Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


terça-feira, 21 de julho de 2015

Destruição de valores

Amigos e amigas.
Segue a minha tradução do texto "Querida América Branca Cristã", no qual o autor expõe sua exasperação a respeito do esboroamento de valores da América Cristã. "Crônica de uma derrocada anunciada", diria o saudoso Gabriel Garcia Marquez. Espantoso constatar que tal degradação em todos os sentidos salta aos olhos, mas a passividade e o comodismo da massa oligofrênica anestesiada se arraigaram e os que se exasperam como o autor estão sendo, de uma forma ou de outra, silenciados ou desacreditados.

Abandone a massa e junte-se aos exasperados! Sua vida e as de quem ama urgem por sua atitude em prol do Bem e de um futuro menos sombrio.
FAB29

Se você lutar pela Fé, família e povo, a elite globalista tem uma resposta para isso: Big Brother está vigiando.
Resultado de imagem para big brother 1984
"O Grande Irmão está vigiando você!
Guerra é Paz
Escravidão é Liberdade
Ignorância é Força"
"A hora está chegando, quando os homens vão enlouquecer e, quando virem alguém que não é louco, eles vão atacá-lo, dizendo: "Você é louco! Você não é como nós!'"- St. Anthony, o Grande
O momento em que você pode dizer a alguém "Eu avisei!" é quase sempre agridoce. Em meus anos de advocacia pública para a Fé, família e povo em que muitas vezes fui avisado pelos conservadores, reacionários e facções variadas em meu próprio movimento que eu precisava para "parar de ser tão radical" e que eu era alguma forma de um frango moderninho alegando que o céu social, cultural e demográfico estava caindo.

Após os acontecimentos de apenas as últimas semanas na América, eu acho que ninguém, mesmo com o menor interesse em política e questões de Fé pode ver que o céu sobre o império americano realmente está começando a cair. Esta queda não é um estilo de desabamento Mad Max como o Alex Jones e tipos sobreviventes acham que vai ser; em vez disso, estão enfrentando um ataque construído contra todas as formas de Identidade, do patrimônio e da tradição cristã.

Há muito venho dizendo que a separação é o único veículo em que podemos preservar a nossa identidade e fé, enquanto muitos têm-me dito que a reforma é possível. Não pode haver qualquer reforma dentro do sistema americano, porque a própria noção da América baseia-se em rebelião contra a hierarquia, a fé cristã e a identidade nacional. Enquanto os czares da Rússia seguiram um lema de "autocracia, ortodoxia e nacionalidade", um lema de uma verdadeira nação orgânica e temente a Deus, a América acredita na filosofia do Iluminismo era da "democracia, laicismo e globalismo." 

Você não pode fixar um edifício com uma fundação rachada e tendências políticas atuais mostram que nenhum poder político pode salvar ou reformar a América. Eu tenho dito que a América está além da redenção por anos. Agora, e espero que vocês, queridos leitores, venham a perceber isso.

O inimigo está reunindo hordas de advogados e a mídia internacional combinados, ativistas e o peso total do governo Federal para esmagar tradicionalistas e nos eliminar, trancar, estocar, enclausurar. O fim da nossa capacidade de viver no Império americano está a chegar para meus irmãos e irmãs e eu odeio dizer isso, mas eu avisei.

O império americano é construído sobre a falsa noção de uma proposta de nação, o individualismo radical e um culto ao dinheiro acima de tudo. A sociedade ocidental moderna é um sonho febril do niilismo em que qualquer forma de sociedade orgânica ou crenças religiosas tradicionais são atacadas como sendo marginais ou fundamentalistas, enquanto perversões e um desfile interminável de degenerescências, aborto, abuso de drogas e auto-adoração são celebradas como preciosas "escolhas".

Elites Globalistas não vão fazer as pazes com aqueles que simplesmente desejam viver na periferia da sociedade americana e se agarram às nossas famílias, Bíblias e armas. Não há lugar na América para nos excluirmos da sociedade americana. O inimigo cheira o sangue na água e está vindo por tudo o que nos é caro. Não importa o que os republicanos ou outros reacionários nos dizem: a Polícia do Pensamento está indo à sua porta, se você decidir continuar a viver como escravo neste regime anti-Cristo corrupto.

