Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


terça-feira, 29 de maio de 2012

COLTAN e a escravidão.

Amigos e amigas.
COLTAN é uma junção de duas siglas: COLombita e TANtalita. É um mineral crucial para a indústria tecnológica. Usado para celulares, GPS, satélites, TV de plasma, notebooks, MP3, MP4, foguetes espaciais, mísseis, câmeras fotográficas, etc. O continente africano é o maior depósito desse mineral, sendo o Congo o principal produtor.

Lembram de Serra Pelada, a supermina de ouro brasileira dos anos 80, no Pará, onde as condições de vida e trabalho eram escravas? Se bem que nunca soube de uma mina onde as condições eram decentes...! Nessas minas de COLTAN, no Congo, a crueldade é semelhante, mas se torna ainda mais rascante: além da mão-de-obra escrava e infantil, desnutrição, doenças como AIDS, etc, a destruição da flora e fauna locais é brutal! Há dados que atestam: 80% dos elefantes e 90% dos gorilas da região já foram mortos ou capturados; grandes bosques já viraram lodaçais.

E, como sempre acontece, toda essa destruição desmedida e covarde é ocultada pela Grande Mídia, desdenhada pelas grandes indústrias tecnológicas e 'aceita' com a cumplicidade dos governos e da ONU. Percebem que não é novidade nenhuma?! O mesmo ocorre com qualquer produto em qualquer lugar do planeta quando é de interesse de grandes corporações, como o mineral nióbio (super útil para as indústrias de  petróleo e quase exclusividade do solo brasileiro), que é extraído naquelas 'condições' relatadas acima e 'vendido' a preços abaixo do custo.

Megacorporações como a Nike são acusadas de se utilizarem de mão-de-obra infantil em suas fábricas na Ásia, principalmente. O carvão talvez seja o que mais arrebanha pessoas em condições escravagistas, visto que é extraído e/ou produzido (à custa da destruição de extensas áreas florestais) no mundo todo. A indústria alimentícia não foge à regra: só os arrozais na Ásia são um oceano de tudo isso já descrito. Qualquer linha de montagem é a mesma coisa: imensas máquinas controladas por autômatos humanóides que mal tem tempo para se coçar (Quem não se lembra de Chaplin em "Tempos Modernos"?). E muito bem sabemos que, atrelada à escravidão, está a fome. Ao mesmo tempo que toneladas de alimentos são jogadas fora diariamente no mundo, 1 em cada 7 habitantes do planeta é constantemente assombrado pela fome (portanto, UM BILHÃO DE PESSOAS!!) E milhares (crianças, em especial) morrem, TAMBÉM DIARIAMENTE, dessa desgraça!

Assim é como a humanidade se mantém: a famosa e excrescente Pirâmide Social. Eu a enxergo dividida em três partes distintas: a sua gigantesca base, formada pelos miseráveis, analfabetos e perdidos, ultrapassa a metade (+ ou - 4 bilhões e crescendo assustadoramente); a classe média, daqueles que minimamente se aguentam, se sustentam, até os 'bem de vida', que estão folgadamente estruturados, abrange uns 95% do resto da pirâmide (+ ou - 2,9 bilhões). O topo é formado por, talvez, uns 150 milhões de 'SUPERMULTIMEGAULTRAHIPERMILIONÁRIOS', os 'Donos da Carne Seca', os 'Bam-Bam-Bans", o 'Poder das Sombras', os 'Grandes Corruptores'. Estes que fazem deste mundo seu playground e tudo o mais.

Para que se mantenham nesse topo, a escravização da humanidade é absolutamente necessária. E ela passa pela negação de acesso à informação, cultura e cognição. Quem, em sã consciência e formado em alguma especialidade, se sujeitaria a ser trabalhador braçal, servente, lixeiro, faxineiro e tantas outras funções deste nível massacrante para sustentar quem quer que seja, além de si mesmo e sua família? E se o fizesse, iria se valorizar ao máximo, jamais aceitando nenhum tipo de humilhação. A consciência gerada pelo conhecimento, aliada à experiência, provaria, sem nenhuma margem a duvidas, que PODER CENTRAL É UM CÂNCER! E ninguém mais aceitaria eleição, de vereador a presidente; nem sequer se aventaria a monarquia; ditadores, então,... coitados!!

Sabem que tipo de governo se sobressairia? Um que esses 'Superpilantras' execram e fazem a maior das campanhas contra: a ANARQUIA. Essa campanha é tão eficiente que a esmagadora maioria das pessoas tem nojo dessa palavra. Várias até se benzem! E "Anarquia" apenas significa "sem governo", ou seja, cada um cuida da sua vida, sem precisar pagar impostos, sem depender da boa vontade dos outros, sem comodismo. Cada localidade teria LÍDERES, que só os seriam por total e absoluto MERECIMENTO. Mais ou menos como o leão precisa manter sua posição de líder do bando mostrando-se o mais capaz, na sociedade humana, os líderes seriam como ocorre nas comunidades indígenas, em que todos respeitam a opinião do cacique, o mais sábio e capacitado deles, que sempre visa o bem geral. Desse jeito, dificilmente, atravessadores, usurários e parasitas se dariam bem como acontece hoje.

 Entre tantas coisas boas, seria um ADEUS À ESCRAVIDÃO! Quantos de vocês crêem que isso vingará? Eu estou na torcida!

 FAB29

Nenhum comentário:

Postar um comentário