Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Uma senhora declaração!

Amigos e amigas.
Em outros posts, questionei o tamanho da influência judaica em vários planos da nossa vida cotidiana (hollywood, por exemplo).
Encontrei esta tradução de um trecho de uma entrevista de uma influente política israelense que corrobora essa predominância.
Eu e todos nós sabemos que os bastidores da política e as armas que utilizam para fazerem valer suas vontades e desmandos são sórdidas, hipócritas e tudo o mais. As clareza e crueza de sua declaração são tão admiráveis quanto assustadoras. Confiram.
FAB29
 
Moderadora Amy Goodman: "Frequentemente, quando, nos EUA, dissidentes se expressam contra a política de Israel, as pessoas são rotuladas de antissemitas. O que você diz disso, como uma judia israelense?"

Shulamit Aloni (ex-ministra de Israel): "Bem, é um truque que nós sempre utilizamos. Se alguém da Europa critica a política israelense, nós utilizamos o Holocausto; quando alguém deste país (EUA) critica Israel, então nós a rotulamos de antissemita.
Nossa organização é poderosa e dispõe de muito dinheiro e a conexão entre Israel e os judeus norte-americanos é poderosa, e eles (os judeus norte-americanos) são muito fortes neste país (EUA).
Como você sabe, eles têm um grande poder, o que é legítimo; são pessoas capacitadas, eles têm poder, dinheiro, a mídia e outras coisas e sua posição é: Israel, meu país, indiferente se certo ou errado (my country right or wrong).
Eles não permitem críticas e é muito fácil rotular as pessoas que são contra a política de Israel como antissemitas e ressuscitar o Holocausto e o sofrimento do povo judeu; e com isso nós justificamos tudo que fazemos contra o povo palestino."

Quem quiser assistir ao vídeo original: http://www.youtube.com/watch?v=jUGVPBO9_cA