Independentemente de suas opiniões sobre a raça ou identidade étnica, se você compartilhar pontos de vista ao contrário do globalismo, você está na mira da arma dos globalistas. Se você acha que seus filhos devem ser ensinados nos princípios bíblicos, em casa, com sua família, em vez de lhes ser ensinado sobre sodomia e movimento homossexual, você é um inimigo do Estado. Um tal exemplo é uma família na Flórida, onde ambos os pais foram acusados "de 10 delitos pelo que o Estado diz equivaler a deixar de educar os seus oito filhos" porque eles decidiram ensinar seus filhos em casa. Mesmo se você só quiser plantar produtos orgânicos em sua propriedade com a própria chuva que Deus envia para o seu terreno de propriedade privada, adivinhem? Você está vislumbrando a hora de ser preso! Apenas pergunte a Gary Harrington, que "começou a cumprir uma pena de prisão de 30 dias depois de construir três reservatórios em sua propriedade para coletar água da chuva."

Mesmo se você é apenas um conservador cristão que crê na Bíblia, você está vislumbrando ter sua vida e finanças arruinadas pelo Sistema por sustentar-se sobre os seus valores religiosos. Um desses casos aconteceu há apenas alguns dias, quando um casal cristão foi multado em US$ 13.000 por não querer hospedar um "casamento" homossexual em sua propriedade. A família Gifford foi atacada por ativistas homossexuais para tentar desacreditar e destruir seus negócios: 
"O telefonema, de acordo com o apelo, foi secretamente gravado pelo casal de lésbicas, que estava aparentemente consciente antes de fazer a chamada, que os Giffords não realizam casamentos do mesmo sexo em sua propriedade. A batalha legal se seguiu após o casal de lésbicas entrar com uma queixa de discriminação e um juiz ordenou, no último verão, que os Giffords pagassem US$ 10.000 para o governo e US$ 3.000 para o casal do mesmo sexo".

Na América moderna, você não tem permissão para realizar uma cosmovisão cristã e silenciosamente se abastecer para criar seus filhos ou executar um pequeno negócio. A esquerda está caçando ativamente quaisquer vozes dissidentes à sua degenerada e satânica agenda. Eles vão usar vergonha na mídia, assédio legal e "ação direta" de assédio pessoal para destruir a sua capacidade de sustentar a sua família, ações judiciais para prejudicá-lo e até mesmo envia-lo para a prisão ou similar, e aplicação da lei para controlar e quebrar toda a resistência. O inimigo lançou uma guerra total contra os tradicionalistas de todo tipo na América e eu odeio dizer isso, mas ... "eu te avisei".

Um exemplo dos globalistas que tentam destruir a fé, família e povo é a política atual que segue o modelo orwelliano de fazer os nossos heróis e antepassados "impessoais". No romance de George Orwell "1984", dissidentes não eram apenas mortos ou desaparecidos; qualquer registro de sua própria existência era exterminada do registro público e privado. Esta é a batalha que está sendo travada contra símbolos confederados, incluindo cemitérios de veteranos e monumentos de guerra. Não é suficiente demonizar a nossa cultura em peças de propaganda anuais na mídia ou ensinar falsa história para os nossos filhos em escolas do governo; o inimigo quer vitória total contra tradicionalistas para reescrever o passado, para que possam controlar totalmente o futuro.

Assim como em “1984”, de Orwell, na União Soviética, se uma pessoa passou a nosso favor com o regime e foi morto, ele se tornou um impessoal. A esquerda está tentando fazer com que nossos símbolos, feriados e heróis desapareçam porque esses ícones da resistência à tirania e um elo para o passado poderiam inspirar um espírito revolucionário entre nosso povo. Saber que se libertar dos grilhões do Império é uma opção é algo que o sistema não pode permitir que nosso povo saiba.

A tragédia em Charleston está sendo usada não como uma oportunidade de encontrar maneiras de resolver a tensão racial e problemas na América, mas em vez disso, está sendo usada como uma oportunidade para a esquerda radical e seus conservadores engraxates no Partido Republicano lançar uma imprensa-tribunal plena não apenas contra os símbolos específicos da identidade sulista branca,

A bandeira confederada de batalha é um símbolo de centenas de milhares de homens que deram a vida e a integridade física na defesa de sua sociedade, suas famílias e sua terra natal. A bandeira é um símbolo de homens que estavam dispostos a colocar tudo no front e sofrer dificuldades inimagináveis ​​no campo de batalha e em campos de prisioneiros horríveis por suas crenças e tradições. A bandeira confederada também representa os milhões de mulheres do Sul e crianças que sofreram fome e privação para apoiar o esforço de guerra para fazer o sul uma nação livre.

A bandeira de batalha confederada tremulou por mais de 150 anos como um símbolo orgulhoso de umas pessoas singulares, as pessoas do sul. Eu não vou pedir ou esperar que outras comunidades étnicas façam a mesma reverência à bandeira que os meu povo faz, assim como eu não poderia apreciar adequadamente com a profundidade correta dos símbolos de outro povo. No entanto, eu sinto que honrar nossos mortos de guerra e os valores dos homens que lutaram pela Dixie deve ser respeitado e tido como modelos de virtude cristã. O soldado confederado seguiu a chamada em João 15:13 de: "Ninguém tem maior amor do que este: um homem dar a sua vida pelos seus amigos."

