Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


quinta-feira, 4 de julho de 2013

Novos campos de concentração

Amigos e amigas.
Para se garantir, entre outras coisas, predominância no poder, um dos expedientes mais utilizados é a construção de campos de concentração para tirar de circulação e isolar inimigos do status quo. Dessa maneira, o establishment evita o fomento de núcleos de "poder paralelo" ou de "áreas de intolerâncias, descontentamentos, rebeldias, motins".

Há muito tempo que "campo de concentração" virou 'porrete linguístico' devido à propaganda advinda da 2ª Guerra, onde houve dezenas deles e os sionistas criaram a quimera dos "campos de extermínio" para impetrar outra quimera: a tentativa de aniquilação da etnia judaica. Essa propaganda visa também amenizar os milhares de outros campos que se espalham por quase todos os países desde o século XIX até os tempos contemporâneos. Exemplos: Guantânamo e Abu Ghraib.

Mas que ninguém fique surpreso ao ver a imagem logo abaixo, onde se pontuam os campos de concentração na "maior democracia do planeta", no "país da liberdade". É até dito que esses são os NOVOS. Portanto, haveria os mais antigos, como no desenho seguinte, da wikipedia. Fora dizer o monte de outros campos que o império estadunidense/sionista mantém em dezenas de outros países.


Novos Campos de Concentração nos EUA





Ficheiro:Map of World War II Japanese American internment camps.jpg

Vejam as palavras de Ron Paul, membro da Câmara dos Representantes do Congresso estadunidense:

"A segurança perfeita não constitui o objetivo do estado. O que pretendemos do estado é que faça valer a lei para proteger as nossas liberdades. O estado não precisa saber mais sobre o que nós fazemos. Somos nós que precisamos saber mais sobre o que o estado está fazendo. Necessitamos virar as câmeras na direção da polícia e do estado, e não o contrário. Devemos estar gratos por autores como Glenn Greenwald, que divulgou a história da semana passada, por estar disposto a correr riscos para nos informar sobre o que está o estado a fazer. Há apelos para a perseguição a Greenwald e aos outros denunciadores e jornalistas. Eles devem ser defendidos, pois o seu trabalho defende a nossa liberdade." 

Quanta preocupação com o bem comum!
FAB29

15 comentários:

  1. Caro Fab,

    Isto é muito 'estranho' e macabro. E por alguma razão os estão a criar em massa.
    Já tinha visto informação em relação a este assunto o que me deixou bastante curioso e assustado com o que pode dali sair..

    Segue um link com uma reportagem onde aprofunda um pouco este assunto:

    http://2012aeradeouro.webnode.com.br/products/projeto%20fema%3A%20campos%20de%20concentra%C3%A7%C3%A3o%20nos%20eua/


    Gosto tanto de ter este tipo de pessoas a zelar por mim e pelo meus!! ^^

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Fábio.
      Na verdade, é apenas muito macabro. Infelizmente, não é nada estranho porque é uma das mais típicas atitudes imperialistas: calar a oposição a qualquer custo e de qualquer maneira.
      Agradeço pelo link e pelas palavras. Volte sempre.
      Abraço.

      Excluir
  2. Como você disse, Fabiano, "Campo de Concentração" virou porrete linguístico! É coisa de nazista! Mas todos os países utilizam ou já utilizaram essa infame invenção nazista; uns, somente em tempo de guerra e, outros, mesmo durante a paz. E não precisamos ir longe, senão vejamos o que diz nossa constituição quando trata do estado de sítio:

    "Art. 139. Na vigência do estado de sítio decretado com fundamento no art. 137, I, só poderão ser tomadas contra as pessoas as seguintes medidas:
    .........................
    II - detenção em edifício não destinado a acusados ou condenados por crimes comuns;
    ......................."

    Ora, um lugar para detenção de pessoas não condenadas por crimes comuns é, em linguagem simples, um campo de concentração!

    Abraços.
    Leonardo - JF

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "É coisa de nazista! Mas todos os países utilizam ou já utilizaram essa infame invenção nazista," (?!?)

      Você não sabia, Leonardo, que os gulags são mais antigos que Dachau, o 1º campo do Nacional Socialismo? Só é "invenção nazista" na propaganda sionista. Mais invenção ainda são os "campos de extermínio".

      Se bem que, em tempos de guerra (este câncer, filho da Mentira), campos de concentração se tornam obrigatórios. Não os aprovo de jeito nenhum, visto que sou inimigo da guerra. Mas a pergunta que fica é:

      Por que o império sionista/estadunidense possui tantos campos dentro do próprio país? Estão em guerra contra quem?

