Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Maquiagens

Amigos e amigas
O mundo contemporâneo vive de aparências. Não apenas nas novelas, shows, Hollywood, entretenimento em geral. Também na política, no comércio, no cotidiano mais comezinho, tudo precisa de ajustes, melhorias, elisões ou acréscimos, etc, para ser mais visual e/ou palatável, para não acuar e chocar o gado humano ou gerar medo, revoltas, reações "tsunâmicas". É bem ao estilo Ricúpero: "Eu não tenho escrúpulos. O que é bom a gente fatura; o que é ruim, a gente esconde".

É comum se horrorizar com as covardias e maus tratos aos animais selvagens ou mesmo cães e gatos, coisas que ocorrem o tempo todo pelo mundo (e eu também deploro), mas é difícil aqueles que não adoram um belo e bem variado churrasco (asinha de frango, linguiça bem passada, picanha,...) ou simplesmente não ficam sem carne. Assim fazendo, apoiam e mantêm a pecuária e a indústria frigorífica que abate milhões de animais diariamente. Muitos desses animais são criados em situações opressivas ao extremo. Alguns são imobilizados em locais escuros, sendo abatidos com poucos meses de vida, sem nunca terem visto a luz do sol (Os vitelos, por exemplo). Paul McCartney afirmou: "Se as paredes dos abatedouros fossem de vidro, a humanidade seria vegetariana". Também aposto que a humanidade não seria a mesma se cada um tivesse que matar para obter sua carne.
Peguei a foto menos chocante.
Ainda no quesito alimentação, sabemos que todos os produtos industrializados (e muitos naturais) são impregnados de conservantes, ou corantes, ou acidulantes, ou agrotóxicos, ou vários deles combinados, etc. Tem casos do McDonalds onde pessoas provam que os produtos da empresa não se deterioram devido a conservantes poderosos ou mesmo enormes dúvidas sobre a procedência das matérias primas. Mas a maciça e pasteurizada propaganda da empresa compensa ao vender alegria, vitalidade, sofisticação, juventude, graça, confraternização, status, etc, superando imensamente tais "incômodos detalhes". E o povinho faz de conta que "Ah, é assim mesmo!".
Quantos não são assim?
A usura ("O câncer no azul", segundo Ezra Pound) foi de tal maneira incrustada no nosso cotidiano que a maioria se sentiria até órfã se ela fosse obliterada. A saúde da simples comercialização de bens e serviços dentro da civilidade, justiça e honestidade assusta, causa estranheza e chega a soar mal nos ouvidos desacostumados a tal maravilha. Esse assalto institucionalizado é defendido ferozmente com propagandas semelhantes às do cigarro, do álcool, da política, dos remédios, dos cartões de crédito, etc. Em geral, elas mostram casos de pessoas que tomaram empréstimos dentro do esquema usurário e conseguiram seus objetivos, recomendando, felizes e sorridentes: "Façam como eu!" A grande maioria sabe e sente na pele essa ostensiva deterioração a que é submetida, mas segue bovinamente sua vidinha. "Fazer o quê, né?"
Veem como não é só por aqui?
As maquiagens prosseguem em diversos níveis, estilos, esquemas, intensidades,... Por exemplo, os moradores de Copacabana voltaram a ver uma leva de mendigos que havia "sumido" durante a Copa. Será que eles haviam viajado por não suportarem a barulheira dos torcedores? Outra enorme maquiagem estamos a rever nas campanhas políticas que se iniciaram. Brilhos, abraços, sorrisos, promessas, certezas, soluções, "vamos juntos",... Tudo aquilo que você quer escutar, ver, sentir, reivindicar, etc, este é o período perfeito! Câmeras, microfones, fotos, espaço nas mídias, "A voz do povo!". Neste clima inteiramente "photoshopado", produzido para suas necessidades, você é instado a votar naquelas pessoas que não conhece, nem sequer faz ideia de como funcionam os meandros dos cargos que pleiteiam, quase não terá como cobrar suas promessas, quase nunca verá melhorias mínimas no seu cotidiano,... Enfim, ficará a ver navios, chupando o dedo, xingando o vento: "É, não tem jeito, mesmo!"
Perfeito resumo.
O ápice dessas maquiagens vemos hoje em dia: o genocídio perpetrado pelos israelenses em Gaza, fato que deveria ser execrado pela opinião pública mundial, mas tem a covarde e tácita aprovação da maioria da humanidade. Sim, porque omissão é aceitação. E tal aceitação se dá por dois motivos grotescos: o combate ao terrorismo e o direito de autodefesa. Ambos, juntamente com a "vitimização holocáustica", conseguem nublar a dantesca covardia contra os palestinos, justificando todo esse abuso. A indolência da humanidade e a covardia servil dos governos mundiais eufemizam tal inferno, dizendo: "Eles que se entendam!"
Este é real e continua ocorrendo
O controle das massas, dos governos e entidades mundiais é tamanho que podridões como pedofilia, escravidão sexual, sacrifícios humanos e tantas outras convivem galhardamente com as atitudes mais sadias, à guisa até mesmo de "liberdade de expressão" ou "respeito às individualidades". O entretenimento nefasto (principalmente via televisão, com seus programas de auditório) e o "douramento da pílula" pela grande podre mídia (escondendo soluções práticas e atitudes nefastas, incitando pornografia, banalizando a violência, etc) cumprem bem seu papel anestesiante.

