãe! É mentira do barulho!!"
Vejam abaixo o Calvin numa situação dessas. As peripécias são muito interessantes.
FAB29





Tentativas de Liberdade!

Amigos e amigas.
Entre tantas carências que grassam pela humanidade, a falta de liberdade é uma constante. O "politicamente correto" é imposto a todo instante. Até contar piadas está sujeito à censura e outras excrescências similares.
Li uma notícia recentemente e vi que era necessário passá-la pra frente, num laivo de esperança que começa a brotar nesse negrume ditatorial da "Grande Mídia" e da "Nova Ordem Mundial".
Vejam que interessante! Que ela se alastre!

Durante 102ª Sessão do Comitê dos Direitos Humanos ocorrida em Genebra entre 11 e 29 de julho de 2011, a comissão decidiu claramente que a negação do holocausto pertence ao direito fundamental da humanidade de expressar livremente seu pensamento e não deve ser perseguida criminalmente!

No artigo nº 19 da Declaração Universal dos Direitos Humanos, temos o seguinte texto:
“Todo o homem tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferências, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios, independentemente de fronteiras.”

Aqui não deveria haver mais dúvida quanto a este direito básico do ser humano. Todavia, diante das inúmeras perseguições contra historiadores, engenheiros, juristas, técnicos, professores e outros pesquisadores do suposto holocausto judeu, a ONU parece ter sido compelida a publicar algumas explicações sobre o artigo 19 em seu mais recente comentário de nº 34, nota 49:

“49 – Leis que penalizam a expressão de opinião sobre fatos históricos [116] são incompatíveis com a obrigação que a Declaração impõe aos países membros em relação ao respeito à liberdade de opinião e de expressão. A Declaração não permite a proibição geral de expressões a respeito de uma opinião errônea ou uma interpretação incorreta de eventos passados. Restrições da liberdade de opinião nunca devem ser impostas e no que diz respeito à liberdade de expressão, não deve ir além do que está previsto no parágrafo 3 ou exigido no artigo 20.”
E quais seriam estes fatos históricos? A menção da nota de rodapé nº 116 não deixa margem para qualquer questionamento.

“Assim denominadas “leis da memória”, veja Faurisson v. França, nº 550/93” [Nota 116 do Comentário Geral nº 34 do comitê dos Direitos Humanos da ONU, 21/07/2011]"

Robert Faurisson é um revisionista histórico que há mais de 40 anos afirma sobre a inexistência das câmaras de gás na 2ª guerra. Ele dizia: "Até 1960, eu acreditei na realidade desses massacres gigantescos nas câmaras de gás." Mas, indignado com a hipocrisia e ganância sionista, que lucrava (e ainda lucra) bilhões com o dito holocausto, até hoje palestra pelo mundo em busca da verdade e justiça históricas.

Podemos duvidar e contestar tudo neste mundo, mas o holocausto da 2ª guerra parece intocável. Na Europa, é crime contestá-lo. A ditadura velada da "Nova Ordem Mundial" precisa ser combatida. Precisamos ser senhores de nossas vontades e atitudes. Não permita que coloquem um cabresto em você.

Liberdade de ser, agir e pensar! O quanto antes!
FAB29

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Pureza perdida

“O poder corrompe. O poder absoluto corrompe absolutamente.”
“Quanto mais alto o cargo, maior o rombo.”

Amigos e amigas.
As eleições municipais se aproximam e a ‘festa da democracia’ já começou. Todos os interessados em ficar ou entrar na vida política já arregaçam as mangas e saem em busca de convencer, seduzir e conseguir seus votinhos.

Política é um negócio muito sério que foi grotescamente banalizado por uma horda de aproveitadores e “ixpertos” que usam a ‘filosofia’ do “SE ELES PODEM, EU TAMBÉM QUERO”! O interesse público é o último quesito na agenda dessa tropa. Mas, nas eleições, é exatamente o contrário, naquele velho estilo: “Precisou, passa lá!” ou “Pode contar comigo!” E, eleição após eleição, o POVINHO (no mau sentido) se deixa levar com outra ‘filosofia’ imbecil: “Ah, fazer o quê?! É assim mesmo!”

Nas eleições, a propaganda faz tudo para ‘purificar’ seu candidato, por mais apodrecido que ele esteja (E o POVINHO adora um photoshop). Já os iniciantes (que, de certa maneira, são ‘puros’ no assunto) ‘engordam’ seus olhos para todas as mordomias que poderão conseguir se entrarem. Mas quem consegue entrar num chiqueiro sem se sujar? Por mais cuidado que tenha, é inevitável precisar de um bom banho ao sair.

