Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


segunda-feira, 1 de abril de 2013

Tudo culpa do Nazismo!

Amigos e amigas.
Vou tentar uma rápida relação de iniquidades contemporâneas:

- Uma em cada 7 pessoas no mundo passa fome; a cada três segundos, uma pessoa morre de fome; 30 mil crianças morrem de fome por dia; milhões de famílias sobrevivem dos lixões;

- Também uma em cada 7 pessoas não tem acesso à água potável e cerca de dois milhões de crianças morrem anualmente pela falta dela ou de saneamento básico;

- Em 2005 (!!), mais de 100 milhões de pessoas no mundo moravam ao relento e mais de um bilhão estavam em condições indignas de habitação (creio que piorou um pouco hoje em dia);

- No século XX, até 2008, calcula-se que cerca de 109.700.000 pessoas morreram em conflitos pelo mundo. Tirando as duas guerras mundiais, mais de 70 milhões morreram em outras. Acrescentando-se os mortos dos últimos quatro sangrentos anos, creio que beiramos os 80 milhões de mortos só em guerras;

- Saúde pública mundial é um descalabro! Mesmo em países de altíssimo nível social, cultural e econômico, a coisa se deteriora a olhos vistos. A grande evolução da medicina é para poucos. O número de mortos pela desassistência médica é cada vez maior; o número de afetados (mortos e aleijados) por erros médicos, idem; o número de dependentes de remédios de uso contínuo, ibidem;

- As deteriorações moral (pornografia, pedofilia,...), física (drogas, álcool, cigarro,...), mental (alienação, corrupção, desinformação,...) e espiritual (destruição da fé e dos bons costumes, banalização da violência e da divindade da vida,...), principalmente da juventude, são grotescos pontos pacíficos em qualquer sociedade;

- A Pirâmide Social está cada vez mais desigual. Cada vez menos pessoas detém mais poder, influência e dinheiro. Os monopólios de ultra-mega-corporações em muitos setores estão concentrando o comando dos cordames da humanidade;

- Trabalhos escravo e infantil continuam a pleno vapor, principalmente nos 3º e 4º mundos. Milhões de pessoas que se submetem por um prato de comida ou por um dólar ao dia a trabalhos excruciantes, insalubres e extenuantes. Inclua-se uma taxa de desemprego atroz grassando e sem perspectivas de ser reduzida;

- Violência é cada vez mais a tônica dos grandes centros cosmopolizados, abarrotados, desiguais. Assaltos, sequestros, latrocínios, estupros, torturas, chacinas, balas perdidas, drogas,... Tudo gerando todos os tipos de fobias. Todas as iniquidades superlativadas, maximizadas e cevadas pelos "modernos donos do poder";

Tudo isso e um bocado mais vêm se desenrolando e deteriorando a humanidade pós-Segunda Guerra Mundial. Bem depois dos "maiores heróis da História salvarem a Humanidade do Demônio Nazista" que queria dominar o mundo e transformar cada cidadão livre em escravo! A Justiça, a Verdade e a Democracia venceram e o mundo pôde respirar aliviado, com esperança e em paz!

É triste (pra não dizer pior) sabermos hoje que tudo não passou de balela, que nunca houve tal intenção de "dominar o mundo". A maior prova que isto é virtualmente impossível é os EUA talmudizado, este país muito mais poderoso e influente que a Alemanha Nacional Socialista sonharia em ser, que tenta há 70 anos dominar o mundo, mas nada ainda (pelo menos, não como ele gostaria e ainda persegue).

Quase ninguém nega a excrescência que é a guerra. Mas a maior canalhice dela é o lado vencedor, que molda a História ao seu bel prazer e necessidades. Uma dessas "necessidades modernas" é desviar as atenções dos terríveis problemas acima relacionados, que ELES causaram. Para isso, vale realmente tudo! E a mídia em geral se encarrega de anestesiar as massas. Não me assustarei se começarem a colocar a culpa de tudo o que escrevi nos nazistas.

Pão e circo (modernamente, Mac Donald's e Big Brother) são seus ideais de vida e prazer? Então, aplauda seus donos! Eles são os melhores no que fazem: sugam toda sua força de vontade e de trabalho, o povoam com ilusões e o alimentam com "doces venenos", paralisando-o em todos os sentidos, que você nem sente. Até mesmo lhes agradecem.

Pobres infelizes...

FAB29