Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Cada coisa é uma coisa!

Amigos e amigas.
Li um artigo do sr. Sidney Silveira, do blog Contra Impugnantes, chamado "Amanhã vai ser outro dia..." que me causou certa espécie. Nele, seu autor conta que, numa conversa de botequim há muitos anos, ele arrumou uma pequena celeuma ao não apenas discordar, mas até 'PROVAR' que Chico Buarque não é um gênio. Vejam este trecho:

"Mas “gênio” era adjetivo a ser usado com parcimônia, pois a humanidade não os produz aos montes, e geralmente se trata de homens realizadores de feitos extraordinários. Citei então alguns gênios da filosofia, da literatura, da ciência, da pintura, da oratória, da escultura e da música, e quase levei com o pandeiro na cabeça.
No decorrer da conversa, mostrei conhecer melhor as músicas do referido compositor que o meu etílico conversador de botequim — e apontei como o popularesco delas esbarrava não raro em erros de português e de estilo, como também imprecisão no uso das vozes verbais e mistura das pessoas gramaticais em versos de uma mesma composição. Afirmei isto sem deixar de reconhecer-lhe o engenho nas rimas e o artesanato na escolha das palavras, sobretudo em suas músicas mais antigas, nas quais há metáforas bem urdidas e agradável melodia e harmonia, porém reafirmei que isso era pouco para alguém ser considerado gênio."



Vejamos: qualquer pessoa minimamente racional ou imparcial jamais misturaria a obra de Chico às obras de gênios universais da Música (Beethoven, Villa Lobos), da Poesia (Pessoa, Drummond) ou da Literatura (Guimarães Rosa, Dostoiévski). Chico (eu, também) é admirador e servo dessas sumidades que marcaram a História da Humanidade. Cônscio disso e de seus limites, além de ter a simples intenção de fazer MPB, ele procura assimilar tudo o que lê, filtrar, processar e produzir obras para a população em geral, acessíveis à cognição coletiva, simples sem ser simplório.

As "falhas" a que o douto articulista se refere (a maioria, eu desconheço. Bom não ser um gênio!) são de plena consciência do Chico, tenho certeza. Exemplo de "mistura de pessoas gramaticais em versos de uma mesma composição" é visto em "Quem te viu, Quem te vê". A letra é em primeira pessoa ("Você era a mais bonita...") e APENAS na frase do título é que está na segunda pessoa. Afinal, é uma frase popular, disseminada, totalmente informal, usada por todos dessa maneira. Chico demostraria um pedantismo intolerável se construísse a letra na pessoa da frase ("Tu eras a mais bonita...") ou cometeria um crime à sabedoria popular se alterasse a frase só para se adequar à sua letra ("Quem lhe viu, Quem lhe vê"). UUUGH!!!

Logo se vê que Chico não se arvora em ser classificado como um gênio, uma sumidade, uma unanimidade, tanto quanto eu também não desejo que todos concordem com minhas opiniões. Ele apenas e tão somente produz música POPULAR brasileira de alta qualidade, muito acima da média, com laivos de originalidade, engenhosidade e primorosidade que bem poucos conseguem, nunca permitindo que seja algo tão complexo que fique relegado a uma casta de privilegiados intelectuais. Dificilmente sua obra agrada a metaleiros, funkeiros, "axézeiros"  ou a outros desse nível. Mas as de Beethoven, Pessoa e Guimarães Rosa também não. Cada coisa é uma coisa! Cada coisa em seu lugar!

Resumindo: o "etílico conversador de botequim" estava certo: Chico é, sim, um gênio PO-PU-LAR. No que se digna a fazer, a quem deseja alcançar e a capacidade e universalidade que demonstra para conseguir seu intento, ele o faz genialmente! É "muito pouco" para se comparar aos verdadeiros e incontestáveis gênios citados? Claro que sim! É suficiente para colocá-lo em total e absoluto destaque no panteão da MPB? Sem a mínima dúvida! Neste ponto, ele é genial!

E não é preciso ser um gênio para se ver isto.
FAB29

17 comentários:

  1. Oi FAB,
    Querido amigo, ora aí está como alguém debaixo do efeito do álcool, logo mistura alhos com bugalhos, mas essa é uma das características dessa droga maléfica e tão popularucha, como popularucho deve ser esse "crítico"... ou não será?

    Quanto ao português... eu não sei como se diz em "brasilês", mas essa do "quem lhe viu e quem lhe vê" , na nossa língua pátria, sequer existe:

    "Quem lhe (a ele/ela) viu (implica o quê como exp. as mãos), complemento indirecto". "Quem lhe viu as mãos" 3ª pessoa do singular seria "quem o/a viu...", na segunda pessoa do singular é "quem te viu, quem te vê" 2ª pessoa singular. De forma que para o português de Portugal essa do "lhe" não está de modo algum, correcto.
    Mas pelos vistos no Brasil o português tem sofrido muitas modificações e chego ao ponto, de não saber o que consideram o português bem escrito.

    http://www.flip.pt/FLiP-On-line/Gramatica/Morfologia-Partes-do-discurso/Pronome.aspx#.UmVljlNzaho
    Um beijo querido amigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, FADA. O português é assassinado diariamente. Até por eu ( rsrs) às vezes sem perceber.
      Sabia que muita gente é reprovado em empregos por causa disto aqui ?
      Tá uma vergonha.
      Sabem inglês, mas derrapam lindamente na língua pátria. kkkkk

      Abraços, Cobalto

      Excluir
  2. "Resumindo: o "etílico conversador de botequim" estava certo: Chico é, sim, um gênio PO-PU-LAR. "

    Mas me faço algumas indagações, excetuando Chico ou quem quer que seja :
    - seria possível do "popular" extrairmos ou criarmos algo genial, genialidade ?
    - o "popular" pode se tornar genial ?
    - em caso afirmativo, este"popular" não teria deixado de ser "popular" para virar não-popular, acima da média, genial ?