A visão de mundo tradicionalista para com as diferenças étnicas é respeitar cada povo individualmente, expressando sua história e sua cultura dentro de suas próprias comunidades. Em um mundo tradicionalista, símbolos confederados seriam honrados e reverenciados no Sul, enquanto os sentimentos dos liberais brancos em Nova York ou São Francisco seriam irrelevantes. A minha mensagem para outras comunidades é deixar a minha grande família em paz. Você tem sua própria identidade e você deve segui-la, para não gastar seu tempo profanando a memória dos meus antepassados ​​e na tentativa de reescrever a história.

Na América moderna, porém, não pode haver tolerância para visões dissidentes de mundo ou narrativas. É uma marcha interminável de "igualdade" sob uma bandeira globalista em que cada povo tem sido despojado de seu passado, seu presente e seu futuro. Os globalistas desejam solapar as identidade, história e tradição em todo o globo. Das ruas poeirentas da Palestina às costas de Cuba e aqui na terra de Dixie, todas as identidades nacionais e culturais estão sob ataque.

Aqueles que acreditam que o Conservative Inc pode nos salvar só deve dar uma olhada na situação política atual para saber que os reacionários vão trabalhar ativamente contra nós, não para nós. O governador republicano da Carolina do Sul e do Alabama não podiam esperar para saltar em linha com os democratas e vários grupos de agitadores externos para ganhar pontos politicamente corretos por cuspir sobre a memória dos mortos da  guerra dos confederados. CNN relatou que:

"Gov. do Alabama Robert Bentley determinou que quatro bandeiras confederadas fossem retiradas de um memorial confederado na capital do estado. A ordem de Bentley veio apenas dois dias depois do Gov. da Carolina do Sul Nikki Haley pedir aos legisladores estaduais removerem a bandeira do capitólio do seu estado (...) A remoção [das bandeiras do memorial] será permanente."

Os conservadores estavam muito felizes em derrubar bandeiras confederadas de veteranos memoriais; o que faz você pensar que eles não vão fazer isso para cada símbolo da Fé e Tradição? A maioria dos sulistas, em uma ampla variedade de pesquisas, disseram que querem que as bandeiras permaneçam nos vários monumentos para veteranos confederados em todo o Sul, mas a classe política conservadora se preocupa mais com seu suposto "legado" do que com os desejos de seus constituintes ou o seu dever de respeitar os sacrifícios galantes de seus antepassados. Em toda a América, a maioria dos norte-americanos aceitam a narrativa midiática contra a bandeira com "57% dos americanos veem a bandeira mais como um símbolo de orgulho do sul do que como um símbolo do racismo". Pesquisas, votos e, o mais importante, a Verdade são irrelevantes para uma classe política que se preocupa mais com os shekels depositados em seus fundos de reeleição do que se arvorar em quaisquer tipos de princípios.

Confed Flag
Derrubar bandeiras confederadas de memoriais dos veteranos é especialmente condenável porque essas bandeiras não são declarações políticas; elas são colocadas em memoriais dedicados especificamente para os homens que lutaram e morreram sob essa bandeira em serviço para a Confederação. Se houver qualquer lugar em que a bandeira de um exército deva tremular em nosso solo é nas sepulturas e monumentos dos soldados que estavam dispostos a dar suas vidas sob essa bandeira. A bandeira de batalha confederada é especificamente a bandeira de um soldado, não a bandeira do governo confederado; uma bandeira para as forças armadas do CSA. Enquanto eu apoio sem reservas aos ideais confederados, mesmo aqueles que se opõem à Confederação deve ter alguma imagem de respeito por esses soldados.

Acredito que nas sepulturas dos soldados do Exército Vermelho deva tremular uma bandeira do martelo e da foice sobre elas; os índios que lutaram contra os colonos americanos devem ter bandeiras tribais exibidas; e a qualquer soldado, independentemente da sua causa, deve ser dada em relação à morte e honrada do mesmo jeito que qualquer outro soldado que caiu a serviço de uma nação ou ideologia à qual eles estavam dispostos a morrer. Essa é uma diferença fundamental entre tradicionalismo e globalismo.

Tradicionalismo é baseado em respeito e dignidade para todos os povos e culturas, porque honram a história, enquanto o globalismo deseja criar uma população humana totalmente dependente do consumismo e do ateísmo, onde nenhum grupo tem qualquer forma de expressão de seus triunfos exclusivos, sacrifícios e identidades.

O olho da América nunca vai parar de caçar você e sua família. Eu orgulhosamente tremulo minha bandeira confederada para honrar meus antepassados, ao lado de minha bandeira nacionalista do sul, e é por isso que os globalistas precisam destruir qualquer exibição da bandeira, mesmo em cemitérios ou em monumentos. Qualquer orgulho vivendo em nossos antepassados ​​confederados poderia ser suficiente para despertar as pessoas a perceber que os valores do localismo e secessão poderia ser a correção para a nossa situação política e social atual. Somente através de secessão podemos esperar manter viva a memória de nossos antepassados ​​ e levar a bom termo o sonho pelo qual morreram.

América se tornou a nova Babilônia. Os líderes judeus banqueiros e a mídia da elite dão o tom, mas traidores entre todos os grupos étnicos, especialmente os brancos, estão mais do que felizes em trair seu Deus, sua identidade e sua família por causa de louvor, lucro e poder. O governo está perseguindo ativamente aqueles que pensam que podem bloquear e se esconder do sistema.


the-eye-of-sauron_3133429b
Logo nossos padres e pastores serão levados para a cadeia por recusar "casamento" homossexual em cerimônias na Casa do Senhor; nossas igrejas irão à falência por meio de processos intermináveis e gritos de discriminação; os nossos filhos serão levados para centros de reeducação do governo em nome da promoção da "igualdade" e "justiça social." Não há nenhum lugar para se esconder do “Olho da América”.

Através de uma infraestrutura centralizada de Estado policial, já sabemos que nossos telefonemas, e-mails, pesquisas na web e até mesmo os livros que lemos na biblioteca local são monitorados pelo regime americano. A corda no pescoço dos cristãos brancos que só querem ser deixados em paz vai manter o aperto até que as pessoas percebam que não podem coexistir como cidadãos de um regime que odeia a nossa história, os nossos antepassados, o nosso povo e as nossas tradições.

O único caminho a seguir é secessão. Temos de tornar-nos livres do regime satânico americano que se revela nos seus pecados. América consagrou o assassinato de mais de cinqüenta milhões de bebês como "liberdade"; a Suprema Corte tem classificado a degeneração e o pecado um "direito civil", enquanto fica parada e deixa a definição de Deus para casamento escarnecida. O julgamento vindo para a América será justo e será grave porque, como a Escritura nos diz em Gálatas 6: 7 - "Não vos enganeis; Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, ele também colherá". Devemos defender a santidade da vida, dos valores bíblicos, bem como o direito de cada povo de ter suas próprias tradições e pátrias, livre do imperialismo globalista  e da degeneração moral. Saint Paisios, do Monte Athos, disse: "Tempos difíceis estão à frente. Grandes ensaios nos esperam. Os cristãos vão sofrer grandes 
perseguições.
Enquanto isso, é óbvio que as pessoas não entendem que nós estamos na iminência do fim dos tempos, que o selo do Anticristo está se tornando uma realidade."

Nós estamos enfrentando o fim dos dias, meus irmãos e irmãs. Assim dizem os muitos dos benditos Santos. É com essa mentalidade que temos de nos unir para defender a verdade, não importa a que custo.

A Esquerda e o Conservative Inc não vão parar seu movimento de controlar cada aspecto de nossas vidas. Eles desejam tirar a nossa capacidade de educar nossos filhos, de sermos capazes de manter as atividades nas quais temos a moral, tirar a nossa capacidade de adorar a Deus e guardarmos os seus mandamentos e eles ainda se esforçam para a destruição demográfica total de grupos étnicos originais.

Cada século tem uma batalha entre diferentes visões de mundo e a batalha do século 21 é o globalismo contra o nacionalismo. O nacionalismo e a criação de comunidades orgânicas que respeitem a dignidade de cada pessoa e nossas tradições é algo pelo que devemos todos estar dispostos a lutar. Esta luta é global, para os direitos e a dignidade de cada grupo étnico e cultural terem um direito à autodeterminação. Para nós, na América, a nossa única esperança é usar a nossa organização política para nos libertarmos da América e seus mestres globalistas.

Segregar para sobreviver, irmãos e irmãs, porque se não o fizermos, nós e nossas famílias sofreremos sob os coturnos de um regime que nos odeia, odeia a Deus e quer erradicar tudo que é bom da Terra. O inimigo não vai parar; ele não vai aceitar compromissos ou fundamentos; somente através da libertação podemos garantir que nossos filhos e gerações vindouras possam viver uma vida saudável, tanto física como espiritualmente.

Temos de traçar um novo rumo para o nosso povo e para todos os povos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário