Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Nada a ver?

Amigos e amigas.
O texto abaixo é uma tradução minha DAQUI. Nele, o autor faz aquele eterno questionamento, analisando os motivos dos judeus serem mal vistos e mal quistos por todos os lugares por que passaram. Na sequência, ele seleciona uma batelada de frases e citações de pessoas célebres sobre os judeus no decorrer da História. Traduzi muitas delas e as postei AQUI e AQUI e AQUI.

Sempre me causará espécie o fato, apesar de tanta facilidade de acesso às informações, da maioria da humanidade ainda estar atolada numa estupidez monstruosa, sendo muitas vezes histérica ao menor comando de seus capatazes, quando estes cutucam sua mentalidade bovina doutrinada a reagir ao bel prazer e necessidade de seus senhores. Vejam um tímido exemplo no final do post.

Estou longe de ter perdido as esperanças de ver os cidadãos do mundo trilhando uma rota consciente, mas que é desanimador, não tenham dúvidas. 
FAB29

Os judeus são as únicas pessoas no mundo que encontraram hostilidade em todos os países em que se instalaram em qualquer número. A grande questão é: por quê?

Hoje, é ensinado nas escolas que "Anti-semitismo" começou na Alemanha na década de 1930 após o quê foram deportados. O que não é estudado é o fato de que, em um momento ou outro, os judeus foram expulsos de todas as nações da Europa! Quando os judeus começaram a imigrar para a América, os primeiros colonizadores em Nova York, Charleston e Savannah tentaram proibir suas entradas. Benjamin Franklin defendeu com os membros do Congresso Continental a introdução de uma proibição específica contra a imigração judaica para a Constituição dos Estados Unidos para impedi-los em todos os tempos vindouros.

Os judeus afirmam que eles são "apenas" uma religião. A verdade é que os judeus são uma "raça". Menos de 30% são membros de qualquer Sinagoga. Se eles são ortodoxos religiosos, ateus, capitalistas ou comunistas, eles ainda afirmam ser judeus - os membros da "raça judaica"! Cada "raça" herda traços. No caso dos judeus, incluem comércio, troca de dinheiro, a usura, e aversão aos "trabalho produtivo", que é desprezado como abaixo da dignidade dos judeus em sua "bíblia" chamada "talmud".

Os judeus não mudaram desde os dias em que Jesus Cristo tomou um chicote e expulsou "os vendilhões para fora do Templo". Os judeus sempre se uniram para formar monopólios. Hoje, eles controlam quase todas as redes de lojas de departamento e lojas especializadas, juntamente com as de jóias e animal, no lucrativo comércio de peles. Judeus dominam os campos de todos os metais preciosos, como ouro, prata, platina, estanho, chumbo, etc. Eles sempre vão proibir juntos para manter concorrentes não judeus fora dos negócios.

Hoje, a América está sendo inundada com imigrantes judeus da Rússia e até 20.000 por ano deixaram Israel para os EUA - todos com cifrões nos olhos. Judeus usaram seu alardeado poder do dinheiro para tomar o controle do Partido Democrata e constituem mais de 50% de todas as suas contribuições financeiras. Hoje, eles estão comprando cada vez mais grandes empresas norte-americanas. Embora sejam apenas 3% da população dos EUA, os judeus controlam mais de 25% da riqueza do país e esse percentual sobe a cada ano. Eles são o único grupo racial totalmente organizado para trabalhar para a dominação política sobre a América.

Oposição aos judeus não começou na Alemanha, mas remonta antes do nascimento de Cristo, há mais de 2.000 anos atrás! Estude as declarações feitas por "grandes homens da História" [Links no início do post]. Elas revelam por que os "judeus errantes" se tornaram inimigos de cada país de acolhimento que nunca os aceitou.
_________________________________________________________

Eis o que acontece quando se mexe com quem manda:

Expulsa do 'Big Brother' britânico por elogiar Hitler

Tila Tequila foi removida do reality show poucas horas depois de ter entrado, depois de uma publicação sua no Facebook ter gerado revolta das redes sociais

Tila Tequila, a norte-americana conhecida por ter participado em reality shows da MTV, foi expulsa do Celebrity Big Brother britânico pelo Channel 5, poucas horas depois de ter entrado no programa. Em causa, está a revolta gerada nas redes sociais face aos elogios que a concorrente teceu a Adolf Hitler numa publicação no seu Facebook.
A "coelhinha" da Playboy descreveu Hitler como "um homem especial e doce", que "não é o monstro que todos julgam ter sido", ilustrando o post com uma imagem editada sua, usando adereços do uniforme nazi em frente a Auschwitz.
O Channel 5 classificou a sua atitude como "totalmente inaceitável" e decidiu retirar a norte-americana do reality show, que acaba de começar. No espaço de poucas horas, quase mil pessoas já tinham assinado uma petição online a exigir a expulsão de Tila Tequila.

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Que racismo é esse?!

Amigos e amigas.
A notícia abaixo dá uma rápida idéia da dimensão do patético a que a humanidade está chegando. Vejam só mais uma pérola grotesca da sociedade em que chafurdamos:

Schwedens staatlicher Hörfunk hat etwas gegen Pflaster – gegen helle Pflaster. Nachdem die Linke Paula Dahlberg in ihrem Blog gegen die vermeintlich „rassistischen“ schwedischen Pflaster anschrieb, beklagte sie nun im staatlichen Hörfunk, dass sie ständig auf der Suche nach transparenten Pflastern sei, da es keine gebe, die nur annährend ihrer Hautfarbe entsprechen.
Dahlberg wurde von einer schwedischen Familie adoptiert, Ursprünglich stammt sie aus Kolumbien.
Die Leiterin der Abteilung für Öffentlichkeitsarbeit des schwedischen staatlichen Apothekennetzes „Apoteket“ musste sich laut Fria Tider im Sveriges Radio gar dafür entschuldigen, dass es keine Pflaster für die „neuen Schweden“ gebe.
So meinte sie, dass sie sich schäme, nicht selbst auf diese Idee gekommen zu sein und alsbald einen Lieferanten für dunkle Pflaster suche. (Fonte AQUI.)

O texto diz essencialmente, segundo a tradução de um amigo: Uma ativista de esquerda na Suécia argumenta que os esparadrapos foram criados com um fundo racista porque são brancos e, assim sendo, feitos para peles brancas. Daí, então, aparece a figura máxima de um departamento de farmácias e se desculpa pelo fato "ofensivo" de que até então os esparadrapos na Suécia eram apenas brancos, e diz que logo haverá de providenciar esparadrapos escuros para se adaptar à "Nova Suécia"!! Nunca nos esqueçamos que pelo menos 90% do povo sueco é BRANCO NEVE.

Nos EUA, na década de 1990, por causa dessa mesma polêmica imbecil e com uma população negra muito maior que a da Suécia, foi lançado o "Ebony Aid", que vendeu a 'estrondosa quantia' de 20 mil caixas da produção inicial de um milhão de caixas. Preciso dizer que a empresa faliu e seus investidores se f...? Veja esses detalhes AQUI. Alguém acredita que esse desastre comercial ocorrido num país super consumista não se repetirá na austera Suécia?

Daí, vem um monte de tipinhos inúteis travestidos de politicamente corretos aceitar passivamente excrescências dessa estirpe ou até defendê-las com tudo e mais um pouco. Tudo para ser bem visto pela sociedade, pela mídia,...! Se aparecesse algum comediante ironizando tal situação, dizendo coisas do tipo: "Existe fita isolante, sabia?", coitado: viraria carne moída! Qualquer porcaria que um representante das "pobres minorias" diga ou faça é incensada. Se for deletéria, é ocultada ou minimizada. Exemplo recente é o jornalista negro que assassinou dois colegas de profissão por ter sido "alvo de comentários racistas". Vejam as "razões do pobre rapaz" AQUI. Sobre outro caso até mais contundente, eu escrevi AQUI.

Mas agora, deem uma olhada nesses exemplos de band aid:
Resultado de imagem para band aid Resultado de imagem para band aid Resultado de imagem para band aid Resultado de imagem para band aid Resultado de imagem para band aid       Resultado de imagem para band aid
Podemos constatar duas coisas: que "racismo" é a última coisa que se pode acusar alguém neste assunto e que a grande podre mídia, associada ao nefasto politicamente correto e à gloriosa estupidez da humanidade, é uma âncora para o bom senso, a decência, o desenvolvimento e tudo aquilo que é mais saudável e necessário para o bem viver de todos os povos.

Quando será que a sociedade mundial terá a hombridade de combater toda e qualquer sorte de canalhices que os grandes parasitas lançam e tentam impor em seu seio? Se nos mantivermos neste marasmo em todos os sentidos, cada vez mais seremos reféns da bandalheira desses sórdidos. E se assim nos mantivermos, continuaremos a merecer tudo que sofremos. Desgraçadamente.
FAB29

"Bem vindo à Suécia. Ou ao que restou dela"
Liberdade, sempre! Imposição, nunca!
Adendo: Lembram a história do "Macaco-Aranha"? A covardia com a garota continua firme e forte:

Já o digníssimo sr. goleiro Aranha, nem tchuns!...
Será que ele quer paz? A mesma paz que sua atitude imbecil tirou da pobre moça que NADA FEZ contra ele? Quanta hombridade!...