    Abraços .Cobalto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo Cobalto.
      TODOS nascemos "popular" com potencial de nos tornarmos geniais. Tudo depende da dedicação e disciplina no desenvolvimento de uma ou mais potencialidades.
      E quando isso acontece, de fato ele se torna "não-popular", mas não por culpa dele. A culpa é da mediocridade e do comodismo das massas.
      Abraços.

      Excluir
  3. Chico Buarque é judeu?

    http://judaismohumanista.ning.com/group/marranismo-anussim/forum/topics/uma-princesa-crista-nova-na-genealogia-de-chico-buarque-paulo-val

    Nordestino Ariano

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei, meu caro.
      Mesmo se o fosse, sua obra e atitudes são dignas de respeito.
      Mas veja esta lista. Será verdadeira (na página 12)?

      http://www.comunidadedeisrael.com.br/ebooks3/Oliveira%20Brasileira.pdf

      Excluir
    2. Todo grande gênio da humanidade é judeu...................

      Excluir
    3. Caro Ludy, há controvérsia nessa lista na qual incluem essa "CARRADA" de nomes dando-os como de seguidores da SEITA, os LIBERTOS das escravizações PATROCINADAS pelos mesmos seguidores também recebiam nomes iguais, portanto essa "AÇAMBARCAÇÃO" que os TOMADORES de terra querem fazer também, já faz parte do folclore dos orientados por rabinos.

      O que é "semita"?

      Quem souber que responda, esse negócio de judeu também tem que ser respondido, afinal é ORIGINAL DE QUE CONTINENTE esse que se diz gênio?

      Sabe companheiro será mais FÁCIL chover no ATACAMA do que termos uma resposta para as duas indagações.

      Abraços.

      Excluir
    4. Concordo e repito-lhe o link que passei pro Nordestino Ariano:

      http://oglobo.globo.com/pais/o-mito-sobre-origem-de-sobrenomes-de-judeus-convertidos-5227424
      Abraço.

      Excluir
    5. A genialidade do judeu reside no roubo de patentes.
      Por isso são "melhores" cientistas, pesquisadores etc kkkkkkkkkkkkk

      roubo.

      Excluir
  4. Quanto a lista acredito ser verdadeira.Agora o Chico é questão de gosto musical eu detesto muscas MPB.Ele é comunista,foi ladrão.drogado,não vejo referência.

    Nordestino Ariano

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chico pode ter sido tudo isso, meu caro, mas quantos tem uma ficha ilibada? Se eu for radical nessa exigência, meu mundo seria super restrito. Sua obra ainda me causa admiração.

      Quanto à lista, concordo com o Ragi: há controvérsias. Muitas! Por exemplo:

      http://oglobo.globo.com/pais/o-mito-sobre-origem-de-sobrenomes-de-judeus-convertidos-5227424
      Abraço.

      Excluir
  5. Interessante o link.Obrigado

    Nordestino Ariano

    ResponderExcluir
  6. Até Bob Marley, maconheiro e piolhento era judeu.Veja o que escreveu um judeu em
    http://judaismohumanista.ning.com/group/marranismo-anussim/forum/topics/uma-princesa-crista-nova-na-genealogia-de-chico-buarque-paulo-val

    " Nos anos 80 comprei um disco Reggae de Bob Marley e pensei: Puxa, o cara parece tão judaico. E os textos dele: “Zion train is coming our way …”! Hoje sei que o Bob foi neto de avó judia da Síria, e que o seu filho Ziggy é casado com Orly, judia nascida em Israel. O casal tem uma filha de nome Judah Victoria e dois filhos: Gideon e Abraham Selassie. Ya mon! Mais um Abraão com compaixão "

    "compaixão, compaixão" vai morar em Israel e se vista de palestino, mané !

    Por isso a cultura vai de mal a pior.

    Eles também se orgulham em dizer que no Brasil tem 40 milhões de judeus, Por isso este país não vai pra frente?

    Cobalto, abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Nordestino já havia me passado esse link, Cobalto, que achei muito legal.

      É mais uma prova cabal que o que verdadeiramente importa é o presente. Eu não duvido que, se eu pesquisar minha genealogia, aparecerá um semita, ou um mulato, ou um índio,... Nenhum deles denegriria um mínimo que fosse a minha integridade mental, moral, espiritual,...

      Eu jamais repeliria um filho ou um neto de Jack, o estripador, pelos crimes hediondos do pai/avô. Se eles só praticassem o bem, mereceriam até minha admiração.

      Eu amo a Vida. Tenho toda a fé nela. Qualquer um que tente maculá-la é meu inimigo.
      Abraço.

      Excluir
  7. "Eles também se orgulham em dizer que no Brasil tem 40 milhões de judeus, Por isso este país não vai pra frente?"

    Exato, é só olhar o sobrenome de toda a malta política para chegar a essa brilhante conclusão!

    MFF

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MFF, tá chamando judeu de malta ? kkkkkkk

      FAB29, foi do Ariano ( de signo kkkk ) que peguei o link pra ler. Bem interessante mesmo.

      ABraços, Cobalto

      Excluir