O mundo real caminhará para o abismo enquanto o mundinho idílico cevado e defendido por cada um for a tônica, bem como a estupidez, relatada por Chico Buarque em "Rosa dos Ventos":

"E, na gente, vê o hábito
de caminhar pelas trevas,
de murmurar entre as pregas,
de tirar leite das pedras,
de ver o tempo correr".

FAB29

73 comentários:

  1. Sem falar nos sacrifícios de crianças e adultos em rituais, de animais no islamismo e judaísmo; além dos sacrifícios de populações inteiras por interesses comerciais petrolíferos, políticos e farmacêuticos .... vix, não termina mais.

    Cobalto, abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo sensivelmente eufemizado para apaziguar o povinho.

      Excluir
    2. calma la: "de criancas e adultos em rituais, de animais no islamismo e judaismo"... com que autoridade voce afirma isso do islamismo? isso e calunia. isso e mentira. que "eufemizado" qual nada! que besteira e essa?

      Excluir
    3. O islã e o judaísmo sacrificam animais em suas celebrações. Exemplos:

      http://noticias.terra.com.br/mundo/videos/sacrificio-de-animais-em-ritual-judeu-cria-polemica,486025.html

      http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI2165258-EI308,00-Mundo+islamico+celebra+Festa+do+Sacrificio.html

      Excluir
    4. entao nos tambem "sacrificamos" no macdonalld e no churrasco de domingo, nao?

      Excluir
    5. Somos "apenas" cúmplices.

      Excluir
    6. não e ritual religioso

      Excluir
    7. ta misturando bolas, assuntos diferentes, ritual religioso, festa de confraternizacao em datas festivas, tudo igual?

      Excluir
    8. Repetindo: na sua cabecinha, isso diminui a covardia?

      Excluir
    9. na tua cabeçona so vegetariano não he covarde?

      Excluir
    10. Levando radicalmente a ferro e fogo, sim.

      Na minha escala de valores, se você souber que alguém vai ser agredido ou pior e não alertá-lo, você se torna cúmplice por omissão. Se souber quem foram os agressores e se calar, também.

      Excluir
    11. Resumindo a ópera: foi afirmado que era calúnia que o islamismo (e judaísmo) sacrifica animais obedecendo seus "preceitos espirituais" e em seguida devidamente provado a veracidade do informado, nada do sujeitinho sem nome, sem rosto, sem batismo, nem pai nem mãe, nem conhecimento básico do idioma português e analfabeto funcional crônico; nem ao menos demostra um mínimo de educação pedindo desculpas e/ou reconhecimento de sua ignorância, mas resolve trollar.

