Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Outro inconformado.

Amigos e amigas.
Estava pesquisando sobre a Batalha do Monte Cassino, na Itália, e encontrei o texto abaixo. O título atenta a um detalhe da pós-batalha, mas seu autor fala de modo abrangente sobre alguns temas nevrálgicos; em especial, vitimismo e supremacismo.
Eu o traduzi do site Free Speech e dei uma pequena resumida. Vejam mais um desabafo revoltado de mais um odiado pela ADL, tachado de todos os corriqueiros adjetivos aos que contestam a verdade notória e expõem os "crimes dos bons".
FAB29

As Mulheres de Monte Cassino
Muitas atrocidades de guerra
são totalmente ignoradas!
pelo Dr. William Pierce

(...) Eu estava lendo uma história no New York Times há poucos dias sobre um estudo que está sendo realizado na Universidade de Cambridge sobre o destino de parte dos Judeus na Alemanha e a história citou uma mulher que vivia na Alemanha na década de 1930. Sua mãe era alemã e seu pai era um judeu, e ela foi para a sede da Gestapo, em Berlim, em 1938, a queixar-se de que o governo tinha ordenado seu pai para deixar a Alemanha. Ela disse que os oficiais da Gestapo a levaram para um escritório atrás da sede e a estupraram.

Agora, eu sei que não aconteceu. Uma mulher branca pode ser estuprada em uma delegacia de polícia em Nova York, Washington ou Chicago hoje, mas a Gestapo de Berlim não estuprou ninguém. Berlim, em 1938, não era como Nova York ou Washington, DC, hoje. Era um lugar ordeiro. Era um lugar com regras. Era um lugar onde as mulheres não tinham de se preocupar em ser estuprada pela polícia. Tal comportamento era impensável. Mas faz uma bela mentira para enfeitar o "Holocausto".

Há outra razão para que esta reivindicação pelos judeus de que o mundo lhes deve a vida, porque eles são as maiores vítimas do mundo, seja torta. É trapaça porque está associada com a supressão deliberada da verdade sobre o que aconteceu com as outras pessoas: em particular, sobre o que os judeus e seus aliados têm feito para outras pessoas. Se você quer aprender sobre atrocidades, dê uma olhada no que os bolcheviques fizeram na Rússia e na Ucrânia.

Você provavelmente já ouviu histórias muito vagas sobre o assassinato em massa de 30 milhões de kulaks, 30 milhões de agricultores ucranianos e russos e alemães, pelos comunistas na década de 1920 e 1930, mas muito poucos detalhes, tenho certeza. Isto não é ensinado nas escolas e Hollywood não faz filmes sobre isso porque a maioria dos comissários bolcheviques que supervisionaram este programa de assassinato em massa era de judeus comunistas e suas vítimas eram gentios. Qual é a razão em lembrar o mundo sobre isso? Pela mesma razão que você não ouve sobre o que a polícia secreta comunista fez em suas celas de tortura e execução na Polônia, Alemanha, Hungria, Tchecoslováquia e em outros lugares após a Segunda Guerra Mundial, quando eles estavam fazendo a Europa Oriental segura para o Comunismo. Você não ouve sobre isso, não só porque as vítimas não eram  judias, mas os torturadores e assassinos, em muitos casos, eram judeus.

Suponha que os parentes, os herdeiros, de todas estas vítimas não-judias se organizassem e começassem a exigir indenizações pelo que tenha sido feito com eles e pelo que tenha sido roubado deles 55 ou 60 ou 70 anos atrás. Mesmo que eles o fizessem, você ainda não ouviria falar deles, porque as pessoas que controlam a mídia iriam se certificar de que sua história não fosse contada.

