Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


segunda-feira, 11 de junho de 2012

COMO SE FEZ?! QUEM FEZ?!

Amigos e amigas.
Espalhadas pelo mundo, existem construções absolutamente inacreditáveis em suas precisão, originalidade e gigantismo. As estátuas da Ilha de Páscoa (os Moais) no meio do oceano Pacífico são um exemplo recente de espetáculo renovado. Por muito tempo, acreditou-se que eram só imensas cabeças com o torso esculpidas em pedra, com média de 5 metros de altura e peso calculado entre 1 e 27 toneladas. Há algum tempo, resolveram escavar e descobriram que eram corpos inteiros! São quase 900 esculturas e ainda é um mistério a técnica com que foram esculpidas e o motivo por que foram criadas.

Porém, as maiores e mais espetaculares construções são as pirâmides. Elas estão espalhadas pelo mundo, sendo inerentes a vários povos (astecas, maias, incas, egípcios,...). Todas essas pirâmides têm pontos incompreensíveis com relação às suas construções:
  • Uma quantidade enorme (milhões, até) de pedras imensas (várias toneladas);
  • Desenhos e formas incrivelmente precisos;
  • Encaixes milimétricos;
  • Ausência de reboco, cimento, rejunte ou qualquer ligadura.

Vou me ater à mais famosa delas: a Pirâmide de Quéops. Eis as informações oficiais dos egiptólogos a seu respeito:
  •  Suas dimensões: base quadrada de 230 m de lado e altura de 146 m;
  • Feita de, aproximadamente, 2.300.000 blocos de pedra;
  • Levou cerca de 20 anos para ser concluída;
  • Trabalharam cerca de 100 mil trabalhadores nesse período;
  • Peso de mais de 31 mil toneladas.

Daí, começam os questionamentos. Primeiramente, vamos usar a matemática:
  • Dois milhões e trezentos mil blocos divididos por 7300 dias (20 anos) é igual a + ou - 315 blocos POR DIA!
Vamos aceitar que conseguiam trabalhar 20 horas por dia. Então:
  • 315 blocos divididos por 20 horas é igual a quase 16 BLOCOS POR HORA.
  • 15 blocos divididos por 60 minutos é igual à fantástica média de 01 bloco a cada 04 MINUTOS!!
Detalhe: dentro da pirâmide, há câmaras e escadarias. Será que as pedras foram cortadas no formato exato e encaixadas ou eram blocos brutos e, APÓS SEREM ENCAIXADOS, foram cortados para dar a forma interna conhecida?

Conclusão: para erguerem APENAS a Pirâmide de Quéops, os egípcios cortaram, carregaram e encaixaram com precisão cirúrgica um bloco de pedra de várias toneladas a cada quatro minutos! Mas que instrumentos existiam para se executar tais cortes e furos? Nesses 20 anos, não ocorreu nenhuma tempestade de areia, que atrasaria muito a obra? O que eles usavam para erguer pedras enormes a alturas equivalentes a dezenas de andares? Onde eles arrumaram alimentos para tanta gente? E lugar para dormir, banhar-se, fazer necessidades? E quanto a acidentes e doenças?

Eu tenho mil dúvidas se o homem é capaz de construir, HOJE EM DIA, nos termos vistos, uma pirâmide dessa magnitude, com toda a grande tecnologia de que dispõe. Naquela época, calculada em 4 mil anos antes de Cristo, TOTALMENTE impossível! Daí, vem a segunda questão: então, QUEM FEZ?! Como a construção em si é absurda, permitam-me extrapolar: só podem ter sido os DEUSES. No caso egípcio, Osíris, Ísis, Seth, Thot, Anúbis, etc.
Tal crença está longe de ser nova. Por exemplo, Erich Von Däniken escreveu "Eram os deuses astronautas?", onde aventa a possibilidade de TODOS os deuses e anjos citados em milhões de escritos sagrados terem sido seres extremamente desenvolvidos (até para os padrões de hoje). Para os 'humanóides simiescos' daquela época, seriam verdadeiros DEUSES! Esses seres, usando técnicas e tecnologia desconhecidas, quiseram ou precisaram construir monumentos para marcar suas presenças e lugares para se acomodarem e para ensinar a 'seus filhos' uma imensa quantidade de leis para 'botar ordem na casa'!