      Cobalto

      Excluir
  2. PARADOXO MUÇULMANO.
    Os muçulmanos não estão felizes.
    • Eles não estão felizes em Gaza.
    • Eles não estão felizes na Cisjordânia.
    • Eles não estão felizes no Egito.
    • Eles não estão felizes na Líbia.
    • Eles não estão felizes na Argélia.
    • Eles não estão felizes em Tunis.
    • Eles não estão felizes em Marrocos.
    • Eles não estão felizes no Iêmen.
    • Eles não estão felizes no Iraque.
    • Eles não estão felizes no Afeganistão.
    • Eles não estão felizes na Síria.
    • Eles não estão felizes no Líbano.
    • Eles não estão felizes no Sudão.
    • Eles não estão felizes na Jordânia.
    .
    E onde os muçulmanos estão felizes ?
    Eles estão felizes na Inglaterra.
    Eles estão felizes na França.
    Eles estão felizes na Itália.
    Eles estão felizes na Alemanha.
    Eles estão felizes na Suécia.
    Eles estão felizes na Holanda.
    Eles estão felizes na Dinamarca.
    Eles estão felizes na Bélgica.
    Eles estão felizes na Noruega.
    Eles estão felizes em U.S.A.
    Eles estão felizes no Canadá.
    Eles estão felizes na Romênia.
    Eles estão felizes na Hungria.
    Eles estão felizes na Austrália.
    Eles estão felizes na Nova Zelândia.
    Eles estão felizes no Brasil.
    Eles estão felizes em qualquer país no mundo não governado por muçulmanos.
    E quem eles culpam?
    • Não o Islam.
    • Não a liderança deles.
    • Não a si mesmos.
    Culpam os países onde estão vivendo livremente e bem.
    A democracia é realmente boa para eles: a democracia, em que podem viver confortavelmente, aproveitar a alta qualidade de vida, que boa parte deles não construiu e nem trabalhou para ter.
    Pode, essa boa parte, manter seus costumes, desobedecer às leis, explorar os serviços sociais, fazer paródias de nossa política e de nossos tribunais.
    Geralmente, mordem a mão que os alimenta.
    E, além disso, eles nunca vão para a Rússia, Vietnam, Coréia do Norte, Cuba ou Cambodja.
    A questão é contraditória, paradoxal, porque, ao mesmo tempo, tentam trazer seu sistema de vida falido e transformar os países que os acolheram no país que abandonaram...
    Isso é a mais absoluta verdade... por isso mesmo:
    Dá para entender?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que você diz da maior comunidade judaica do OM fora de israel estar satisfeita e feliz no Irã e não ter nenhuma intenção de sair de lá?

      E se fosse "a verdade absoluta" o que você afirmou, por que os povos muçulmanos não vão em peso para os maravilhosos países democráticos como israel para se estabelecerem?

      E quem lhe disse que os muçulmanos nesses países democráticos são tão felizes assim?

      Você sequer assina o que escreve.

      Excluir
    2. Nem tem como os muçulmanos serem felizes na primeira relação de países porque as confeitadas democracias vivem bombardeando-os atrás de suas riquezas, petróleo, gás etc que são consumidos nos países da segunda relação.

      Ademais, o que isso tem a ver com esta postagem?! Cada anal. funcional que aparece.... rs

      Cobalto

      Excluir
    3. Na verdade o anônimo aí de cima sitou, com exceção do Brasil, somente países de predomínio étnico ario, o que envolve causas ancestrais na formação desses povos que supostamente agradam os muçulmanos.

      O problema é que apesar de isto estar nítido, um problema racial em profunda conotação, o anônimo preferiu não tocar no assunto!

      Excluir
    4. Mas aí seria exigir demais do rapaz, Tannhauser.

      Excluir
    5. A todos anônimos aí de cima.
      O Califado está chegando. Nossos irmãos cristãos que se cuidem.

      Excluir
    6. Quero ver o que falam sobre isso.
      http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2014/08/1501512-estado-islamico-executa-80-yazidis-que-se-recusaram-se-converter-ao-isla.shtml

      Excluir
    7. Primeiro, tem muita coisa em todas as religiões que eu não aprovo. Por isto, não sigo nenhuma;
      Segundo, a 'prova': "informaram testemunhas à agência Efe neste sábado". O holocausto tem centenas de milhares de "testemunhas fidedignas", mas ainda não foi comprovado cientificamente;
      Terceiro, se for comprovado, é bem claro que foram radicais islâmicos, ou seja, fanáticos, coisa enojante em qualquer religião. E qual não tem?

      Excluir
    8. Ao anonimo ai de cima,
      Essa fonte você acredita, não é?
      http://www.coisasjudaicas.com/2014/08/hamas-expulsa-jornalistas-para-que-nao.html

      Nem jornalista permitem.
      Na Siria já são 180.000 mortos e 1,5 milhões de refugiados. E eu não vejo vocês, anônimos, reagirem. O Boko Haram está fazendo o diabo na Nigéria. No Sudão, cristão é coisa rara.

      Excluir
    9. "O anônimo aí de cima" ... rsrs o mesmo troll hasbará se fazendo passar por vários kkkkkkkkkk patético.

      Tudo operação falsa bandeira de Israhell pra jogar o Ocidente contra o mundo muçulmano numa guerra mundial e nuclear. Nada de novo e caindo o povo, de novo.

      Esse califado é dirigido por um judeu se passando por muçulmano. O cara foi treinado em Israel pelo Mossad em sabotagem, guerrilha e até curso de teologia cristã e islâmica fez, além de oratória. E financiado pelos EUA, Arábia Saudita, Qatar. Podem pesquisar, caros "vários" anônimos kkkkkkkk

      Mesmo caso da Síria. Israel financia, treina juntamente com Qatar, EUA e Arábia Saudita os rebeldes mercenários que mataram "180.000 mortos e 1,5 milhões de refugiados". Sem falar que Israel acolhe em seus hospitais os mercenários que conseguem escapar do Exército Sírio. Podem pesquisar "vários" anônimos ... kkkkkk

      Vá trollar teu hasbará na Veja, Folha etc. Lá os "leitores" acreditam em vcs, seus "vários" anônimos ..... kkkkkkk

      Cobalto

      Excluir
    10. Ah, sobre jornalistas, esqueceu-se dessa :

      Indonésia detém dois jornalistas franceses sob suspeita de espionagem

      http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_08_15/Pol-cia-indon-sia-det-m-dois-jornalistas-franceses-sob-suspeita-da-espionagem-9270/

      Governos usam jornalistas como espiões ou espiões se fazem passar por jornalistas, turistas etc. Isso é bem comum. Sobre isso a grande mídia, seus sindicados ou associações não falam nada, não protesta, nem nada. Isso é desvio de função. Dá pra confiar nesta gente?

      Cobalto

      Excluir
  3. Fabiano:

    Parece que o leitor anônimo quer desviar o assunto do post para um outro rumo que nada tem a ver.

    Mas não custa fazer alguns esclarecimentos:

    1. dentre os países muçulmanos mencionados, muitos estão em guerra civil.

    2. outros enfrentam mercenários financiados pelos países ditos “democráticos”.

    3. e finalmente, outros sofrem as agressões do estado sionista.


    Convenhamos que nessas condições, fica objetivamente muito difícil alguém ser feliz em seu país de origem.

    E também não custa perguntar: quem escancarou as portas da Europa à imigração desenfreada?

    Augusto Landini.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simples assim, meu amigo.
      Vamos explicar para o incauto anônimo?
      Melhor não.
      Abraço.

      Excluir
  4. Não, anônimo Landini. São os jihadistas. Você é infiel como todos.

    ResponderExcluir
  5. Israel admite HAMAS não raptar os três adolescentes israelenses depois de tudo

    http://topinfopost.com/2014/07/27/israel-admits-hamas-didnt-kidnap-the-3-israeli-teens-after-all

    Israhell nação da mentira, do engodo, da trapaça, da morte, do genocídio, da matança, do latrocínio, do infanticídio, das drogas, da prostituição, da lavagem de dinheiro, do tráfico de armas, diamantes, órgãos humanos, ....
    ------------------------------------
    31 fotografias incríveis Israel não quer que você veja!

    http://topinfopost.com/2014/08/10/31-photographs-israel-doesnt-want-you-to-see
    ------------------------------------
    Mídia fingindo metragem de túneis Gaza (Fotos)

    http://topinfopost.com/2014/08/16/media-faking-footage-of-gaza-tunnels-photos
    ------------------------------------
    Farsa dos 2000 misseis do Hamas

    http://mondoweiss.net/2014/08/checking-under-israels.html

    Cobalto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Possível resposta dos pilantras:
      "Ok! E daí?! Ó procêis!
      https://www.google.com.br/search?q=banana&espv=2&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ei=5qjwU-HsCezgsAS5hIKADw&ved=0CAYQ_AUoAQ&biw=1366&bih=643

      Excluir
  6. Aqui teu Califado jihadista, hasbará troll "vários" patetas :

    " Por mais de 3 décadas os EUA tem implantado substitutos fundamentalistas islâmicos para lutar e defender suas conquistas imperiais em terras muçulmanas. Agora, os jihadistas mais bem sucedidos do mundo voltaram-se contra seus senhores e, em breve perseguirão e conquistarão as monarquias produtoras de petróleo e gás no Golfo Pérsico. O Califado tomou à ideologia do capital seu quinhão de lógica e horror atrevendo-se a desafiar a legitimidade de seus fundadores, incondicionais aliados dos “Cruzados” (os EUA). Glen Ford "

    http://redecastorphoto.blogspot.com.br/2014/08/o-imperio-colhe-tempestade-do-jihadismo.html?spref=fb

    Cobalto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem alimenta um monstro, que o faça só o suficiente para mantê-lo vivo. Se ele aprende a caçar, devora seu "benfeitor".

      Excluir
  7. O ex-funcionário da Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA), Edward Snowden, revelou que a inteligência britânica e americana eo Mossad trabalharam em conjunto para criar o Estado Islâmico do Iraque e da Síria (ISIS).
    Snowden disse que os serviços de inteligência dos três países criaram uma organização terrorista que é capaz de atrair todos os extremistas do mundo para um lugar, usando uma estratégia chamada de "ninho de vespas".
    Documentos da NSA se referir a recente implementação de ninho de vespas para proteger a entidade sionista através da criação de slogans religiosos e islâmicos.
    De acordo com documentos divulgados por Snowden, "A única solução para a proteção do Estado judeu" é criar um inimigo perto de suas fronteiras ".
    Vazamentos revelou que o líder ISIS e clérigo Abu Bakr Al Baghdadi teve treinamento militar intensivo durante um ano inteiro nas mãos do Mossad, além de cursos de teologia e da arte de expressão.

    http://www.globalresearch.ca/isis-leader-abu-bakr-al-baghdadi-trained-by-israeli-mossad-nsa-documents-reveal/5391593

    Abu Bakr al-Baghdadi, chamado "Califa", o chefe de ISIL (Estado Islâmico do Iraque e do Levante é, de acordo com fontes fama de originar de Edward Snowden, um ator chamado Elliot Shimon, a Mossad treinado operatório.

    Simon Elliot (Elliot Shimon) aka Al-Baghdadi nasceu de dois pais judeus e é um agente do Mossad.

    http://topinfopost.com/2014/08/08/isis-leader-al-baghdadi-is-a-jewish-mossad-agent-french-reports

    Então, troll hasbará vários patestas?!

    Cobalto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Após tal "calaboca", sabemos que ele não responderá, meu caro.
      Abraço.

      Excluir
    2. As vezes demoro para responder. Não fico pendurado na internet babando ódio.
      Repito: Cuidado com o Califado. ISIS está chegando!!!!!!!

      Excluir
    3. Realmente, você é ocupadíssimo.
      E "responde" primorosamente.
      E o melhor de tudo: assina embaixo.
      Um verdadeiro paradigma!

      Excluir
  8. Em Israel, a dissidência contra a guerra em Gaza é duramente reprimida. Os poucos que se atrevem a falar são vítimas de assédio, intimidação ou perdem os seus empregos.
    (...)
    Haaretz, condenou na sexta-feira o que chamou de “caça às bruxas” contra esquerdistas e membros de organizações da sociedade civil, após o diretor da Administração do Serviço Nacional, Sar-Shalom Jerbi, dizer ao grupo de direitos humanos B’Tselem, será incluído em uma lista negra como empregador.
    (...)
    Yizhar Beer, do Centro Keshev para a Proteção da Democracia, disse que nunca foi tão difícil ser uma voz dissidente num país cuja propaganda tenta retratá-lo como a “única democracia” no Oriente Médio.
    (,,,)
    A opinião pública israelense apóia maioritariamente a guerra. Uma pesquisa realizada pelo Instituto de Democracia de Israel disse no mês passado que 95% dos judeus israelenses apoiavam a ofensiva em Gaza.
    (...)
    No entanto, visões triunfalistas foram enterradas pelo fracasso militar na Faixa de Gaza e pela contínua queda de foguetes e mísseis de retaliação lançados pelas facções de resistência palestinas da Faixa de Gaza.
    (,,,)
    Após o comentarista da Haaretz, Gideon Levy, acusar os pilotos da Força Aérea de perpetrar os “atos mais cruéis e desprezíveis contra a população mais frágil e indefesa”, o jornal precisou contratar guarda-costas para ele.
    (...)
    Alguns israelenses que criticaram a ofensiva, mesmo em suas contas particulares do Facebook, estão enfrentando represálias laborais. Uma enfermeira árabe-israelense foi suspensa do trabalho. Outra árabe-israelense foi demitida, diz a AFP.

    http://www.marchaverde.com.br/2014/08/crescente-perseguicao-israelenses.html

    Cadê o hasbará troll "vários" patetas ?! Sacrificando galinhas ?! Treinando pra ser rabino ?!

    Cobalto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Serem rabinos, eu duvido.
      Mas como papel higiênico, são insuperáveis.

      Excluir
  9. Cobalto, Landini, você, são todos anônimos. Eu sou sincero.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qual seria sua definição de anônimo?

      Excluir
  10. Uma foto com um sujeito de óculos escuros, pra mim não passa de um anônimo.

    ResponderExcluir
  11. O Califato de Sião tá chegando, matando cristão e pondo a culpa no Islão.

    http://www.veteransnewsnow.com/2014/08/13/509305-isis-israel-and-us-duplicity/

    http://www.timesofisrael.com/syrian-rebel-commander-says-he-collaborated-with-israel/

    Cobalto

    ResponderExcluir
  12. É com "G" e não J.

    ResponderExcluir
  13. Fabiano:

    Esses "pasquales" nos proporcionam uma grande satisfação: mostrar a todos que eles estão sempre errados.

    Deve ser algum masoquismo da parte dessa gente.

    Quanto ao jihadismo, ele foi uma criação da CIA, do Mossad e do MI¨6 (a inteligência britânica), com o objetivo de criar um inimigo para justificar as ações bélicas do Império cujo nome não precisa ser nomeado.

    Augusto Landini


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E de desculpas em desculpas, Landini, eles "justificam" suas invasões.

      E como sempre digo, eu "se divirto" com os "pasquales" e "aspones".

      Excluir
    2. Inocente, sabe nada!
      Quem é Augusto Landini? Um anônimo.

      Excluir
    3. Quem tem nome é anônimo?
      Cara "jenial"!

      Excluir
  14. Eles? Sou eu!
    Você é bipolar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada disso. Você é você. "Eu" sou eu.

      Excluir
  15. http://colunas.gospelmais.com.br/jovem-crista-palestina-e-ameacada-de-morte-por-defender-israel-e-denunciar-perseguicao-aos-cristaos-pela-autoridade-palestina_9956.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "A jovem, que se identificou apenas como “Christy”..." Quanto medo!...

      "Acredito que Deus deu esta terra, para os judeus como um pacto eterno. Eles estão lá, nós estamos aqui, vamos ter dois estados e seguir em frente, ter uma vida. E se você não quiser compartilhar das minhas crenças, pense comigo: Quantos países Cristãos existem ao redor do mundo? Quantos países muçulmanos temos ao redor do mundo? Por que os judeus não podem ter um país para eles? “, perguntou Christy.

      Argumento de uma estadista! Muito convincente.

      Excluir
    2. Os judeus não podem ter um país para eles porque é vontade de Deus. Como eles assassinaram (deicídio) Jesus, Filho de Deus, foram expulsos e estão condenados a vagar pelo planeta até que se arrependam (caso isso venha a acontecer) de seu crime de deicídio e se convertam ao Senhor Jesus Cristo. Podem consultar até o rabinos do Naturei Karta.

      Acaso o véu, quando do momento da Crucificação, não se rasgou de alto a baixo?!

      "E eis que o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo; e tremeu a terra, e fenderam-se as pedras" (Mateus 27:51)

      Essa “Christy” (mais parece uma cristã fake, hasbará troll sionista do Mossad) deveria pregar o Evangelho aos judeus em Israel antes, e depois podemos voltar ao assunto ... se não for presa ou coisa pior.

      Outro detalhe muito curioso é como não se tem imagens dos cristãos sendo perseguidos pelos palestinos não cristãos. Somente "testemunhas", somente falas. Logo naquela região que é super vigiada, filmada, monitora e grampeada por Israel, e não tem nada de nada de imagens?! Igualmente o caso da acusação fraudulenta que o "Hamas usa escudos humanos". Se estas acusações fossem tão verdadeiras, não faltariam imagens.

      Engraçado que em Gaza tem até igreja, freiras, padres ... e não falam em perseguição (?!)

      Se realmente o que relata a cristã fake é verdade, é compreensível que muçulmanos não se simpatizem com cristãos, pois são os cristãos que abençoam Israel pelo roubo de terras e pelos massacres de palestinos, com armas de última geração em abundância, doações vultosas de dinheiro e benefícios alfandegários no comércio ... Queria-se o que?!

      Numa parte do artigo, lemos: " “Se você me perguntasse: Se eu fosse o primeiro-ministro de Israel, colocaria este muro? Minha resposta seria “sim” ". Que tal se ela raciocinasse assim : se eu tivesse minhas terras roubadas e minha família assassinada, atacaria quem fez/faz isso? Minha resposta seria: sim.

      Depois reclama que o governo palestino (como se existisse um) é corrupto. Mas não fala nada sobre o tráfico de mulheres e de órgãos humanos por Israel. Realmente, o artigo é muito estúpido. Sob medida.

      Sinceramente, não sei como tem gente que acredita neste tipo de "reporcagem".

      Cobalto

      Excluir
    3. Fabiano:

      Esta notícia remete a um fenômeno surreal que jé é bem conhecido por aqueles versados em assuntos religiosos ou sobre o que acontece no Oriente Médio: a teologia do sionismo cristão.

      Esta teologia foi bem analisada pelo Rev. Stephen Size, que estudou as origens desse fenômeno e o mal que ela representa.

      E algo por demais triste observar igrejas e movimentos que se dizem cristãos, apoiar um estado onde o cristianismo sofre várias restrições.

      No estado sionista o proselitismo cristão é crime punido com até cinco anos de prisão.

      Um judeu que, por acaso, se converta ao cristianismo, perde quase automaticamente a cidadania israelense.

      Lá também, o Novo Testamento é proibido de ser objeto de estudo nas escolas, mesmo como curiosidade histórica.

      Outro triste espetáculo é ver lideranças evangélicas nos EUA apoiando o estado sionista com atividades que vão desde incentivar judeus americanos a imigrar para lá até arrecadação de dinheiro para apoiar assentamentos ilegais nos territórios ocupados.

      No youtube é fácil de encontrar vídeos de WASPs idiotas apoiando o estado sionista, com uma argumentação das mais primárias possíveis.

      A consequência disso tudo é, paradoxalmente, a diminuição da presença cristã no Oriente Médio, com os cristão árabes vistos como inimigos pelos árabes muçulmanos e toda a violência que isso implica.

      Tenho que concluir que o gado colabora bastante para tudo isso.

      Augusto Landini

      Excluir
    4. "Sionismo cristão" parece um parente do "hinduísmo fascista". rsrs...

      Por aqui, Landini, vemos muitos religiosos (evangélicos, na maioria) enaltecendo o Velho Testamento em detrimento ao Novo. Para esses "bispos", "apóstolos", etc, Salomão, Moisés, Jacó, et caterva, tem a mesma proeminência de Jesus (se não maior).

      Concordo que o gado colabora imensamente.
      Abraço.

      Excluir
  16. http://oglobo.globo.com/mundo/fatah-acusa-hamas-de-forcar-prisoes-domiciliares-em-gaza-13645733

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se a impoluta e imparcial Globo falou, amém!

      Excluir
    2. Sobre esta outra "reporcagem" da Rede Groubo (*) vemos a falta de honestidade ou ignorância quando lemos:

      "Em 2007, o Hamas tomou o controle de Gaza, porém em abril, enfraquecido por uma crise financeira, o grupo terrorista concordou em devolver certa autoridade do local ... "

      Em janeiro de 2006 o Hamas venceu as eleições parlamentares na Palestina, ganhando 76 dos 132 assentos no Parlamento Palestino, enquanto o Fatah conseguiu 43. Após a vitória eleitoral do Hamas, conflitos violentos e não violentos ocorreram entre o Hamas e o Fatah que não aceitou a derrota. Depois da Batalha de Gaza, uma tentativa nada democrática do Fatah expulsar o Hamas eleito legitimamente, em junho de 2007, o Hamas perdeu suas posições conquistadas nas urnas na Autoridade Palestina na Cisjordânia, sendo substituído por integrantes do Fatah e independentes. O Hamas, porém manteve o controle de Gaza.

      O Hamas foi eleito pela população palestina e observadores internacionais sancionaram esta eleição, pois não verificaram nenhuma violação.

      Sofismas, meias verdades (meias mentiras), manipulações, operações de bandeira falsa, assassinatos, subornos, assim que se constroi o bom-mocismo de Israel.

      (*) http://www.diariodocentrodomundo.com.br/a-hipocrisia-de-faustao-ao-falar-do-crianca-esperanca/

      http://correiodobrasil.com.br/noticias/brasil/denuncia-rede-globo-sonega-impostos-para-sustentar-mensalao-no-congresso/623129/

      Cobalto

      Excluir
    3. "Rede Groubo" foi uma garimpada.

      Excluir
  17. http://thyselfolord.blogspot.com.br/2014/08/boko-haram-copia-isis-e-mata-1000.html

    ResponderExcluir
  18. http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/boko-haram-o-mundo-ignora-a-acao-de-milicias-islamicas-que-matam-100-mil-cristaos-por-ano/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lógica talmúdica: Mata-se gado. Cristão é chamado de cordeiro. Logo, matar cristão não é crime.

      Excluir
    2. Matar cristão não é crime na tua ótica.

      http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/reuters/2014/08/18/gritos-de-mulheres-e-criancas-enterradas-vivas-atormentam-refugiados-no-iraque.htm

      Excluir
    3. Na ótica talmúdica.
      Matar qualquer inocente é crime inafiançável.

      Excluir
    4. O anônimo sem pai nem mãe, nem batismo ou nome não sabe ler 2 pontos?! Anal. funcional que não conhece as mínimas regras do idioma português (coloquei idioma na frente de português, senão ele pensa que estou falando dos naturais de Portugal). Tonto.

      Israel mata uma criança palestina (cristão ou muçulmana) a cada 3 dias já durante 13 anos. Israel já matou mais de 2.040 palestinos muçulmanos e feriou mais de 10.000 outros palestinos muçulmanos, etc etc etc. com as bençãos dos cristãos.

      Cristãos americanos invadiram o Iraque mediante siono-mentiras midiáticas e governamentais e mataram mais de 1.000.000 de iraquianos muçulmanos, destruiram todo o país, mutilaram não sei mais quantos etc etc etc.

      Cobalto

      Excluir
    5. Fontes, Senhor radioativo. Fontes!

      Excluir
    6. Lista de blogs no lado direito do meu blog: clique desatracado.com

      Excluir
    7. Fontes que EUA invadiram o Iraque ?! kkkkkkkkkkkkkkkkk

      Fontes que era mentira a acusação que Saddam tinha armas de destruição em massa ?! kkkkkkkkkkkkkkkk

      Vai pesquisar, preguiçoso troll hasbará anônimo sem pai nem mãe, nem batismo ou nome.

      Depois quando muçulmanos matam cristãos, ninguém sabe por que. Patético.

      Sem falar das cruzadas, quando os siono-templários europeus invadiram a Palestinas para recuperá-la para os "cristãos".

      Correção: Israel já assassinou mais de 2.075 palestinos nesta mais recente ação latrocida.

      Cobalto

      Excluir
  19. Fontes? Aquilo do lado são fontes? Não me faça gargalhar, anônimo FAB29.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amado inútil, lá tem as fontes, os links que você finge querer.

      Excluir
  20. Tem até o blog do elemento radioativo. Ele escreve e ele mesmo é a fonte.

    ResponderExcluir