Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


sexta-feira, 11 de julho de 2014

Brasilzinho...

Amigos e amigas.
Não bastassem as obras superfaturadas nos estádios para a Copa (principalmente a Arena Amazônia, séria candidata a se tornar o maior "Penico de Pombos" do planeta), vemos novamente abusos das "otoridades", dos "nobres edis" deste "País das Maravilhas", como a abaixo:

BRASÍLIA — Pelo menos dois senadores utilizaram passagens aéreas pagas pelo Senado para verem jogos da Copa do Mundo: Anibal Diniz (PT-AC) e Cidinho Santos (PR-MT), suplente de Blairo Maggi, licenciado desde março para cuidar de seus negócios. Diniz mandou a conta das três passagens aéreas, R$ 2.988,27 no total, referentes à ida a dois jogos, para o Senado quitar. Já o senador Cidinho gastou R$ 1.044,53 numa passagem de São Paulo para Cuiabá, após assistir ao jogo de abertura da Copa do Mundo.

Diniz gastou R$ 1.431,25 para voar de Brasília a São Paulo em 12 de junho, a tempo de ver a partida entre Brasil x Croácia, na abertura da Copa, no Itaquerão. Voltou a Brasília no mesmo dia, tendo pago R$ 535,47 pelo trecho. Diniz foi a mais dois jogos: Brasil x Camarões, em Brasília, em 23 de junho; e na última terça-feira, no Mineirão, onde assistiu à derrota do Brasil para a Alemanha. Só para voar de Brasília a Belo Horizonte, gastou R$ 1.021,55. Sem que sua assessoria conseguisse um voo para voltar à capital federal, e sem querer aguardar na lista de espera, o petista fez o trajeto de ônibus, pagando cerca de R$ 130, nesse caso, pago do próprio bolso.

Santos viajou de Cuiabá a Brasília em 10 de junho com a verba indenizatória — dinheiro a que os parlamentares têm direito para compromissos relacionados ao mandato — para trabalhar no Congresso. No dia seguinte, viajou a São Paulo com recursos próprios. Porém, fez o trajeto de São Paulo a Mato Grosso com dinheiro público: R$ 1.044,53.

DINIZ DIZ QUE NÃO DEVOLVERÁ DINHEIRO

Diniz disse ao GLOBO que, em sua opinião, não extrapolou o uso de recursos públicos comprando passagens aéreas. Argumentou ter ido aos três jogos a convite da CBF porque integra a Subcomissão de Acompanhamento da Copa do Mundo 2014 e das Olimpíadas de 2016.

— Usei as passagens para ir institucionalmente a um evento organizado pelo governo brasileiro e pela CBF — disse o senador, que não pretende devolver o dinheiro aos cofres públicos.

A subcomissão citada por Diniz foi criada pelos senadores em 15 de março de 2011. Alguns dias depois, eles aprovaram um cronograma de trabalho que previa reuniões e audiências públicas com ministros, governadores, prefeitos, presidentes dos tribunais de contas das cidades escolhidas para sediar os jogos e com a Controladoria Geral da União. Essa subcomissão, no entanto, se reuniu apenas três vezes até hoje; o último encontro ocorreu há mais de dez meses, em 13 de agosto de 2013, quase um ano antes da realização da Copa. Na ocasião, os senadores ouviram o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, sobre o andamento das obras.(...)


USO IRREGULAR DE AVIÕES DA FAB

Ano passado, na Copa das Confederações, o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), utilizou um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) para levar sua noiva, parentes e amigos ao Rio de Janeiro para assistirem à final entre Brasil e Espanha, no Maracanã. Alves e os familiares postaram fotos nas redes sociais, despertando atenção.

Após noticiado o episódio, a assessoria do deputado informou que ele devolveria o dinheiro. Foi feito um cálculo para estimar os gastos, chegando a R$ 1,5 mil por ocupante do avião da FAB. Outro episódio de uso irregular da aeronave, recentemente, foi protagonizado pelo presidente do Senado, Renan Calheiros. Em dezembro do ano passado, o peemedebista requisitou um avião da FAB para ir a Pernambuco, onde fez um implante capilar.


Viva nosso "Congreço Nassional"!!!
FAB29

32 comentários:

  1. Os deputados e senadores brasileiros são os segundos mais caros do mundo em um universo de 110 países. A conclusão é de um estudo realizado pela ONU (Organização das Nações Unidas) em parceria com a UIP (União Interparlamentar), publicado na Folha de S. Paulo deste domingo. Segundo o levantamento, cada um dos 594 parlamentares brasileiros - 513 deputados e 81 senadores - custa para os cofres públicos US$ 7,4 milhões por ano. A pesquisa converteu todos os valores em dólar e os ajustou pela paridade do poder de compra de cada país para efeito de compração. No caso dos Estados Unidos, que liderou o ranking, o custo de cada congressista é de US$ 9,6 milhões anuais.

    Com os dados extraídos do estudo da ONU e da UIP, o jornal dividiu o orçamento anual dos congressos pelo número de representantes - no caso de países bicamerais, como o Brasil e os Estados Unidos, os dados das duas Casas foram somados. Por essa conta, o resultado do levantamento não corresponde apenas aos salários e benefícios recebidos pelos parlamentares, porém as verbas a que cada congressista tem direito equivalem a boa parte do total. No Brasil, por exemplo, salários, auxílios e recursos para o exercício do mandato de um deputado representam 22% do orçamento da Câmara. Em outra comparação, que leva em conta a divisão do orçamento do Congresso por habitante, o Brasil é o 21º no ranking, com um custo de cerca de US$ 22 por brasileiro.

    https://www.youtube.com/watch?v=De8p_ELK1TI

    A matéria saiu no Bom Dia Brasil, em 28 de junho de 2007.

    Como será que estamos em relação aos outros países hoje?

    A memória da mídia e da população é muito frágil e diáriamente é bombardeada por novos fatos.

    É importante que alguns assuntos sejam trazidos de volta à discussão para quem sabe aos poucos a consciência desses absurdos se transforme em ação, organizada e pacífica. Mas também efetiva e determinada.

    Já que o assunto foi logo esquecido na época, que tal ESPALHAR através da rede?

    Encontramos o vídeo através do perfil do Christian Müller no Facebook. O vídeo vem com uma mensagem na abertura que como veículo de comunicação não nos compete divulgar.

    Por conta disso, fomos até o site do Bom Dia Brasil, que tem um arquivo de vídeo de muitos anos e muito bem organizado. Mas, infelizmente o desta matéria não está disponível.
    Mais um golpe contra a imagem do Congresso: um estudo da Organização Transparência Brasil concluiu que os parlamentares brasileiros são os mais caros do mundo. O minuto trabalhado aqui custa ao contribuinte R$ 11.545.

    Por ano, cada senador não sai por menos de R$ 33 milhões. O custo anual de um deputado é de R$ 6,6 milhões. Os valores gastos com o Congresso causam ainda mais espanto quando comparados com os números de países mais ricos do que o Brasil.

    Se fizermos a média dos custos de deputados e senadores, cada parlamentar no Brasil sai por R$ 10,2 milhões por ano. Na Itália, são gastos R$ 3,9 milhões, na França, pouco mais de R$ 2,8 milhões, na Espanha, cada parlamentar custa por ano R$ 850 mil e na vizinha, Argentina, R$ 1,3 milhão.

    Esse custo se repete nas Assembléias Legislativas. O pior exemplo está em Brasília. Cada um dos 24 deputados distritais custa por ano quase R$ 10 milhões e os vereadores, no Rio e São Paulo, cada um sai por R$ 5 milhões.

    Fonte: Bom Dia Brasil

    Cobalto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só de exemplos, seu comentário foi maior que o meu post.
      Se continuasse, viraria enciclopédia do desgoverno brasileiro.
      Abraço.

      Excluir
    2. rsrs...não diria do desgoverno , mas da vulgocracia.

      Perceba a bovinização das massas : matéria saiu no Bom Dia Brasil, em 28 de junho de 2007. E SETET ANOS DEPOIS ..... zzzzz

      Abraços

      Excluir
    3. Prezados,
      A solução é banal:
      Basta que os alijados sociais, os "favelados" traficantes, "marginais" peguem suas armas e comecem a exterminar todos os governantes, só devem atacar os "comandantes", pois é desarticulando o topo que se garante o caos na base.
      Tem que ser sistemático, viu um agente topo de cadeia, elimina sem pensar. E claro que tal extermínio tem que ser estendido a TODA a família.
      Observo que crime de corrupção é crime de lesa pátria, pois não mata apenas um cidadão, mas toda a nação, é GENOCÍDIO! E pena para genocidas traidores dfa patria é PENA DE MORTE, PENA CAPITAL.
      Observo que crime de corrupção é também crime de lesa humanidade, pois permitindo que atos degenerados emplaquem condenamos a massa parva a aprender tais "ensinos".
      Logo é fundamental que seja exterminada TODAS as gerações dos corruptos, pois filho de corrupto corrupto é.
      Temos em todas as favelas, os soldados da dignidade, só temos que contar isso para eles.
      Em tempo, vale lembrar que sendo a maioria dos aljados afrodescendentes, exterminar as elites será a oportunidade de vingar pelas antepassadas e antepassados abusados, estuprados e expoliados.
      Vingança é um prato que se come frio, mas não devemos nunca deixar de come-lo! É um prato que elimina os venenos do corpo, da alma, e do espírito.
      O tal pcc pode se redimir de todos os crimes, basta eliminar todos os mandatários de todos os três poderes.

      Alea jacta est!

      Excluir
    4. Tal radicalismo não funciona. Há dois problemas cruciais, meu caro:

      1- A massa que você citou mal sabe fazer "Ó" com o fiofó. Então, imagine se ela saberá distinguir o joio do trigo. Além do quê, há uma infinidade de marginais (no mau sentido) nela. Então, a quantidade de injustiças e covardias seria incalculável;

      2- O poder de fogo das elites é imensamente maior que o da massa. Esta só tem quantidade. Lembre a Guerra dos Seis Dias, quando israel detonou sozinho vários países. Qualidade é indispensável e determinante.

      Desobediência civil e revolução, sim, sem dúvida! Se necessário, eventualmente pela força. Mas a melhor de todas é a doutrinação silenciosa, especialmente das crianças. Esta, os grandes corruptores mais temem e movem mundos para evitá-la.

      Abraço.

