Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


terça-feira, 6 de novembro de 2012

Talmud de Jmmanuel 23

Amigos e amigas.
Atentem para os dois longos trechos finais que se destacam separadamente: um, do Talmud; outro, de Mateus.
Em geral, há poucas e pontuais diferenças entre os dois evangelhos. Nesta comparação, impressiona o fato de serem totalmente diferentes um do outro! 
FAB29


A Proclamação da Paixão

TJ 18:28 Daquele dia em diante, Jmmanuel começou a dizer a seus discípulos que ele teria que ir para Jerusalém e sofrer muito por parte dos anciãos, escribas e principais sacerdotes, pois ele não podia evitar mais levar seus ensinamentos até eles.
Mat. 16:21 Desde então começou Jesus Cristo a mostrar aos seus discípulos que era necessário que ele fosse a Jerusalém, que padecesse muitas coisas dos anciãos, dos principais sacerdotes e dos escribas, que fosse morto e que, ao terceiro dia, ressuscitasse.

TJ 18:29 E Pedro, levando-o para um canto falou a ele com raiva: Que deus ou a Criação evite isso!
Mat. 16:22 E Pedro, tomando-o à parte, começou a repreendê-lo, dizendo: Tenha Deus compaixão de ti, Senhor; isso de modo nenhum te acontecerá.


TJ 18:30 Isso não pode te acontecer, porque eles te agarrarão, torturarão e te matarão.
TJ 18:31 Mas ele virou-se à Pedro e disse: Afasta-te de mim, Satanás! Porque és uma perturbação, pois pensas não em termos espirituais, mas humanos.
Mat. 16:23 Ele, porém, voltando-se, disse a Pedro: Para trás de mim, Satanás, que me serves de escândalo; porque não estás pensando nas coisas que são de Deus, mas sim nas que são dos homens. (Atenção!!! Satanás é uma palavra em aramaico que significa simplesmente adversário, opositor, oposto!!!)

TJ 18:32 Simão Pedro, novamente deixas-me furioso e demonstras o teu pensamento ignorante.
TJ 18:33 Em verdade, eu te digo: Devido à tua falta de entendimento, o mundo irá derramar muito sangue pois irás falsificar os meus ensinamentos e os espalharás erroneamente entre as pessoas.
TJ 18: 34 Será tua a culpa pelas mortes de muitas pessoas, bem como pela origem de um falso nome para mim e pelo maligno insulto de chamar-me o filho de deus e por chamar a deus a própria Criação.
TJ 18:35 Mas estás ainda sob as graças de minha tão sofrida paciência; portanto, podes ainda ampliar mensuravelmente a tua irracionalidade.
TJ 18:36 Então Jmmanuel disse aos seus discípulos: Aqueles que desejam seguir os meus ensinamentos deverão levar sobre si mesmos o fardo pela busca da verdade, da percepção e do entendimento.
Mat. 16:24 Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me;

TJ 18:37 Pois aqueles que vivem as suas vidas em verdade e conhecimento serão vitoriosos, mas aqueles que vivem as suas vidas em inverdade e ignorância perderão.
Mat. 16:25 pois, quem quiser salvar a sua vida por amor de mim perdê-la-á; mas quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á. 

TJ 18:38 O que lhes lucraria então, se eles pudessem ganhar o mundo, e ainda assim causar danos às suas consciências?
Mat. 16:26 Pois que aproveita ao homem se ganhar o mundo inteiro e perder a sua vida? Ou que dará o homem em troca da sua vida? 

TJ 18:39 Ou, como pode alguém ajudar o seu espírito se é incapaz de pensar?
Mat. 16:27 Porque o Filho do homem há de vir na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então retribuirá a cada um segundo as suas obras. 

TJ 18:40 Em verdade, eu vos digo, há muitos aqui que não irão saborear o gosto do poder do conhecimento espiritual nesta vida e, portanto, irão aprender na próxima vida.
Mat. 16:28 Em verdade vos digo, alguns dos que aqui estão de modo nenhum provarão a morte até que vejam vir o Filho do homem no seu reino. 

TJ 18:41 O espírito humano é ignorante até que obtenha conhecimento através do raciocínio e da inquirição.
TJ 18:42 O espírito de uma pessoa não é um produto humano, mas é parte da Criação, dado aos humanos. E deve ser tornado sábio e perfeito.
TJ 18:43 De modo que prossiga em se tornar um com a Criação, já que a Criação, também vive em constante crescimento.
TJ 18:44 A Criação é eterna, e assim também é o espírito humano.
TJ 18:45 O ensino deste conhecimento é extenso e não é simples, mas é o caminho para a vida que é diversa em sua natureza.
TJ 18:46 A vida humana é destinada à perfeição do espírito, de modo que a vida seja vivida para a realização disso.
TJ 18:47 Mesmo quando os humanos se sobrecarregam com erros, eles agem de acordo com a lei da Criação, pois aprendem com eles a percepção e o conhecimento, por onde desenvolvem os seus espíritos, e através da força de seus espíritos são capazes de agir.
TJ 18:48 Sem que se cometa erros é impossível, portanto, se reunir a lógica, a percepção, o conhecimento, o amor e a sabedoria necessários para se desenvolver o espírito.
TJ 18:49 Em verdade, eu vos digo: Os ensinamentos dos principais sacerdotes, dos Fariseus, e dos escribas são errôneos e falsos quando vos dizem que um erro deve ser punido por deus ou pela Criação quando, de fato, o erro serve à percepção e ao conhecimento, e daí ao progresso do espírito.
TJ 18:50 Portanto, não existe erro punível, se ele serve para a percepção, ao conhecimento e ao progresso do espírito; do mesmo modo, não existe erro que tenha sido herdado ou punição neste mundo ou em outro mundo.
TJ 18:51 A punição de tal erro iria contradizer todas as leis da natureza e, portanto, todas as leis da Criação.
TJ 18:52 Quando se comete um erro que serve à percepção, ao conhecimento, e ao progresso do espírito, não há punição, nem nesta vida e nem em outra vida subsequente.
TJ 18:53 Portanto, os humanos vivem com a missão de aperfeiçoarem os seus espíritos e obterem percepção e conhecimento através dos erros, para que possam direcionar as vidas para as quais foram destinados.
TJ 18:54 Os humanos, contudo, nem aprendem consistentemente, nem de acordo com a grandeza de seus espíritos, que são guiados pelas leis da Criação e são introduzidos a situações que devem se suceder seqüencialmente, pois assim são destinados. Portanto, os humanos direcionam mal as suas consciências, seus pensamentos, sentimentos, e ações; se sobrecarregam com a culpa e expõem seus eus interiores aos ataques das forças externas.
TJ 18:55 Deste modo, o poder das consciências dos outros afeta a vida do indivíduo, para melhor ou para pior.
TJ 18:56 Porque os humanos desta época estão começando a raciocinar e a perceberem, eles estão necessitados dos ensinamentos. Portanto, os profetas foram enviados pelos filhos celestiais para ensinar à humanidade a respeito das verdadeiras leis da Criação e o conhecimento a respeito da vida.
TJ 18:57 Mas o povo ainda é ignorante, e apegado às falsas leis dos principais sacerdotes e distorcedores das escrituras. Consequentemente, não reconhece os novos ensinamentos como verdade.
TJ 18:58 Por falta de compreensão, o povo amaldiçoa a verdade que ainda há de vir; eles amaldiçoam, apedrejam, matam e crucificam os profetas.
TJ 18:59 Mas já que os ensinamentos da verdade devem ser levados ao povo, os profetas têm que suportar grandes fardos e sofrerem sob a maldição do povo.
TJ 18:60 Assim como perseguiram muitos profetas, eles agora estão atrás de minha vida.
TJ 18:61 A profecia do destino implacável diz que isso deverá se tornar realidade para mim, já que eu, um homem inocente, serei declarado culpado.
TJ 18:62 Contudo, não irá acontecer que eu seja morto, mas estarei num estado de quase morte, eu serei considerado morto por três dias e três noites. Serei posto numa sepultura de pedra, para que o sinal de Jonas seja cumprido.
TJ 18:63 Meus amigos da distante Índia, que são muito bem versados nas artes da cura, tomarão conta de mim e me ajudarão a fugir da sepultura no terceiro dia, para que então eu possa terminar minha missão entre os povos da Índia.
TJ 18:64 E isso deve acontecer para que eu atinja uma certa percepção, amplie os meus conhecimentos e gere uma nova força em espírito e consciência.
Mat. 17:1 Seis dias depois, tomou Jesus consigo a Pedro, a Tiago e a João, irmão deste, e os conduziu à parte a um alto monte;
Mat. 17:2 e foi transfigurado diante deles; o seu rosto resplandeceu como o sol, e as suas vestes tornaram-se brancas como a luz.
Mat. 17:3 E eis que lhes apareceram Moisés e Elias, falando com ele.
Mat. 17:4 Pedro, tomando a palavra, disse a Jesus: Senhor, bom é estarmos aqui; se queres, farei aqui três cabanas, uma para ti, outra para Moisés, e outra para Elias.
Mat. 17:5 Estando ele ainda a falar, eis que uma nuvem luminosa os cobriu; e dela saiu uma voz que dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo; a ele ouvi.
Mat. 17:6 Os discípulos, ouvindo isso, cairam com o rosto em terra, e ficaram grandemente atemorizados.
Mat. 17:7 Chegou-se, pois, Jesus e, tocando-os, disse: Levantai-vos e não temais.
Mat. 17:8 E, erguendo eles os olhos, não viram a ninguém senão a Jesus somente.
Mat. 17:9 Enquanto desciam do monte, Jesus lhes ordenou: A ninguém conteis a visão, até que o Filho do homem seja levantado dentre os mortos.
Mat. 17:10 Perguntaram-lhe os discípulos: Por que dizem então os escribas que é necessário que Elias venha primeiro?
Mat. 17:11 Respondeu ele: Na verdade Elias havia de vir e restaurar todas as coisas;
Mat. 17:12 digo-vos, porém, que Elias já veio, e não o reconheceram; mas fizeram-lhe tudo o que quiseram. Assim também o Filho do homem há de padecer às mãos deles.
Mat. 17:13 Então entenderam os discípulos que lhes falava a respeito de João, o Batista.
Mat. 17:14 Quando chegaram à multidão, aproximou-se de Jesus um homem que, ajoelhando-se diante dele, disse:
Mat. 17:15 Senhor, tem compaixão de meu filho, porque é epiléptico e sofre muito; pois muitas vezes cai no fogo, e muitas vezes na água.
Mat. 17:16 Eu o trouxe aos teus discípulos, e não o puderam curar.
Mat. 17:17 E Jesus, respondendo, disse: Ó, geração incrédula e perversa! até quando estarei convosco? Até quando vos sofrerei? Trazei-mo aqui.
Mat. 17:18 Então Jesus repreendeu ao demônio, o qual saiu de menino, que desde aquela hora ficou curado.
Mat. 17:19 Depois os discípulos, aproximando-se de Jesus em particular, perguntaram-lhe: Por que não pudemos nós expulsá-lo?
Mat. 17:20 Disse-lhes ele: Por causa da vossa pouca fé; pois em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda direis a este monte: Passa daqui para acolá, e ele há de passar; e nada vos será impossível.
Mat. 17:21 [mas esta casta de demônios não se expulsa senão à força de oração e de jejum.]
Mat. 17:22 Ora, achando-se eles na Galiléia, disse-lhes Jesus: O Filho do homem está para ser entregue nas mãos dos homens;
Mat. 17:23 e matá-lo-ão, e ao terceiro dia ressurgirá. E eles se entristeceram grandemente.
Mat. 17:24 Tendo eles chegado a Cafarnaum, aproximaram-se de Pedro os que cobravam as didracmas, e lhe perguntaram: O vosso mestre não paga as didracmas?
Mat. 17:25 Disse ele: Sim. Ao entrar Pedro em casa, Jesus se lhe antecipou, perguntando: Que te parece, Simão? De quem cobram os reis da terra imposto ou tributo? dos seus filhos, ou dos alheios?
Mat. 17:26 Quando ele respondeu: Dos alheios, disse-lhe Jesus: Logo, são isentos os filhos.
Mat. 17:27 Mas, para que não os escandalizemos, vai ao mar, lança o anzol, tira o primeiro peixe que subir e, abrindo-lhe a boca, encontrarás um estáter; toma-o, e dá-lho por mim e por ti.

2 comentários:

  1. O nazista Adibê virou Pastor Evangélico.
    Como todo nazista, não é confiável.

    ResponderExcluir
  2. Então, funda a tua igreja e prega o talmud judaico.
    Você seria confiável?

    ResponderExcluir