Todos os escritos de todos os povos contam que esses seres tinham todas as virtudes, mas também todos os pecados comuns a todos nós: ira, inveja, luxúria, soberba,...! Penso que, além de todas as superconstruções da antiguidade, foram eles que trouxeram a vida pra Terra e a desenvolveram através de incontáveis experiências e cruzamentos, dando origem a uma infinidade de animais e plantas. Mas disto, espero falar mais em outro post.

Vocês imaginam a quantidade de construções incríveis que há espalhada pelo mundo? Só de pirámides colossais, centenas; tem a Esfinge de Gizé, em que alguns arqueólogos encontraram EROSÃO VERTICAL (só causada por chuvas constantes e torrenciais! Num deserto?!); Stonehenge; as intrigantes e imensas Gravuras de Nazca, no Peru (recentemente, a gravura de um condor com 137m de comprimento e 87m de largura foi descoberta perto de Ocucaje, a 400km de Lima); monolitos de pedra e metal (até inoxidável!) de todos os formatos e tamanhos em todos os continentes; e etc e etc!

A quantidade de perguntas é mil vezes maior que a de respostas plausíveis. Grande parte da humanidade acha tudo o que escrevi balela, teorias de loucos, desocupados ou de quem 'só quer aparecer', que Darwin é que estava certo, etc e tal. Viva o livre arbítrio! Eu prefiro crer que não estamos sós no universo; que os registros das presenças de 'deuses' no planeta são verídicos, porém, muito deturpados, ou incompletos, ou mal interpretados; que quando 'Deus nos fez à sua imagem e semelhança', é a pura verdade; que os 'anjos' ou similares eram suscetíveis às fraquezas físicas e morais inerentes a todos nós; e por aí vai.

Por isso tudo,  minha religiosidade se resume em minha fé na Vida, na Mãe Terra e na Criação (que está acima de tudo!). E afirmo que ela é inabalável. O que é certo, por mais terrível que seja, precisa prevalecer. Se qualquer coisa tiver margem para dúvidas ou não for possível de ter ocorrido, eu procuro a correção ou a descarto. Só assim, mantenho minha sanidade.

FAB29

Adendo 1: Sabe-se que o Templo de Quetzalcoátl, no México, é três vezes maior em área ocupada do que a pirâmide de Quéops. Que técnicas usaram os Astecas? Quanto tempo durou o erguimento desse mega colosso?

Adendo 2: li uma matéria sobre uma pirâmide encontrada na Bósnia cuja datação de carbono revelou que sua idade é de 25 mil anos!
Pela foto abaixo, podemos ver o tamanho dela! Mais uma mostra de que todas as grandes pirâmides são mais antigas do que nos querem fazer engolir e que  nenhuma civilização teria sido capaz de erguê-las!

                        

3 comentários:

  1. Companheiro Fabiano,

    Até fiz uma COMÉDIA que intitulei “O CARA QUE SALVOU O EGITO DA FALÊNCIA” e nessa comédia questiono sobre um tal descendente da SEITA judaica que segundo a FÁBULA era “O CARA”e para decifrar sonhos, era com esse camarada mesmo.

    Imagina um POVO que fez essas MARAVILHAS que estão EM PÉ há mais de CINCO MIL ANOS, ESCREVIAM TUDO que se passava com ELES, já que tinham PAVOR, isso mesmo um verdadeiro “P A V O R”, se por qualquer motivo desobedecessem a seus deuses e olhe eles tinham MUITOS.

    NUNCA MENCIONARAM os tais seguidores da SEITA judaica.

    Vem essa CAMARILHA de seguidores da SEITA judaica contar uma FÁBULA onde o tal josé era o GERENTE GERAL do EGITO e se não fosse o tal gerente as PIRAMIDES não tinham sido construídas, pois o POVO EGÍPCIO teria sucumbido AOS SETE ANOS DE SECA.

    Olha que INTERESSANTE!

    Graças ao BOM POVO ELEITO foi morar no EGITO e lá conseguiram salvar esses MONUMENTOS para a posteridade, faz me RIR.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Ragi.
      Eu já havia reparado que, afora a Bíblia, não existe nenhuma menção de José no Egito. Os hieróglifos falam de ABSOLUTAMENTE TUDO da cultura e da história egípcia. Menos das pirâmides e da presença judaica no seio deles.

      Só como comparação: com as devidas proporções, o mesmo dizem que ocorreu na 2ª Guerra, quando os alemães registraram TUDO O QUE FAZIAM. Menos a ordem para o holocausto.
      Um historiador chamado Raul Hilberg chegou a afirmar que foi uma espécie de 'ordem telepática'.

      Faz-me rir, também.
      Abraços.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir