Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


quarta-feira, 9 de maio de 2012

A Teoria da Adaptação

Amigos e amigas.
Uma das maiores "santidades" da Ciência é a Teoria da Evolução, de Darwin. A quase incondicional aceitação dela me causa estranheza há muito tempo. Alguns de seus defensores chegam ao fanatismo de dizer que quem não crê nela não passa de um ignorante, alienado, estúpido, insano, etc.


Richard Dawkins - Evolucionista xiita
Após quase dois séculos de estudos, debates, considerações, pesquisas, análises, reconsiderações, defesas, contradições,... Eis que... NADA EVOLUIU! A teoria de Darwin continua chafurdando num atoleiro de dúvidas e impossibilidades que a fazem transitar do divino ao patético. Um dos fundamentalistas defensores atuais de Darwin é Richard Dawkins. Este alardeia que seu livro "O maior espetáculo da Terra" preenche todas as lacunas que impedem a aceitação da Evolução. Pura falácia! Pontos cruciais não são esclarecidos: os "elos perdidos"; as transições entre uma espécie primitiva e sua sucessora; o motivo de tantos animais (baleia, tubarão, celacanto, crocodilo, barata, escorpião, etc) existirem há tantos milhões de anos praticamente sem evolução alguma; apenas o ser humano ser racional;...

E o próprio Darwin admitiu: “Estou consciente de que me encontro num atoleiro sem a menor esperança de saída. Não posso crer que o mundo, tal como o vemos, seja resultado do acaso; e, no entanto, não posso considerar cada coisa separada como desígnio divino.

Engels, numa carta a Marx (outro fã incondicional de Darwin), escreveu: O Darwin que estou lendo agora é magnífico. A religião não estava destruída em algumas partes, e agora isso acaba de acontecer”

Curiosidades pouco ou nada divulgadas: Darwin abandonou sua faculdade de Teologia para se 'dedicar' ao sibaritismo. Segundo dois de seus biógrafos, Adrian Desmond e James Moore: “Obcecado consigo mesmo e cheio de autopiedade, Darwin estava nas últimas. (…) Ele ria e afastava suas mágoas com uma turba de companheiros de bebida. (…) Herbert e Whitley estavam ‘dando algumas festas muito alegres’, com até sessenta homens em cada bebedeira. Eles fumavam, contavam piadas, jogavam e desfrutavam de lubricidade abundante. Nas manhãs que se seguiam, Darwin punha-se sóbrio de novo, lendo ‘Declínio e Queda do Império Romano’, de Gibbon, o tônico perfeito para um ordenado excessivamente indulgente consigo mesmo. Isso tornou-se um hábito regular. (…) Eram duas da manhã e tudo estava negro como piche antes que ele rastejasse de volta para a faculdade, violando o toque de recolher. O banimento, sabia, estava agora por um triz."

"Não é o mais forte da espécie que sobrevive,
nem o mais inteligente, mas aquele
mais sensível às mudanças".
Mas para isso, é necessário
força e inteligência.
Além de quê, ele era presidente do “Clube dos Glutões”. Semanalmente, Darwin e seus amigos se reuniam para comer “carnes bizarras”, “uma ave ou animal raro que um deles houvesse caçado e que fosse desconhecido ao paladar humano”.

Darwin era um mundo de dissabores. Padecia de um mal-estar constante: tinha insônia, dores de cabeça, taquicardia, zumbidos nos ouvidos, espasmos, falta de coordenação motora, vômitos freqüentes, calafrios, tremores e convulsões musculares; além disso, sentia fraqueza, vertigens e tonturas, e era acometido de ataques violentos de náusea, forte ansiedade e crises de choro histérico. Apresentava ainda manchas negras ao redor dos olhos e sofria crises de depressão profunda. Tais sintomas colocavam Darwin de cama às vezes por meses a fio e ele se desesperava por perder em função deles, segundo ele próprio dizia, quatro quintos de seu tempo. Aquele que foi unanimemente proclamado um dos mais notáveis pensadores de todos os tempos não conseguia trabalhar mais que duas ou três horas por dia e estava completamente debilitado no final de sua vida. Vivia isolado em sua casa; tinha fobia social.

Adapte-se ou adeus!
Eu penso que a Teoria da Evolução deveria ser chamada de "Teoria da Adaptação". Darwin não descobriu nada além da capacidade de adaptação das espécies às condições em que vivem. Beija-flores com um bico curvo para poderem se alimentar do néctar de flores com o bojo curvado; mariposas brancas que se tornaram escuras por causa da poluição industrial que enegrecia a neve em que se camuflavam; diversos animais cujos olhos perderam a função ao passarem a morar em cavernas, desenvolvendo de sobremaneira outro sentido (tato, audição ou olfato); e por aí vai.

É totalmente impossível que, de uma "sopa química primordial" lá no início da Terra (onde teria 'brotado' a primeira célula orgânica) surgisse ao acaso e em tão pouco tempo (pro universo, alguns bilhões de anos são poucos dias), uma variedade incontável de seres incrivelmente complexos como os que temos hoje em dia, munidos de células super especializadas para visão, audição, movimento, tato,...! Só a "Explosão Cambriana" (em que, num curto espaço de tempo na escala geológica, estimado em 5 milhões de anos, surgiram praticamente todos os filos animais conhecidos, inclusive os precursores dos vertebrados, além de outros que a ciência não consegue classificar, todos estes organismos marinhos) é um tiro no peito da teoria de Darwin. Some-se às milhões de incongruências, inconclusividades e desconhecimentos para nos vermos num labirinto de Creta com vários Minotauros babando e assombrando o túmulo do "Pai da Evolução".

Neste link, mais uma cutucada na Evolução. Até penso que Darwin, assim como Copérnico, tiveram belos insights, mas cada vez mais a realidade dos fatos mostra que eles falharam na base.
FAB29

27 comentários:

  1. ahahhahah...pronto, um assunto que me vejo obrigada a opinar.
    Querido tio, as evoluções continuam sim, basta você atentar, em alguns exemplos dos mais óbvios, que os homens estão ficando cada vez mais calvos; existem pessoas que já não "desenvolvem" os dentes do siso; as mulheres ovulam cada vez mais cedo.
    Com os animais: existem espécies de elefantes que não desenvolvem mais os marfins; cães tem aparência mais amistosa (não estou contando os que são "manejados" genéticamente a bel vontade do homem)para cativar aqueles que garantem sua sobrevivência; mariposas estão mais escuras (não que a poluição tenha sujado seus corpos, mas é mais fácil se esconder num mundo mais plúmbeo de não forem coloridinhas e/ou clarinhas), numa clara evolução em direção ao mimetismo; peixes que vivem nas águas de cavernas profundas e que por isso são cegos; moscas que se assemelham a vespas; peixes que mudam de sexo na falta de parceiros sexuais( http://www.petfriends.com.br/enciclopedia/esp_peixes/peixes_enciclopediapalhaco.htm)... e por ai vai...não que a teoria de Lamarck esteja agora em discussão, mas a verdade é que os seres evoluem poupando energia que agora é dispensada de forma inútil e até desvantajosa para ser aplicada em algo que seria mais útil para sua sobrevivência... não dá pra negar fatos assim: http://veja.abril.com.br/100805/p_108.html , http://colunas.revistaepoca.globo.com/viajologia/tag/conservacao/page/2/ . TUDO ISSO É EVOLUÇÃO! Os seres se adaptam porque evoluiram para algo mais vantajoso a eles mesmos.
    Quando Darwin escreveu "A Origem das Espécies", na qual a primeira publicação data de 1859, ele enfrentou uma terrível batalha pessoal, visto ser até então extremamente religioso, e sua teoria vai de encontro com suas antigas convicções.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pinçar pequenos trechos em que ele mesmo admite as limitações de sua teoria não diminuem a genialidade de seu raciocínio e trabalho... mais uma vez: A PRIMEIRA EDIÇÃO DATA DE 1859, mas sua teoria demorou décadas para ficar pronta e não partiu de um simples pensamento ou idéia, ela adveio de um longo período de observação e comparação de espécies durante anos de viagem...bem como da sua criação particular de pombos de diferentes espécies.
      Devo deixar claro, ainda, que Darwin não foi o primeiro a propor a idéia de que as espécies passam por modificações ao longo de sua existência. O PRÓPRIO Darwin observou que cerca de 20 pessoas antes dele tinham escrito alguma coisa a respeito da evolução... o que ocorreu foi que o estudo de Darwin foi o primeiro bem estruturado, maduro e convincente.
      Quando se lê "A Origem das Espécies" fica bastante claro o raciocínio traçado por Darwin, com a exposição dos elementos estudados. O texto é bastante didático, e Darwin apresenta as dificuldades encontradas e as possíveis respostas a essas.
      Minimizar esse trabalho não é justo, já que até hoje, e olha que temos muito mais acesso a informação e facilidade e melhorias nas condições de vida, nós não produzimos nada, sequer, semelhantE, O QUE DIRÁ MELHOR.
      Precisamos trabalhar com dados que sejam passíveis de comprovação, como a teoria em discução, nada nos impede de divagar, isso é muito natural e saudável, mas ao aventar uma hipótese, seja ela qual for, é necessário que apresentemos provas caso desejemos ser levados a sério.
      Quando li "2001 Uma Odisséia no Espaço" fiquei boquiaberta com a maravilhosa teoria de Arthur C. Clark na primeira parte do livro: talvez a explicação ao "elo perdido"! rs
      Mais uma vez: Darwin é de uma importância histórica por propor uma idéia totalmente contrária os designos que até então dominavam, os da igreja.
      Fica claro que há "pedaços" faltando na comprovação de TODA a teoria, mas é a mais plausível e detentora de maior credibilidade.
      Mas respeito sua opinião, e o blog é um ambiente seu...rs...só fica minha opinião registrada.
      Para que qualquer um possa dar opinião a respeito é necessário, ao menos, que tenha lido a "Origem das Espécies", bem como conheça a teoria do "Uso e do Desuso" de Lamarck.
      Além do que o fato de ser/estar doente não significa que ele não TRABALHAVA: ESTAR PARADO E NÃO FAZER NADA são coisas totalmente diferentes.
      Fazer a "caveira" do trabalho de Darwin em função de características particulares de sua vida é o que chamamos de "falácia de argumentação", que é quando desviamos o foco da discução para algo que não é relevante a ela, difamando o defensor desta.


      Do mais, deixo aqui um grande bj!

      Excluir
    2. Querida sobrinha.
      Suas opiniões, além de abalizadas, são claras e sempre muito bem vindas.
      Só peço que atente a duas coisas:

      1- É realmente IMPOSSÍVEL que num espaço tão curto de tempo, a vida (uma célula de cada vez) tenha surgido num 'caldo químico', se agrupado, se dividido, se diversificado, se especializado, criado uma infinidade de espécies, se desenvolvido até os dinossauros, desaparecido em grande parte, surgido novas variedades com novas especialidades,... E TUDO POR OBRA DO ACASO, DA SELEÇÃO NATURAL! Eu vou falar sobre isso num outro post, mas lhe adianto que eu creio que os 'DEUSES' tiveram papel fundamental no surgimento da vida na Terra. Principalmente do ser humano.

      2- Releia com carinho o penúltimo parágrafo, sobre a 'Explosão Cambriana'. Sinceramente, duvido e faço pouco que os evolucionistas consigam explicá-la algum dia. Até agora, é um nó górdio.

