Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Mais uma!

Amigos e amigas.
Ninguém nega que o povo judeu é mal quisto e expulso de cada lugar onde se instala desde o início das comunidades humanas. Isso já ocorreu milhares de vezes. Exemplos neste link: http://fab29-palavralivre.blogspot.com.br/2012/11/degredos.html

Só não se esclarece o por quê dessa aversão. O lado deles diz que é inveja e coisas assim; o outro, que o povo judeu é parasita e similares. Mas quero focar nas alegações dos sionistas que esses "ódio e rancor da humanidade ao povo judeu" levaram ao notório holocausto. Já falei (e continuarei) sobre as impossibilidades das câmaras de gás, das valas crematórias e da pira crematória de Treblinka. Existem filmagens do fim da guerra mostrando montes de corpos nos campos alemães sendo empurrados por máquinas para valas coletivas.

Enquanto os sionistas propalam que isso é a prova cabal do morticínio planejado dos judeus, outras vertentes (chamadas "revisionistas") se baseiam na palavra da ciência forense para esclarecer muitos pontos. Logo abaixo, coloco mais uma dessas palavras:

"Recentes descobertas históricas em Detroit City Belmont University dão conta que as alegadas câmaras de gás que os sionistas disseram existir em campos de concentração existiram de fato, mas elas eram apenas para cremar corpos de pessoas mortas de tifo e outras doenças contagiosas. Perguntaram ao doutor Sven Gorensen se nessas câmaras poderiam ter sido mortos milhões de pessoas; ele sorriu e disse que era mirabolante essa hipótese. Nessas câmaras, não poderiam ser cremadas mais do que três pessoas por dia, o que multiplicados pelos dois anos e meio do tempo de funcionamento do campo, não daria nem sequer três mil pessoas.
Também o dr. Larry Spitzer, da mesma universidade, declarou que muitas das fotos de pessoas mortas sendo arrastadas por máquinas para as valas comuns não eram de judeus e nem de prisioneiros de guerra, mas, sim, elementos caucasianos, provavelmente alemães que morreram de peste nos meses seguintes à rendição.
O dr Gorensen, especialista em medicina ortopédica, declarou que milhares dos ossos e crânios que estão nas covas de judeus não são de elementos semitas, mas sim de elementos caucasianos; mas essas notícias a mídia canalha esconde, porque é prejudicial aos israelitas."

Acrescente-se a análise sobre Treblinka de um expert e o vídeo deste link:

E veremos que existem muitas verdades sobre o sofrimento dos judeus e suas perdas, principalmente de familiares, durante a 2ª guerra. Constata-se também o exagero sórdido dos sionistas e sua máquina "holocáustica", que Finkelstein desancou em seu best seller "A indústria do Holocausto".

Sempre repetirei uma máxima do Mestre Maior: "Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus". Deus só quer a Verdade e a Justiça, pautadas no amor ao próximo e no bem querer. O resto é exclusividade dos parasitas, que precisam ser combatidos sem descanso. Daí é que eu execro o comodismo das massas. Sua passividade permite que esses parasitas deitem e rolem, se apropriando de tudo o que há de bom em cima do trabalho e da vida das pessoas.

Cada um que faça sua parte como achar melhor. Denunciando, contestando, protestando, desobedecendo, insurgindo-se, trabalhando mais, segregando o mal, se precavendo, protegendo os seus,... Assim como os grandes corruptores e seus aspones não descansam em seu "trabalho" de parasitar a humanidade, é dever de cada um manter sua guerra particular contra eles, que investem na desinformação e desunião para garantir sua nefasta supremacia.
FAB29