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Pior do que se pensava!

Amigos e amigas.
O artigo abaixo piora ainda mais o estado de coisas que os rastros químicos ("chemtrails") provocam em nossa saúde e à Natureza. Eu bem já sabia que eles não eram apenas para afetar o clima, provocar secas, mas a vilania que é mostrada no artigo ultrapassa a redenção. Os (ir)responsáveis por tais atitudes não merecem perdão, nem sequer consideração.

Mais uma vez, arrepiem e, se acharem procedente, execrem esses grandes parasitas que a cada dia poluem e enfraquecem mais seu hospedeiro (nós, sabia?!) para garantir suas tranquilidade e dominação. Urgem a conscientização e uma firme tomada de posição contra eles! Temos totais condições de evitarmos esta e qualquer outra catástrofe que esses amaldiçoados tentem nos imputar. Apenas abandonemos este marasmo em que eles procuram nos manter.
FAB29

Resultado de imagem para chemtrails
Os "ispessialistas" dizem que isto são "rastros de condensação"
Nova pesquisa comprova que as cinzas volantes (Coal Fly Ash, ainda conhecidas como 'cinzas de combustível pulverizadas') são o material fonte dos "Chemtrails"

O novo estudo publicado no Jornal Internacional de Pesquisa Ambiental e Saúde Pública, intitulado "Evidência de Químicos Tóxicos de Cinzas Volantes de Carvão da Geoengenharia na troposfera: Consequências para a Saúde Pública", oferece uma explicação convincente para o que está por trás do chamado fenômeno "chemtrail", revelando que o material originário usado para criar clima artificial visível em todo o mundo é o resíduo extremamente tóxico do setor elétrico conhecido como "cinzas volantes de carvão" (ou também 'cinzas de combustível pulverizadas').

Resultado de imagem para chemtrails
Afirmam que tudo isso é para o bem de todos
Se você ainda não está ciente, "chemtrail" é um termo coloquial usado para descrever os contrails persistentes (rastros persistentes de aviões), presumivelmente carregados de "produtos químicos", observados sendo emitidos a partir de aeronaves, que resultam na formação de padrões de nuvens artificiais. Sua existência foi quase universalmente aceita (NA - "imposta" é o melhor termo) como "teoria da conspiração" pela mídia e governo apesar da evidência mundial - clara como o dia - que o clima está a ser manipulado com aerossóis, presumivelmente para fins de geoengenharia destinadas a compensar o aquecimento global (NA - que não passa de uma belíssima farsa).

O novo estudo, de autoria do residente de San Diego J. Marvin Herndon, foi iniciado depois que ele testemunhou sua região sendo pulverizada diariamente por um, até então tido como aerossol não identificado:

"Na primavera de 2014, o autor começou a notar que jatos-tanques muitas vezes produziam rastros brancos no céu azul sem nuvens sobre San Diego, Califórnia. O aerossol de pulverização que estava acontecendo com frequência crescente era um fenômeno relativamente novo lá. O ar quente e seco acima de San Diego não é propício para a formação de rastros de jato, os quais são ​​gelo condensado. Em novembro de 2014, os jatos estavam ocupados todos os dias cruzando o céu pulverizando suas pichações aéreas. Em questão de minutos, os rastros de aerossol que saem dos jatos começam a se difundir, eventualmente formando nuvens cirros, como que mais difusas, para formar uma névoa branca que espalha a luz solar, muitas vezes causando oclusão ou escurecimento do sol. A pulverização de aerossóis ocasionalmente foi tão intensa que chegou a tornar o céu azul sem nuvens em um dia nublado, com algumas áreas do céu se tornando na cor marrom. Às vezes, as luzes de navegação do jatos eram visíveis conforme trabalhavam durante a noite, suas trilhas obscureciam as estrelas no céu; ao amanhecer, o céu da manhã normalmente azul-claro já tinha uma névoa branca leitosa. Independentemente disso, a pulverização do aerossol frequentemente continuou durante todo o dia. A necessidade de borrifamento de aerossol diariamente decorre da relativamente baixa altitude de pulverização na troposfera, onde a mistura com ar ocorre facilmente derrubando as partículas de aerossol e expondo a humanidade e biota da Terra à substância fina. A preocupação do autor sobre a exposição diária ao material particulado atmosférico ultra-fino de composição não revelada e seu efeito concomitante sobre a saúde de sua família e da saúde pública em geral deu origem à pesquisa aqui relatada".