      Acredite que eu não 'faço a caveira' de ninguém. Eu apenas me recuso a acreditar no impossível. Para mim, Darwin errou (se preferir o eufemismo, se enganou), assim como Copérnico.
      Além de quê, eu acho que seus exemplos não se classificam como 'evolução', mas 'adaptação'. Se bobear, até 'involução'!
      Quanto às mariposas, atenção: eu escrevi que a poluição enegrecia A NEVE. Com isto, as brancas não conseguiam se esconder dos predadores e rapidamente se extinguiram. As mais escuras sobreviveram e perseveraram.
      Se quiser, eu lhe envio o livro do Dawkins. Este cara é tão radicalmente fã do Darwin que se casaria com o dito cujo, se possível.
      Beijos. Grato pelas visita e opinião.
      FAB29

      Excluir
    3. ...eita...mas a adaptação não ocorre num único exemplar da espécie, de uma hora para a outra, de maneira radical, o processo é MUITO lento e depende do sucesso que essa nova mudança pode, ou não, significar para a espécie... há para tanto a seleção de um característica nova que ocorre em função do ambiente e dessa batalha pela vida...essa mudança é o que chamamos de evolução, que por sua vez é transmitidas ás futuras gerações...quando falei da mariposa eu me referi ao seguinte caso: as mariposas claras eram alvos fáceis para os predadores dentro desse novo ambiente fumegado, sempre ocorreram mutações nessas mariposas (assim como ocorrem em todos os seres vivos) só que a partir do momento que o fato de nascer escura, por mudanças/mutações genéticas, passou a significar viver mais tempo e por isso ter mais possibilidade de se reproduzir, os indivíduos escuros tinham mais filhos, que por sua vez herdavam as novas características genéticas e as passavam a diante, dessa forma o número de indivíduos claros diminuiu e os escuros aumentaram... não apenas se adaptaram ao novo ambiente, eles MUDARAM/evoluiram...
      Quanto ao tempo de existência do planeta ser ou não o suficiente para formar o amplo leque da vida...bom isso realmente não posse/sei precisar.
      Mas pense na possibilidade de que a teoria de que seres extraterrestres tenham intervido na evolução da vida no planeta seja atestada: de onde vieram esses seres? Foram criados por um ser onipotente, oniciente e onipresente ou será que evoluiram??? Acrescentar ETs a equação não resolve nada, apenas "enrola" mais a discussão... mesmo que o "Terceiro Planeta" tenha sido/seja um laborátório não resolve a dúvida: a vida é fruto da evolução ou da criação de um ser divino, o Deus, de que tanto falam?
      Darwin fez o melhor que pode em sua época, novas informações são adicionadas todos os dias, e não só nessa teoria, todas as teorias são constantemente contestadas e são acrescidas de dados mais exatos e acertados... mas não diminui o crédito de quem as formulou.

      Bjs, Tiozão!

      Excluir
  2. cara depois deste banho da sobrinha eu retirava o time de campo..............que vergonha!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ímpio parasita, por que você acha que eu sou fã dela?!
      Ela tem tudo o que falta em você: opinião, inteligência, coragem, argumentos,...
      É só isso que eu peço a todos os que lêem meus posts. Quero dizer, "SÓ ISSO" pra ela! Pro seu desnível, é impossível!
      Se você conseguisse demonstrar um centésimo da capacidade dela, eu até o aplaudiria.
      Adoro 1000% as palavras dela, não me importando que não sejam a meu favor. Pelo simples motivo de serem ÍNTEGRAS, SEM HIPOCRISIA!

      Não mantenho este blog para ser adulado, como você adula seus donos. Sempre que vir, ouvir e ler coisas que mereçam destaque e comentário, a favor ou não, eu mostrarei aqui.

      O que era pra doer nos seus donos, dói em você. Interessante!...

