Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Desmentalidades

Amigos e amigas.
Já falei disto aqui e reitero: sou avesso a muitas coisas (corrupção, malícia, egocentrismo,...), mas preconceito, venha de onde vier, seja de quem ou para quem for, para mim, é crime! Ele estigmatiza pessoas, grupos, povos, classes, etc.
"Cartas abertas" como a que segue são muito comuns e, em geral, expressam a opinião só de uma pessoa ou, então, de um grupo. Respeitem-se as opiniões, mas tem algumas ABJETAS!
Para bem exemplificar a podridão que corre no mundo virtual, relembro a carta abaixo. Dizem ser 'fake', mas seres doentes mental e moralmente como esse açambarcam muitos outros do mesmo 'desnível'. Daí, o estrago social só aumenta.

FAB29

Ser judeu: A Supremacia da RAÇA judaica
e o papel das SUB-RAÇAS para GLORIFICAÇÃO. 
(Por Davi Weiszman, 27/04/2007, às 14:07)

"Discute-se o papel da RAÇA de SENHORES, os judeus, no desenvolvimento, em todas as áreas do conhecimento, das SUB-RAÇAS latinas, em especial, da brasileira.
O judeu é aquele que se considera judeu ou que assim é considerado pela sua comunidade. Esta é a definição prática.
Por serem uníssonos em sua identidade religiosa, os judeus são RAÇAS PURAS.
Assim deve permanecer, para sua glória, como POVO ESCOLHIDO DO DEUS ÚNICO, não se misturando com raças inferiores, o que contaminaria seu material GENÉTICO.
Nos países onde existem comunidades judaicas, elas devem olvidar todos os esforços a não permitir que o sagrado sangue judaico seja assimilado, imiscuído, misturado ao sangue de raças locais ou nativas. Por nós consideradas de baixa extração, como, por exemplo, a brasileira.
Esta raça de latinos, deveria dizer sub raça, (em comparação com a nossa judia DE SANGUE NOBRE, DIVINO) decorre da miscigenação obscena de “três raças”:
- A Negra, a dos crioulos, dos pretos, que por nós a priori, não é considerada nem raça, mas “algo”, que é um povo sujo, fedido, intelectualmente retardado, e nada acrescentaria ou faltaria se esta “raça” fosse exterminada do mapa.
- Os Portugueses, povo sem identidade cultural, são macacos aculturados de outras nações Européias, que vivem como parasitas, do engrandecimento da União Européia.
- Os indios, que dizer destes?
Apenas macacos avermelhados ordinários, como de resto, é a “raça” brasileira.
A escalada do Brasil, no engrandecimento cultural mundial DEVE A NÓS, judeus, que nos servimos desta terra e dessa “GENTE” para nosso benefício.
Em todas as áreas do conhecimento em que o Brasil se destacou, lá estava o judeu.
Que é o brasileiro?
Nestes dias atuais, tem como presidente, um macaco nordestino ordinário, de baixa extração cultural ou nenhuma, que se contradiz,
Passa-se nas rodas internacionais de “Estadista”, HAHAHA!
Este molusco é motivo de chacota e ridículo por onde passa…
Ridiculariza seu povo, com seus trejeitos de macaco latino ORDINÁRIO.
A sub-raça brasileira “nasceu”, apareceu de GERAÇÃO EXPONTÂNEA [sic] da mistura daqueles caldos de raças asquerosas e nojentas.
Deste caldo, “nasceu” este aborto da natureza, chamado brasileiro."

PS:- Como podem ver, o aborto é o próprio que escreveu.

7 comentários:

  1. Se esse cara lesse a descrição do estereótipo judaico que nos escreveu um dos três maiores historiadores judeus modernos, Heinrich Graetz ele iria esquecer essa ideia de que os judeus possuem boa genética, ou o que escreveu Alfred Nossig, também judeu, sobre a contaminação do sangue ariano que sofreu ao entrar em contato com o sangue judeu.

    Futuramente tratarei disso.

    Abraço grande FAB29

    ResponderExcluir
  2. A carta até pode ser fake, mas os pensamentos e as crenças não. É só observarmos o que acontece em Israel com suas discriminações raciais, culturais e religiosas em relação a outros povos, etnias, culturas e confissões de fé; as pregações do rabinato e quem são os seus grandes expoentes adorados e lembrados com aclamações e romaria aos seus túmulos; e ler seus escritos "sagrados" do Talmud e da Torá e verificar se realmente a carta "fake" não se apruma com os "ensinos sagrados" do Talmud de Jerusalém e da Babilônia, além da Torá com seus inúmeros relatos de carnificina, sharia judaica, guerras de latrocínio, genocídio etc.

    Cobalto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A carta doentia desse ser abjeto existe e é execrável.
      Simples fato.

      Excluir
    2. http://verdadehistorica.wordpress.com/2009/01/04/auschwitz-o-waterloo-dos-insanos/

      Excluir
  3. http://democraciapolitica.blogspot.com.br/

    Marina Silva, a candidata dos sionobankers and Rothschilds

    ResponderExcluir
  4. http://defenderlapatria.com/a%20sinagoga%20paulista.pdf

    ResponderExcluir