A longa história de programas clandestinos de geoengenharia

Para aqueles que não têm testemunhado o fenômeno "chemtrail" diretamente, seria fácil amortizar o testemunho deste autor como duvidoso ou simplesmente anedótico. Mas o autor salienta justamente que já há extensa evidência no registro histórico dos programas secretos de geoengenharia e que ele resume assim:

"Geoengenharia, também chamada de modificação do clima, foi levada a cabo ao longo de décadas em altitudes muito mais baixas na troposfera. As recentes chamadas para a discussão aberta de controle do clima ou geoengenharia tendem a obscurecer o fato de que os setores militares e civis do mundo modificaram as condições atmosféricas por muitas décadas como foi descrito pelo historiador da ciência, James R. Fleming. Algumas das pesquisas anteriores de modificação do clima resultaram em programas como o Projeto Skywater (1961-1988), o esforço do US Bureau of Reclamation para fazer aengenharia dos "rios do céu "; Operação Ranch Hand do Exército os EUA (1961-1971), em que o herbicida Agente Laranja foi uma parte infame, e seu Projeto Popeye (1967-1971), usado para " fazer lama, não guerra" sobre Ho Chi Minh Trail (NA - Guerra do Vietnã). Esses poucos exemplos de modificação do clima, todos eles secretos no momento em que estavam sendo executados, mostram que o clima é, nas palavras dos militares, "um multiplicador de força"."

O fato é que nós não precisamos especular se esses programas secretos ainda estão acontecendo porque a evidência está "escondida às claras" para milhões verem diariamente. As verdadeiras questões aqui são: O que está sendo pulverizado? Quem está por trás do programa? Por que não há discussão pública sobre o programa e as suas implicações para a saúde humana e ambiental?

Cinzas volantes são mais tóxicas que os resíduos radioativos

Embora esteja claro que os programas de modificação do tempo focados no aumento da precipitação estão sendo realizados em todo o país usando iodeto de prata, como recentemente exposto pelo documentário de nosso colaborador Dave Dahl "Nuvens Artificiais", cujo resultado são mudanças globais nos padrões climáticos, exemplificados pela mudanças de temperatura observadas após 11 de setembro, o programa global de geoengenharia parece ser uma ameaça muito maior para a saúde planetária.

O que a pesquisa de Herndon descobriu é que "Cinzas volantes de Combustão são as partículas aerossol mais prováveis pulverizadas por jatos-tanques para fins de geoengenharia, modificação de tempo e clima e descreve algumas das múltiplas consequências na saúde pública."

Ele chegou a essa conclusão por meio dos seguintes métodos:

"São utilizados dois métodos: (1) Comparação de oito elementos analisados ​​em água da chuva, lixiviados de partículas em forma de aerossol, com os elementos correspondentes lixiviadas em água a partir de cinzas volantes de carvão em experimentos de laboratório publicados, e (2) Comparação de 14 elementos analisados ​​em pó recolhido ao ar livre em um filtro de ar de alta eficiência de partículas (HEPA) com elementos correspondentes analisados ​​no material de cinzas volantes de carvão não-lixiviado. Os resultados mostram: (1) o conjunto de elementos na água da chuva e do chorume experimental correspondente são essencialmente idênticos. Em um intervalo de 99% de confiança, eles têm médias idênticas (T-teste) e variâncias iguais (F-teste); e (2) o conjunto de elementos na poeira HEPA e nas médias das cinzas volantes de carvão não-lixiviada correspondente  também são essencialmente idênticos."

Cinzas volantes de carvão são um resíduo de partículas finas gerado por combustão do carvão e é um material extremamente tóxico por três razões principais:

1) Devido ao seu tamanho na escala de nanopartículas, não apenas pode entrar mais facilmente no tecido humano, através da pele, oral, pulmonar ou contato, mas também pode ter uma maior toxicidade, devido à sua capacidade de imitar os hormônios e/ou de passar através das membranas celulares e alterando programas nucleares e de alterar negativamente o fenótipo celular.

2) Ele contém uma grande variedade de metais pesados, incluindo formas inorgânicas de alumínio e arsênio, que são altamente tóxicos para os sistemas biológicos. O seu teor de mercúrio pode variar até 1 parte por milhão.

3) Ele contém radioisótopos de baixa dose, que podem ter profundos e graves efeitos adversos crônicos para a saúde de várias ordens de magnitude maior do que as avaliações de risco toxicológicos presentes mostram. Herndon afirma, "As cinzas volantes de carvão tem sido descritas como sendo mais radioativas que os resíduos nucleares."

Como Herndon afirma: "As consequências [da exposição às cinzas volantes de carvão] sobre a saúde pública são profundas, incluindo a exposição a uma variedade de metais pesados ​​tóxicos, elementos radioativos e o neurologicamente implicado quimicamente alumínio móvel liberado pela umidade do corpo in situ após a inalação ou através de indução transdérmica".

Perturbadoramente, a EPA (Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos) decidiu recentemente que cinzas volantes de carvão não devem ser consideradas "resíduos perigosos", apesar da evidência esmagadora de que contêm dezenas de compostos que apresentam individualmente um risco para a saúde humana e ambiental suficientemente grave para ser classificados e regulamentados como perigosos para a saúde.

Quando você considera que a EPA exige que as usinas elétricas a carvão sequestrem as cinzas volantes de carvão, devido à sua toxicidade conhecida como poluente, a hipocrisia aqui se torna surpreendente. Naturalmente, esta decisão seria para proteger aqueles que orquestram a agenda da geoengenharia por trás das cenas que usam um subproduto tóxico da indústria de energia elétrica: milhões de toneladas de cinzas volantes de carvão, como uma substância "benéfica" usada para "combater o aquecimento global", embora o resultado final seja o mesmo: liberação de um material altamente tóxico diretamente na troposfera.

O lucro, e não a evidência, move a Agenda da Geoengenharia

Nós já temos exemplos de como isso funciona. O setor privado, como a indústria de alumínio, é conivente com o governo em tomar um produto de resíduos altamente tóxicos como o fluoreto, e em seguida, pressionar para que seja legalmente mandatável para ser colocado no meio ambiente e em nossos corpos através de programas de fluoretação. De repente, a indústria responsável pela concentração e desencadeamento de uma substância que não é legal despejar no ambiente devido às preocupações de segurança é paga para tê-la despejada diretamente no nosso abastecimento de água, a qual acaba em nosso ambiente e corpos. Uma substância altamente tóxica é simplesmente readaptada e rebatizada como "terapêutica" quando o lucro é atraente o suficiente para trunfo ético e limites legais.

A partir de 2005, as usinas de carvão dos EUA relataram a produção de 71,1 milhões de toneladas de cinzas volantes, dos quais 29,1 milhões de toneladas foram relatadamente reutilizadas para aplicações industriais. Se não fosse por esta "reciclagem", a indústria ficaria com um problema de bilhões de dólares, não muito diferente de problema da indústria nuclear com o lixo nuclear. É aí que reside sozinho um motivo plausível para a sua utilização como ingrediente de "geoengenharia", transformando um passivo em um centro de lucro.

Herndon oferece esclarecimentos adicionais sobre o porquê dele achar que as cinzas volantes de carvão foram escolhidas como o ingrediente preferido da geoengenharia:

Enquanto os acadêmicos debatem a geoengenharia como uma atividade que pode, potencialmente, ser necessária no futuro, as evidências sugerem que os governos militares/ocidentais avançaram com um programa de geoengenharia operacional de total escala. Mas em vez de minerar e moer rocha para produzir cinzas vulcânicas artificiais em volumes suficientes para arrefecer o planeta, eles adotaram uma alternativa pragmática de baixo custo, mas com consequências muito mais terríveis para a vida na terra do que o aquecimento global jamais seria, utilizando cinzas volantes de carvão. Para piorar a situação, em vez de colocar o material na estratosfera, onde há mistura mínima e a substância pode permanecer suspensa durante um ano ou mais, eles optaram por pulverizar as cinzas volantes de carvão na baixa atmosfera, a troposfera, a qual se mistura com o ar que as pessoas respiram e desce com a chuva para a terra.

Outro ponto muito importante feito por Herndon é que essa abordagem intervencionista para "combater o aquecimento global" parece ter sido mal pensada (NA - propositalmente pensada), talvez resultando em exatamente o oposto da intenção declarada:

"Existe ainda uma outra consequência da pulverização das cinzas de carvão troposférico que é contrário ao resfriamento da Terra e tem potencialmente implicações adversas de longo alcance de saúde pública ecológica: modificação do clima e perturbação concomitante de habitats e fontes de alimentos. Conforme relatado pela NASA, 'A criação de gotículas precipitações normais envolve a condensação de vapor de água em partículas nas nuvens. As gotículas eventualmente se aglutinam em conjunto para formar gotas grandes o suficiente para cair para a Terra. No entanto, conforme mais e mais partículas de poluição (aerossóis) entram em uma nuvem de chuva, a mesma quantidade de água se espalha. Estas pequenas gotas de água flutuam com o ar e são impedidas de crescer e de coalescer suficientemente à uma gota de chuva. Assim, a nuvem produz menos precipitação ao longo do seu tempo de vida em comparação com uma nuvem limpa (não poluída) de mesmo tamanho. Além de prevenir  as gotas de água de coalescer e crescer grande o suficiente para caírem na Terra, as cinzas, que se formaram sob condições anidras, irão hidratar, prendendo a umidade adicional, atuando ainda mais para evitar a precipitação. Isso pode causar secas em algumas áreas, inundações em outras, quebra de safra, mortandade em florestas e impactos ecológicos adversos, especialmente em conjunto com a contaminação química do alumínio móvel a partir de cinzas de carvão. As consequências, em última instância, podem ter efeitos devastadores sobre os habitats e reduzir a produção de alimentos humanos',".


Em tempo: Não quer dizer que não haja agentes químicos no esquema. Vejam abaixo e AQUI:
Interior de um avião preparado para dispersão de agentes químicos (dentro dos tanques) na alta atmosfera.
A patente do equipamento pertence a uma empresa, a Evergreen Air,
cujo controle acionário PERTENCE à C.I.A.

domingo, 23 de agosto de 2015

Espécie/Raça/Etnia

Amigos e amigas.
A Antropologia define "etnia" simplesmente como uma "coletividade de indivíduos que se diferencia por sua especificidade sociocultural, refletida principalmente na língua, religião e maneiras de agir." Só no Brasil, há, p. ex., dezenas de etnias indígenas. Comecei por esta definição porque era mais simples de pôr termo e passar para os dois pontos principais. Já escrevi sobre diferenças raciais, que tantos tipinhos inúteis insistem por aí em negar que existem.
Regra da Natureza: na diversidade, reside a pujança da vida.
As discussões inócuas que o 'politicamente correto' adora fomentar a respeito de raça (confundindo-a sordidamente com espécie) são eméticas! Tentam a qualquer custo eliminar tal conceito sempre que se vai referir a humanos, como se passasse uma borracha num simples rabisco. "Raça" ou "sub-espécie" é usado correta e perfeitamente para especificar as claramente diferentes comunidades, sociedades, grupos em geral que têm sua genética característica. A grotesca desculpa que a aceitação dessas diferenças genéticas gera preconceitos e outras convulsões sociais só tem eco nos cérebros de ameba (que não são poucos) ou seres de má índole. A eliminação que tentam criminosamente impor do conceito é que geraria um desastre. O termo "raça" não muda em nada a idiossincrasia das pessoas, a menos que se faça uma lavagem cerebral desde a infância, realizando uma odiosa campanha de separatismo ou de obliteração da ancestralidade.

Sigam os tópicos a seguir que compilei de uma dúzia de fontes para montar o post. Neles, procuro demonstrar a realidade e realeza das raças.

Espécie é um conceito fundamental da Biologia que designa a unidade básica do Sistema Taxonômico utilizado na classificação científica dos seres vivos. Trata-se de um conjunto de organismos semelhantes entre si, capazes de se cruzar e gerar descendentes férteis. Espécies mais aparentadas entre si do que com quaisquer outras formam um gênero.

Vejam: o gato-do-mato, encontrado em todas as florestas do Brasil, pertence a espécie Leopardus wiedii; a nossa jaguatirica, o maior entre os pequenos felinos silvestres brasileiros, pertence à espécie Leopardus pardalis; e o gato-do-mato-pequeno, o menor dos pequenos felinos silvestres brasileiros, pertence à espécie Leopardus tigrinus. Todos esses animais são de espécies diferentes, porque NÃO SÃO capazes de cruzar-se entre si gerando descendentes férteis. Mas como estas espécies são mais aparentadas entre si do que com quaisquer outras, elas formam um gênero chamado Leopardus.
Para entendermos melhor as categorias taxonômicas, vamos utilizar como exemplo o reino Animal, tendo como referência o cão.
Ótimo resumo.


Vimos que a espécie "Cão doméstico" se destacou. Em seguida, temos dezenas de sub-espécies ou raças, que vão do chiuaua ao mastif napolitano. Respeitando-se as proporções, todas elas podem se cruzar e gerar descendentes férteis. Abaixo, a mesma idéia com os humanos. Resumidamente, temos o homem:

REINO: Animalia
FILO: Chordata
CLASSE: Mammalia
ORDEM: Primates
FAMÍLIA: Hominidae
GÊNERO: Homo
ESPÉCIE: H. sapiens

Vejamos a ramificação da família até chegar ao homem:
Resultado de imagem para arvore genealogica do ser humano
Bem especificado
Bem melhor que antas e dragões
O mais próximo de nós é o chimpanzé, que possui 99,45% da nossa genética. Uma diferença geneticamente abissal, como a realidade deixa evidente. Entre as raças humanas, é dito que a diferença é de 0,01%, percentual aparentemente desprezível, mas geneticamente relevante a ponto de, por exemplo, se saber que há remédios para brancos que não funcionam em negros. Há cientistas que afirmam: essa "diferença microscópica" possibilitará em pouco tempo criar-se armas biológicas que diferenciarão grupos raciais. Ou seja, os grandes corruptores poderão controlar a "boiada racial" com mais facilidade.

Líbio, Núbio, Asiático e Egípcio
Tumba de Seti I - 13 séc. A/C
A primeira diferenciação conhecida de grupos humanos fundamentada em suas características físicas aparentes é, certamente, a dos antigos egípcios: Os Rot ou Egípcios, com cabelos crespos e pintados em vermelho; os Namou, amarelos com nariz aquilino; os Nashu, negros com cabelos crespos; os Tamahou, loiros de olhos azuis.
http://en.metapedia.org/wiki/Race

Mas a pontual colocação é: existem raças para todas as espécies de animais, porém o politicamente correto quer eliminar tais diferenciações em relação aos humanos, à guisa de mil preconceitos que afirmam sem nenhuma evidência advir dessa distinção. Neste vídeo (https://www.youtube.com/watch?v=5OzJk6znZcY&list=FLPWsHCfefbgOlJaVjI3eBNg), seu autor expõe várias informações de cientistas que comprovam a existência inequívoca de raças.

Exemplo: por que os negros tem melhor capacidade de correr e saltar? Primeiro, menor percentual de gordura (logo, músculos ligeiramente mais densos); segundo, articulações e tendões um pouco mais amplos (ou seja, melhores alavancas); terceiro, mais facilidade de metabolizar o alimento; e quarto, seu organismo consegue gerar bastante proteína alpha-actinina-3, que alguns até chamam de "o gene da velocidade", proteína que as outras raças produzem bem menos e cerca de 25% dos brancos e amarelos sequer produzem. Conclui-se que, por toda essa característica genética, os negros se destacam grandemente no pedestrianismo e em provas de salto. Já os brancos são quase absolutos em competições de força (do tipo "O homem mais forte do mundo") e na natação.

Um cientista chegou a questionar se era justo colocar para competir numa corrida de cem metros todas as raças juntas, já que os negros têm essas vantagens genéticas, semelhantes a um doping. Outro cientista afirmou que há menos diferenças entre um lobo do Alasca e um cocker spaniel do que entre as raças humanas. Outros afirmam que as populações humanas descendem de grupos ancestrais que estiveram ISOLADOS uns dos outros há cerca de 50 mil anos. Assim, as raças não podem ter a mesma origem, sendo geneticamente diferentes. Resumindo: não descendemos todos daqueles macaquinhos que um belo dia resolveram descer das árvores e "chutar o balde", conseguindo, por isto, galgar as etapas da evolução.

E se tantos outros animais continuam quase idênticos ao que eram há milhões de anos (peixes, répteis, a baleia, a barata,...), como foi que só nós aceleramos e nos desenvolvemos de sobremaneira a mais que todos os outros? E foi naturalmente? Que sorte a nossa, não? Mas essa evolução está ameaçada:

Daí, para pior
Enquanto a agenda de degeneração das raças e dos valores morais iniciada e financiada pelos grandes parasitas continuar a pleno vapor, nosso presente continuará sentindo na pele suas funestas nuances. Reforçando a legenda da primeira imagem, viva a diversidade natural, baluarte da pujança e do poder da Criação. Tenha total orgulho de ser o que é: branco, negro, amarelo, vermelho ou pardo. Você é único e divino, com enorme potencial para muitas coisas. Basta que encontre sua vocação e se dedique a ela com devoção. Esteja certo de que você, cuidando da própria vida e sendo sociável na busca do seu ideal e do seu ápice, será bem vindo e bem quisto pela grande maioria.

Porém, jamais seja patético de querer ser querido por todos. Nem mesmo dois dos maiores e inigualáveis seres humanos da História (Buda e Jesus) conseguiram isso. Portanto, aprenda a se limitar à sua respectiva insignificância ou você será merecidamente tachado de BABACA. E olhe que estou sendo muito bem educado.
FAB29

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Fragmentação

Amigos e amigas.
Tudo o que existe é sempre pura energia, que forma agregados energéticos de mínimas coisas que vão formando vários 'todos'. Cada todo tem sua função e vai formando algo maior, que vai se montando até seu respectivo limite. Caso haja algum exagero ou perda de função, determinada parte é gradativamente eliminada até que a estrutura atinja sua melhor performance.

Assim age a natureza em sua constante procura por aperfeiçoamento e otimização. Com isso, ela é o que vemos e admiramos.

Daí, vem o ser humano com sua nefasta capacidade de desagregação. Em qualquer sentido! Suas instabilidades mental e psicológica subvertem constantemente o delicado equilíbrio que a Mãe Terra tão minuciosamente cria para o bem da vida.

Pode-se usar vários nomes: poluição, inconseqüência, corrupção, comodismo, egocentrismo, etc. Ao fazer uma destas coisas ou se deixar levar por alguma delas, o ser humano se degrada e leva consigo o que houver de bom. Exemplos:
Uma pirâmide ideal
A alimentação - Uma necessidade absoluta que é constantemente vilipendiada. Tanto vemos, ouvimos e já sabemos que não se deve comer isto e aquilo, que devemos priorizar a ingestão de alimentos X e Y, que o correto é comer devagar, mastigar bastante, etc. No entanto, junto a tanta informação, há a desinformação, a omissão, a carência. Tudo se faz pelo consumismo, principalmente de lanches, enlatados e bebidas, alimentos cheios de conservantes, corantes, acidulantes, etc. Tudo sem horário, nem comedimento. Mas por outro lado (e o pior de tudo), tanta gente vive numa miséria (em todos os sentidos) tão opressiva que qualquer migalha é vista e tida como uma bênção. E nessa miséria, apenas sobrevivem. Mal conseguem se desenvolver, progredir, evoluir. Nesta dicotomia impiedosa, a sociedade se fragmenta.
Ação de educar
A educação - A mãe do desenvolvimento, do progresso e da evolução. Quanto maior e melhor a educação, diretamente proporcional é a grandeza de alguém e, consequentemente, de um povo. Portanto, havendo estabilidade, coerência e universalização do conhecimento e da cultura, a humanidade chegaria a um nível de vida física e espiritual digno de seu potencial. Porém, o que vemos? A cruel e cruenta massificação de um ensino subversivo e alienante, associada a uma propagação sórdida de uma incultura poluidora de mentes, corações e almas. A grande mídia não faz nada além disto! E os governos (em geral, fantoches do “Poder nas sombras”) se esmeram em deixar o povo na mais obscura ignorância do real e desvirtuam a lucidez, a análise e a interpretação. Nesta realidade dantesca, a sociedade se fragmenta.
Mente desocupada, oficina do Diabo
As drogas - Porta de entrada (em geral, sem saída) para um depressivo calvário. Quem as usa, vive num eterno “AINDA”: ‘ainda não roubei’; ‘ainda não me prostituí’; ‘ainda não matei’; ‘ainda não me matei’; etc. Nada é mais separatista do que elas! Separa seu usuário de tudo o que é bom: amigos, família, saúde,...! É PRIORITÁRIA a sua extirpação das nossas vidas! No entanto, sua produção e consumo só aumentam. Novamente, o ‘Poder nas sombras’ se vale da sua influência e camuflagem para financiar essa excrescência, com o ‘beneplácito’ e a conivência dos governos-fantoche do mundo. Nesta atitude covarde, a sociedade se fragmenta.

Com tudo isso e muito mais, a humanidade perde sua coesão, sua união, sua confiança mútua. Tudo isso esfacela a vida presente e futura; fomenta a desesperança e o individualismo; apregoa a ‘lei de Gérson’ (Lembram? A de "levar vantagem em tudo"); alimenta a metástase da destruição dos valores básicos; desvirtua a vida no seu brotar. Tudo pela dominação, pela supremacia, pela escravidão do gado humano.

O desenho que abre este artigo é a externação da visão que tenho de toda essa carga massacrante de atitudes sórdidas que oprimem nossa percepção, atravancam nosso desenvolvimento e dissociam nosso bem querer de tudo o que mais necessitamos e temos que lutar para manter. O corpo está neste universo (o que nos mantém vivos), mas os membros estão presos ou à beira de abismos ou constantemente acossados; e a cabeça fica perdida numa confusão de formas indistintas e idéias amorfas.

Equilibrar isso tudo e manter a coesão em qualquer sentido são tarefas tão divinas e gloriosas quanto desgastantes e eternas. Mas assim é a vida e é nessa vitória diária que encontramos os maiores prazeres dela. Abandone a letargia mental alimentada pelos grandes parasitas que consome suas força de vontade e capacidade de reagir e reencontre a maravilha que é ser dono(a) das próprias ações.

FAB29