Deixe-me lhe dizer sobre um grupo de vítimas - vítimas reais - da Segunda Guerra Mundial de que você nunca ouviu falar por esta mesma razão. Em maio de 1944, os Aliados - as forças da democracia e da igualdade, as forças anti-nazistas e pró-Judaicas - finalmente conseguiram tomar do Exército alemão o castelo de Monte Cassino, nos Apeninos da Itália central, depois de bombardear a abadia do século VI deixando-a em ruínas. Os Aliados tinham muitos soldados marroquinos com eles porque eles queriam "diversidade" em suas forças armadas. Eles queriam demonstrar sua crença na igualdade racial. Os marroquinos foram apenas medianos como lutadores, mas eles realmente se destacaram em cortar as gargantas dos prisioneiros depois da luta terminadaEles eram muito bons em estuprar civis, também. À noite, depois que a batalha de Monte Cassino acabou e os alemães se retiraram em boa ordem, uma divisão de soldados marroquinos - 12.000 deles - deixaram o acampamento e invadiram um grupo de aldeias da montanha ao redor de Monte Cassino. Eles estupraram todas as mulheres da aldeia e meninas que poderiam ter em suas mãos, cerca de 3.000 mulheres, com idades de 11 até 86 anos. Eles assassinaram 800 homens das aldeias que tentaram proteger suas mulheres. Eles abusaram tanto de algumas mulheres que mais de 100 delas morreram no ato.

As pessoas destas aldeias de montanha são descendentes dos antigos Volsci, uma das tribos na Itália pré-romana, e suas mulheres têm a reputação de ser mais altas e mais graciosas do que outras mulheres naquela parte da Itália. Os soldados marroquinos selecionaram as meninas mais bonitas para estupros em série, com longas filas de marroquinos 'coloridos' esperando a sua vez na frente de cada um, enquanto outros marroquinos possuíam as suas vítimas. Duas irmãs, de 15 e 18 anos, foram estupradas por mais de 200 marroquinos cada. Uma deles morreu de abusos. A outra passou os últimos 53 anos em um hospital psiquiátrico. Os marroquinos estupraram até mesmo alguns dos homens jovens nas aldeias. Os marroquinos também destruíram a maioria dos edifícios nas aldeias e roubaram tudo de valor.

Curiosamente, não há nenhuma menção desta ação dos nossos galantes aliados 'coloridos' do Norte da África na maioria das histórias da batalha pelo Monte Cassino que foram publicadas desde a guerra. Nem mesmo a história oficial publicada pelo Departamento de Guerra dos EUA menciona o que os marroquinos fizeram a estes aldeões monteses italianos. A política judaica durante e depois da guerra tem sido a de ignorar qualquer atrocidade cometida pelas pessoas do seu lado - a menos que eles pudessem culpar seus inimigos. Por exemplo, o massacre de Katyn: mesmo muitos anos após o fim da guerra, muitos elementos da mídia controlada continuaram a repetir essa mentira sobre a culpa alemã pelos assassinatos de Katyn. O controle judeu da mídia de notícias tornou isso fácil.

E, claro, os relatórios das atrocidades cometidas contra os alemães pelas forças soviéticas durante e depois da guerra também foram suprimidos. Os horríveis estupros em massa de mulheres e meninas alemãs e o assassinato em massa de civis e prisioneiros de guerra alemães foram incitados deliberadamente pelo comissário propaganda judeu-soviético Ilya Ehrenburg. Este comissário judeu enlouquecido de ódio explicitamente exortava o exército Vermelho a estuprar as mulheres alemãs e assassinar os civis alemães, inclusive crianças. E eles fizeram. Mas, claro, Hollywood nunca fez um filme sobre estas atrocidades horríveis. E tanto quanto eu saiba, nenhum dos herdeiros dessas vítimas poloneses, alemães, italianos ou dos aliados pró-Judeus fizeram qualquer exigência dos vários governos Aliados de restituição. (...)

Imagine uma delegação de aldeias italianas idosas da área de Monte Cassino aparecendo em Washington e reivindicando restituição do governo dos EUA para a sua horrível experiência de ter sido estuprada por marroquinos há 53 anos. Afinal, era um americano, o general Dwight Eisenhower, que estava no comando do esforço de guerra aliado e que, portanto, tinha responsabilidade pela conduta dos soldados aliados, inclusive dos marroquinos. Os marroquinos já tinham uma reputação como um bando de estupradores, selvagens sanguinários, de modo que até mesmo trazer soldados marroquinos para a Europa constituía um crime de guerra e um crime contra a humanidade.

Mas você pode imaginar qualquer um dos nossos políticos dando a essas mulheres uma hora do dia? O senador novaiorquino Alphonse D'Amato tem batido os tambores pelos judeus que estão exigindo ouro dos suíços, suecos e de todos os outros. Estou certo de que ele não seria tão útil a seus colegas italianos. Afinal, os italianos não possuem o New York Times. Não, essas mulheres italianas seriam ignoradas. Para reivindicar o status de vítima como os judeus, dessa forma roubando parte dos holofotes dos judeus, seria considerado equivalente a anti-semitismo. E a queixar-se de ser estuprada por soldados 'coloridos', certamente seriam acusadas de racismo. Quando os políticos vissem essas mulheres chegando, eles correriam na outra direção e o senador D'Amato estaria correndo mais rápido do que todo o resto.

Você sabe, pode ser que esse negócio de judeus extorquirem alguns bilhões de dólares de vários governos e bancos e companhias de seguros que eles reivindicam há 60 anos não é um grande negócio. Afinal de contas, é apenas dinheiro. Mas não deixa de ser um bom exemplo, eu acredito, tanto da forma como os judeus trabalham e da absoluta necessidade que recuperar o controle de nossos meios de comunicação de massa. A meu ver, o que foi feito para as mulheres nas aldeias ao redor de Monte Cassino em maio de 1944 é um crime muito pior do que qualquer coisa que os judeus reivindicam ter acontecido com eles - mesmo que cada uma de suas alegações fossem verdadeiras. É também um crime que a notícia desta terrível atrocidade tenha sido suprimida. A nossas crianças, estão sendo ensinadas hoje uma falsa versão da história e estão sendo levadas a conclusões erradas, como resultado. Por isso, elas são incapazes de defender a sociedade, a sua civilização e sua raça. A elas, foram dadas falsas noções de quem são seus amigos e quem são seus inimigos. E a elas foram dadas essas falsas idéias, foram levados a estas conclusões erradas, por uma única razão, e essa é porque beneficiam os judeus.

Este é um crime terrível. Ele justificaria uma centena de julgamentos de Nuremberg e o enforcamento de todo general, todo político e cada chefe de mídia que participaram.

Se nosso povo sobreviver, temos de saber o que está acontecendo no mundo ao nosso redor. Temos de saber a verdade sobre o que nos aconteceu no passado, não mentiras projetadas para beneficiar os judeus. Você sabe, eu toco neste ponto muito, mas isso é porque é de suprema importância. Algumas pessoas evitam deliberadamente entender isso. Eles fingem que ele deve ser de nenhum interesse para nós quem controla nossos meios de comunicação. Alguém tem de controlá-los, e por isso pode muito bem ser os judeus, eles pensam. Como isso nos machucar? - eles perguntam. Nós ainda podemos obter os últimos resultados do basquete. Nós ainda podemos descobrir o que a previsão do tempo diz. Nós ainda podemos assistir ao nosso game show favorito ou série cômica. Por que devemos nos preocupar que são os judeus nos fornecendo estas coisas em vez de outra pessoa?

Deixe-me dizer-lhe mais uma vez por que devemos estar preocupados, e eu direi isto calmamente. Nós não fomos informados pelos meios de comunicação sobre o que os comunistas estavam fazendo na União Soviética nos anos 1920 e 1930, porque os judeus não queriam que soubéssemos. Poderia nos colocar contra o comunismo e, na União Soviética comunista, os judeus eram os maiorais. Os judeus não queriam que fôssemos contra o comunismo. Então, não havia filmes de Hollywood exibindo fazendeiros russos e ucranianos morrendo de fome enquanto comissários judeus comiam caviar. Em vez disso, o que temos a partir de meados da década de 1930 são filmes anti-alemães e propaganda anti-alemã nos jornais e no rádio. Os judeus queriam que fôssemos anti-alemães, porque os alemães estavam expulsando os judeus da Alemanha. Nos mentiram tanto e por tanto tempo que nós acabamos nos aliando aos comunistas a fim de destruirmos os alemães. E em 1943, quando o Exército alemão descobriu os corpos dos 15 mil oficiais poloneses e intelectuais que tinham sido assassinados pelos comunistas, a mídia judaica daqui mentiu para nós outra vez e nos disse que os alemães tinham feito isso. E foram todas estas mentiras que conduziram diretamente a todas aquelas mulheres nas aldeias da montanha ao redor de Monte Cassino, sendo estupradas por soldados marroquinos em maio de 1944. E as mesmas mentiras levaram ao estupro coletivo e o assassinato em massa de milhões de alemães nos anos depois disso.

Mas por essas mentiras, nunca teríamos nos envolvido em uma guerra na Europa, mesmo com o ataque japonês a Pearl Harbor. Mas por essas mentiras, o Comunismo teria sido esmagado na Europa 50 anos mais cedo. Mas por essas mentiras, os crimes mais horríveis da História teriam sido evitados.

Por isso, importa muito quem controla a mídia. Importava então, e importa agora, porque ainda estamos sendo enganados. É o pior tipo de irresponsabilidade imaginar que você vai ser bom por não perceber o que os judeus estão fazendo com a mídia e educadamente aceitando todas as suas reivindicações do "Holocausto". Isso não é bom! Isso é criminoso! As pessoas que pensam assim são parcialmente responsáveis ​​por todos os crimes da Segunda Guerra Mundial. Até tomarmos a mídia dos mentirosos, vamos errar em um crime após o outro e uma catástrofe após a outra. Não podemos permitir mais.

Fonte: http://web.archive.org/web/20130510100419/http://www.natvan.com/free-speech/fs977c.html

O texto completo pode ser visto também aqui:
http://israelixo.arabblogs.com/mulheres.htm

33 comentários:

  1. No Talmude você pode mentir.Bava Kamma (113 a) :
    "Nossa instrução é a seguinte: quando um judeu e um goi comparecerem ante uma corte de juizo, absolva o judeu, se puderes, de acordo com as leis de Israel. Se o goi for o vencedor, diga que foi de acordo com as leis dos gentios, absolva-o e diga ao nمo-judeu (gentio) que isso ocorre por intermédio das leis dele. Se nمo puder ser encaminhado desta maneira, proceda duramente contra o goi, conforme conselho do rabino Ischmael. O rabino Akibha, mesmo assim, confirma que nمo é fraude atuar desta maneira, a nمo ser que profane o nome de Deus, e o judeu seja encarcerado por perjurio".

    Alex

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é uma lei de uma longa lista de "leis especiais talmúdicas" onde o gentio é o culpado em qualquer circunstância, beneficiando o judeu.

      Excluir
  2. O pior é que existe cristãos que os defendem.Alegando ser o povio escolhido.Fica pergunta.Que Deus é esse que escolhe um povo maldoso?

    Alex gentio com muito orgulho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ser gente, gentil e gentio é todo o orgulho do mundo, Alex.

      Excluir
    2. Que cristãos são esses ? Deus não tem 2 povos escolhidos. O único povo escolhido é a Igreja. Se os judeus são o povo escolhido, eles como cristãos são o que ?

      Cobalto

      Excluir
  3. "Imagine uma delegação de aldeias italianas idosas da área de Monte Cassino aparecendo em Washington e reivindicando restituição do governo dos EUA para a sua horrível experiência de ter sido estuprada por marroquinos há 53 anos", pegando um gancho nisso, os vietnamitas processaram os EUA pelos crimes de guerra cometidos pelos americanos no Vietnam, mas os paladinos da democracia, direitos humanos e igualdade não acataram as decisões e nem reconheceram tais acusações.

    "Este é um crime terrível. Ele justificaria uma centena de julgamentos de Nuremberg e o enforcamento de todo general, todo político e cada chefe de mídia que participaram", DOIS !

    Passou da hora também de pormos jornalista nos bancos dos réus de crimes contra a humanidade. Lembram-se das "armas de destruição em massa" de Saddam ?

    Cobalto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu conhecia mais essa covardia com o Vietnam.
      A "terra das liberdades" abriga um belo povo, mas alguns dos seres mais odiosos que existem.

      Excluir
  4. Oi FAB29, que tal citar a fonte do texto do Dr.Pierce?

    http://israelixo.arabblogs.com/mulheres.htm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu traduzi do site do Jeff Rense. Mas já que esse blog chegou primeiro, dou-lhe merecidos créditos.

      Excluir
    2. Grato pela informação. FAB29, você poderia dizer qual página se encontra o original em inglês?

      Excluir
    3. Suei um pouco, mas encontrei. Não encontrava porque não foi no site do Rense que peguei o original. Devidamente corrigido.

      http://web.archive.org/web/20130510100419/http://www.natvan.com/free-speech/fs977c.html

      Excluir
    4. Grato, FAB29. Muito boa a sua tradução.
      Abs.

      Excluir
  5. Caro FAB, venho sistematicamente tentando mostrar a todos o que está escrito na biblia, que o JUDEU NÃO É SER HUMANO, ele é outra coisa, é um híbrido feito por uma entidade alienígena para trasnformar a humanidade em animais dóceis e uteis (animais de corte) e para isso usou de um lixo maldito que foi santificado, o tal jesus.
    Se o ser era judeu, me de uma razão apenas para que algum gentio acreditasse nele e seguisse as prerrogativas dele???
    Se com o "não matarás" essa aberração permitiu que todos os judeus detonassem gentios e os gentios aceitassem ser detonados, não seria mais coerente assumirmos o matar sempre os entes que ameaçem nossa ESPÉCIE???
    Se dizimamos vermes daninhos sem dó, por que teriamos pena de dizimar entes que inclusive em seu livro de leis TORÁH dizem que somos seres diferentes e sujeitos a destruição pelos judeus??
    Percebes a incongruência da proposta??
    Veja que foi exatamente essa covardia mansa que garantiu o judeu mamando nas tetas gentias!
    Os bancos são judeus e os judeus são ensinados a enganar gentio por qual razão acreditariamos que judeu paga juros bancário???
    Se os governos são judeus (dilma, mantega, genro, hofman, foster, etc...), por que razão sustentamos esses lixos e acreditamos na "democracia" deles?
    Eu responderei todas essas perguntas com uma simples resposta, porque os gentios aceitaram como doutrinador um judeu!!!
    Está na hora de entender que TUDO que nossa integridade e perpetuação TEM que ser exterminado!!
    E o "povo" (na verdade o judeu é outra espécie) escolhido recebeu finalmente a terra inteira graças ao herói que se sacrificou pelo plano judaico, jesus cristo!!
    Tudo graças a deus como podemos ver!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Vapera.
      Concordo com a maior parte de suas palavras.

      Mas sou da opinião que Jmmanuel (Jesus, para os crédulos) não era judeu, foi um opositor ferrenho da "raça de víboras" e teve sua Palavra grotesca e sordidamente deturpada pelos fariseus no decorrer dos séculos, com a anuência dos papas e do alto clero.

      A bíblia é paulinismo puro. Cerca de 47% do Novo Testamento foi escrito por Paulo. Em várias de suas cartas (Romanos, Tessalonicenses, etc), ele exorta a escravidão, a submissão da mulher e outras porcarias.

      Então, concluo que a maior desgraça da humanidade é o comodismo das massas ditas cristãs. Aceitam passivamente o que seus feitores impõem, adquirindo "o hábito de caminhar pelas trevas, de murmurar entre as pregas, de tirar leite das pedras, de ver o tempo correr".

