Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Israel Shahak - 5ª parte



Amigos e amigas.
O destaque para esta parte da "História Judaica", do Shahak, vai para a visão do filósofo e médico Maimonides sobre quais pessoas não merecem atingir o valor religioso supremo.
FAB29
"Em 1962, uma parte do Código Maimonediano supracitado, o chamado Livro do Conhecimento, que contém as regras mais básicas da fé e prática Judaicas, foi publicado em Jerusalém numa edição bilingüe, com a tradução Inglesa em face do texto Hebraico. O último foi restaurado na sua pureza original e a ordem para exterminar infiéis Judaicos aparece na totalidade: 'É um dever exterminá-los com as nossas próprias mãos.' Na tradução Inglesa isto é algo abrandado para 'É um dever tomar medidas ativas para destruí-los'. Mas então o texto Hebraico passa a especificar os principais exemplos de 'infiéis' que devem ser exterminados: 'Tais como Jesus de Nazaré e os seus discípulos, e Tzadoq e Baitos e os seus discípulos, possam os nomes dos malvados apodrecer'. Nem uma só palavra disto aparece no texto Inglês na página oposta. E, ainda mais significativo, não obstante a ampla circulação deste livro entre estudiosos nos países Anglófonos, nenhum deles, tanto quanto eu saiba, protestou contra esta decepção gritante."(...)
"Maimonides era também um racista anti-preto. Para o fim do Guia, num capítulo crucial (livro III, capítulo 51) discute como várias secções da humanidade podem alcançar o valor religioso supremo, a verdadeira adoração a Deus. Entre os que são incapazes de sequer se aproximarem deste estão: alguns dos Turcos [isto é, a raça Mongol] e os nômadas no Norte, e os pretos, e os nômadas no sul, e os que se lhes assemelham nos nossos climas. E a sua natureza é como a natureza de animais mudos e, de acordo com a minha opinião, não estão ao nível de seres humanos e o seu nível entre as coisas existentes é abaixo de um homem e acima de um macaco, porque têm a imagem e a semelhança de um homem mais que um macaco tem." Pág. 42

"Certamente somos levados a pensar que muitos dos apoiadores rabínicos de Martin Luther King ou eram racistas anti-pretos que o apoiaram por razões táticas de 'interesse Judaico' (desejando obter apoio preto para a Judiaria Norte-Americana e para a política de Israel) ou eram hipócritas consumados, ao ponto da esquizofrenia, capazes de passarem muito rapidamente de um gozo oculto de racismo raivoso a uma devoção proclamada a uma luta anti-racista — e regressar — e regressar outra vez." Pág. 43


"Então, quais são as opiniões deste movimento (Hassidismo) no que diz respeito a não-Judeus? Como um exemplo, tomemos o famoso Hatanya, um livro fundamental do movimento Habbad, um dos ramos mais importantes do Hassidismo. Segundo este livro, todos os não-Judeus são criaturas totalmente satânicas 'em quem não existe absolutamente nada de bom! Mesmo um embrião não-Judeu é 'inessencial', já que toda a criação foi criada unicamente para o benefício dos Judeus." Pág. 44

25 comentários:

  1. Parte I

    O “grande” Moshe ben Maimon ou Musa ibn Maymun ou simplesmente Maimonides foi um monte de coisas, nasceu em Córdoba na Hispânia em 1135 “JÁ SEM A PREDOMINÂNCIA DO DOMINIO MOURO” que havia caído em 1031. Que até então era Córdoba a capital do califado, a maior, a mais rica e a mais sofisticada cidade na Europa Ocidental o comércio e o intercâmbio cultural do Mediterrâneo floresceram, os muçulmanos importaram uma rica tradição intelectual do Oriente Médio e do Norte da África.

    Em razão dessa dominação Mourisca a Cidade de Córdoba se tornara uma REFERÊNCIA no que tange aos ESTUDOS e dessa forma, estudiosos do Oriente vinham para a região para aperfeiçoarem seus ESTUDOS sobre a cultura GRECO/ROMANA e conhecimentos sobre a EUROPA OCIDENTAL, diferenciando o lugar como sendo este uma mescla de dois mundos.

    O MENINO Maimonides viveu nesse lugar “DIFERENCIADO” influenciado por uma CULTURA CRISTÃ, pois o poder não estava mais nas mãos dos MOUROS, mas sim em um Reino dividido entre ARAGÃO e CASTELA.

    Pois bem, ai começam as CONTROVÉRSIAS na vida desse PRECURSOR dos ensinos talmudiscos que veremos a seguir:-

    Em uma análise da HISTÓRIA vamos verificar que o “grande” menino era um grande INVENTOR de CAUSOS, pois em sua “biografia” diz que com 13 anos, sua família necessitou fugir de Córdoba por não haver CONCORDADO em se tornar um ISLÂMICO!

    Se tornar um ISLÂMICO numa terra DOMINADA novamente pelos CRISTÃOS?

    Pois o menino inventor de causos e MENTIROSO Maimonides com a idade de 13 anos necessitou fugir de Córdoba e com a família VAGOU por 12 anos indo se estabelecer em Fez uma Cidade do Marrócos...

    Uma pausa para REFLEXÃO.

    O menino, mentiroso inventor de causos e INDECISO Maimonides pula da FRIGIDEIRA diretamente no FOGO ou será que o Marrócos era uma REGIÃO SEM RELIGIÃO ALGUMA?

    Não, era apenas o CENTRO NERVOSO da COISA, bem no período que o menino, mentiroso, inventor de causos, indeciso e MARIA VAI COM AS OUTRAS chega, o tal Maimonides resolve então após a morte de seu irmão um comerciante de JOIAS... Olha que interessante um judeu comerciante de JOIAS, um ramo de atividade muito diferente dos demais SIMPATIZANTES da SEITA judaica, pois bem o RAPAZ agora com a idade de 25 anos se transforma em MÉDICO e conta em sua biografia que era um médico de RENOME e que atendia todo “HIGH SOCIETY” MARROQUINO a ponto de ser CHAMADO para atender o próprio SALADINO o BAM,BAM,BAM do pedaço o CARA que foi responsável por reconquistar Jerusalém, após sua vitória na Batalha de Hattin e, como tal, tornou-se uma figura emblemática na cultura curda, árabe, persa, turca e islâmica em geral.

    Saladino, adepto do islamismo sunita, tornou-se célebre entre os cronistas cristãos da época por sua CONDUTA CAVALHEIRESCA, especialmente nos relatos sobre o sítio a Kerak em Moab, e apesar de ser a nêmesis dos cruzados, conquistou o respeito de muitos deles, incluindo o Rei Ricardo Coração de Leão; longe de se tornar uma figura odiada na Europa, tornou-se um exemplo célebre dos princípios da cavalaria medieval.

    Como diria Mestre Yoda:-

    -“MUITO ESTRANHA ESSA HISTÓRIA ESTÁ!”

    ResponderExcluir
  2. Parte II

    Seguindo nosso aprendizado sobre o INVENTOR das REGRAS judaicas encontraremos o “médico” de Saladino já iniciando seu TRATADO FILOSÓFICO talmudiano em plena ativiade como MÉDICO do TODO PODEROSO SALADINO e de toda a sua PROLE, em 1168 escreve A Mishná, a Luminar ou também chamado de o LIVRO da ELUCIDAÇÃO...

    Outra pausa para REFLEXÃO:-

    LIVRO DA ELUCIDAÇÃO?

    Como Livro da Elucidação, se o ESCRITOR da COISA vivia em descompasso com o que pregava a mishná ou o talmud, o que prega esses tais DOCUMENTOS judaicos:-

    No entendimento do filósofo Maimonides o talmud prega, define e forma o judaísmo, alicerça todas as leis sem esses PARÂMETROS não existiria essa SEITA e diz CLARAMENTE que todos os povos CONTRÁRIOS a esse “MODUS VIVENDI” pereceram, esse TEXTO SAGRADO diferencia o judeu dos demais.

    Maimonides ensina em suas PRÉDICAS que:-

    “É um dever exterminá-los com as nossas próprias mãos”.

    “Tais como Jesus de Nazaré e os seus discípulos, e Tzadoq e Baitos e os seus discípulos, possam os nomes dos malvados apodrecer”.

    Mas o EXORTADOR não VIVENCIAVA o que PREGAVA quando se é que o mesmo diz ser VERDADE prestava SERVIÇOS ao GRANDE SALADINO, pois tinha em suas MÃOS o DONO DE JERUSALÉM, e poderia simplesmente EXTERMINÁ-LO, mas não o fez.

    Não seria também o Maimonides uma GRANDE FIGURA FICTÍCIA elaborada pelos REDATORES rollyudianos para dar a ENTENDER que o LIVRÉCO seria VERDADE?

    Como diria Dona Milú:-

    MISTÉRIO...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Ragi, muito grato.
      Suas contribuições são de grande agrado, enriquecendo minhas postagens. Espero aprender o máximo com sua biblioteca.
      Abraços.

      Excluir
  3. Fabiano, a viúva do cabo austriaco:
    Já ouviu falar nos "Falachas"?
    Israel foi, que eu saiba, o único país a resgatar negros não para escraviza-los, mas para liberta-los!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, leia "Os magnatas do tráfico negreiro". Lá, se dão nomes aos bois.
      Tá disponível para se baixar da internet.

      Excluir
    2. Do "stormfront". Sei...Ku Klux Klan!
      Você é um perfeito idiota!

      Excluir
    3. Doeu, né?! O autor (José Gonçalves Salvador) não era do "stormfront" ou da Ku Klux Klan. Livros desse naipe só são marginalizados porque são amaldiçoados por seus chefes, os "reis da mídia".
      Sionistas fazem o possível para detratar tudo aquilo que chuta seus bumbuns. Informações daquele nível jamais terão livre publicação. O povinho não o terá.

      Quanto aos "FALASHAS", eles eram amaldiçoados, exilados, proscritos pelos judeus. A situação só mudou quando um rabino confirmou que eles eram descendentes das tribos perdidas de israel. Senão, estariam 'lascados' até hoje. Essa é a justiça sionista!

      Você afirma que "não quer" me convencer, mas vive tentando achar pontos soltos da história para tentar. Sua oligofrenia não vai me contaminar.
      Rosne o quanto quiser.

      Excluir
    4. Rosnar? Eu estou é morrendo de rir!!!
      José Gonçalves Salvador é personagem do stormfront. Você é novato nisso! E, para acreditar que os "sionistas" (naquele tempo?) faziam tráfico de escravos, precisa ser ou ignorante ou inocente. Aposto nas duas opções.
      Voltando ao assunto, coisa que você não gosta, descobriram os Falashas sim e os resgatram. Libertaram! Vá estudar!

      Excluir
    5. O livro fala sobre o tráfico negreiro. Só destaca a supremacia judaica (não sionista) nele por ela ter sido gritante. Azares!
      Eu não disse que os falashas não foram "salvos" pelos seus pares. SOMENTE quando descobriram seus laços sanguíneos. Porque antes...
      "José Gonçalves Salvador é personagem do stormfront". Real ou fictício? Consegue explicar, discorrer sobre isso?

      Excluir
    6. E você já salvou alguém? Você faz algo pelos cristãos sudaneses que são assassinados pela islimização do Sudão? Deixa de ser cara-de-pau!
      Está aqui: Não existe José nem João. Como disse antes, você e iniciante em "revisionismo".
      http://www.stormfront.org/forum/t741910/
      Procure saber quem é dono desta porcaria de site e baixe os livrecos fajutos. Você tem a certeza de séculos atrás por ter lido uma pseudo-história, e desacredita que aconteceu a 70 anos atrás. Apedeuta!
      A cultura assusta muito. É uma coisa apavorante para os ditadores. Um povo que lê nunca será um povo de escravos. Vá estudar, Fabiano! Te falta conhecimento!

      Excluir
    7. Calma. Não arranque a calcinha pela cabeça.
      Eu tento salvar você, mas você se faz de difícil.
      Uma perguntinha simples para tentar uma resposta direta e você rosna, bufa, baba,... Se você não sabe nada da história do José Gonçalves é só dizer.
      E eu desacredito nas impossíveis 'câmaras de gás' nazistas. Culpe seus donos por ligarem-nas indelevelmente ao holocausto.

      "A cultura assusta muito. É uma coisa apavorante para os ditadores. Um povo que lê nunca será um povo de escravos." Verdade! Por esse motivo é que os sionistas dominam as mídias e só permitem ao povinho 'Paulos Coelhos', 'Harry Potters', 'Crepúsculos',... Leitura útil, esclarecedora, orientadora, producente, não, não!

      Em tempo: eu já li boa parte dos livros que você me indicou no link.
      Também li wiesel, abraham, misha dafonseca, raul hilberg, enfim, seus ídolos. Não virei fã.

      Excluir
    8. Eu estou calmo. Não será um iniciante de revi que me tirará a paciência. Só dos teu gurus.
      Continue no stormfront. Continue revirando lixo. Nem que é o dono do site você sabe. Fabiano, tenho pena de você. Nem sabe sobre o tal "Zé". Aonde nasceu, quem foi, sua "obra"...
      Fique calmo, Adibê!

      Excluir
    9. Sem dúvidas, você eatá calmo, tem muito o que fazer na vida, "tem pena" dos ignorantes, muita experiência, sapiência, vivência, cultura, é muito 'viajado', sabe ATÉ quem é o dono do stormfront!!
      Só não quer dizer.

      Continue seu bom trabalho.

      Excluir
    10. Obrigado pelos elogios. São pertinentes.
      Sobre o stormfront, já disse de quem é. Basta ler.
      E deveria saber pois tudo que você posta, é dele e alimentado pelo CODOH. Ou você está perdido?

      Excluir
    11. Infelizmente, parece que você é que está perdido.
      Meu blog não era para ser nada além de uma expressão de minhas dúvidas, anseios, artes, críticas,... desejando encontrar respostas dignas e soluções producentes para todas elas.
      O 'problema' (seu) é que começaram a brotar (e depois, aos borbotões) muitos estardalhaços por parte de "defensores das minorias" (dos judeus, quase sempre), dando um cartaz ao blog que superou TODAS as minhas expectativas. Está sendo muito bom.
      Eu sei meus direitos, deveres e limites. Não sou partidário de nada, nem ninguém. Ter essa liberdade me move a questionar tudo o que eu achar merecedor disso.
      Por mais que você esteja tentando (e continuará) me intimidar para que eu, pelo menos, pare de descer a lenha nas falsidades sionistas, esqueça.
      Repito: parece que você está perdido.

      Excluir
    12. Não estou te intimidando nem tentando mudar sua opinião. Por isso escrevi que a cultura assusta muito. É uma coisa apavorante para os ditadores (e seus aprendizes e simpatizantes). Você tem sua liberdade, mas não se esqueça que tenho a minha. Não baixarei o nível (nada contra a categoria), mas discutir e tentar trocar idéias com um recpcionista borderline é complicado. Você nada responde, copia e cola textos do CODOH e stormfront sem saber do que se trata e de quem se trata. Aprenda que isso é crime. A KKK nos EUA é tolerável até o momento que não atente contra vida. Se assim ocorrer, é prisão perpétua ou pena de morte. No Brasil (e Jaguariuna faz parte) é crime. Fala em ideais politicos sem saber o que representa. Por fim, sr. Apedeuta, continue por aí, que continuo por aqui. Minha liberdade você não caça. Minha defesa contra injustiças contra diversas minorias, idem. Mesmo sendo o Adibê nazista e outros idem.

      Excluir
    13. Você mente mal demais!

      - Se eu fosse o que você afirma, sua obrigação seria me denunciar.
      - Se eu tivesse cometido qualquer tipo de crime, idem.
      - Se você tivesse coisas úteis a dizer, não perderia tempo patrulhando sites e blogs alheios. Teria o seu.
      - Se tivesse mente sadia, não demonstraria (de novo) baixezas, como preconceitos e intimidações;
      - Se tivesse só um pouco da cultura que se subroga, nunca teria escrito tanta cucurbitácea em tão curto espaço.

      Resumindo, você já teria "caçado" minha liberdade, sr. Curtura!

      Excluir
  4. Adibê,
    Como você não entende as coisas, me vejo obrigado a repetir:
    Você tem sua liberdade e eu tenho a minha. O que estou fazendo, o que faço, meu tempo e o que me interessa não é de seu controle.
    Você já é figura carimbada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E dá-lhe mentiras!

      Sua liberdade é controlada;
      O que você faz é comandado;
      O que te interessa é interesse dos seus donos;
      E quem te controla é muito possessivo e ciumento. Quero distância!

      Excluir
    2. Se for brincadeira, aceito. Mas, se estiver falando sério, acho melhor procurar ajuda psiquiátrica.

      Excluir
    3. Você é uma brincadeira (de mau gosto).
      Acredita no impossível, perde tempo propalando isso por todo lado, achincalha quem não quer crer e se traveste de 'hitler esquizóide'.
      Quem precisa de psiquiatra?

      Excluir
    4. Você, que tem um blog insano e estranho e consegue, nos tempos atuais, ser um nazista.
      Você acha que me conhece, tem múltiplas polaridades, o que escreve (e se comporta) aqui, é diferente do imbecilidade.com.br e teu namorado é um demente, que te acompanha aqui, tentando te salvar de sua ignorância total. E mais, deleta o que te desestabiliza.

      Excluir
    5. Pobrezinho!...
      - Não quero conhecê-lo. Você é que não desiste de me visitar;
      - Todo ser humano tem vários níveis de polaridades. Aqui, eu uso dois: meu normal, com todos; meu desprezo, com as nulidades;
      - Você queria que MEU blog expressasse SUA moralidade vazia, que pensa torpezas? E só porque eu detesto a sordidez de seus donos;
      - Deleto (e deletarei) tudo aquilo que sua mente malsã extrapolar. Mas a maioria está aqui pra todos lerem. Incluindo suportáveis ofensas gratuitas.

      Excluir
  5. Caro Fabiano bom dia, é o que sempre digo mostrem-me as “PROVAS CABAIS” que irei até o ESPELHO de minha ALMA e reconhecerei todos os meus ERROS e FRACASSOS.
    Ser sábio e ser culto.
    O que é ser SÁBIO?
    “Ser SÁBIO é ter a HOMBRIDADE de ADMITIR diante do ESPELHO D’ALMA seus ERROS e FRACASSOS e COMPARTILHAR seus CONHECIMENTOS com OUTROS”.
    O que é ser CULTO?
    “Ser CULTO é ser LIVRE para poder LER e APRENDER, trocar IDÉIAS e PENSAMENTOS, distribuir GRATUITAMENTE o que APRENDEU”.
    Ser SÁBIO e CULTO é o que José Marti definiu como:-
    "Os homens são como os astros; alguns geram sua própria luz, enquanto outros apenas refletem o brilho que recebem."
    Alguns CONTESTADORES “DIZEM” que “VIAJARAM”, “FORAM” ao “POMO da DISCORDIA”, mas mesmo tendo OLHOS, não VIRAM e continuam NÃO VENDO, e por terem IDO até esses “ÇANTUÁRIOS” se dizem “ÇÀBIOS” e até “KULTOS”.
    Esses DEVEDORES da VERDADE farão de TUDO para continuar NÃO VENDO e IMPEDINDO que a LUZ do ASTRO (VERDADE) maior BRILHE.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, caro amigo.
      Por mais que falemos, demonstremos, questionemos e opinemos, os parasitas e aspones superadestrados que infestam a internet (principalmente) se esmeram em "contestar" sem nenhuma capacidade de comprovar o que defendem.
      Sabe, ou o que eles ganham é uma beleza, ou são tão incompetentes que não sobreviveriam de outra maneira. Parasitas perfeitos.
      Mas como já especifiquei ao hilário madruga, não faço nada desabonador a ninguém porque, se eu fosse ou tivesse feito o que ele fala, seria obrigação dele já ter me denunciado. E se ele tivesse um quinto da capacidade que diz ter, teria o blog mais 'antinegacionista' do Brasil.
      Reitero: ele quer nada de nada vezes nada. Seus pares, também.
      Abraços.

      Excluir