      Abraço

      Excluir
  3. Querido FAB,
    Os Gulags foram relegados ao esquecimento para que os coitadinhos dos judeus fossem "as estrelas" do coitadismo miserável. não só os gulags, mas também e por exemplo, o genocídio de Holomodor na Ucrânia - 7 milhóes (Foi Guenrikh Grigorievich Yagoda, nasceu no seio de uma família judaica, o principal responsável), o genocídio de índios norte americanos - 19 mihões, O genocídio dos boers, África do Sul, genocídio na Índia pela fome também como Holomodor. (anglo-saxónicos ordenaram estes últimos). Genocídio dos arménios, 7 milhões. Total do comunismo de Mao - 66 milhões de chineses. Total do genocídio pela URSS, 60 milhões.
    Actualmente o genocídio no Congo - seis a dez milhões de vítimas no Congo desde 1996, 1.500 pessoas morrem diariamente.Principais responsáveis; judeus.

    http://marecinza.blogspot.pt/2012/11/congo-o-holocausto-real-e-os-judeus.html

    Impressionante do que é capaz o povo "eleito" para sugar as riquezas às outras nações e especialmente à Alemanha. Montaram a estória do holoconto de uma forma impressionante. Apenas o holoconto deles existe, já que consideram todos os outros goyim, gado.

    Neste Holocausto escatológico não terão peias em eliminar quase toda a população do mundo, como mandam as suas sagradas e sádicas escrituras. Foi para isso que corromperam a maior potência bélica do mundo e em Dimona, a AEIA não entra!

    Um beijo amigo querido e força aí! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só pra variar, querida amiga, você foi sucinta e abrangente.
      Desse holocausto africano eu falei um pouco aqui:

      http://fab29-palavralivre.blogspot.com.br/2012/05/coltan-e-escravidao.html

      Claro que é apenas um pálido reflexo das vilanias que realmente fazem no continente africano.
      Nossa luta, bela Fada, é quixotesca, mas é o que alimenta minha esperança, que não me deixa esmorecer.
      Grato pelas suas palavras e presença.
      Beijos.

      Excluir
    2. Têm também o assassinato de judeus por portugueses em plena lisboa quando turbas massacraram os judeus, têm o massacre de judeus devido a inquisição, o massacre devido as cruzadas, o massacre devido a acusações de envenenamento de água, de Deicidio, de libelo de sangue , os assassinatos de judeus devido aos progroms, e assim por diante............Impressionante do que é capaz os goyim para eliminar o povo de Israel.....Não concordo que apenas o holocausto que conta, apenas sabemos reverenciar, enaltecer, honrar e homenageear nossos mortos, se os outros não procedem da mesma forma nada podemos fazer................o positivo da resposta é que nossa amiga lusitana da progressiva cidade de minho restauradora de móveis, não nega a existência e o fato conhecido como holocausto, que muitos insistem em negar..........parabêns

      Excluir
    3. Oi FAB, querido,

      É uma luta contra moinhos de vento mas, apesar de tudo alguns ainda podem ter acesso a uma informação mais justa e mais plural, sabendo que apesar de tudo, corremos um risco... especialmente, quem como nós e como se costuma dizer, chama os bois pelo nome.

      Estamos em sintonia e resolvi fazer um post desenvolvendo mais um pouco esta matéria tão injusta.

      Um beijo par si, FAB e tudo de bom.

      Excluir
    4. "apenas sabemos reverenciar, enaltecer, honrar e homenageear nossos mortos"

      Se fosse só isto, ímpio sionista, daria meus parabéns a vocês.
      O problema é tudo isso ser IMPOSTO E COBRADO do resto da humanidade. Se todos esses "genocídios judaicos" que os talmudistas delegam à humanidade fossem reais, não haveria mais etnia judaica.
      No entanto...

      Excluir
    5. Quanto a ti, querida Fada, ficarei atento ao seu novo post.
      Nossa sintonia foi automática e só tende a se refinar.
      Beijo.

      Excluir
  4. Sim, já sabia, Fabiano! Isso é amplamente demonstrado na literatura revisionista. E qualquer país civilizado utiliza-se deste meio em tempos de guerra ou graves perturbações na ordem. Do contrário, deverá atender-se à ordem de Moisés: "Não faça prisioneiros". Mas lamentavelmente a propaganda sionista é o que chega aos ouvidos do vulgo. Daí, sempre que se ouve a expressão "campo de concentração", o cidadão comum logo se lembra dos "nazistas".
    Abraços!
    Leonardo - JF

    ResponderExcluir
  5. https://www.youtube.com/watch?v=Q6RJZ9bnQSw&feature=player_embedded

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como se explica?

      Esse FALASTRÃO não está falando sério, para "ISPLICAR" para o MAL ENTENDEDOR das (IN) verdades de israel é SIMPLES:-

      Apenas uma AJUDINHA "USA" os OLHOS MUITO BEM FECHADOS de Dona ONU e sem contrapartida NENHUMA por parte do "BONDOSO" povo que se diz "ELEITO".

      Depois com uma BOA AJUDA do MARKETING sionista se propaga que todos os "jênios" nascem daquela gente.

      Pronto, o JORNALEIRO tem a resposta para sua "PREGUNTA"

      Se bem que existe uma BOA PARCELA de "IMBECILIZADOS" que acreditam que daquele povo saia somente coisa boa.

      Isso é INCRÍVEL!

      Excluir
  6. Recomendo a todos ouvirem o narrador deste link.
    É uma prova cabal de duas coisas: da propagação de meias verdades (bem ao estilo Ricúpero) sobre israel e do desserviço que pseudos formadores de opinião prestam ao povinho.

    ResponderExcluir