      E quem é esperto (principalmente os líderes judeus, que financiam toda essa modorra) simplesmente se aproveita dessa letargia física, mental, moral e espiritual para se refestelar à sombra enquanto o gado contribui com seu sangue e suor para mantê-lo.

      Quebrar esse status quo nefasto é tarefa hercúlea, mas se cada um fizer um pouquinho pelos seus queridos e 'contaminar' seu vizinho, detonando cada parasita que aparecer, basta uma geração para a mudança pra melhor se mostrar.

      Abraço.

      Excluir
    2. Caro FAB,
      Admito que jesus seja até ariano, caxemirense ou o que seja, todas essas natalidades não mudam a essência! A proposta desse ente é nefasta!
      Perdoar??? Perdoar para que?
      Para que o criminoso viva?
      Para que o criminoso não se intimide de atacar novamente??
      Matar a ameaça é a única lei válida, tanto é que judeu mata sempre e sem parar os que eles entendem como ameaça.
      Eliminar a ameaça é lógica de sobrevivencia, e permitir a ameaça viva é legitimar a nossa destruição, pode ser que ela ocorra hoje, amanhã ou até contra nossos descendentes!!!
      O tal jesus é um lixo, um excremento que só ensinou salafragem que permitiu a ascensão judia.
      Ou seja, não importa a razão, não importa a origem, o ensinamento cristico só serviu para alavancar ao poder os judeus!!
      E não é só cristo, é o excremento do gandhi, é toda essa cambada de gurus indianos e búdicos, é toda essa malta suja que é alavancada pela mídia e imitada pelos ingênuos de plantão!!
      A letargia que assola a humanidade é decorrente de "pensadores", de "fecósofos" dessa laia!!
      Não nos deixemos cair em tentação!!! :-D
      Abraço.

      Excluir
    3. Prezado Vapera.
      Acredito ser tão revoltado com o status quo quanto você.

      E reforço minha opinião: o ser "Jesus" foi criado pelo "bom fariseu" Saulo, assim como o 'pecado original', 'a salvação pela cruz' e outras "espertices". Aquele "dar a outra face" é só para pobres e crédulos cristãos.

      A bíblia se tornou essa colcha de retalhos eclesiástica por culpa da influência farisaica no vaticano. Seus escribas detonaram a Palavra. O verdadeiro Iluminado chamou-se Jmmanuel, o Senhor da Palavra.

      E Sua verdadeira Palavra nos remete à busca constante pela sabedoria, bem ao estilo de Buda ("Sede senhor de vossa mente"). Ela é a porta para a iluminação e só é possível adquiri-la com extrema dedicação, observação, análise, prática, erro, re-análise, contestação, conclusão,...

      Somos filhos da Criação, que é representada no planeta pela Natureza. Ela nos dá tudo e, em algum momento, nos retira. Os comodistas são o maior câncer da humanidade e os parasitas, sua derrocada.

      Abraço.

      Excluir
    4. Sobe o "capeta" Jesus, sugiro que leiam todo o NT.

      Jesus falou aos líderes do povo judeu:

      “Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira. Mas, porque vos digo a verdade, não me credes.” (João 8,44-45)

      Entre outros.

      Cobalto

      Excluir
    5. Essa e dezenas de outras citações sobreviveram à sanha de adulterações que os fariseus perpetraram no decorrer dos séculos à bíblia para aliviar a barra do que Jesus (Jmmanuel) disse sobre a "raça de víboras".

      Excluir
  6. "Agora, eu sei que não aconteceu. Uma mulher branca pode ser estuprada em uma delegacia de polícia em Nova York, Washington ou Chicago hoje, mas a Gestapo de Berlim não estuprou ninguém. Berlim, em 1938, não era como Nova York ou Washington, DC, hoje. Era um lugar ordeiro. Era um lugar com regras."

    Palavras de um investigador munido das mais altas provas incontestáveis, a Gestapo - na verdade - era uma escolinha infantil.

    MFF

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Provas incontestáveis são daquelas testemunhas que afirmaram de pés juntos que nas 'câmaras de gás' do 3º Reich cabiam 20 pessoas por m² ou que mais de 800 mil cadáveres foram desenterrados e cremados com madeira verde.

      Aí, você se ajoelha no milho.

      Excluir
  7. " detonando cada parasita que aparecer,"

    O último que incentivou a violência contra outras pessoas (ou parasitas), teve seu corpo queimado como um cachorro sarnento, sob os escombros de uma cidade destruída, com milhões de desaparecidos e órfãos como testemunhas.

    Seu legado? O desprezo eterno da imensa maioria da humanidade.

    MFF

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A única violência até o momento é a sua maledicência.
      - "Detonar" é gíria para muitas coisas, essencialmente escorraçar;
      - "Parasita" é todo aquele nocivo que é digno de ser "detonado;
      - Você gosta dessa turma? Por que se identifica ou pior?
      - Seu dramático exemplo é digno dos seus mestres. Aprendeu bem.

      Excluir
    2. Tua resposta é apenas um eufemismo.

      MFF

      Excluir
    3. Esqueci sua notória tergiversação.

      Excluir
    4. "Seu legado? O desprezo eterno da imensa maioria da humanidade"

      Deve estar falando dos patrões que nem por decreto conseguem ser amados.

      Um tergiversador trollão fugão tato amarelo, falando em "eufemismo" rs

      Cobalto

      Excluir
  8. http://www.nbcnews.com/news/world/u-n-official-describes-shocking-scene-syria-refugee-camp-n39091

    ResponderExcluir
  9. AQUI, AFF, SEU FUJÃO SIONISTA !!

    PSIU ! ESQUECEU NO TÓPICO ANTERIOR ? POR QUE ? he he

    >>>> E quem é "cia", tato AFF ? <<<<

    Só tergiversou : de "cia" mudou pra "capangas" e depois pra "comando" he he
    Tu chama isso de "explicação" ? Bem, considerando seu "raciocínio" sobre "paz pelo pavor", próprio dos talmúdicos ... concluir o que , né ?

    Tu é fraquinho fraquinho.

    Cobalto

    (Não falei que o cara ia amarelar ? ..rs )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me responda você, estagiário Cobalto, quem é a cia na tua visão?

      MFF

      Excluir
    2. AQUI, AFF, SEU FUJÃO SIONISTA !!

      PSIU ! ESQUECEU NO TÓPICO ANTERIOR ? POR QUE ? he he

      >>>> E quem é "cia", tato AFF ? <<<<


      Vamos, responda !! Foge não, ooo "mestre" tato AFF ...rs

      Cobalto

      Excluir
  10. Ao judeu palpitante gostaria de colocar uma obviedade que a judeuzada não gosta de contar, o Marrocos é 1000% JUDEU, são esses excrementos que povoaram a amazônia, e que garantem ainda hoje a amazônia sob controle absoluto judeu.
    Marrocos e Tunísia são antros judeus e não de Árabes, como a história gosta de contar. Assim como a arábia saudita!
    Como sempre digo, hoje não há mais como escaparmos da desgraça judia, pois aceitando copular com essas entidades, a humanidade ficou completamnte deteriorada, vide o indice de pederastia, uma caracteristica 1000% JUDIA.
    O povo que foi alavancado pelo misógino total, o excremento chamado de deus.
    Pagamos o preço por termos aceitado propostas de sexo prazer impostas pelos judeus deletérios, agora até transgênicos somos e tudo graças a deus e a imbbbecilidade!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seria por isso então que ninguém toma uma atitude séria quanto a mais longa invasão e ocupação de um território como é o caso do Marrocos sobre o sofrido e indefeso Saara Ocidental ?

      Cadê o tatoo AFF? Me diga quem é "cia" ?

      Cobalto

      Excluir