Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


segunda-feira, 21 de julho de 2014

Crateras

Amigos e amigas.
Um amigo me atentou para um fato. É dito que as crateras na Terra e na Lua são obras de meteoros que caíram por aqui e por lá. Uma simples pergunta: Como é possível que essas crateras sejam circulares? Vejam:

Cratera terrestre

Crateras lunares

Afinal de contas, é notório que a Terra e a Lua não estão estáticas no espaço. Estando em movimentos rotatórios e/ou orbitais, as crateras deveriam ser obrigatoriamente ALONGADAS porque esses meteoros só atingiriam o solo INCLINADAMENTE.

É a mesma coisa se você atirar uma pedra num banco de areia fina alisada estando em movimento numa bicicleta ou dentro de um carro. A marca deixada pela pedra NUNCA será circular. Isto só ocorrerá se você soltar a pedra VERTICALMENTE e estando parado. A UNICAMP propôs esta experiência a alunos de 12 a 16 anos, mas não esclareceu esta minha questão do impacto inclinado dos meteoros. Só colocou um pouco mais de dúvidas:

• A Lua (e alguns outros planetas e suas luas) mostra muito claramente crateras de impacto. Elas não foram destruídas por processos tectônicos ou por intemperismo, porque tais processos, se alguma vez estiveram presentes lá, cessaram há milhões de anos atrás. Por outro lado, a atividade na superfície terrestre (nela própria ou abaixo dela) removeu a evidência da maioria das crateras de impacto produzidas por meteoritos extraterrestes.

Percebam que eles afirmam que as crateras da Lua não foram modificadas por condições meteorológicas, mantendo-se da mesma forma desde seu surgimento. Assim sendo, por qual motivo as milhares de crateras na Lua não são alongadas? Sequer uma? Há quem tente dar explicações técnicas aparentemente terminantes como ESTA, mas não explicam o formato delas. Já AQUI, tentam um pouco mais, porém, só convencem os de pensamento estreito.

Creio ser mais um daqueles mistérios que arrepiam a Astronomia.
FAB29