Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Campos de concentração sionistas

Amigos e amigas.
Neste artigo de 24 de junho de 2012, Michael Hoffman comenta uma matéria publicada no "The Washington Post" do dia anterior a respeito de campos de concentração israelenses para imigrantes. Nada a dever às centenas de campos de concentração que se espalham pelo "País das Liberdades", como especifiquei neste link:
http://fab29-palavralivre.blogspot.com.br/2013/07/novos-campos-de-concentracao.html

Quando será que a covardia em todos os sentidos dos "líderes estadunidenses" terá fim? Também a dos "líderes europeus", claro?
FAB29

Israel colocará seus imigrantes africanos
em campos de concentração
Os preparativos estão em andamento para conter milhares de imigrantes africanos em um vasto campo de concentração
no sul do 'Israel'. (Por Michael Hoffman)

Imagine qualquer político republicano ou democrata nos EUA dizendo qualquer coisa igual ao que os líderes israelenses (que são, ou funcionários do governo de Netanyahu,  ou de seus colaboradores mais próximos, aliados políticos) estão dizendo:
Judeus etíopes protestando em israel
"As tensões sobre a presença dos migrantes têm sido alimentadas por políticos de direita. Em um discurso no último mês em protesto no bairro Hatikva, Miri Regev , um membro do parlamento do partido Likud, do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, chamou os africanos de câncer em nosso corpo."

"O ministro do Interior Eli Yishai, que prometeu limpar todos os migrantes, disse ao jornal Maariv em uma entrevista recente, que eles estavam criando 'um Estado dentro do Estado' e que 'a maioria das pessoas que vêm aqui são muçulmanos, que pensam que este país não pertence a nós, ao homem branco'".

"Se nós não interrompermos a entrada, o problema, cuja extensão é de agora 60.000 infiltrados ilegais, poderia facilmente chegar a 600.000, o que inundaria o país e, em grande medida, anularia o nosso caráter como Estado judeu e democrático", disse o primeiro-ministro Netanyahu em uma reunião de seu gabinete no mês passado.

Protesto de imigrantes negros em israel
http://g1.globo.com/mundo/noticia/2013/12/imigrantes-africanos-protestam-por-direitos-humanos-em-israel.html

"Em uma entrevista à televisão, Yishai descreveu os movimentos para deportar os estrangeiros como um ato de auto-preservação nacional, para manter a maioria judaica de Israel. "Se nós não fizéssemos isso, não teríamos um país", disse ele .

"...os preparativos estão em andamento para prender outros milhares de africanos em um acampamento grande no sul de Israel."
Fonte: "Imigrantes africanos em Israel encaram ameaças, deportações" The Washington Post, 23 de junho de 2012.

Imagine Mitt Romney ou Ron Paul dizendo: "América não pode aceitar mais imigrantes de China e Índia, porque precisamos preservar o nosso caráter como nação cristã!"

Imagine os líderes republicanos declarando que nossa nação não vai conceder anistia a milhões de imigrantes latinos "que pensam que este país não pertence a nós, ao homem branco".

Se qualquer notável político americano​​ expressasse estes sentimentos, a imprensa sionista iria uivar para ele como um bando de coiotes raivosos e o líder americano que proferiu tais palavras proibidas seria totalmente desacreditado e teria a sua carreira política em ruínas em poucas horas. No entanto, quando o primeiro-ministro israelense Netanyahu fala ao Congresso, ele é fervorosamente aplaudido, lhe são dadas inúmeras ovações e os meios de comunicação são, ou respeitosos para com ele ou, pelo menos, circunspectos, assim como nossos impostos subsidiam o mais selvagem e retrógrado racismo israelense e a xenofobia que se possa imaginar.

Apenas outro vassalo sionista

A visão grandiosa dos sionistas com suas imunidades especiais, privilégios e direito de ser racista foi articulada pelo presidente Ronald Reagan, em uma passagem sinistra de seu discurso de 1988 para se dedicar à pedra angular do Museu do Holocausto dos EUA em Washington, DC, financiado  pelo contribuinte. Em seu discurso, o Sr. Reagan fez a seguinte profecia : "Precisamos ter certeza de que, quando as torres de nossas maiores cidades ruírem em pó nas voltas do tempo, o povo judeu estará ainda nesta terra para lançar suas bênçãos."

A nação sionista deve sobreviver, muito tempo depois da América se desintegrar em ruínas - como a nossa nação está a caminho de fazer - de acordo com as políticas de ambos, os democratas e os republicanos, que defendem uma rigorosa agenda racial-nacionalista para "Israel" e uma fronteira aberta virtual aqui na colônia de baixos salários conhecida como os Estados Unidos da América, cujos cidadãos estão entre os maiores idiotas do planeta.