      Excluir
    2. O melhor de tudo que ela é inteligente e não se satisfaz em repetir o que outros dizem, ela não aceita ideias pré concebidas, dogmas , e sabe identificar mentiras e manipulações, não é a toa que ela não compartilha com vossos pontos de vista sobre a nefasta II guerra mundial e do HOLOCAUSTO JUDAICO, demonstrando que mal formação de caracter e psiquiatricos não é algo genético........abraços tiozão

      Excluir
  3. A sim e bem resolvida profissionalmente e sentimentalmente.................desculpe a direta..........tiozão

    ResponderExcluir
  4. Você afirma que EU REPITO idéias pré-concebidas quando é EXATAMENTE ISTO QUE VOCÊ FAZ!
    Seus donos mandam seus comparsas, aspones e capachos (você é um pouco de tudo isto) dizerem que GALPÕES DE ALVENARIA + PESTICIDA = CÂMARAS DE GÁS e que milhões foram mortos dessa maneira. E exige que NINGUÉM CONTESTE! Que digam AMÉM e, principalmente, PAGUEM POR ISSO! Isto são "IDÉIAS PRÉ-CONCEBIDAS"!
    Já que o dito holocausto da 2ª guerra se baseia essencialmente nas "câmaras de gás", só coitados (pra dizer o mínimo) acreditam, visto que elas são impossíveis FÍSICA E QUIMICAMENTE! Isto é "CONTESTAÇÃO OBRIGATÓRIA"!

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Pastusiak.
      No caso do software, ele trabalha com o mundo virtual e bidimensional. Creio que assim torna-se muito mais simples a criação. Talvez essa relação que você aventou tenha algum lugar na realidade.
      Porém, no caso da vida biológica em si, em toda a sua magnitude e divindade, a complexidade é incalculável. Eu creio que uma resposta que pode melhor se aproximar da verdade se refere aos Anunnakis neste post:

      http://fab29-palavralivre.blogspot.com.br/2013/02/a-origem-das-especies-sumeria.html

      Confira e opine. Será bem vinda sua opinião.
      Abraços.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Caro Pastusiak, ótimas colocações, como as da minha sobrinha.
      Eu concordo com ela e com você sobre a teoria da Evolução ser uma grande sacada.
      Eu apenas afirmo duas coisas:
      Uma, que a teoria de Darwin não funciona, não se encaixa na vida que há na terra. A inacreditável variedade de seres vivos, com células superespecializadas para órgãos que executam funções ímpares, formando um organismo em harmonia divina, quase 100% perfeita, não pode ter surgido, se desenvolvido e chegado aos níveis atuais aleatoriamente e em tão pouco tempo.
      Dois. por causa disso, eu prefiro dar a ela o título do post: Teoria da Adaptação.

      A questão "Os anunnakis surgiram como?" são outros quinhentos (milhões!) Até que encontremos um termo para a questão da vida na terra, não sairei dela.
      Abraços.

      Em tempo: Não descarto a possibilidade dos deuses (anunnakis?) terem se valido de ultrasupermega softwares na 'construção' da vida na terra. Mas apenas como instrumento de trabalho, como o escultor usa martelo e cinzel. Eu acredito que exista A Criação, o poder universal, impavido colosso, imensurável, incompreensível, indiferente a tudo e está absolutamente acima dos deuses.
      Sua origem? Tás brincando?...

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    5. Meu amigo, muito me honram e envaidecem suas palavras.
      Como sempre friso, eu sigo a máxima socrática: "Tudo o que sei é que nada sei". Por isto, eu não me arvoro a dizer que entendo de qualquer coisa. Sou um curioso nato e procuro aprender, conhecer o que eu puder. O Saber não ocupa espaço.
      Reforço minha reverência à sua ideia da possíbilidade dos deuses terem usado supersoftwares para auxiliar na "construção da vida" na terra. Nunca a aventei.
      Você já viu este post?
      http://fab29-palavralivre.blogspot.com.br/2012/09/darwin-em-xeque.html
      Olhe-o e opine.
      Abraços.

      Excluir
    6. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    7. Bom, aí eu concordo que é 'doidera demais'... Se o universo for o computador, a Terra é um femtobyte? E nós? Além de tudo, quem digita esse computador?
      "E outas coisas evoluiram". Você quer dizer "por si só", no estilo darwiniano? O quê, por exemplo? Porque tem um monte que continua a mesma coisa: baleia, tubarão, celacanto, crocodilo, barata, escorpião, fungos, ameba,...
      Por fim, eu também creio que o darwinismo é uma "mentira", na verdade, uma "viagem", como a de Copérnico. Não vejo nenhuma intenção deles em enganar. Apenas acreditaram naquilo que podiam observar e chegaram àquelas conclusões.
      Abraços.

      Excluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O imbecil/retardado escreve aqui, no inacreditável e em outros 11 (ONZE!) sites e blogs que pesquisei, sempre soltando seus "comerdários".
      É hilário, patético ou emético? Ou "ambos os três conjuntamente"?

      Excluir
  7. Pelamor! Falar em homens mais calvos, puberdade precoce e dentes do siso? Dizer que você menosprezou Darwin, quando apenas mencionou alguns dos seus aspectos físicos e mentais muito pouco divulgados? Eu pensei que para responder à sua proposta de raciocínio viesse alguém com argumentação mais atual e sólida. Sua sobrinha é uma piada repeticionista mas dada a ignorância geral, até te perdoo a babação de ovos.

    Por mais que eu não acredite em Deus, não dá para engolir a teoria de evolução pelos motivos que você mesmo alencou. Dá para se entender algumas modificações adaptacionistas, muitas para pior, mas essa diversidade, complexidade e infinidade de seres não dá para entender.

    Agora, vem cá, se os seres tinham que evoluir para sobreviver, como se explica essa diversidade de seres sobreviventes convivendo simbioticamente na mesma natureza da terra?

    Os seres vivos não se transformaram/evoluiram de uma espécie em outra, eles apenas se modificaram um pouquinho, através da seleção natural, dentro da sua mesma espécie, para atender às contigências de seu tempo, como por exemplo a conta do dentista que quer extrair os 4 sisos de um maldito adolescente que, ainda por cima, precisa usar aparelho para corrigir a involução de seus dentes tortos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, Mädi, cada cabeça, uma sentença.
      Minha sobrinha é uma leitora inveterada e opinativa. A teoria de Darwin a tocou num ponto que a fascinou.

      Posso compreender que a IDEIA da evolução é muito boa, uma grande sacada. Só não serve pra vida na Terra, que é muito jovem para ter desenvolvido do NADA uma diversidade tão fantástica de vida animal e vegetal.

      Como disse pro Eduardo mais acima, eu creio em supermegacientistas que trabalharam a Natureza e criaram as formas de vida desde as criaturas do pré-históricas até as atuais. Após milhões de tentativas, erros, consertos e acertos, chegaram aos termos que conhecemos. Veja este post:
      http://fab29-palavralivre.blogspot.com.br/2013/02/a-origem-das-especies-sumeria.html
      E sobre o DNA:
      http://fab29-palavralivre.blogspot.com.br/2012/09/darwin-em-xeque.html

      "Os seres vivos não se transformaram/evoluiram de uma espécie em outra, eles apenas se modificaram um pouquinho, através da seleção natural". Mädi, a Evolução afirma que TODA a inacreditável variedade animal e vegetal (até as extintas) vieram do mesmo "sopão primordial". Crê quem quer. Nós, não.

      Abraço. Grato pela visita.

      Excluir
  8. ...E saber que professorees arrastam seus alunos a cada ano para serra tiririca montanha.

    Obrigado pelo espaço.

    Meu blog America do sul

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim se desencaminha a Humanidade...

      E o espaço é de todos, colega.
      Abraço

      Excluir
  9. Idiotas úteis! a la Paulo Freire.
    Abraço

    ResponderExcluir
  10. Ficar calvo..ovular mais cedo e etc que Sheise citou...tudo fruto de hormonios nos alimentos...comida com mil tipos de quimica...etc...a matéria eh muito boa Fabiano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fatores artificiais não faltam para determinar tantas alterações fisiológicas e genéticas, mas o extremismo evolucionista fecha ouvidos e olhos (até o terceiro) para isso. Paciência!
      Muito grato.

      Excluir