Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


domingo, 23 de novembro de 2014

Um presentinho Illuminati?

Amigos e amigas.
Aqui vai mais uma teoria da conspiração: será que Roger Federer, um dito queridinho dos Illuminati (ver fotos abaixo), ganhou de presente deles a Copa Davis?
O gesto da Pirâmide com o "Olho que tudo vê".
Tipo de camisa que ele não costuma usar.
Vamos à minha análise do último mês: na semifinal do Torneio dos Campeões, Federer teve uma duríssima batalha com seu compatriota Wawrinka. No meio da tensa partida, uma discussão entre Wawrinka e a esposa de Federer. Ele a acusou de atrapalhá-lo várias vezes, debochando dele. Após perder a partida, teve uma áspera discussão com Federer nos bastidores. Amenizações aqui e acolá, no dia seguinte, Roger anunciou sua desistência da final por falta de condições físicas, o que deixou seu adversário Novak Djokovic visível e extremamente contrariado.

Dali a uma semana, haveria a final da Copa Davis e o clima entre os melhores da Suíça era tenebroso. Nas coletivas e fotos promocionais, via-se Federer com um sorriso blasé e Wawrinka absolutamente sério. Vem a primeira partida e Wawrinka "desconta" suas raiva e frustração em Tsonga, atropelando seu adversário, que estava teoricamente bem melhor adaptado ao saibro escolhido pela França. Na segunda partida, a surpresa: com maior facilidade ainda, Gael Monfils trucidou Federer, que claramente demonstrava não estar à vontade física e psicologicamente.

A partir daqui, a porca começa a torcer o rabo. Para a partida de duplas, o técnico francês Arnaud Clement já havia aberto mão de Michael Llodra, uma excelência em dupla com Julien Benneteau. Esta foi a desculpa que deram. Para o seu lugar, foi o esforçado, porém bem limitado, Richard Gasquet. Resultado: a estremecida dupla suíça campeã olímpica Federer/Wawrinka (que, a princípio, não iria atuar) passou pela dupla manca francesa sem problemas. Tudo ficou para domingo, mas a França tinha totais esperanças, visto que Federer não parecia ter condições de vencer Tsonga e tudo seria decidido numa provável espetacular partida entre Wawrinka e Monfils.

PORÉM... pouco antes da partida, um anúncio-bomba: Tsonga não iria jogar, alegando uma contusão. Para seu lugar, quem foi?! O amiguinho/freguês Richard Gasquet! Federer passeou em quadra e fechou o confronto, finalmente erguendo, no ocaso de sua carreira, o título da Copa Davis!
Agora, as minhas dúvidas:

- A primeira é a opção do técnico francês em preterir o grande sacador e voleador (qualidade imprescindível em jogos de duplas) Llodra. Seleção precisa sempre dos melhores, ainda mais para uma finalíssima. Posso aceitar que foi uma opção do técnico, mas,...
- A segunda é a estranhíssima desistência de Tsonga. Não me lembro dele ter se contundido na partida contra Wawrinka, nem nenhuma menção dele estar em más condições durante os treinamentos, mas, se assim era, por que foi convocado? E se mesmo assim o convocaram, por que não Llodra?
- E a terceira, muito pior, é a escolha de Gasquet como seu substituto. Qualquer amador iniciante de tênis (até um nacionalista francês) sabia que ele não era páreo para Federer! E a equipe francesa tinha Gilles Simon, um ótimo (e descansado) jogador que poderia prevalecer sobre o exaurido suíço.

Some-se a tudo isso isso dois detalhes que percebi durante a transmissão: no meio da partida Federer vs. Gasquet, quem estava nas arquibancadas, de agasalho, assistindo placidamente ao jogo? Wawrinka! Ora bolas!! Mas ele não deveria estar nos vestiários, se aquecendo para uma provável e super decisiva batalha contra o gigante Monfils? Será que ele tinha tanta (ou absoluta) certeza da vitória do seu compatriota que podia relaxar daquele jeito? Para mim, estranhíssimo! E após a vitória de Federer, fechando o confronto, todos os suíços comemorando, alegres, sorridentes, emocionadíssimos,... menos Wawrinka! Ele tinha a cara de quem estava envergonhado e só queria que tudo aquilo terminasse de uma vez para desaparecer!