      Excluir
    5. 3) Tem o problema de unir todos num mesmo objetivo e

      4) Eliminando as tais elites, os "salvadores" não se sentiriam também avarentos, arrogantes. Não começariam também na prática dos vícios que anteriormente combateram?

      Defendo esclarecimentos em cima de esclarecimentos, educação, moralização, criação de temor a Deus. Pq se rouba? Pq acha que ninguém tá vendo. Pq acha que ninguém tá vendo? Pq não crê em Deus que tudo vê, tudo pesa, tudo julgará.

      Mesmo que Deus seja algo fictício, este fictício tem grande valor de moralização, de aprumamento social.

      Cobalto

      Excluir
    6. Caro FAB,
      Os braços armados das elites são o zé povinho corrompido, a elite não tem armas, não precisa, o boçal ambicioso é o jagunço defensor das leis, aquelas criadas pelas elites. A verdadeira arma das elites é a burrice das massas!
      E se tal massa é tão incapaz é pertinente que os ditames das pedras georgianas sejam garantidos!
      Na natureza todo lixo é reciclado e a humanidade É LIXO, tanto é que está como está!
      Eliminar as elites é de uma facilidade supina, mas depende de inteligencia, aquela "coisa" que faz com que não desejemos "missangas" de outrem, pois sabemos fazer nossas próprias missangas! Com essa "coisa" escapamos das agendas, pois quando somos capazes de fazer TUDO, NADA PODE nos submeter! E aí, não existem elites e não porque não existam predispostos a se-lo, mas porque quem se basta não aceita delegar poderes!
      Reciclemo-nos!

      Caro Cobalto,
      Os boçais "salvadores" talvez sim, mas boçais só são salvadores onde o resto é borra!
      Os verdadeiros salvadores com certeza não iriam ser seduzidos pela possibilidade de submeter lixos, lixos reciclamo-os e assim damos-lhes serventia.
      O verdadeiro lider é absoluto, é incorruptível, pois sabe fazer tudo e não precisa dos outros, apenas busca alertar aos outros porque crê em um mundo mais coerente.
      Para que deus se estou mostrando que o ser valoroso se basta?
      Isso é coisa de tementes, e tementes não se bastam!!
      Tementes realmente precisam de um avatar qualquer para toca-los como se toca o gado (goyin), mas o bastante só precisa de si mesmo, é naturalmente anarquista.
      Se precisamos "inventar" ficção para apacentar a massa é sinal de que tal massa não presta e é melhor que suma do mapa!!
      Sociedade que precisa de moral não presta, o que presta é INTELIGENCIA.
      SELEÇÃO É A SOLUÇÃO.
      Se o povo é borra (copiador de judeu) que suma em vez de deteriorar o bioma!

      Excluir
    7. Prezado Vapera.
      Assino embaixo quanto às armas da elite. E a "facilidade supina que só depende da inteligência" é fato tão inatacável que afirmo: o jacó povinho está sumamente ferrado pois nunca será permitido o mínimo dela a ele.

      O tanto que eles investem na desinformação, incultura e entretenimento alienante supera o tanto que investem em armas e drogas.
      Abraço.

      Excluir
  2. Qualquer caso de corrupção que for postado aqui nada mais é do que UMA GOTA NO OCEANO da corrupção; o dinheiro público jorra das cascatas do tesouro direto nas mãos de centenas de milhares de corruptos: políticos, assessores, familiares, "compadres de negócios" e muitos outros....

    MFF

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PARTE 1/2

      Embora alguns dos citados abaixo jamais tenham assumido isso e dificilmente venham a fazê-lo, basta ver o sobrenome e empreender uma pesquisa genealógica histórica séria e imparcial desdes ex-presidentes que obteremos a confirmação.

      Muitos deles o são e nem mesmo sabem ou não se importam com isso. Mas a nossa atual mandatária máxima assumiu a sua origem racial judaica. Não implica necessariamente serem seguidores da fé anticristã talmúdica, posto que temos de tudo um pouco em se tratando de judeus, desde ateus, católicos, evangélicos e outros seguimentos religiosos que são judeus apenas no sangue e nada mais. Pelo menos em público.

      Numa época em que, no Brasil pelo menos, se busca tanto a afirmação da raça quanto às origens (ameríndios, afrodescendentes) nada mais coerente do que também se pesquisar e se assumir outras origens procedentes de grupos étnicos tidos também como vítimas de racismo e preconceito, como ocorre com os judeus, sempre associados a cosias negativas ou pejorativas. Vamos à lista dos presidentes com genealogia judaica:

      1) Dilma Roussef , filha de judeu da Bulgária que emigrou para o Brasil fugindo da perseguição política. Dilma, que mal sabe falar, tem enorme conhecimento sobre a imigração judaica ao nosso país e tem conhecimento das raízes judaicas de sua família, por meio de sua avó materna, de sobrenome Coimbra.

      Na atualidade, ela só seria considerada judia se sua mãe também o fosse, o que não foi comprovado. É que hoje em dia a determinação do ser judeu para os especialistas judaicos, vem do ventre da mãe. Mudaram a regra e foi imposta após a 2ªGM quando do holocausto business, onde (só) alegam que milhões de homens judeus morreram e muitas judias "se misturaram" com não-judeus. Veja só, agora só homens morreram nos tais campos ... rsrs Mais uma incoerência.

      Mas o fato é a presidAnta é judia, tem sangeu e origem judaicos e assume isso. Não foi o Faurisson que disse.

      2) Luís Inácio Lula da Silva, descendente de cristãos-novos (judeus supostametne convertidos ao catolicismo) oriundos do Recife e radicados na região de Garanhuns/ PE. Lula descende da chamada "Casa da Torre". Ele, no entanto não dá a mínima para o fato e passa de largo sobre as suas origens judaicas.

      Excluir
    2. PARTE 2/2

      Bartolomeu Atanásio de Morais, primo de Lula e genealogista da família 'da Silva', traçou a sua origem até oito gerações de ancestrais do sr. Molusco. Isso o põe como descendente dos pioneiros colonizadores dos Campos dos Garanhuns, nos alvores do século XVIII. Todas as informações sobre a genealogia de Lula, afirmou ainda Bartolomeu de Morais, estão registradas na obra do historiador garanhuense, Alfredo Leite Cavalcanti (História de Garanhuns, Vol. I, 1968).

      A Casa da Torre, da família Dias D’Ávila - poderosos cristãos novos - chegou a possuir milhares de quilômetros quadrados de terra, indo da Bahia ao Piauí, incluindo ainda trechos de Sergipe, partes da Capitania das Alagoas e parte de Pernambuco. Mais ainda, os da Casa da Torre eram cristãos novos – judeus pseudo-convertidos. Caso essa informação seja correta, Lula seria então um provável descendente de judeus. Logo ele, que arrasta a asa para os ditadores árabes. A vida é engraçada! Mas que ele é descendente, isso ele é!

      3) Fernando Henrique Cardoso, que na infância tinha o sonho de ser rabino e é apologista da maconha, seria descendente de judeus (de uma linhagem expulsa de Portugal há séculos atrás) e teria optado pela religião judaica quando estava exilado em Paris. A esposa dona Rute Cardoso, é irmã da judia Eva Blay, que foi suplente de FHC no Senado. Beatriz, filha de FHC, é casada com o judeu David Zylbersztajn, que era Secretário de Energias de SP e amigo do judeu Benjamin Steinbruch. Ambos, David e Benjamin, estão envolvidos com FHC nas denúncias e escândalos de privatização de estatais. Não foi o Faurisson que disse.

      Vejamos parte da grande contribuição judaica ao povo brasileiro:
      http://www.brasildefato.com.br/sites/default/files/Especial%20Privataria%20Tucana.pdf

      Em 2008, o genro de FHC, é suspeito de ser mais um entre os tucanos paulistas que receberam propina da ALSTOM. David tanbém declarou recentemente que é "a favor que haja não uma privatização da Petrobrás, mas do pré-sal, que o pré-sal seja passado para as empresas privadas internacionais." Não foi o Faurisson que disse.

      O Rabino Henry Isaac Sobel, que por motivos de doença rouba gravatas, foi convidado de honra, na primeira fila, por ocasião da posse do presidente FHC. Em outra ocasião, presenteou o mesmo presidente com um castiçal sem preço pertencente à comunidade judaica. Teria comprado com o lucro da venda das gravatas?

      FHC, como presidente, contratou a chef de cozinha Roberta Sudbrack por US$ 12 mil dólares. A cozinheira ia uma vez por semana à Brasília para cuidar do cardápio dele.

      Cobalto

      Excluir
    3. "É tudo gente fina! - Meu advogado jura." (Raul Seixas)

      Excluir
    4. E o talmudinho não vai mais falar mal da Dilma? Fugiu de novo? kkkkkkkk

      A LATROCIDA ISRAEL MATA UMA CRIANÇA PALESTINA A CADA 3 DIAS JÁ DURANTE 13 ANOS.

      Cobalto

      Excluir
  3. ISRAEL MATA UMA CRIANÇA PALESTINA A CADA 3 DIAS JÁ DURANTE 13 ANOS.

    Jornal The Independent revela como Israel se vinga de crianças que atiram pedras.

    Na maioria dos casos, crianças palestinas de até 12 anos de idade são arrancadas da cama à noite, algemadas e vendadas, ficam sem dormir ou sem comida, são submetidas a longos interrogatórios e então forçadas a assinar confissões em hebreu, um idioma que poucas tem capacidade de ler.

    O menino, pequeno e frágil, está lutando para ficar acordado. Sua cabeça pende para o lado, a certa altura caindo sobre o peito. “Levanta a cabeça! Levanta!”, grita um dos interrogadores, estapeando o menino. Mas ele a essa altura não parece mais se importar, porque está acordado por pelo menos doze horas desde que foi tirado de casa e separado dos pais às duas da manhã, sob a mira de uma arma. “Eu gostaria que vocês me soltassem”, ele choraminga, “assim eu poderia dormir um pouco”.

    http://www.pragmatismopolitico.com.br/2011/09/jornal-independent-revela-como-israel.html

    https://www.youtube.com/watch?v=M2ufLIKjyuI

    Cobalto

    ResponderExcluir
  4. "O menino, pequeno e frágil, está lutando para ficar acordado. Sua cabeça pende para o lado, a certa altura caindo sobre o peito. “Levanta a cabeça! Levanta!”, grita um dos interrogadores, estapeando o menino. Mas ele a essa altura não parece mais se importar, porque está acordado por pelo menos doze horas desde que foi tirado de casa e separado dos pais às duas da manhã, sob a mira de uma arma. “Eu gostaria que vocês me soltassem”, ele choraminga, “assim eu poderia dormir um pouco”.

    Me veio as lágrimas com essa fábula fabulosa...

    "mamãe, têm pão no céu?...e morreu."

    Ovelha Cobalto, me passa teu email que vou te passar umas mensagens de corrente que são bem bacanas, se não disser amém...ficará 7 anos morando embaixo da ponte hein?


    RSRSRSRSRSRSRSRSRRSRSRSRS

    MFF

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então você acha que o "Independent" é um jornal de fábulas? Que as frases obtidas de um vídeo é tudo falsidade? E o vídeo mostrando toda a "coragem e hombridade" dos soldados israelenses é montagem?

      Cada vez mais se revelando um nada. Os caras devem lhe pagar muito bem.

      Excluir
    2. O que o vídeo mostrou demais? Soldados mandando a criança expor algum possível explosivo nas roupas e na mochila?

      Quem são os mais selvagens? Os soldados ou os pais dessas crianças, militantes enlouquecidos, que muito bem podem amarrar dinamites no corpo delas?

      É que não existe PRECEDENTE né?

      É vergonhoso um soldado inquirir uma criança, mas também não é por nada!

      MFF

      Excluir
    3. Desavergonhadamente doutrinado e conivente...

      Excluir
    4. Relação por data e com nome e idade dos palestinos, a maioria de crianças, feridos e outras várias que perderam membros aleijando-os para sempre:

      Killed Wednesday 7/9:
      1. Hamed Shihab, Journalist – Gaza.
      2. Salima al-‘Arja, 53, Rafah.
      3. Miriam ‘Atiya al-‘Arja, 9, Rafah.
      4. Rafiq al-Kafarna, 30.
      5. Abdul-Nasser Abu Kweik, 60.
      6. Khaled Abu Kweik, 31.
      7. Mohammad Mustafa Malika, 18 months.
      8. Hana’ Mohammed Fu’ad Malaka, 28 (Mohammad’s Mother), 27.
      9. Hatem Abu Salem, Gaza City.
      10. Mohammad Khaled an-Nimra, 22.
      11. Sahar Hamdan (al-Masry), 40, Beit Hanoun.
      12. Mohammad Ibrahim al-Masry, 14, Beit Hanoun.
      13. Amjad Hamdan, 23, Beit Hanoun.
      14. Hani Saleh Hamad, 57, Beit Hanoun.
      15. Ibrahim Hani Saleh Hamad, 20, Beit Hanoun.
      16. Mohammad Khalaf Nawasra, 4, al-Maghazi.
      17. Nidal Khalaf Nawasra, 5, al-Maghazi.
      18. Salah Awad Nawasra, 24, al-Maghazi. (father of Mohammad and Nidal)
      19. ‘Aesha Najm al-Nawasra, 23, al-Maghazi (mother of Mohammad and Nidal, pregnant in the fourth month).
      20. Naifa Mohammed Zaher Farajallah, 80, al-Mughraqa.
      21. Amal Yousef Abdul-Ghafour, 20, Khan Younis.
      22. Nariman Jouda Abdul-Ghafour, 18 months, Khan Younis.
      23. Ibrahim Daoud al-Bal’aawy.
      24. Abdul-Rahman Jamal az-Zamely.
      25. Ibrahim Ahmad ‘Abdin.
      26. Mustafa Abu Murr.
      27. Khaled Abu Murr.
      28. Mazin Faraj Al-Jarba.
      29. Marwan Eslayyem.
      30. Ra’ed Mohammed Shalat, 37, al-Nussairat.
      31. Yasmin Mohammad Matouq, 4, Beit Hanoun.

      Killed Tuesday 7/8:
      1. Mohammad Sha’ban, 24, Gaza.
      2. Amjad Sha’ban, 30, Gaza.
      3. Khader al-Basheeleqety, 45, Gaza.
      4. Rashad Yassin, 27, Nusseirat.
      5. Mohammad Ayman ‘Ashour, 15, Khan Younis.
      6. Riyadh Mohammad Kaware’, 50, Khan Younis.
      7. Bakr Mohammad Joudeh, 50, Khan Younis.
      8. Ammar Mohammad Joudeh, 26, Khan Younis.
      9. Hussein Yousef Kaware’, 13, Khan Younis.
      10. Bassem Salem Kaware’, 10, Khan Younis.
      11. Mohammad Ibrahim Kaware’, 50, Khan Younis.
      12. Mohammad Habib, 22, Gaza.
      13. Ahmed Mousa Habib, 16, Gaza.
      14. Saqr ‘Aayesh al-‘Ajjoury, 22, Jabalia.
      15. Ahmad Nael Mahdi, 16, Gaza.
      16. Hafeth Mohammad Hamad, 26, Beit Hanoun.
      17. Ibrahim Mohammad Hamad, 26, Beit Hanoun.
      18. Mahdi Mohammad Hamad, 46, Beit Hanoun.
      19. Fawziyya Khalil Hamad, 62, Beit Hanoun.
      20. Donia Mahdi Hamad, 16, Beit Hanoun.
      21. Soha Hamad, 25, Beit Hanoun.
      22. Suleiman Salam Abu Sawaween, 22, Khan Younis.
      23. Siraj Eyad Abdul-‘Aal, 8, Khan Younis.
      24. Abdul-Hadi Soufi, 24, Rafah.
      - See more at: http://windowintopalestine.blogspot.com.br/2014/07/195-palestinians-killed-including-whole.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+blogspot/LkRU+(Window+Into+Palestine)#sthash.qYCIexwl.dpuf

      Tem beem mais e podem olhar aqui:
      http://windowintopalestine.blogspot.com.br/2014/07/195-palestinians-killed-including-whole.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+blogspot/LkRU+(Window+Into+Palestine)

      Cobalto

      Excluir
    5. Desvairado, fora de si, sem norte. Se você fosse palestino e este garotinho teu filho? Vai responder ? Claro que não. É covarde .. covarde ...covarde.

      Dizer que Jesus é "blasfemo" e inocentar Caifás e os judeus de deicídio, afirmando que Deus é mentiroso .... esperar o que?

      Cobalto

      A LATROCIDA ISRAEL MATA UMA CRIANÇA PALESTINA A CADA 3 DIAS JÁ DURANTE 13 ANOS.

      Excluir
    6. Olha essa do cara:

      "O que o vídeo mostrou demais? "

      Por muito menos inventaram o tal do Holocausto!

      E mesmo se o Holocausto tivesse acontecido, isso só desqualificaria os nazistas, mas o poder judaico não ficaria absolvido de nada, seriam dois vilões então os nazistas e o poder judaico.

      Em momento algum o poder judaico é inocente, pelo menos os que se expressa mundialmente, u ma história ignorando isso é impensável se for levada a sério.

      Excluir
  5. Isso, não é fábula:

    http://i.imgur.com/P3HevwB.jpg

    Os Palestinos usam o seu próprio povo como alvo dos mísseis, pesquise um pouco sobre o que o Hamas obriga a massa de civis a fazer....

    Verdadeiros selvagens esses extremistas! Aliás, em um país onde metade da população não têm emprego e onde vivem como comunidades tribais, não é a toa que esse tipo de fanatismo ainda sobreviva.

    MFF

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você justifica sua opinião com esse link bisonho e acusa os palestinos de serem selvagens, a despeito da selvageria bélica dos israelenses.

      Você está se superando no seu grotesco.

      Excluir
    2. Pense e reflita porque os números abaixo jamais serão publicados por essa mídia sicofanta.

      Atualização dos dados oficiais da ONU sobre a crise no território palestino da Faixa de Gaza frente aos ataques militares israelenses desde o dia 7 de julho:

      1,8 milhão de pessoas afetadas pelo ataque

      5.600 pessoas (940 famílias) deslocadas pelo conflito

      16.000 pessoas abrigadas nas escolas da UNRWA (Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina)

      60.000 pessoas com necessidades alimentares emergenciais

      400.000 pessoas sem eletricidade

      75% da cidade de Gaza sem eletricidade

      395.000 pessoas afetadas pelos danos causados às instalações de fornecimento de água

      1/3 da população, cerca de 600.000 pessoas, com acesso restrito a água potável

      168 pessoas mortas, sendo ao menos 133 civis, dentre os quais 36 crianças

      1.140 pessoas feridas, dentre as quais 296 crianças e 233 mulheres

      25.300 crianças necessitando de atendimento psicológico, devido ao trauma vivenciado pelos ataques

      8 unidades de saúde e 4 ambulâncias danificadas; 1 médico morto e outros 19 agentes de saúde feridos

      36 escolas danificadas

      66 escolas consideradas suscetíveis a danos

      940 unidades residências destruídas

      2.500 casas danificadas

      32 barcos pesqueiros incendiados, destruídos ou danificados e cerca de 1.000 redes de pesca queimados

      3.600 pescadores estão sem acesso ao mar

      Número ainda não especificado de agricultores sem acesso a terra e relatos de perdas importantes, como morte de animais

      Mais de 700 ataques aéreos, mais de 1.100 mísseis israelenses disparados contra a Faixa de Gaza, mais de 100 disparos de tanques de guerra e cerca de 330 bombardeios navais (dados do dia 11, sem atualização desde então)

      Aproximadamente 100 bombas não estouradas (e que ainda podem explodir) foram encontradas

      Em território israelense, foram contabilizados:

      1.500 mísseis atirados, quase todos interceptados no ar pelo sistema israelense anti-mísseis

      2 casas destruídas

      9 pessoas feridas

      Por que a mídia não divulga essas informações? Pense e reflita...

      Excluir
    3. Acho interessante que o querido jaburango manda você estudar, pesquisar,...
      Dados interessantes. Grato.

      Excluir
    4. Gostaria que fosse explicado este sequestro dos três judeus, Gil-Ad Shaer e Naftali Fraenkel, de 16 anos, e Eyal Yifrah, de 19 anos. Pois o que não faltam são câmeras e todo tipo de aparelhos, sensores e tecnologia para vigiar tudo dentro e fora dos territórios invadidos pela latrocida Israel. Tem ainda a existência dos check in points em todas as fronteiras, nos assentamentos (campos de concentração) e também um alto e bem vigiado e extenso muro que está mais para muralha. Isso são fatos de conhecimento público e como então, com todo este aparato de última geração, conseguiu-se sequestrar 3 judeus? Portanto, não é de maneira alguma leviana concluir que os verdadeiros culpados pelos assassinatos dos três jovens israelenses é tão somente da latrocida Israel. Assim como também não é leviandade alguma duvidar da existência deste sequestro e na sequência, da morte dos três.

      Mesmo tendo ocorrido os assassinatos, continua sendo de inteira responsabilidade da latrocida Israel devido a sua política insustentável, violenta, criminosa, intransigente e genocida de tomada de terras agriculturáveis, desvio de água e destruição completa das casas das famílias palestinas acuadas e indefesas dentro do que restou de sua própria pátria. Pela ótica sem vícios e sem manipulação midiática, pela moral e pelo direito, judeus não deveriam estar na Palestina. São invasores e violentadores.

      Você sabia que ...

      1 ) ... a taxa de condenação dos suspeitos palestinos julgados em tribunais militares israelenses é de 99,74% ?

      http://www.juancole.com/2013/01/children-palestinian-colonialism.html

      2 ) ... a taxa de condenação de crianças palestinas em tribunais militares israelenses é ainda maior? É de 99,88%

      http://www.juancole.com/2013/01/children-palestinian-colonialism.html

      3) ... a taxa de prisões efetivas para os palestinos é superior a 100% porque, quando Israel não tem as evidências para condenar, simplesmente aprisiona os palestinos sem acusação ou julgamento.

      Israel é o maior inimigo dele mesmo.

      Cobalto

      A LATROCIDA ISRAEL MATA UMA CRIANÇA PALESTINA A CADA 3 DIAS E ISSO JÁ VEM OCORRENDO HÁ 13 ANOS.

      É FATO E NÃO SÃO O SR. FAURISSON OU O SR. CASTAN QUE DIZEM.

      Excluir
    5. Uma das versões não oficiais diz que os jovens morreram num acidente de carro e o mossad guardou os corpos para uma eventual "boa utilização".

      Mas ainda creio mais na versão de que não houve mortes.

      Excluir
  6. Das pedras de Davi aos tanques de Golias, por José Saramago - Prêmio Nobel de Literatura.

    Afirmam algumas autoridades em questões bíblicas que o Primeiro Livro de Samuel foi escrito ou na época de Salomão ou no período imediato, em qualquer caso antes do cativeiro da Babilônia.

    Outros estudiosos não menos competentes argumentam que não apenas o Primeiro, mas também o Segundo Livro de Samuel, foram redigidos depois do exílio da Babilônia, obedecendo a sua composição ao que é denominado por estrutura histórico-político-religiosa do esquema deuteronomista, isto é, sucessivamente, a aliança de Deus com o seu povo, a infidelidade do povo, o castigo de Deus, a súplica do povo, o perdão de Deus.

    Se a venerável escritura vem do tempo de Salomão, poderemos dizer que sobre ela passaram, até hoje, em números redondos, uns três mil anos. Se o trabalho dos redatores foi realizado após terem regressado os judeus do exílio, então haverá que descontar daquele número uns 500.

    Esta preocupação de rigor temporal tem como único propósito propor à compreensão do leitor a idéia de que a famosa lenda bíblica do combate (que não chegou a dar-se) entre o pequeno pastor Davi e o gigante filisteu Golias anda a ser mal contada às crianças pelo menos desde há 25 ou 30 séculos.

    Ao longo do tempo, as diversas partes interessadas no assunto elaboraram, com o assentimento acrítico de mais de cem gerações de crentes, tanto hebreus como cristãos, toda uma enganosa mistificação sobre a desigualdade de forças que separava dos bestiais quatro metros de altura de Golias a frágil compleição física do louro e delicado Davi.

    Tal desigualdade, segundo todas as aparências enorme, era compensada, e logo revertida a favor do israelita, pelo fato de Davi ser um mocinho astucioso e Golias uma estúpida massa de carne, tão astucioso aquele que antes de ir enfrentar-se ao filisteu apanhou na margem de um regato que havia por ali perto cinco pedras lisas que meteu no alforje, tão estúpido o outro que não se apercebeu de que Davi vinha armado com uma pistola.

    (continua)

    Cobalto

    ResponderExcluir
  7. Que não era uma pistola, protestarão indignados os amantes das soberanas verdades míticas, que era simplesmente uma funda, uma humílima funda de pastor, como já as haviam usado em imemoriais tempos os servos de Abraão que lhe conduziam e guardavam o gado.

    Sim, de fato não parecia uma pistola, não tinha cano, não tinha coronha, não tinha gatilho, não tinha cartuchos, o que tinha era duas cordas finas e resistentes atadas pelas pontas a um pequeno pedaço de couro flexível, no côncavo do qual a mão esperta de Davi colocaria a pedra que, à distância, foi lançada, veloz e poderosa como uma bala, contra a cabeça de Golias, e o derrubou, deixando-o à mercê do fio da sua própria espada, já empunhada pelo destro fundibulário.

