Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


segunda-feira, 13 de abril de 2015

Extermination Futebol Clube

Amigos e amigas.
Segue abaixo uma tradução minha de um artigo do "Museu da Fraude do Holocausto" em que um "sobrevivente" declara ter visto prisioneiros jogando futebol em Sobibor.

Por lá e também aqui no Brasil, podemos ver dezenas de contestações contundentes a respeito das "verdades incontestáveis" sobre o notório holocausto.

Sempre baterei nesta tecla: as verdadeiras vítimas da 2ª Guerra merecem uma limpeza na História que a 'Indústria do Holocausto' criou, para que sejam devida e merecidamente relembradas.
FAB29


Um "sobrevivente do holocausto judeu" descreve sendo transportado através do "puro campo de extermínio" de Sobibor para outro campo onde, no momento da chegada, os judeus da Bohemia jogavam futebol e cantavam.

Somos informados de que os campos de concentração e trabalho dos alemães eram "Infernos na Terra."

Você voluntariamente jogaria futebol e cantaria canções se estivesse magro e os guardas demoníacos do mal estivessem dispostos a escolher você para a morte, caso você não tivesse energia suficiente para trabalhar? Será que você não gastaria tempo sentado ou deitado e se recuperando do "infernal" trabalho forçado?

Testemunhos em vídeo como este ajudam a provar que os internos judeus de campos de concentração eram, por vezes, bem alimentados o suficiente para jogar energéticos jogos de futebol recreativos.

Revisionistas ou negacionistas do Holocausto afirmam que as fotografias e vídeos de emagrecidos "esqueletos humanos" mostrados no final da guerra eram vítimas, não de uma política de fome / extermínio deliberada, mas principalmente vítimas de doenças e fome devido ao bombardeio de linhas de abastecimento para os campos pelos Aliados. Eles são representativos do colapso de toda a infra-estrutura alemã no fim da mais devastadora guerra que a humanidade já viu, não representativa da condição de prisioneiros de campos de toda a Segunda Guerra Mundial.

Embora dezenas de milhares de prisioneiros dos campos de concentração alemães da WW2 tenham morrido, principalmente de doenças (principalmente o tifo, mas também disenteria, por exemplo), internos de campos de concentração desfrutavam de atividades culturais, orquestras e jogos recreativos, tais como futebol.

Mais do que a imagem em preto e branco da WW2 que nos é apresentada, os campos de concentração não foram totais "Infernos na Terra" em toda a sua operação e não continham câmaras de gás genocidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário