Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


sexta-feira, 19 de junho de 2015

Autodeterminação

Amigos e amigas.
Evidentemente que nenhum político é santo, ingênuo, nem impoluto. Mas a campanha da plutocracia global contra a Dilma (especialmente via PETROBRÁS) só surte efeito na oligofrenia, na alienação e no comodismo das massas. Não quero aqui discutir detalhes sórdidos ou inspiradores dela e nem de ninguém; apenas mostrar que as ações dessa mulher precisam ser vistas com olhos mais atentos, longe da podre grande mídia vendida ao capital dominante.

Sua maior ação, oculta por essa mídia, é com os parceiros do Brasil no BRICS, ação esta que está para homologar a criação de um super banco independente do FMI e do Banco Mundial. Essa ousadia está fazendo os usurários do mundo roerem os dedos e lucubrarem mil esquemas (inclusive todo o tipo de guerras) contra esses recalcitrantes. A guerra financeira global se aproxima. Esteja atento ao rumo da História.
FAB29
Vai virar uma "Corrida Maluca".
Fundo Monetário Internacional e Banco Mundial (então, Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento) foram ferramentas importantíssimas na implantação do domínio econômico da potência vencedora - os EUA - sobre a face da Terra e o nascedouro do padrão-dólar nas relações cambiais, dando um indescritível poder a quem o emitia, pois passou não apenas a ser a referência de valor das moedas como, cruelmente, passou a ser mundialmente entesourado, permitindo a emissão de moeda sem o efeito inflacionário que isso traz: a moeda que não circula não  gera inflação, óbvio.

A Europa, em frangalhos, pendurou-se na hegemonia norte-americana e - ao contrário do que ocorreria na política, meses depois, na Conferência de Yalta - o mundo tornou-se unipolar economicamente. A tentativa europeia de escapar dela, primeiro através do Mercado Comum Europeu e, depois, pela unificação monetária no Euro, levou 50 anos e deu uma sobrevida à decadente economia do Velho Continente que, se não podia mais projetar-se globalmente, como na primeira metade do século 20, ao menos conseguiu - aos trancos e barrancos e cada vez mais sob a batuta alemã - preservar a capacidade de, internamente, funcionar como bloco, ao menos até que as crises da dívida pública dos seus membros abrisse rachaduras, como a da Grécia, Espanha e Itália que lutam para se remendar por lá.

Primeiro discretamente, ao longo dos anos 80 e da primeira metade dos 90; depois, de 1995 em diante, a China sai de um papel nulo na economia global para tornar-se, no século 21, uma grande locomotiva da economia mundial, praticando um misto de grande liberalismo na atração de capitais e seletivo protecionismo no seu desenvolvimento industrial, que a tornou o grande 'player' do comércio mundial. E é obvio que, com a formação de capital próprio abundante, queira um papel menos dependente e mais isolado na atividade econômica do mundo.

Nesta década, ela assumiu abertamente que quer fazê-lo através de um processo de cooperação muito mais comercial que financeiro, ao contrário dos EUA, que sempre pretenderam o controle das economias internas dos países, quando não dos próprios países.
Deu dois passos gigantes, mas pacientes e sem manifestações de exclusivismo, até agora.

O primeiro, com a formação do Banco Asiático de Investimento em Infraestrutura - aberto ao mundo todo, mas, como o nome indica, voltado para sua afirmação geopolítica no continente e cujas possibilidades, mesmo com os muxoxos públicos dos JUDEUS SIONISTAS DOS EUA, não impediu que a Europa - Alemanha, França, Reino Unido, Itália e Espanha - e a Austrália aderissem à iniciativa, pelo potencial que tem para todo o mundo, inclusive ao Brasil.

O segundo, em escala global, sinalizando que quer parcerias duradouras com líderes continentais (no caso da Índia, subcontinentais) de todo o planeta, hoje em processo de afirmação econômica. E que, somados, como relembra a nota do Ministério da Fazenda, hoje, "representa 42% da população mundial, 26% da superfície terrestre e 27% da economia global".

O Banco dos Brics, ou Novo Banco de Desenvolvimento (NBD - seu nome oficial), é isso, mais do que a capacidade de investimento no curto prazo, e a prova mais convincente é a divisão igualitária da governança da nova instituição.

É o recado mais direto que se podia dar aos JUDEUS SIONISTAS DOS EUA, que resistem teimosamente a mudar as regras de participação e influência no FMI, cuja função de prover estabilidade monetária se confundiu com a de ser uma espécie de "polícia econômica" mundial, como os brasileiros acima dos 40 anos sabem que foi, para muitos e para nós.

É por isso que seu anúncio veio casado - aí, sim, a hegemonia chinesa, que  tem imensas reservas cambiais e é o maior credor do Tesouro Americano -  com a criação de um mega-colchão monetário (US$ 100 bilhões), um fundo autogerido de reservas monetárias e cambiais para conter eventuais pressões cambiais dos países do BRICS e que, ao contrário do NBD, não exigirá aportes financeiros, mas a virtual disponibilização mútua das reservas, em caso de ataques contra as moedas dos cinco integrantes.

Resultado de imagem para sétima cúpula do Brics na cidade russa de Ufá
BRICS em Fortaleza - 2014
Na véspera da sétima cúpula do Brics na cidade russa de Ufá, que será realizada entre 9 e 10 de julho, a Rússia prepara um documento econômico muito importante, que determinará o futuro do grupo.

De acordo com o vice-ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Ryabkov, um dos documentos fundamentais para a parceria estratégica e econômica no âmbito da cúpula do Brics está quase preparado.


Nunca tivemos dúvidas de que o foco do Brics está nas questões econômicas e, por isso, quando começou o trabalho preparatório para a presidência russa do grupo é claro que discutimos o tema da contribuição que a presidência russa pode proporcionar ao grupo. Já iniciamos o desenvolvimento da estratégia de parceria econômica e o documento está quase pronto”, disse Ryabkov.


Uma série de países mostra interesse na nova estrutura, principalmente os países da Ásia, América Latina e África. […] O interesse dos parceiros ultrapassa as previsões durante a criação do banco, o que é muito bom e só pode ser saudado. Mas quero dizer que, inicialmente, o banco foi concebido como uma organização que primeiramente tratará de projetos de infraestrutura e de outros projetos no território dos países que participam no grupo. Este não é um instrumento, pelo menos agora e no futuro próximo, para resolver questões fora do Brics, mas em um futuro mais longínquo, isso não pode ser excluído.


21 comentários:

  1. O mero espernear dos donos da Humanidade é prova do acerto e do incômodo causado pelas atitudes dos BRICS. Resta-nos torcer para que o n° de marionetes de amebas esteja em declínio.

    ResponderExcluir
  2. Caro FAB,
    Não tenho como concordar com suas argumentações, as razões são várias, vamos a elas:
    Em primeiro lugar QUALQUER COBRANÇA DE JUROS É CRIMINOSA, e todos os bancos estatais dessa fossa não só cobram juros escorchantes como também auferem lucros recordistas!
    Dessa fossa e dos brics!
    Casas financiadas pelo governo e seus bancos nessa fossa governada pela ex-terrosta e ex-estudanta, atual "presidenta", são métodos de sequestro da massa estúpida. Onde boçais passam a sustentar usuras até o fim da vida, sendo que legalmente TODOS deveriam ter moradia de GRAÇA.
    A petrobrás é um antro de bandidos, cabide de empregos, junto a TODAS as estatais, não obstante as empresas privadas são igualmente salafras e incompetentes, assim achar que algo nessa imunda fossa chamada brasil presta é no mínimo de uma ingenuidade TOTAL.
    Observo que a própria "escolha" dela como presidente é uma agenda de estupidificação de massa, a mesma do lula, só legitimadas graças ao salafríssimo príncipe mulato poliglota anterior a eles, que com seu cabotinismo incompetente e traidor gerou um ódio nas massas que alavancaram dois dementes analfabetos exemplos de massa, a massa porca que povoa essas malditas plagas brasilis.
    Não existe voto eletrônico e qualquer programador sabe disso, todo programa precisa de um ordenador, um contador e isso por si só ja impossibilita o anonimato do voto, ademais, a coisa mais banal é fazer que a máquina mostre um nome e grave em sua memória outro, e o mais óbvio, com uma simples linha de comando, DELETA TODA A PROGRAMAÇÃO ANTERIOR E REESCREVE ALGO DE ACORDO com a agenda delinquente.
    Sugiro que estudes programação, procure saber o que são executaveis, o que é o kernel e como são os inputs e outputs de um computador para entender que nada que é entendido pelo povo em termos de voto eletrônico é sequer coerente, é papo para boi babar e dormir!
    A tal presidenta não consegue concatenar uma frase sequer e achas que ela fez algo?
    Não é mais do que uma "autômata" com sistema operacional de ábaco!
    Ela é acéfala EXATAMENTE para garantir que não terá governança e opinião nenhuma salvo as induzidas por agendas subliminares dos verdadeiros governantes que são os mesmos que governam o "sionismo anglomaericano"!
    É dividindo que se conquista e é fundamental que haja dois polos no planeta, um "gestado" pelos "sionistas leninistasmaoistas marxistas" e o outro pelos "sionistas macartistas angloamericanos eurófonos", mas para variar, TODOS PERTENCENTES À LÓGICA USURÁRIA!!
    Ambos os polos se digladiam enquanto os donos do mundo, os escolhidos de deus, se refestelam nos holocaustos que tanto agradam os "senhor".
    Observo que o ÚNICO governo legítimo é aquele que não cobra imposto e nem JUROS de qualquer origem, e esse tipo de governo havia na LÍBIA, havia em parte na Síria e até na Alemanha hitlerista, na tirania de Solano Lopez, na Russia Czarista e outros REINOS (Não procure em livros de história, isso só pode ser auferido com triangulação) e em diversos mundos que foram extintos pelos JUDEUS com suas tecnicas de dividir, tergiversar e aliciar, desde o tal cristo, que garantiu o ocaso do império romano e ascensão da pederastia idolátrica falocrática e misógina de deus.
    Panis et circense é a tônica da dominação e a usura o método de sequestro e expropriação!
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Vapera.
      Foi justamente por desejar sua rascância que lhe enviei o link. Concordo em gênero e número. Só o grau é que tenho meus senões, muitos destes baseados numa esperança que, se algum dia eu abandonar ou for abandonado por ela, poderei desistir de viver.

      Reforçando o início do post, nenhum político é santo ou similares. É claro que a usura já se arraigou na mentalidade deles e de todas suas crias e puxa-sacos. É claro, também, que seria essencialmente uma troca de seis por meia dúzia. Porém, após tantas décadas com esse modelo sionista carcomido, putrefato e corrupto até a alma, qualquer novidade ou alento que aflorar pode e deve ser levado em conta e tentado.

      Com tanta experiência adquirida e se formando blocos de mentalidades bem definidas, conscientes e líderes de fato que agiriam localmente, fazendo suas comunidades se desenvolverem, muito do status quo amaldiçoado imposto atualmente se esboroaria.

      Não vejo a atitude do BRICS como a panaceia, mas que vai causar uma bela mudança e chacoalhar muitos oligofrênicos, não tenho dúvidas.
      Abraço.

      Excluir
    2. Primeiro: obviedade não é simplismo.
      Segundo: há que se respeitar, e principalmente usar!, as Leis da Física -- À toda ação... até que se encontre / consiga o equilíbrio do pendulum da Justiça.
      Terceiro: a ninguém é dado o direito de sobreviver (menos ainda o de se refestelar) com o suor de terceiros -- dos parasitas / escravagistas aos ditos cidadãos de bem que, aliás, se têm tal pretensão, não são assim tão de bem!
      No mais, por não se ter competência para digladiar com todos, e tantos!, inimigos ao mesmo tempo, eleja-se o mais forte e...

      Excluir
    3. Fausto de pactos "divinos"?
      "Primeiro:" obviedade é evidência!
      "Segundo:" É evidente que o solstício gera surto, e torço que no "equinéscio" ou no "eqüino ócio" o surto cesse! :-D
      Leis da física na justica?
      Qual delas, a minha, a do FAB ou a sua? Uma é rascante, a outra esperançosa e outra surtada!!
      Isso parece física de blogueria master de PNL! :-D
      "Terceiro:" Espero que todos obedeçam os seus ditames, e assim teremos um mundo sem odores axilares, pois as bactérias que vivem do suor alheio serão eliminadas!
      E que descubramos finalmente o que é "assim tão de bem" que esses pretenciosos escravistas e cidadãos ainda não sabem!
      "No mais" sugiro que digladies em seminários de masters de PNL, e eleja-se o mais surtado!!
      Eu me elejo quase perdendo a paciência, mas extremamente educado por não escrever um monte de palavrões em blogs profícuos, para surtados donos da "verdade" (aquela que não existe, assim como não existe jutiça e nem bom e mau) e da física, aquela de seminários de masters de PNL!
      Fausto em surtos!!! :-D

      Excluir
    4. Belo jogo-de-palavras!
      Bela capacidade-de-raciocínio-abstrato!
      Mas -- sempre o "mas", não é? -- é muito fácil ficar na adjetivação e no auto-elogio. Acaba se perdendo...
      Primeiro: desde quando e para quem as evidências são óbvias?
      Segundo: fazer-se de desentendido é próprio de nossos inimigos. Reveja!
      Terceiro: nada de ditames, mas crença e torcida! Um pecado?!...
      Como master em grupos de PNL, estou sempre aprendendo com exegetas e etimólogos. Pena que você não tenha mais piquá para digladiar!...

      Excluir
    5. Quanta "Faustura"! :-D
      Quanto não auto elogio!!
      Não quis adjetiva-lo, mas seu texto estava prolíxo (pró lixo! Olha eu atacando de novo, não tomo jeito!) e não simpatizo (termo eufemistamente discordante, aliciante - artifício de PNL?) com esse recurso!
      Acabei chistando! :-D
      O surto não foi uma forma de adjetiva-lo, mas entendi sua verborragia como tal, um surto, incoerente, vago, sem substância e histriônico.
      Tanto é que acertei na mosca com relação a metodologia histriônicosimpática PNL! :-D
      Talvez não saibas, mas o evidente é óbvio e o óbvio evidente! É óbvio... ou é evidente?
      As evidencias só são óbvias para quem as vê, e só são evidentes as obviedades para quem as percebe!
      Isso não é jogo de palavras, é um silogismo!
      Não sou seu inimigo, quanta pretensão de sua parte!!
      Pecado é a pieguice!
      Sabia que judeus, padres, pastores, rabinos, todos usam PNL sempre e sempre o fizeram?
      Só o nome é que é novidade de judeu para vender livros e "seminarizar" tolices!
      Não me elogio, deixo que você o faça! :-D

      Excluir
    6. Cara!...
      Você só faz inverter, projetar...
      Você sim é dado não apenas à prolixia, mas à mais pura algaravia!
      Não acertou sequer no papelão cheio de cola que prende a mosca: minha adesão ao PNL foi uma homenagem ao jovem blá-blazento.
      Não disse ser você meu inimigo, releia -- e aqui o melhor gancho / prova de que obviedades/evidências e entendimentos não se alinhavam naturalmente -- sempre haverá a necessidade de tutela para com os menos servidos. Paciência...
      E já que não entendeu a sugestão, vou rasga-la: confundir a empolação do jogo de palavras com silogismo (entre tantas outras agressões à Língua Mãe), obriga-o a passas os olhos por livros de etimologia. Mas creio que isso não acontecerá -- sua arrogância, seu ego é grande demais para tal "humildade".
      Para encerrar: você me lembra os militares do início da década de 60 que viam "cumunistas" (inimigos) até mesmo nas próprias sombras.
      E vê se para com esse negócio de imitar o Zé Simão (rir das próprias "piadas inteligentes" -- e olha eu de novo tutelando!...).

      Excluir
    7. Fausto,
      Sem cumadrismos, me limitarei a responder o que entendo pertinente a postagem, uma forma de respeitar o dono do blog, o texto original e a proposta em si.
      Comunismo é regime de salafro, da mesma forma que capitalismo também o é.
      Por que isso?
      Simples:
      O comunismo, assim como todos os regimes políticos e econômicos, tal fecosofia é oriunda das cátedras, aquelas surgidas em catedrais e hoje estupidamente entendidas como oriundas do ambiênte acadêmico, que na verdade nada mais é do que catequese!
      A religião monoteista é a base de toda a linha politicosocial adotada pelos cães bípedes, vulgarmente chamados de gente.
      É a proposta estúpida onde "deus" entende a todos como iguais entre si e os fez a imagem e semelhança dele.
      Não existe igualdade nem na simetria bilateral nossa, que dirá no resto, não existe igualdade nem em átomos tanto é que existe a tal mecânica quantica que entende o princípio de incerteza como o axioma maior.
      Posto isso, fica claro que qualquer regime que "iguala" a todos, até com argumentações de que revoluções proletariadas são proletárias, são salafros, são propostas para garantir os tais mama tetas, os que se refestelam no suor alheio ("proibidos" por você), e isso se extende a todos os regimes e filosofias em voga!
      Observe que nem simetrizarmos nossas propostas em um DEBATE conseguimos, e ainda assim acreditas que existe alguma possibilidade de regimes salavadores?
      Sou monarquista sob a ótica coletiva e anarquista para minha pessoa.
      Entendo que cada macaco TEM que ficar em seu galho.
      E só a monarquia permite isso.
      Nivelar é SEMPRE nivelar POR BAIXO, pois aquilata a todos pela maioria e a maioria é sempre LIXO, essa é uma regra biológica, visto que a forma de selecionar é o combate em todas as instâncias e dessa forma se busca BIOLOGICAMENTE a seleção natural, os melhores se perpetuam e os borras são apenas bucha de canhão, presas para as outras espécies, iscas para garantir os melhores com possibilidade para elucubrar o fantástico, o "lugar" onde o infinito abre o leque de possibilidades, e expande a percepção.
      Entenda evolução como adaptabilidade ótima, a melhor relação peso/potência.
      O resto como já disse é pró lixo e prolíxo.

      Não sei quem é zé simão e não preciso imitar ninguém.
      Não sou comunista e nem democrata.
      Sou MONARQUISTA e não entendo os outros no mesmo patamar, os poucos que entendo dignos de meus comentários, palpito nos blogs DELES, e em respeito a eles respondo educadamente os que entendo em patamar diferente que ousam palpitar em meus comentários! :-D.

      Excluir
    8. E é justamente esse "respondo educadamente" que me alegra em mediar este bom debate, como outros que já houve por aqui.

      Grato aos dois.

      Excluir
    9. Aí está!...
      Esta é a postura que se espera de quem se propõe a capitanear um blog que, por si só, é um lugar em que se busca esclarecimentos e informações sendo, portanto, formador de opiniões.
      Foste até didático, manteve seu estilo e, principalmente, nivelando por cima!
      Só que palpitar em seus comentários não é ousar -- você se expõe, pô! Ou vais dar uma de não-me-toques-não-me-reles?:-D

      Excluir
    10. Caro Fausto,
      Concordo contigo, nisso, eu dei a cara a tapa ao palpitar aqui!
      Mas sua abordagem vaga (chegastes a invocar física em justiça!!) e meio arrogante em minha opinião catalisou minha acidez ou rascância e dai...
      Com relação a anarquia anti sionista, essa para mim é nova!
      O que entendo é que apesar dos judeus se empenharem em difundir uma "anarquia" democrata onde todos são iguais, a proposta em sí é exatamente o desmantelar da proposta judia e o deuseco misógino.
      Isso por conta de uma obviedade: O anarquista não se utiliza dos recursos monopolizados pelos judeus, "merdicina", religião e deidades, regimes políticos, mídias, sistema financiero e o mais importante, não se utiliza do álcool a arma maior da judiaria, pois usando o álcool nos tornamos borra incoerente e o incoerente não sobrevive na natureza, morre no primeiro segundo!
      Logo a anarquia preconiza o estado ótimo do ser, a autarquia total do ser é inimiga do judaísmo, apesar desses serem os alavancadores da pseudoanarquia, a democracia anárquica, o caos social!
      Creio que não precisas do termo anti sionista, visto que a anarquia é antissionista por si só!!
      Grande FAB, não posso ser de outra forma em blogs que além de material profícuo publicados não deleta meus discordamentos, ao contrário, incita-os!! :-D

      Excluir
    11. Vocês dois tem muitas semelhanças (em especial, a rascância), mas são antípodas no quesito exposição: enquanto você é filigrânico, ele é heurístico (coloca ideias esparsas ou paralelas ou metafóricas para o interlocutor "captar sua mensagem").

      Eu tanto "se divirto" quanto aprendo.

      Excluir
    12. Caros!
      Faz-se necessário o registro, é importante: o que invoquei foi o "modus operandi", propus traçar paralela -- primário assim.
      Quanto à redundância na auto-classificação, é para otimizar o tapa-na-cara.
      Já a do blog... Bem, para quem já navegou entre helênico e peça-de-museu a guru e revolucionário chinfrim, está de ótimo tamanho!
      Abraço-os.

      Excluir
  3. Caro FAB,
    Seu primeiro parágrafo foi o VERDADEIRAMENTE ILUSTRATIVO!!
    Tive que rir!!! :-D
    Não tenho razões para desejar sua desistência de vida e por conta disso me limitarei a endossar que a esperança é a última que morre!!
    Com relação aos oligofrênicos o que posso afirmar é que eles oligofrenicamente darão suporte ao novo velho modelo de dominação e expropriação, da mesma forma que o fazem com o modelo velho novo atua!
    Com relação aos chacoalhos oligofrênicos só posso dizer que basta que observemos as paradas gays inclusive com meninos oligofrenizados e pederastizados se chacoalhando de forma grotescamente tetânica e crendo que arrebitar o defecador é a ultima moda!! E dá-lhe chacoalhos pederastas pedófilos!!
    Como já desisti da esperança e acredito piamente no ponto de ruptura, só o que ensejo é a higienização total dessa espécie maldita que agora acha até que buraco de defecar é órgão sexual, aliás,até um oligofrênico ousou entrar em blog resetado para dizer que defecador é órgão "infrassexual", mais um em meio a bilhões nascido da merda, arroga o direto de defecar em qualquer lugar!
    Puxemos a descarga, quantas vezes forem necessárias até que essa merda finalmente desça pelo ralo desentupindo o planeta Terra!!
    Obs.: A espécie que comentei que deve ser "descargada" não é a judia, é a humana!!
    Os judeus sumirão no momento que os sustentadores deles forem descargados, pois parasitas fecais só sobrevivem na merda!! :-D
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Vapera.
      Ainda não cheguei às portas do Inferno de Dante, onde se lê: "Deixai, o vós que aqui entrais, toda a esperança!" E já que trabalho em contato constante e direto com muitos desses oligofrênicos, preciso (tanto quanto quero) manter minha esperança conscientemente sólida.

      No meio de tanta oligofrenia, há muitas dessas esperanças brilhando nos olhos de crianças e jovens, que só precisam de boa orientação e disciplina para se tornarem maravilhas. Porém, veja o "trabalho" dos sionistas na juventude israelense neste vídeo de um judeu a partir do sexto minuto e no final, na excursão a Auschwitz:

      https://www.youtube.com/watch?v=9hE5Sr4YdgI

      Temos que contra-atacar o tempo todo. É o que tento.
      Abraço.

      Excluir
  4. Prezado FAB,
    Como disse, concordo contigo sem sombras de dúvida, sobretudo no contra atacar!
    Entretanto todos estamos dentro do inferno de Dantes desde dantes! :-D
    Afinal sabemos bem quem sãos os dominantes!
    Admiro seu trabalho e abnegação quando comentas o que fazes em meio a fezes "educativas" impostas pelos dominantes para fazer nossos cérebros em postas!
    É algo a se respeitar!
    E creio também que se temos que tentar esclarecer a alguém, que sejam os jovens!
    Não creio que curarás a todos, mas os poucos que abrirá os olhos, acredito que farão a diferença na solidificação do ponto de ruptura do qual falo!
    Vou assistir o vídeo, apesar do medo de ver a narigões de kipá logo de manhã! :-D
    Continue tentando e conseguindo!
    Uma andorinha não faz verão, mas pode voar para longe do inverno por suas próprias asas! :-D
    Tô meio poético (com ética!) essa manhã! :-D
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua veia poética à lá Gregório de Matos arrepia, meu caro.

      Apesar do inferno nos rodear, vou tateando portas e veredas adjacentes a ele para encontrar bolsões de calmaria e neles, poder assimilar, filtrar, racionalizar e compartilhar a essência de tudo o que acho producente.

      Cada um ao seu estilo, fazemos o mesmo.
      Abraço.

      Excluir
  5. Prezado FAB,
    É uma honra tal comparação!
    Já me sinto não o boca do inferno, mas aquele que vai ao inferno,arrepia por lá, trás o demônio com os olhos roxos e pelado e mostra a todos que deus e diabo são a mesma coisa!!
    E avisa a todos: Vão com deus e que o diabo os carregue!! :-D
    Só me pergunto se todos entenderão o recado!
    Entenderão que fazemos o mesmo?
    creio que nós sim! :-D
    Abraço.

    ResponderExcluir