Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


segunda-feira, 21 de julho de 2014

Crateras

Amigos e amigas.
Um amigo me atentou para um fato. É dito que as crateras na Terra e na Lua são obras de meteoros que caíram por aqui e por lá. Uma simples pergunta: Como é possível que essas crateras sejam circulares? Vejam:

Cratera terrestre

Crateras lunares

Afinal de contas, é notório que a Terra e a Lua não estão estáticas no espaço. Estando em movimentos rotatórios e/ou orbitais, as crateras deveriam ser obrigatoriamente ALONGADAS porque esses meteoros só atingiriam o solo INCLINADAMENTE.

É a mesma coisa se você atirar uma pedra num banco de areia fina alisada estando em movimento numa bicicleta ou dentro de um carro. A marca deixada pela pedra NUNCA será circular. Isto só ocorrerá se você soltar a pedra VERTICALMENTE e estando parado. A UNICAMP propôs esta experiência a alunos de 12 a 16 anos, mas não esclareceu esta minha questão do impacto inclinado dos meteoros. Só colocou um pouco mais de dúvidas:

• A Lua (e alguns outros planetas e suas luas) mostra muito claramente crateras de impacto. Elas não foram destruídas por processos tectônicos ou por intemperismo, porque tais processos, se alguma vez estiveram presentes lá, cessaram há milhões de anos atrás. Por outro lado, a atividade na superfície terrestre (nela própria ou abaixo dela) removeu a evidência da maioria das crateras de impacto produzidas por meteoritos extraterrestes.

Percebam que eles afirmam que as crateras da Lua não foram modificadas por condições meteorológicas, mantendo-se da mesma forma desde seu surgimento. Assim sendo, por qual motivo as milhares de crateras na Lua não são alongadas? Sequer uma? Há quem tente dar explicações técnicas aparentemente terminantes como ESTA, mas não explicam o formato delas. Já AQUI, tentam um pouco mais, porém, só convencem os de pensamento estreito.

Creio ser mais um daqueles mistérios que arrepiam a Astronomia.
FAB29

5 comentários:

  1. Prezado FAB,
    São matérias assim que me deixam babando para ler os comentários dos catedráticos!!
    Acredito que quando a humanidade entender as "verdades" celestiais (inclusive as religiosas), os donos do mundo vão ficar com seus orifícios cloacais (sim, eles são de outras espécies) tão arrombados quanto a cratera tycho!!!
    Como já comentei, a única forma conhecida de haver tais crateras simetricamente redondas, seriam bolhas tanto de lava quanto de lama. E para isso basta que observemos as poças magmáticas e as de lama quente.
    As evidências dizem mais do que as pesquisas de paridos decorrentes de sexo lazer!
    Esperemos os palpites... :-D
    A agenda vai afundar, olê, olê, olá... :-D
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Vapera.
      Não creio na teoria das bolhas para formar tamanhas crateras. Elas apareceram quando o solo já estava sólido.

      Sou mais crente nas "bombas das guerras dos deuses".
      Abraço.

      Excluir
    2. Caro FAB,
      Acredito também em propostas mahabaraticas, mas não creio que as crateras tenham origem tal, vamos aos fatos:
      Todo material a alta temperatura (explosões atômicas geram zilhares de graus centígrados) funde e sendo uma superfície lisa e homogênea acaba que vira um espelho.
      Segundo os "doutos" foi mandado para a lua uma bomba que ao explodir, ribombou como um sino, isso é sinal de que a lua é oca. Observe que não afirmo que tal explosão (nos idos 80s se não me engano) realmente ocorreu, afinal sei que TUDO só é divulgado caso haja um interesse subliminar, mas observo que os "donos" do mundo querem que acreditemos a luia oca, e só os mais ligados em questões astronômicas, tanto é que a notícia não foi alardeada além do óbvio.
      Observo que a lua anda par e passo com a Terra, e isso é impossível em propostas gravitacionais quanto em propostas eletromagnéticas. A cada sismo na Terra, os movimentos desta são alterados e tais alterações mesmo que ínfimas, ao longo dos séculos são mastodontais!
      Ou seja, o movimento de rotação e translação lunar são artificiais, esse corpo é controlado artificialmente e caso seja oca, evidentemente uma nave, um corpo avançado de alguma civilização. E qual a razão de tal aparato se não monitorar a Terra?
      Entendo que tal corpo é a fábrica "sadía" ou "perdigão" da(s) entidade(s) que se alimentam de gente.
      Observo também que ir ao espaço é banal, ao contrário das afirmações de imbecis que afirmam que para sair do puxão gravitacional é preciso de 11 km/s (aproximadamente), e para que entenda isso observo que um sistema giroscópico não tem "peso" pois suas forças centripetas "zeram" a atração gravitacional, logo se acelerado aqui na terra, garante que basta um fogueteco de nada para deslocar tal corpo, ou até uma catapulta magnética, e entendendo que a lua está logo ali, é evidente que esse corpo tem mais imundícies para ocultar que a messalina!
      Com isso não digo que a lua é isso ou aquilo, mas digo que ela não é o que nos dizem!!
      Uma vez uma amiga me indicou um livro de Dino Kraspedon, tal livro propõe um novo modelo de mecânica celeste, não digo que é o mais próximo da realidade, mas é muito mais coerente do que a proposta douta. Em tempo, o cara era judeu. Vale ler as propostas dele sem deixar o embalo místico tomar conta.
      Outra situação que torna os kaboom meio difíceis.

      Qual a origem da poeira lunar? Lá não existem os fenômenos erosivos que aqui existem.
      E não obstante tais poeiras possam ter origem de explosões, observo que aceleradas por bombas atômicas, elas virariam um cinturão de "pueróides" em volta da lua, pois aceleradas em zilhares de velocidades distintas algumas cairiam, outras, a maioria seria ejetada da lua a velocidades soberbas (cogumelos atômicos atingem milhares de metros de altura pelo vento vertical - vento convectivo decorrente do ar aquecido) e naturalmente ficariam presas na gravidade lunar, coisas de anéis de saturno!
      Pela distância dela, nós teriamos que ser gigantes, pela atração decorrente, algo semelhante aos gigantes filhotes de deuses, os prometeus da vida, algo que nos mostra que algum dia a Terra já teve lua de verdade, ou luas!

      Excluir
    3. Continuação
      Existem teorias de que a Terra já teve várias luas, e os dinossauros foram resultado dessa atração lunar maior, todo mundo gigante e rápido!
      Ademais pela quantidade de crateras, a lua teria fundido se oriundas de cogumelos nucleares.
      Aliás, algumas são tão grandes que teriam rachado ela ao meio!!

      Observo ainda que a reação física chamada explosão não é uma metodologia muito inteligente de guerra, é algo tosco, vandalesco, foge a lógica da conquista, só segue a lógica da destruição, algo aos moldes de deus, o tal jogador de bombas em gomorridades sodomais.
      E tal tecnologia nos foi passada só para garantir o holocausto tão desejado. E como toda a "tecnologia" é catedrática, fica evidente que só o que é vasado pelos doutos são as etapas da agenda divina.
      E ficamos acreditando até em terras sólidas e magmáticas!

      Armas realmente formidáveis teriam sumido a lua do mapa!
      Creio que mesmo artificial, os métodos de feitura da lua usaram do calor, da mesma forma que as pirãmides foram feitas de matéria moldável, seja areia ou lama.
      As tecnicas de vibração sônica servem perfeito para liquidificar rocha e se vibrações eletromagnéticas então, nem se fala.
      Observo que existe a famosa frase abra-te sésamo graças ao fato de que as sementes de gergelin (sésamo) se abrirem com vibrações sônicas provocadas até pelas vozes humanas.
      Sons fazem o que sequer entendemos, e no meu entender fazem até planetas, que dirá luas!
      O estudo da indução, do fenômeno de ressonância é fundamental para entendermos as armadilhas dos "doutos cientólogos".
      NIkola Tesla não foi obnubilado pelos catedráticos a toa, foi a forma de eliminar qualquer chance evolutiva por parte do gado!
      Abraço

      Excluir
    4. Só pra variar, uma boa aula.
      De tudo, ouso apenas duas colocações:

      - Concordo que não foram usadas armas atômicas. Penso que os tipos de armas usadas pelos "deuses" naquelas guerras que deixaram tantas crateras gigantescas por aqui e na lua são ainda desconhecidas. Sua manipulação e efeitos certamente são mistérios aos terrestres.

      - Você bem sabe que um átomo possui muito mais espaço vazio entre seu núcleo e elétrons do que massa em si. Logo, o que cria e mantém a solidez dos corpos é uma tremenda energia vibracional que, com uma determinada frequência, pode ser dissolvida como o gergelim e as muralhas de Jericó (considerando uma veracidade a este ponto da História).

      Abraço.

      Excluir