Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Mais histeria!...

Amigos e amigas.
Seguindo a indicação do amigo e colaborador Ragi, vejam essa coisa histriônica que saiu no Chile (http://futbol.univision.com/sudamerica/chile/article/2014-01-06/comunidad-judia-de-chile-pide#axzz2phwDRLCI)  e o BOL notícias reportou em seguida:

"A comunidade judaica do Chile pediu sanções das autoridades locais contra a equipe de futebol Palestino. A reclamação ocorreu após a equipe utilizar uma nova camiseta que mostra, na região das costas, um mapa anterior à criação do Estado de Israel. [Eis a camisa:


[Eu poria este aqui, que é mais contundente]:




O clube é o único do mundo que defende a bandeira dos territórios palestinos e mostra a força que o Chile tem com a comunidade fora do mundo árabe.


"Estamos pedindo uma sanção, pois infringiram os artigos da Associação Nacional de Futebol Profissional e da Fifa [...], que sancionam atos que afetem a dignidade das pessoas que veem o espetáculo esportivo e o uso do esporte como uma plataforma de reivindicação política", disse Marcelo Isaacson, diretor executivo da comunidade judaica do Chile. [Mas israel pode afetar a dignidade de quem bem entender. Principalmente dos Palestinos.]

O Palestino utilizou a camisa na partida no último sábado, pelo Campeonato Chileno, quando venceu o Everton por 4 a 0. O uniforme mantém as cores branca, verde e vermelha, presentes na bandeira palestina. Porém, em vez do número 1 nas costas, aparecem mapas de datas anteriores à confirmação do Estado de Israel, em 1947.

"Queremos desculpas públicas e também que mudem a camisa", disse Isaacson [Desculpas pelo quê, Cara-Pálida?!]. A Federação Palestina do Chile lamentou que o conflito do Oriente Médio tenha chegado ao Chile e recordou que o clube Palestino e seus símbolos existem desde 1920. A equipe foi campeã chilena em 1955 e 1978, com a participação de Elías Figueroa, que teve passagem pelo Internacional de Porto Alegre." (Leia mais em: http://zip.net/brl1DZ) E também aqui:
http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/33307/chile+clube+de+futebol+usa+antigo+mapa+da+palestina+em+camisa+e+comunidade+judia+reage.shtml

Resumo da ópera: Mais uma patacoada que os batedores sionistas levantam para solapar toda e qualquer oposição ao seu regime opressor contra os verdadeiros donos da terra chamada Palestina, que foi transformada em "israel" por forças sinistras, nefastas, após a 2ª Guerra.

Mesmo assim, fico feliz que haja esses bolsões de esperança, esses nichos de resistência contra esse status quo que se metastizou no mundo. Enquanto houver isso, a alegria de viver se manterá.
FAB29