Assim sendo, mesmo que se tenha as melhores intenções, não se pode evitar ser atingido por uma leva de porcarias que já há séculos se cultua na política: empreguismo, assistencialismo, corporativismo, conchavos, lobbys, ‘toma-lá-dá-cá', etc. Pensem nisto: os políticos mais próximos de nós são os vereadores e o prefeito. Quantas vezes você ouviu dizer (ou sentiu na pele) da dificuldade para encontrar algum deles para conversar? Quantas vezes você não ficou de “saco cheio” com o assédio dos candidatos em época de eleição para, depois, quase ter de caçá-los após se elegerem? E o pior de todos: quantos de vocês já conversaram (por Face, Zap-Zap, etc) com o deputado ou senador em quem votaram? Se é que se lembram em quem votaram...!

O uso dos cargos políticos para “se dar bem” (e fazer seus amigos se darem bem) é uma das práticas mais nojentas do ser humano porque, para fazerem isso, os políticos precisam tirar de algum lugar. E é sempre do mesmo: das verbas que vêm dos impostos e encargos que o povo paga esperando o retorno em projetos e benefícios sociais (escola, hospital, habitação, empregos,...). Ao desviarem essas verbas, esses seres nefastos condenam a população à miséria em todos os sentidos. São pessoas que, a meu ver, não merecem nada além de prisão. Em tempo: eu não considero TODO POLÍTICO corrupto. Mas, infelizmente, a maioria o é.

Eu me sinto traído pela democracia! Já me deu provas de que é facilmente enganada, alterada e conduzida para outros caminhos. Mesmo assim, peço a você, leitor: escute as palavras do poeta que disse: “Nunca deixe se levar por falsos líderes. Todos eles se intitulam “Porta-vozes da razão”! Pouco importa o seu tráfico de influências, pois os compromissos assumidos, quase sempre, ganham outra dimensão. O importante é você ver o grande líder que existe dentro de você. Meu amigo, meu compadre, meu irmão! Escreva sua história pelas suas próprias mãos!”

Voto consciente é OBRIGAÇÃO! Aprenda isto!
FAB29

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

O mundo Calvínico 6

Amigas e amigos.
Vejam como Calvin lida com sentimentos mais carinhosos, especiais. Todos temos fugazes paixões infanto-juvenis e as mais variadas reações a elas.
O maravilhoso é a incrível fidedignidade com o real. Calvin reage muito de acordo com a maioria dos garotos.
Divirtam-se!
FAB29





Talmud de Jmmanuel 14

Amigos e amigas.
De volta do "retiro carnavalesco", no qual descansei bem, volto para lhes mostrar o capítulo mais intrigante do Talmud de Jmmanuel, que se refere inteiramente a Judas Iscariotes.
Todos o conhecemos como O TRAIDOR de Jesus (Jmmanuel), mas aqui, conhecemos outra versão, que o absolve completamente. Já é unanimidade entre os exegetas que Judas era o único apóstolo letrado, sendo, por isto, capaz de escrever este seu evangelho.
Leiam com atenção. Este capítulo não existe em nenhum outro livro.
FAB29

Capítulo 14
O Mau Procedimento de Judas Iscariotes

TJ 14:1 E aconteceu que Jmmanuel e os seus discípulos foram para Belém, onde ele ensinou e instruiu as pessoas.
TJ 14:2 Contudo, Judas Iscariotes havia se tornado desleal aos ensinamentos de Jmmanuel e vivia apenas para a sua própria gratificação.
TJ 14:3 Secretamente, ele coletava nas audiências de Jmmanuel, acumulando ouro, prata e cobre em seu saco de dinheiro, para que pudesse viver vaidosamente.
TJ 14:4 E aconteceu que Judá Ihariotes, o filho de Simão, o Fariseu, informara à Jmmanuel do mau procedimento de Judas Iscariotes, já que esperava ser pago por isso.
TJ 14:5 Mas Jmmanuel o agradeceu e não pagou-lhe com nenhum presente que fosse. Assim, Judá Ihariotes pensou em vingança, pois ele era ganancioso por ouro, prata e mercadorias.
TJ 14:6 Mas Judas Iscariotes foi levado para o deserto por Jmmanuel onde, por três dias e noites, ele lhe ensinou os conceitos do certo e do errado, de onde o discípulo arrependeu-se e, daí, seguiu os ensinamentos de Jmmanuel.
TJ 14:7 Quando ele retornou para a cidade, ele distribuiu suas posses e coletas entre os pobres e tornou-se um fiel discípulo de Jmmanuel.
TJ 14:8 Contudo, na mesma época, transpirou-se que os escritos, nos quais Judas Iscariotes havia relatado sobre os ensinamentos de Jmmanuel, foram roubados dele. Então, ele contou à Jmmanuel a respeito.
TJ 14:9 Mas Ele falou: Em verdade, em verdade, eu te digo, Judas Iscariotes: terás que sofrer males ainda maiores do que a mera perda de teus escritos a respeito de meus ensinamentos e minha vida.
TJ 14:10 Por mais de dois mil anos serás erroneamente acusado de me traíres, porque assim deseja Simão, o Fariseu.
TJ 14:11 Mas o seu filho, Judá Ihariotes, é o verdadeiro culpado; assim como o seu pai, Simão Ihariotes, ele é o Fariseu que busca por minha vida.
TJ 14:12 Foi ele quem roubou os teus escritos e os entregou aos escribas e Fariseus, para que então pudessem me julgar e me condenar a morte.
TJ 14:13 Ele recebeu setenta peças de prata por teus escritos e receberá outras trinta quando ele tornar possível me entregar aos executores.
TJ 14:14 Em verdade, eu te digo, ele certamente será bem sucedido nisso e, por duas vezes mil anos, tu terás que inocentemente pagar a penalidade por isso; conseqüentemente te tornarás um mártir.
TJ 14:15 Mas escreves os meus ensinamentos e a história de minha vida numa outra hora, pois chegará o tempo, em duas vezes mil anos, quando os teus escritos serão revelados.
TJ 14:16 Até então, os meus ensinamentos serão falsificados e se transformarão num culto maligno, que irá causar muito derramamento de sangue humano.
TJ 14:17 Porque as pessoas ainda não estão preparadas para compreenderem os meus ensinamentos e reconhecerem a verdade.
TJ 14:18 Não até duas vezes mil anos, um homem simples virá e irá reconhecer os meus ensinamentos como verdadeiros e os disseminará com grande coragem.
TJ 14:19 Ele será difamado pelos cultos religiosos estabelecidos e pelos defensores dos falsos ensinamentos a meu respeito e será considerado um mentiroso.
TJ 14:20 Mas tu, Judas Iscariotes, serás até então inocentemente culpado como o meu traidor e assim condenado, como resultado da falsidade dos principais sacerdotes e pela ignorância do povo.
TJ 14:21 Mas não prestes atenção a isso, pois o ensino da verdade requer sacrifícios que devem ser feitos.
TJ 14:22 O povo ainda não é muito grande em seus espíritos, consciências e conhecimentos. Portanto, eles devem primeiro tomar sobre si mesmos muita culpa e erro antes de aprenderem com isso a acumular conhecimento e sabedoria, para que assim reconheçam a verdade.
TJ 14:23 Portanto, para que tudo isso suceda, e para que o conhecimento da verdade dê uma rica colheita dentro das pessoas, escreves os meus ensinamentos e a história de minha vida novamente. Deste modo, os meus ensinamentos estarão disponíveis para as gerações futuras e gerarão frutos para a verdade.
TJ 14:24 Permaneces comigo de agora em diante, segues-me e fielmente executas a tua tarefa como escritor dos meus ensinamentos – a saber: as leis da natureza, que são as leis originais da Criação.
TJ 14:25 Nunca haverá desejo maior do que o desejo da Criação, que revela a si mesma através destas leis.
TJ 14:26 Mas as leis da Criação tem sido válidas para ontem e hoje e, portanto, para o amanhã, o dia depois de amanhã e para todas as épocas.
TJ 14:27 Então, as leis são uma determinação e, portanto, uma pré determinação para as coisas do futuro que deverão acontecer.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

E se for verdade?!

Amigos e amigas.
O texto abaixo é uma tradução de uma entrevista concedida por Henry Kissinger  em 27/11/2011 para o jornal Daily Squib.
O caso é que "squib" significa "rojão" ou "bomba".  Mas  pode se referir a uma breve peça satírica. Eu não creio na segunda porque a logomarca do jornal ostenta uma bomba.

Confira a original no link abaixo:

Então, se for verdadeira, o mundo está à beira de uma guerra que poderá ser a mais avassaladora da História. O problema é que não parece ser uma piada, visto que o homem em questão não é qualquer um. Vejam um resumo de sua vida:
Kissinger nasceu no dia 27/5/1923 em Führt, Alemanha, como Heinz Alfred Kissinger. É de origem judaica. Emigrou para EE.UU. em 1938, onde adquiriu a cidadania americana em 1943. Doutorado e professorado em Harvard. Foi conselheiro para política estrangeira de todos os presidentes americanos de Eisenhower a Gerald Ford (de 1953 a 1977). De Richard Nixon, foi secretário de estado (ministro do exterior). É do partido republicano. Em 1973, foi agraciado com o Nobel da Paz.

(A seguir, a entrevista concedida pelo estadista no seu luxuoso apartamento em Manhattan, traduzida por Norberto Toedter.)

“Os Estados Unidos estão reduzindo a importância de China e da Rússia e o último prego no caixão será o Irã. Isto, obviamente, é o principal objetivo de Israel. Permitimos à China desenvolver o seu poder militar e à Rússia se recuperar da sovietização para lhes dar uma falsa sensação de coragem. Isto proporcionará a eles um desenlace geral mais rápido.
Somos iguais ao atirador profissional que desafia o novato a levantar a arma e, quando este tenta, é “bang, bang”! A guerra vindoura vai ser tão severa que só uma superpotência poderá ganhá-la. E essa será nós, amigo! É por isso que a União Européia demonstra tanta pressa em constituir um super estado, pois sabem o que está por vir e, para sobreviver, a Europa terá que ser um estado coeso. A urgência que têm me diz que sabem muito bem da grande decisão que vem por aí. Oh, quanto sonhei com este esplendoroso acontecimento!

Controle o petróleo e você dominará as nações; controle os alimentos e você dominará as pessoas.

Depois o senhor Kissinger continuou:

“Se você é uma pessoa comum, poderá se preparar para a guerra MUDANDO PARA O INTERIOR e criando seu sítio, mas terá que LEVAR ARMAS CONSIGO, pois HORDAS FAMINTAS estarão perambulando. Também, apesar de as elites disporem de seus portos seguros e abrigos especiais, ELAS TERÃO QUE TER OS MESMOS CUIDADOS quanto os demais civis, porque mesmo seus abrigos podem correr perigo.”

Depois de uma pausa de alguns minutos para coordenar seus pensamentos, o senhor Kissinger continuou:

“Nós dissemos aos militares que teremos que ocupar SETE PAÍSES DO ORIENTE MÉDIO, por causa dos seus recursos naturais. E eles quase completaram o seu trabalho. Todos nós sabemos o que penso dos militares, mas devo admitir que até agora cumpriram suas ordens com sobras. É justamente este último degrau, QUERO DIZER, O IRÃ, é o que será o fiel da balança.

Quanto tempo China e Rússia ficarão esperando e vendo a América fazendo a limpeza? O grande urso russo e a foice chinesa serão rudemente acordados do seu sono e será, então, que Israel vai ter que combater com todas as suas forças e armas para MATAR TANTOS ÁRABES QUANTO PUDER. Espero que, se tudo der certo, METADE DO ORIENTE MÉDIO SERÁ ISRAELENSE. Nossos jovens foram bem treinados durante cerca de uma década em videogames de combate – foi muito interessante ver o novo jogo, CALL OF DUTY MODERN WARFARE 3, que mostra exatamente o que virá em futuro próximo com o seu programa preditivo.

Nossos jovens nos EE.UU. e no Ocidente estão preparados porque FORAM PROGRAMADOS PARA SEREM BONS SOLDADOS, BUCHAS DE CANHÃO, e quando receberem ordens de sair pelas ruas e enfrentar estes loucos “chinas”e “rusquis”, eles obedecerão. Das cinzas, construiremos uma nova sociedade. Sobrará apenas uma superpotência e esta será o Governo Mundial que ganhará. Não esqueçam: os Estados Unidos possuem as melhores armas, temos o material que nação alguma tem, e apresentaremos estas armas ao mundo no momento certo.”

"Kissinger é, certamente, um dos mais importantes políticos dos últimos cinquenta anos. Quando ele aí menciona sete países do Oriente Médio que deveriam ser ocupados, confirma o que dissera o general da OTAN, Wesley Clarck, que citou: Iraque, Síria, Líbano, Líbia, Somália, Sudão e Irã." (Norberto Toedter) 

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

CADÊ TODO MUNDO?!?

Amigos e amigas.
O título parece um grito de um esquizóide, mas vocês verão que tem certa razão de ser.

Pensem: as faculdades e universidades mundo afora formam anual ou semestralmente milhares de profissionais em todas as áreas. São muitos novos médicos, engenheiros, professores,  psicólogos, administradores,...! Some-se a estes novos os outros milhares já existentes e teremos uma infinidade de profissionais em TODAS as áreas à disposição da humanidade.

Daí, vem a questão do título. Vocês nunca se perguntaram "Cadê essa turma toda?!". Se sim, imagino que cada um chegou a uma resposta com uma invariável: "Estão perdidos por aí."

E é isto que eu também penso. O adjetivo "perdidos" cai com perfeição na resposta. Afinal, cadê local de trabalho (já vi engenheiros vendendo cachorro-quente)? Cadê investimento na evolução e melhoria de cada área? Cadê interesse em contratar e situar esses profissionais estrategicamente para potencializar localidades e, assim, fortalecer o todo?