    Não foi por ser mais astucioso que o israelita conseguiu matar o filisteu e dar a vitória ao exército do Deus vivo e de Samuel, foi simplesmente porque levava consigo uma arma de longo alcance e a soube manejar. A verdade histórica, modesta e nada imaginativa, contenta-se com ensinar- nos que Golias não teve nem sequer a possibilidade de pôr as mãos em cima de Davi.

    A verdade mítica, emérita fabricante de fantasias, anda a embalar-nos há 30 séculos com o conto maravilhoso do triunfo de um pequeno pastor sobre a bestialidade de um guerreiro gigantesco a quem, afinal, de nada pôde servir o pesado bronze do capacete, da couraça, das perneiras e do escudo.

    Tanto quanto estamos autorizados a concluir do desenvolvimento deste edificante episódio, Davi, nas muitas batalhas que fizeram dele rei de Judá e de Jerusalém e estenderam o seu poder até a margem direita do Eufrates, não voltou a usar a funda e as pedras.

    Também não as usa agora.

    Nestes últimos 50 anos cresceram a tal ponto as forças e o tamanho de Davi que entre ele e o sobranceiro Golias já não é possível reconhecer qualquer diferença, podendo até dizer-se, sem insultar a ofuscante claridade dos fatos, que se tornou num novo Golias.

    Davi, hoje, é Golias, mas um Golias que deixou de carregar pesadas e afinal inúteis armas de bronze. Aquele louro Davi de antanho sobrevoa de helicóptero as terras palestinas ocupadas e dispara mísseis contra alvos inermes; aquele delicado Davi de outrora tripula os mais poderosos tanques do mundo e esmaga e rebenta tudo quanto encontra na sua frente; aquele lírico Davi que cantava loas a Betsabé, encarnado agora na figura gargantuesca de um criminoso de guerra chamado Ariel Sharon, lança a "poética" mensagem de que primeiro é necessário esmagar os palestinos para depois negociar com o que deles restar.

    Em poucas palavras, é nisto que consiste, desde 1948, com ligeiras variantes meramente tácticas, a estratégia política israelita.

    Intoxicados mentalmente pela idéia messiânica de um Grande Israel que realize finalmente os sonhos expansionistas do sionismo mais radical; contaminados pela monstruosa e enraizada "certeza" de que neste catastrófico e absurdo mundo existe um povo eleito por Deus e que, portanto, estão automaticamente justificadas e autorizadas, em nome também dos horrores passados e dos medos de hoje, todas as ações próprias resultantes de um racismo obsessivo, psicológica e patologicamente exclusivista; educados e treinados na idéia de que quaisquer sofrimentos que tenham infligido, inflijam ou venham a infligir aos outros, e em particular aos palestinos, sempre ficarão abaixo dos que padeceram no Holocausto, os judeus arranham interminavelmente a sua própria ferida para que não deixe de sangrar, para torná-la incurável, e mostram-na ao mundo como se tratasse de uma bandeira.

    Israel fez suas as terríveis palavras de Jeová no Deuteronômio: "Minha é a vingança, e eu lhes darei o pago". Israel quer que nos sintamos culpados, todos nós, direta ou indiretamente, pelos horrores do Holocausto, Israel quer que renunciemos ao mais elementar juízo crítico e nos transformemos em dócil eco da sua vontade, Israel quer que reconheçamos de jure o que para eles já é um exercício de fato: a impunidade absoluta.

    (continua)

    Cobalto

    ResponderExcluir

  8. Do ponto de vista dos judeus, Israel não poderá nunca ser submetido a julgamento, uma vez que foi torturado e queimado em Auschwitz. Pergunto-me se esses judeus que morreram nos campos de concentração nazistas, esses que foram perseguidos ao longo da História, esses que foram trucidados nos progrons, esses que apodreceram nos guetos, pergunto-me se essa imensa multidão de infelizes não sentiria vergonha pelos atos infames que os seus descendentes vêm cometendo.

    Pergunto-me se o fato de terem sofrido tanto não seria a melhor causa para não fazerem sofrer os outros.

    As pedras de Davi mudaram de mãos, agora são os palestinos que as atiram. Golias está do outro lado, armado e equipado como nunca se viu soldado algum na história das guerras, salvo, claro está, o amigo americano.

    Ah, sim, as horrendas matanças de civis causadas pelos chamados terroristas suicidas... Horrendas, sim, sem dúvida, condenáveis, sim, sem dúvida. Mas Israel ainda terá muito que aprender se não é capaz de compreender as razões que podem levar um ser humano a transformar-se numa bomba.

    http://blogdobourdoukan.blogspot.com.br/2014/07/das-pedras-de-davi-aos-tanques-de-golias.html

    https://www.youtube.com/watch?v=tF5D9QV4URo

    Cobalto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara que o Bourdokan não fique bravo por você transcrever o post dele.

      Excluir
  9. Fabiano:

    Sem entrar em maiores delongas sobre a sempre infeliz situação da Palestina, deixo aqui para seu estudo e reflexão o link do primeiro artigo, de um total de sete, do teólogo Rodrigo Silva Barros a respeito da guerra de Gaza.

    Os textos são de 2012, mas como nada mudou de lá pra cá, podem ser lidos sem qualquer necessidade de atualização:

    http://cantinhodoprimorodrigo.blogspot.com.br/2012/11/muito-alem-da-guerra-de-gaza-parte-i.html


    Augusto Landini.

    ResponderExcluir