Será que os "amiguinhos de Federer" não queriam arriscar que a Suíça morresse na praia e frustrasse o sonho de seu "protegido" em sua última chance de ser campeão da Davis, deixando uma incômoda vaga em seu currículo? E mesmo com as boas chances de Wawrinka conseguir vencer Monfils, será que eles não queriam que a Suíça ficasse devendo seu maior título ao "segundo melhor da sua História", humilhando Federer (que teria perdido suas duas partidas de simples)?

Nada tenho contra Federer. Gosto muito de vê-lo jogar, o mesmo para Nadal e Djokovic. Mas dificilmente tirarei da cabeça essa teoria conspiratória, que entra no meu imenso rol de decepções a respeito de 'ídolos do establishment'.
FAB29

11 comentários:

  1. PEDOFILIA: DO segredo sujo Talmude, por Rev. Ted Pike

    Nota do Editor (11/30/11):
    Dificilmente uma semana agora passa sem acusação de outro rabino ortodoxo em uma carga sexo-com-menores. Essas prisões são bem relatadas na mídia destinados principalmente para os judeus. No entanto, enquanto as mídias dominadas por judeus e evangélicos são rápidos para dramatizar a pedofilia entre os padres católicos, a pedofilia judaica permanece totalmente censurada. Tal censura me obriga a reimprimir o seguinte artigo anualmente - um lembrete de que a presente pedofilia judaica tem raízes profundas e antigas do Talmude.

    http://falastinews.com/2014/11/23/talmudwood/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apesar de ser fora do tema do post, é um link interessante.

      Excluir
  2. Acho que os sionistas estao sim por tras da vitoria do Federer.

    Eles estão por trás do fato dele ter ganho 17 torneios de Grand Slam, alem de dezenas de outros torneios que ganhou (e ficou quase 6 anos como primeiro do ranking, ininterruptamente) . Ele não joga muito bem não - não fossem os Iluminati, ele não teria ganho nada disso.

    Da mesma forma, como já foi dito aqui, os sionistas estão por trás do fato de São Paulo estar sem chuvas.

    Provavelmente os sionistas estão também por tras do titulo (roubado ) do Cruzeiro , de Campeao Brasileiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minhas linhas de raciocínio são alheias e imunes às suas corajosas opiniões e comodistas generalizações.

      Excluir
  3. Não sou muito fã do esporte em questão e não posso afirmar ou supor muita coisa, mas em minha opinião o nosso mundo é um lugar onde quase tudo não é o que parece. Por esta razão vivo fazendo o que considero ser a parte que me cabe neste lugar onde agora estou e sei que não pertenço à este mundo e estou de passagem. Por isso não me choco mais com suas mentiras( deste mundo). Assim sendo sigo os conselhos de JESUS e espero o dia que está escrito em Mateus 25:32.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato, o mundo atual é pródigo em viver da imagem que constrói para cada coisa. A realidade é, muitas vezes, torpe e sórdida. A hipocrisia é a tônica.

      Essa história do post (que penso ter ocorrido) se junta a N casos de doping e manipulação de resultados que grassam no esporte. Corrupção é generalizada e nos parasita sem que reajamos de acordo. É triste.

      Seguir os conselhos do Mestre Maior seria um excelente início.

      Excluir
  4. Todos os grandes personagens da história foram ou vão ser convidados para pertencer a "sublime" ordem...

    Muitos não estão mais aqui para contraria se realmente foram filhos da viuva...

    Mais um atleta vendeu sua alma....

    http://4.bp.blogspot.com/-7i12dAqmcwI/UC-RU_5g1UI/AAAAAAAAA6w/9Pqnh7W7YLE/s1600/cn3.gif

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os tentáculos da NOM não parecem ter limites.

      Katy Perry, Ariana Grande e grande parte do show business atual, além de muitos atletas de destaque, são crias dela.

      Qualquer pequena busca na internet revela um monte deles.

      Excluir
  5. Essa questão dizer que o Roger não joga bem eu discordo. Está no mesmo sentido dizer Usain Bolt não corre tão bem assim...

    Isso acontece nas universidades... qualquer estudente em destaque eles estão de olho para convidar...

    Eles convidam os que estão em destaque em qualquer área profissional...

    Lógico, eles procuram evidenciar sempre um filho da viuva...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alguém disse que Federer ou Bolt não são excelências em suas modalidades?

      Meu post evidenciou apenas uma situação de momento, onde Federer não se encontrava num bom momento e corria um enorme risco de não ter seu sonho de vencer a Davis realizado.

      A "ajudinha" que acredito que ele recebeu foi só um detalhe dos tentáculos illuminatis.

      Excluir
  6. O anônimo de cima falou do Roger ...

    ResponderExcluir