Existe algum dia em que não assistamos, leiamos ou escutemos sobre  desassistência em hospitais e postinhos de saúde por falta de médicos e enfermeiros? Alunos sem aulas por falta de professores? Obras paralisadas, mal feitas ou que desabaram por falta de  projetos decentes de engenheiros e execução de construtores dignos?

Quantas vezes vocês ouviram sobre filas de espera? São pais que dormem em filas para encontrar vagas para seus filhos na escola pública; são pacientes que esperam semanas para conseguirem fazer uma tomografia ou outro exame específico; são doentes que têm consulta com qualquer especialista marcada para dali a três  ou quatro meses; são pessoas na fila dos transplantes que ficam anos padecendo e, não poucas vezes, morrem sem conseguir; são pais em pânico por não encontrarem vagas para seus filhos em creches.

Tão importante quanto o "CADÊ TODO MUNDO?!?" é o "CADÊ TUDO?!?". O Brasil é o campeão em impostos (e impostura! Desculpem. Não resisti!...) no mundo, com uma voracidade ímpar! É "dinheiro a dar com pau", mas, no entanto, cadê hospitais, escolas, casas populares, creches, estradas, etc? E, relacionando ao título, cadê investimento nessa mão-de-obra especializada e sua distribuição pelo país para garantir o verdadeiro progresso?

Para tudo isso, é preciso o quê? Interesse político! Os poderes executivo e legislativo não demonstram tal interesse. Eles vivem da ignorância e das necessidades do povo, além de serem vigiados diuturnamente por um poder muito mais soturno que nunca mostra a face e seus tentáculos são quase invisíveis. E o poder judiciário, que teria a obrigação de condenar tantas práticas lesivas ao público, encontra-se perdido em tantas milhares de ações e leis conflitantes ou com margem para interpretações e recursos, fatos que atrasam tudo. Além de, obviamente, outras práticas escusas perpetradas por esse "poder soturno", cujo maior objetivo é manter esse status quo: o marasmo, a ignorância e a exasperação das massas.

Nesse ritmo, posso dizer que ESTAMOS PERDIDOS! Fica difícil vislumbrar um bom futuro com tanta iniquidade imposta. Essa falsa dependência de um governo central que os governantes apregoam é um câncer há muito metastizado na sociedade. Nós não precisamos deles! ELES PRECISAM DE NÓS! Se esta consciência brotasse no povo e fosse constantemente regada, os frutos seriam maravilhosos e abundantes. Paz, liberdade e evolução em todos os sentidos seriam a tônica da nossa vida.

Inegavelmente, É UM SONHO, UMA UTOPIA, ATÉ! Mas, apesar de ser improvável que ocorra essa revolução devido à ação sórdida, hipócrita e silenciosa do "poder soturno" impedindo isso, não é impossível. A crença de que tal guerra vale a pena é o oxigênio que me mantém vivo e esperançoso na vida.
FAB29

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Talmud de Jmmanuel 13

Amigos e amigas.
Aqui, Jmmanuel reforça sobre as leis da Criação, que nos proporcionam total liberdade para fazermos tudo o que nos for necessário a qualquer momento de qualquer dia.
Isto se encontra nos versículos 6 ao 12.
Confesso que os últimos versículos aqui (atribuídos a Mateus) me são um tanto incompreensíveis. E é isto que me faz gostar mais do Talmud de Jmmanuel, que é limpo, claro e sem margem para tortas interpretações, como infelizmente ocorrem o tempo todo pelo mundo e causam tantos transtornos, além da proliferação de igrejas, pastores, "bispos", etc.
FAB29

Capítulo 13
Jmmanuel e o Sabá
TJ 13:1 Naquele tempo, Jmmanuel caminhava por um campo de cereais durante o Sabá e os seus discípulos, estando com fome, começaram a arrancar espigas de grãos e comê-los.
Mat. 12:1 Naquele tempo passou Jesus pelas searas num dia de sábado; e os seus discípulos, sentindo fome, começaram a colher espigas, e a comer.

TJ 13:2 Quando os Fariseus viram isso, eles lhe falaram: Vês! Os teus discípulos estão fazendo o que não é permitido no Sabá.
Mat. 12:2 Os fariseus, vendo isso, disseram-lhe: Eis que os teus discípulos estão fazendo o que não é lícito fazer no sábado.

TJ 13:3 Mas ele lhes falou: Não lestes o que Davi fez quando ele e aqueles com ele fizeram quando estavam com fome?
Mat. 12:3 Ele, porém, lhes disse: Acaso não lestes o que fez Davi, quando teve fome, ele e seus companheiros?

TJ 13:4 Como ele entrou no templo e comeu o pão da proposição, o qual não lhe era permitido comer e nem aqueles com ele, mas apenas os sacerdotes?
Mat. 12:4 Como entrou na casa de Deus, e como eles comeram os pães da proposição, que não lhe era lícito comer, nem a seus companheiros, mas somente aos sacerdotes?

TJ 13:5 Ou não tendes lido na lei, como no Sabá os sacerdotes no templo violam o Sabá e ainda assim ficam isentos de culpa?
Mat. 12:5 Ou não lestes na lei que, aos sábados, os sacerdotes no templo violam o sábado, e ficam sem culpa? Ou não lestes na lei que, aos sábados, os sacerdotes no templo violam o sábado, e ficam sem culpa?

TJ 13:6 Em verdade, eu vos digo, raça de cobras e víboras, uma pedra se transformará em pão antes que nenhum trabalho possa ser feito no Sabá.
Mat. 12:6 Digo-vos, porém, que aqui está o que é maior do que o templo. 
 
TJ 13:7 Pois a lei que o Sabá deve ser mantido sagrado é somente uma lei feita pelo homem, sem lógica, assim como são muitas leis feitas pelo homem, que contradizem as leis da Criação.
Mat. 12:7 Mas, se vós soubésseis o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifícios, não condenaríeis os inocentes.
Mat. 12:8 Porque o Filho do homem até do sábado é o Senhor 

TJ 13:8 Falsos profetas e distorcedores das escrituras são os culpados responsáveis por essas falsas leis que contradizem as leis da Criação e da natureza.
TJ 13:9 Portanto, é uma lei humana que o Sabá seja mantido sagrado e que nenhum trabalho seja feito neste dia, emanada da mente humana.
TJ 13:10 Em verdade, eu vos digo, nenhum Sabá é sagrado e nenhuma lei da Criação dita que nenhum trabalho possa ser feito no Sabá.
TJ 13:11 Portanto, o Sabá é um dia como qualquer outro dia no qual o dia de trabalho pode ser feito.
TJ 13:12 Os humanos são criaturas com vontades próprias; portanto, só eles são os senhores sobre o Sabá, como foi previamente escrito naquelas antigas escrituras e leis que não foram adulteradas pelos falsos profetas, distorcedores das escrituras e fariseus.
TJ 13:13 E ele partiu dali e entrou na sinagoga deles, onde ele continuou a ensinar as pessoas.
Mat. 12:9 Partindo dali, entrou Jesus na sinagoga deles.
 
TJ 13:14 Vede! Havia um homem com a mão seca, e eles lhe perguntaram: É também lícito curar no Sabá? De maneira que eles tivessem mais causa contra ele.
Mat. 12:10 E eis que estava ali um homem que tinha uma das mãos atrofiadas; e eles, para poderem acusar a Jesus, o interrogaram, dizendo: É lícito curar nos sábados?

TJ 13:15 Mas ele falou-lhes: Hipócritas! Se tivésseis olhos, ouvidos e mentes então poderíeis ver, ouvir e entender; mas sois cegos e irracionais porque vos faltais conhecimento para ver, ouvir e entender a natureza. Portanto, vos faltais a percepção das leis da Criação que vos habilitaria a ver, ouvir e entender que a Criação não santifica o Sabá.
TJ 13:16 A cada dia do Sabá, portanto, a Criação faz com que as estrelas girem pelos céus, rege o sol, os ventos e chuvas, e nutre todas as criaturas da Terra.
TJ 13:17 Mantém fluindo os rios em seus leitos, e tudo segue o seu caminho normal, seja num Sabá ou no outro, assim como os fez a Criação.
TJ 13:18 Mas não são os humanos muitos mais do que todas as criaturas e plantas? Portanto, eles são os senhores de todos eles quando seguem as verdadeiras leis.
TJ 13:19 Raça de cobras e víboras! Vós, distorcedores das escrituras que, por causa da vossa ganância pelo dinheiro e pelo poder divulgais falsos ensinamentos; se tivésseis um só carneiro que caísse numa cova no dia do Sabá, quem dentre vós não o pegaríeis e o puxaríeis para fora?
Mat. 12:11 E ele lhes disse: Qual dentre vós será o homem que, tendo uma só ovelha, se num sábado ela cair numa cova, não há de lançar mão dela, e tirá-la?

TJ 13:20 Quanto uma pessoa é mais valiosa que um carneiro ou vossos enganosos e falsos ensinamentos!
Mat. 12:12 Ora, quanto mais vale um homem do que uma ovelha! Portanto, é lícito fazer bem nos sábados.

