Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


terça-feira, 25 de junho de 2013

Um catadão.

Amigos e amigas.
Segue abaixo um punhado de informações gerais que fui acumulando em navegações 'internetais' e literárias. Uma parte dessas encontra-se no livro "Jesus viveu na Índia", mas também as encontrei em outros textos e artigos. As outras se relacionam ao tema "Cristandade".

Como não assino embaixo de nenhuma (apenas as considero interessantes), as publico resumidamente à guisa de curiosidade. Cabe a cada um pesquisar mais a fundo qualquer uma que mais lhe chamar atenção ou causar estranheza. Evidentemente, cada pesquisa levará o leitor a muitas outras opiniões, vertentes e revelações, acrescentando ou divergindo do que estou listando. Quem quiser acrescentar alguma curiosidade, comente à vontade. O mais importante de tudo é aprender, debater, questionar e opinar.
FAB29
  1. - As Cruzadas medievais europeias, com suas constantes invasões, acabaram com a tênue tolerância dos muçulmanos com os cristãos;
  2. - Segundo o Alcorão, houve 28 profetas: 04 na Arábia; 01 na Grécia; 03 no Novo Testamento; e 20 no Velho Testamento. Maomé foi o último;
  3. - A Revelação Divina foi concedida a Moisés (segundo a Torá), a Davi (segundo os Salmos), a Jesus (segundo os Evangelhos) e a Muhammad (segundo o Alcorão);
  4. - Localização de túmulos sagrados: de Ezequiel, em Herat (Afeganistão); de Samuel, ao lado da estrada para Coraçã (Irã); de Moisés, na Caxemira (Hazrat Mosa); de Barnabé, no Chipre; de Tomé, em Mylapore (Índia); de Maria Madalena, em Kashgar (China); Maria, mãe de Jesus, na montanha de Muree (leste de Taxila), na Caxemira. Chamado de Mai-Mari-de-Ashtan ("O lugar de repouso de Mãe Maria"); de Yuzu Asaph (Jesus, em Nusaybin), em Anzimar, Srinagar, na Caxemira.
  5. - Maria foi mãe aos 16 anos. Teve outros 04 filhos: Tiago, José, Judas e Simão;
  6. - Encontramos o nascimento virginal de Jesus em Mateus e Lucas. Não é confirmado por Marcos, João ou nas Epístolas. João Batista, filho de Isabel, prima de Maria, também teve nascimento virginal;
  7. - Os sumérios também contaram que "anjos desciam dos Céus, engravidavam as mulheres e retornavam às estrelas";
  8. - DIES NATALIS INVICTI - Festival romano em honra ao nascimento de Mitra, em 25/12;
  9. - Segundo o Evangelho de Filipe (apócrifo): "E a companheira de Jesus era Maria Madalena. Ele a amava mais que a todos os discípulos. Ele a beijava na boca com frequência."
  10. - A teoria do Pecado Original e a Redenção pela Morte de Jesus são invenções de Paulo;
  11. - Palavras atribuídas a Jesus, em texto apócrifo: "Um dia, Jesus sentou-se entre as pessoas (...) e disse: 'Não procure a Lei nas suas escrituras, pois a Lei é vida enquanto a escritura é morte. A Lei é a Palavra viva do Deus vivo aos profetas vivos para os homens vivos. Você a encontra na grama, nas árvores, no rio, na montanha, nos pássaros,nos peixes,... Mas busque-a principalmente em si mesmo. Deus não escreve a Lei em livros e, sim, em seu coração e em seu espírito'".
  12. - Existe o Testamento dos Doze Patriarcas. Paulo se utilizou dele em suas cartas e Mateus, em seu Evangelho;
  13. - Época de compilação de cada evangelho: Marcos - 70 dC; Mateus - 80 dC; Lucas - 90 dC; João - 110 dC.
  14. - A sentença de Jesus foi assinada por Daniel, Joannus, Raphael Robani e Capet (27/03/31 dC);
  15. - Denominações de Jesus: Ymmanuel (ao nascer) e Josué; Ysha Natha (yogues); Santo Issa (Arábia); Jesu (aramaico); Isha Masih (hindus); Yusu (urdu); Hazrat Issa (Nisibis) ou Yuzu Asaph (Nusaybin);
  16. - A Freemasonry Society of Germany possui uma laje onde constam informações sobre a salvação de Jesus da crucificação;
  17. - Marco Polo relatou ter conhecido cristãos indianos em 1295; 
  18. - Nestório, patriarca cristão da Antióquia disse: "Maria não é mãe de Deus e, sim, de um ser humano. E o messias que apareceu entre as pessoas é a incorporação do Amor, a ligação entre Deus e Seu filho. Esse messias humano não é Deus, mas um sinal de Deus e de Sua glória." Foi excomungado por isto.
  19. - A Ásia foi (e continua sendo) um depósito de uma infinidade de informações sagradas, muitas a respeito de Jesus. Seus originais são guardados com a própria vida por seus vigilantes em mosteiros espalhados por lá. Não se toleram visitantes. Isto porque, durante séculos, muitos exploradores invadiram a Ásia e a dilapidaram, levando milhares de seus tesouros. Entre esses assaltantes, citam-se o inglês Aurel Stein, o alemão Albert von Le Coq, o sueco Steven Hedin, o francês Paul Pelliot, o estadunidense Langdon Warner, o japonês Otani Kozui e o russo Sergei Oldenburg.