TJ 13:21 Então, ele falou para o homem: Estendas a tua mão!
TJ 13:22 E ele estendeu-a; e ela tornou-se sã novamente, assim como a outra mão.
Mat. 12:13 Então disse àquele homem: estende a tua mão. E ele a estendeu, e lhe foi restituída sã como a outra.

TJ 13:23 Então, os Fariseus saíram e formaram conselho a seu respeito, sobre como eles poderiam destruí-lo, já que ele havia feito conhecer as suas mentiras e falsos ensinamentos diante do povo.
Mat. 12:14 Os fariseus, porém, saindo dali, tomaram conselho contra ele, para o matarem.

TJ 13:24 Quando Jmmanuel soube disso, ele se retirou dali, e muitas pessoas o seguiram, incluindo muitas pessoas doentes; e ele curou todas elas.
Mat. 12:15 Jesus, percebendo isso, retirou-se dali. Acompanharam-no muitos; e ele curou a todos,

TJ 13:25 Contudo, eles as avisou para que não divulgassem notícias sobre ele, porque ele temia que seria capturado e morto por meio da tortura.
Mat. 12:16 e advertiu-lhes que não o dessem a conhecer;

TJ 13:26 Mas a sua dedicação à verdade prevaleceu e ele continuou a revelar seus ensinamentos e sabedoria para as pessoas.
Mat. 12:17 para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta Isaías:
Mat. 12:18 Eis aqui o meu servo que escolhi, o meu amado em quem a minha alma se compraz; porei sobre ele o meu espírito e ele anunciará aos gentios o juízo.
Mat. 12:19 Não contenderá, nem clamará, nem se ouvirá pelas ruas a sua voz.
Mat. 12:20 Não esmagará a cana quebrada e não apagará o morrão que fumega, até que faça triunfar o juízo;
Mat. 12:21 e, no seu nome, os gentios esperarão.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

O mundo Calvínico 5

Amigos e amigas.
Nesta sequência, destaque ao pai do Calvin. Nas férias em que só ele se divertiria, nem ele conseguiu, por mais que tentasse demonstrar desdém pelas adversidades.
Belo exemplo da Lei de Murphy: "Se uma coisa tem alguma chance de dar errado, dará!"
Na última tira, um exemplo de sua eventual mordacidade fleumática.
FAB29





quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Um, é normal. Quatro, é #%*§£¢!

Amigos e amigas.
Nesta semana, ouvi uma frase na mídia mais ou menos assim: "APESAR DE TUDO, O CARNAVAL ESTÁ GARANTIDO!" Mais tarde, em outra mídia, a frase: "HÁ MUITAS DIFICULDADES, MAS NÃO VÃO ATRAPALHAR O CARNAVAL!" No dia seguinte, a frase: "O CARNAVAL NÃO PODE SER AFETADO POR NENHUM PROBLEMA!" E finalmente, ontem: "A GREVE VAI DIFICULTAR MUITA COISA, MAS O CARNAVAL ACONTECERÁ DE QUALQUER JEITO!" Quatro vezes a mesma coisa?! Eu não aguentei!
Perceberam a ironia (pra dizer o mínimo)? A política do "Panis et Circenses" jamais mudará! O que não falta neste país é iniquidade pública:
- saúde caótica, com milhares de mortos e seqüelados por falta de assistência, leitos e remédios;
- educação massacrada, com alunos na oitava série que mal sabem ler (interpretar a escrita, então,...!), escrever ou calcular por conta de um ensino subversivo e de falta de estrutura;
- segurança perdida ( e a violência grassando) pelo mal aparelhamento da polícia (em contraste com o incrível aparelhamento do crime organizado) e leis que beneficiam e facilitam a não-punição do infrator;
- milhões morando em péssimas condições (barracos de pau-a-pique, palafitas,...) ou ao relento, sobrevivendo da piedade da natureza, da Providência e da previdência;
- desemprego, subemprego e emprego informal, fantasmas reais que rondam a sociedade, ameaçando ruí-la;
- o custo-brasil (superlativizado por uma inominável carga tributária), uma ofensa social e motivo de escárnio mundial;
- e os Três Poderes da república se locupletando com salários estratosféricos e mordomias, sem se dignarem a buscar reais soluções para tudo isso.
Em tempo: nem citei os desastres naturais, como secas e enchentes, que afetam de sobremaneira 99,9% dos mais necessitados. Os abastados nunca são ribeirinhos ou sertânicos.
Daí, voltamos ao início do artigo: a despeito do que discorri, O CARNAVAL TÁ GARANTIDO! A lógica é decrépita, digna das mentes mais malsãs: com tanta desgraça diuturnamente financiada por esses seres abjetos, é urgente e imprescindível que as diversões não faltem. Além do carnaval, o futebol, o big brother, as novelas, os barzinhos, os "viciozinhos" básicos (bebida, cigarro, sexo, drogas,...), os bailes da vida, etc.
Toda e qualquer coisa que embote os sentidos do povão, anestesiando suas carências e sua capacidade de racionalizar, é totalmente prioritária para esses Grandes Corruptores da Humanidade! (Notaram que usei letras maiúsculas? Eles merecem!) Disse Ezra Pound, sensacional poeta americano, inimigo nº zero da corrupção: "A USURA É O CÂNCER DO AZUL". A usura é a base de toda e qualquer corrupção. Se ela fosse eliminada, as "doenças" sociais seriam gripes, no máximo.
Dizem que o Saber não ocupa espaço. É verdade: quanto mais eu leio, escuto, me informo, escrevo, pondero, analiso, opino, discuto, aprendo, mais me conscientizo do "Nada que sei". Sócrates, o Pai da Filosofia, acertou totalmente nisto. Por isso, chego à conclusão de que a Ignorância ocupa espaço.
Porém, sabedoria e espiritualidade, aliadas ao bom senso, bem querer, compaixão e, principalmente, união, são tudo o que necessitamos para uma vida próxima da perfeição. Justamente por serem tão maravilhosas é que são as mais difíceis de se alcançar, principalmente com as "âncoras" que o nefasto "Poder das Sombras" nos impõem.
Cecília Meireles disse mais ou menos assim: "É preciso que o comodismo e o pessimismo não corroam nossas almas". Assim, os horizontes se abrem das névoas do medo.
Eu nunca pretendo desistir. E você?
FAB29

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Pra inglês ver?!

Amigos e amigas.
Neste Brasil, ocorrem coisas insólitas, burlescas, patéticas, dantescas, hipócritas,...! Em TODAS ELAS, a principal (quase única) vítima é o povo. Ele sofre, suporta, sustenta, reclama, paga, se exaspera, se mata,... TUDO ISSO ESSENCIALMENTE CALADO!! Quando a coisa extrapola o dobro do limite, ele reage explosivamente, causando muitos danos A SI MESMO, não afetando quem o parasita.

A reação mais comum é a depredação do patrimônio público ou de utilidades públicas, como ônibus e metrô. Há as greves, que paralisam escolas, hospitais, trânsito,... daí, mais transtornos ao povo.

O último requinte de crueldade inventado pelos belos inúteis encarregados de governar, legislar e julgar foi proibir as sacolinhas plásticas no comércio, com a explicação (ou desculpa esfarrapada!) que é necessário contribuir com a não-poluição do planeta.

Por que escrevi "DESCULPA ESFARRAPADA"? Pelo simples motivo que, se o plástico das sacolinhas é nocivo ao meio ambiente, TODOS OS SIMILARES também são: as garrafas PET, as caixinhas de leite longa vida, os maços de cigarro (e as bitucas), os copinhos de iogurte, as fraldas descartáveis, os "modess" e "ob" da vida, etc.

E eu pergunto: QUEM VAI PROIBIR a Coca-cola, a Parmalat, a Philip Morris, a Danone, a Procter & Gamble, etc, de continuar produzindo e comercializando seus produtos 'poluidores'? Ou, ao menos, convencê-las a encontrar 'alternativas ecológicas', a despeito dos bilhões de dólares necessários para pesquisa e produção de recepientes biodegradáveis?

Não sei se mais me decepciona ou me causa asco essas atitudes desses "aspones" que controlam (ou mais DESCONTROLAM) a vida pública. É mais do que claro que isso e tudo o mais de ruim e nocivo para a humanidade é financiado pelos grandes corruptores, que precisam manter seu 'gado' sob máximo controle, com a canga bem apertada e a rédea curta. Quanto menos estudo, informação, paz, liberdade, união, conhecimento e saúde, mais fácil de lidar com as massas 'zumbizadas'.

A última coisa que quero na vida é pegar em armas. Por isso, precisamos de uma "SILENCIOSA GUERRA CIVIL" para mudar as bases da idiossincrasia apodrecida do povo. Penso que o primeiríssimo passo é investir na união. Aquela já desgastada e quase bufa frase "O POVO UNIDO JAMAIS SERÁ VENCIDO!" é a síntese dessa necessidade premente. Dentro dessa união, facilmente brotariam a confiança, o bem querer e o progresso. Daí, "pegando gosto pela coisa", tudo seria mais simples e a evolução seria patente. E o melhor de tudo: a dependência de um poder central sumiria em pouquíssimo tempo!

Eu creio (e sempre crerei) que é possível. Mas a guerra contra esse estado de coisas seria a mais longa da história, mas, certamente, seria a mais doce e retumbante vitória do ser humano.

FAB29