Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


sexta-feira, 18 de setembro de 2015

6 milhões de judeus? Desde quando?

Amigos e amigas.
Meu primeiro post sobre essa cifra, eu retirei da Metapedia. E olhem que foi só uma parte! Abaixo, um artigo que traduzi DAQUI lança mais luz a esse respeito, focando apenas no periódico judaico/estadunidense "The New York Times".

Irrita-me muito saber que os sionistas usam e abusam da máxima do Rabino Reichhorn, no século 19: "Ao repetir sem cessar certas ideias, a imprensa consegue o fim em aceitá-las como realidade.Frase que Goebbels citou num discurso e a imprensa sionista adaptou e lhe imputou a autoria.

Comprovamos desta maneira e novamente que o dito holocausto e sua mítica cifra tiveram décadas de ensaios e usos. A guerra diária sionista para mantê-la viva como uma verdade é compreensível, visto que a Palestina, que virou o estado de israel à força após a 2ª Guerra, retornaria a seus verdadeiros donos se o cabalístico "6 milhões" fosse comprovado não passar de uma arbitrariedade.
FAB29

cifra cabalística de 6.000.000 de judeus ou “holocausto(s)”
aparece 19 vezes no "The New York Times"
no período entre 1900 a 1945.
Vejam os excertos compilados abaixo:
 1869 New York Times: 6.000.000 judeus no mundo, a metade na Europa NY T
 1889 New York Times: 6.000.000 judeus no mundo, 2/3 na Rússia NYT
 1891 New York Times: 6.000.000 judeus na Rússia NYT
 1896 New York Times: 6.000.000 judeus na Rússia NYT
 1900 New York Times: 6.000.000 argumentos de vida em favor do sionismo NYT
 1902 New York Times: 6.000.000 judeus na Rússia NYT
 1904 New York Times: 6.000.000 judeus na Rússia, sionismo & Leste da África NYT
 1905 New York Times: 6.000.000 judeus russos e sionismo NYT
 1905 New York Times: 6.000.000 judeus expulsos da Rússia entre 1890-1902 NYT
 1906 New York Times: 6.000.000 judeus serão massacrados na Rússia NYT
 1907 New York Times: 6.000.000 judeus não podem emigrar NYT
 1910 New York Times: 6.000.000 judeus na Rússia NYT
 1910 New York Times: 6.000.000 judeus na Rússia em uma situação triste NYT
 1911 New York Times: 6.000.000 judeus na Rússia são perseguidos NYT
 1911 New York Times: 6.000.000 judeus na Rússia não têm quaisquer direitos NYT
 1911 New York Times: 6.000.000 judeus na Rússia a serem massacrados NYT
 1911 New York Times: 6.000.000 judeus na Rússia em verdadeiro perigo NYT
 1914 New York Times: 6.000.000 judeus dentro da zona de guerra NYT
 1915 New York Times: 6.000.000 judeus dentro da zona de guerra NYT
 1916 New York Times: 6.000.000 judeus na Polônia arruinada NYT
 1918 New York Times: 6.000.000 judeus precisam de ajuda NYT
 1919 New York Times: 6.000.000 judeus em perigo na Ucrânia e Polônia NYT

 1919 New York Times: 6.000.000 judeus deixaram na Europa NYT
 1919 The American Hebrew: 6.000.000 judeus morreram em um holocausto
 1920 New York Times: 6.000.000 judeus ameaçados pelo tifo NYT
 1920 New York Times: 6.000.000 judeus mártires de guerra NYT
 1920 New York Times: 6.000.000 judeus enfrentando a fome NYT
1920 New York Times: 6.000.000 judeus ameaçados por fome & doenças NYT 
1920 O Toronto Mundo: 6.000.000 judeus diante da morte
1921 New York Times: 6.000.000 judeus enfrentam extermínio na Rússia YT
1933 New York Times: 6.000.000 judeus envolvidos no trabalho de assistência NYT
1935 New York Times: 6.000.000 judeus protegidos pelo Congresso NYT
1936 New York Times: 6.000.000 judeus representados no congresso judaico NYT

1938 New York Times: 6.000.000 judeus morrendo na Europa NYT
1938 New York Times: 6.000.000 judeus vítimas na Europa NYT
1938 New York Times: 6.000.000 judeus vítimas na Europa Oriental e Central NYT
1939 New York Times: 6.000.000 judeus não podem ser evacuados NYT
1945 New York Times: 6.000.000 judeus mortos (4 meses antes do final da 2ª Guerra Mundial) NYT

1945 New York Times: 6.000.000 judeus estavam sob o domínio nazista; apenas 1.200.000 sobreviveram NYT
1945 New York Times: 6.000.000 judeus, apenas 1.000.000 ainda vivem (3 meses antes do Victory in Europe Day) NYT

Três campanhas de judeus separatistas para levantar fundos e três doações para ajudar os judeus europeus ou os pioneiros sionistas. Sempre o número cabalístico de seis milhões.

1919 New York Times: 6000000 $ prometidos pelos industriais judeus NYT
1923 New York Times: 6000000 $ dados por judeus norte-americanos para reconstruir Palestina NYT
1924 New York Times: $ 6000000 são dados em ajuda para a terra santa NYT


20 comentários:

  1. Bem que o judeu (ou filo-judeu) português que corre de fontes poderia vir aqui bater com os dentes nas fontes que tu colocou do New York Times... não ia sobrar dentes na boca dele!

    Saudações!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando a tropa de vagabundos pede provas, é só por pedir.

      Se mostrarmos provas forenses, então...!
      Abraço.

      Excluir
  2. Boas

    Hé hé! Bom artigo. Sabes uma coisa ? O que me dá graça é que inventaram essa história dos 6 milhões, com um dos objectivos, para além de outros, de pedir indemnizações aos alemães, que ainda hoje pagam chorudas quantias á terra do talmude.

    Mas existe um facto estranho, muito estranho que merecia ser explorado: é que depois da divisão da Alemanha, no tempo da União Soviética, só a RFA pagou indemnizações...e então a RDA ? A RDA nunca pagou um tostão! Não eram eles alemães também ? Os russos sabem muito bem que nunca houve holocausto. Deve ser essa a razão pela qual os talmudilheiros nunca exerceram nenhuma pressão sobre a RDA. Seria interessante explorar este canto obscuro da história. Não bate certo com as convições talmúdicas dos ditos "6 milhões"...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, meu caro.

      Tais meandros tão nebulosos da História mereceriam uma revisão profunda. Quem se arvorasse a tal labuta precisaria estar munido de diversos filtros (mentais, emocionais, "cheirais", etc) e roupas especiais anti mil coisas (principalmente lodo).

      Eu me predisponho desde já.
      Abraço.

      Excluir
  3. Caro FAB.
    Acredito que o número 6 milhões tem objetivos cabalísticos, foi empurrando esse número por mais de séculos que os judeus emplacaram a mentira!
    Ficou gravado no inconsciente humano esse numero sem razão, até que o gatilho ww2 foi disparado e todos hipnotizados pelo número "cantilenado" por séculos amalgamaram a proposta da cantilena!
    Da mesma forma que cantilenamente a humanidade está fazendo o tal cristo como filho de deus, o salvador, o rei do mundo e toda a sorte de iconizações possíveis, depois não vão reclamar quando o salvador começar a estipular as seis milhões de vítimas de holocausto por semana!
    Os autores são os mesmos, o que muda é que enquanto "matam" seis milhões de judeus, estão sevando o golpe maior, o rei do mundo, rei judeu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Vapera.

      Eu ainda prefiro (burramente?) crer que o verdadeiro Salvador (que prefiro chamar com seu nome de batismo - Jmmanuel) foi a síntese do Amor, do Bem Querer, da Verdade e de todas as qualidades inerentes aos verdadeiros seres humanos.

      Não quer dizer que aceito todas aquelas patacoadas que os escribas fariseus enfiaram na Bíblia (Dar a outra face; seja cordeiro; e excrescências similares), afirmando serem ensinamentos do Mestre Maior.

      Posso ser destruído facilmente e a qualquer momento pelo status quo nefasto, mas não serei abatido como um cordeiro. Morrerei como um lobo, bem ao estilo das palavras de Isadora 'Dolores' Ibárruri (La Pasionaria): "É melhor morrer em pé que viver de joelhos!"

      Abraço.

      Excluir
  4. A VERDADE é empírica, imutável e atemporal: Lucas 6:43 "Não existe árvore boa produzindo mau fruto; nem inversamente, uma árvore má produzindo bom fruto. 44 Pois cada árvore é conhecida pelos seus próprios frutos. Não é possível colher-se figos de espinheiros, nem tampouco, uvas de ervas daninhas. 45 Uma pessoa boa produz do bom tesouro do seu coração o bem, assim como a pessoa má, produz toda a sorte de coisas ruins a partir do mal que está em seu íntimo, pois a boca fala do que está repleto o coração. A parábola do sábio e do insensato"

    Tais frutos https://www.youtube.com/watch?v=bpvYMat7VUw não provém da árvore cristã,
    https://www.google.com.br/#q=Jeffrey+Epstein+judio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, mesmo! Tais frutos são amargos como as raízes que os alimentam.
      Abraço.

      Excluir

  5. Facts, FAB29 - http://www.rense.com/general32/americ.htm are not rumors -> https://www.youtube.com/watch?v=kUy788pteZg

    “Humanity would sink into eternal darkness, it would fall into a dull and primitive state, were the Jews to win this war” Dr. Joseph Goebbels “abyssus abyssum invocat “ = deep calls unto deep; Hell calls hell (One mistep leads to another) Hell calls hell (One wrong doing causes another)

    https://verbotenesarchiv.files.wordpress.com/2015/04/sex-grooming-uk-1.jpg Sublata causa, tollitur effectus

    http://www.hourofthetime.com/wordpresstest/wp-content/uploads/2009/04/marx_dees1.jpg

    http://www.stuttmann-karikaturen.de/ergebnis/6003

    http://www.stuttmann-karikaturen.de/ergebnis/4329

    http://www.stuttmann-karikaturen.de/ergebnis/3365
    Se me engraxam bem a mão, combato também a corrupção

    https://terragermania.files.wordpress.com/2013/07/ah-gegen-teufel-sie-sehen-dass-ich-gewinne-e1372968564468.jpg

    https://alertajudiada.files.wordpress.com/2014/06/hitler.jpg

    http://i.imgur.com/Lngxz9y.jpg

    http://trutzgauer-bote.info/wp-content/uploads/2015/08/Z_N.jpg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre direi, Ulysses.
      Vídeos como esse mostrando a nocividade do liberalismo promovido pelos sionistas nunca deixarão de me embrulhar o estômago.

      Excluir
  6. O documentário abaixo, FAB29, possivelmente seja bastante conhecido, se este for o caso, vale relembrar

    https://www.youtube.com/watch?v=9_Sl1DIdNVs DER JUDEN 1. HOLOCAUST AB 1915-1938 NYT etc O primeiro holocausto de 6 milhões elaborado desde 1915

    Saudações

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, Ulysses.
      Eu tenho um vídeo assim sem locução, mostrando uma dúzia dessas notícias. Totalmente relevante e pertinente para ilustrar o post.
      Grato.
      Abraço.

      Excluir
  7. Ante o dia da mentira que se avizinha, vale conferir


    http://www.erf.de/data/files/content.sources.cina.cartoons/407978.jpg MATEUS 07:16~20: "PELOS SEUS FRUTOS OS CONHECEREIS"

    https://theuglytruth.files.wordpress.com/2015/12/jews-judaism-anti-semitism.jpeg = https://pp.vk.me/c637925/v637925892/25fb6/bjXv8Hx_eXk.jpg

    https://pp.vk.me/c637825/v637825892/17805/3ZC6rs8vOhM.jpg BANCOS JUDAICOS COM SEUS MÉTODOS ILEGAIS CONTROLARÃO TODA A RIQUEZA AMERICANA. ELES CORROMPERÃO A CIVILIZAÇÃO MODERNA E NÃO EXITARÃO EM LANÇAR TODA A CRISTANDADE EM GUERRA E CAOS PARA ASSUMIREM O DOMÍNIO MUNDIAL.

    https://pp.vk.me/c836424/v836424892/19128/vpTTDGnxWkc.jpg O FUTURO DA RAÇA JUDAICA É INERENTE AO COMUNISMO INTERNACIONAL.

    https://pbs.twimg.com/media/Cxu7-99W8AA2JMG.jpg

    http://holocaust.uy/wp-content/uploads/2016/09/jude-rothschild.jpg

    https://i0.wp.com/2.bp.blogspot.com/-viq8ZN1ip30/U_ozgxI3mVI/AAAAAAAAQuE/uJQ_suzbq08/s1600/1aaaManis1.jpg

    http://www.germanvictims.com/wp-content/uploads/2015/12/jew-driving-slaves.jpg

    http://4.bp.blogspot.com/-5eavkVYWENk/VFP6TxycSyI/AAAAAAAADF0/qzZfrzfGsqw/s1600/COMUNISMO%2BGRAMSCI%2BHEGEMONIA.jpg

    https://grrrgraphics.files.wordpress.com/2013/02/sleeping_giant_cartoon.jpg

    http://smoloko.com/wp-content/uploads/JosephGoebellsJewsWW2quoteMeme.jpg

    http://i1.wp.com/www.wehuntedthemammoth.com/wp-content/uploads/2015/01/cultural_marxism.jpg


    https://i.ytimg.com/vi/gg8VFg69g6U/maxresdefault.jpg


    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grato pelos links.
      Apesar de quê, meu caro Ulysses, muitos dizem que o Dia da Mentira deveria mudar para 27 de janeiro, chamado o "dia internacional da lembrança do holocausto".
      Abraço.

      Excluir
  8. Obrigado pela dica FAB29, tudo a ver
    A história é testemunha que JAMAIS se REGISTROU uma EXPRESSÃO SIMILAR oriunda de HITLER ou de UM NACIONAL SOCIALISTA .http://2.bp.blogspot.com/-viq8ZN1ip30/U_ozgxI3mVI/AAAAAAAAQuE/uJQ_suzbq08/s1600/1aaaManis1.jpg

    abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles exortam tudo o que há de ruim e pernicioso e o Ocidente bovinamente não reage.
      Talvez o 'nobre' rabbi Friedman tenha certa razão quanto à capacidade moral do ocidente, que eles vêm solapando lenta e insidiosamente.
      Abraço.

      Excluir
  9. Chega a ser pleonasmo tanta confissão e consumação em todas cidades alemãs, sobretudo - Dresden

    https://justice4germans.files.wordpress.com/2015/02/churchill-roast-the-germans.jpg

    Mateus 07:16 “Pelos seus frutos os conhecereis”

    https://plus.google.com/117780186646962901957/posts/CBMmvj66M14

    abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não apenas falam abertamente, sem se importar com a reação da boiada. Executam com mórbida galhardia e desfaçatez.
      Abraço.

      Excluir
  10. Que houve holocausto, não duvido. O que me irrita e sempre causou indignação, é o famoso enaltecimento e vitimização dos judeus como único protagonista escolhido da fúria nazista. Muitos outros povos também foram p/ campos de concentração ou mortos sumariamente, ou torturados devido ao fato de serem supostamente homossexuais,prostitutas, etc.... O mundo todo sofreu e inclusive brasileiros enviados p/ combate mas até hoje, desconsiderados. Tenho amigos judeus, não tenho preconceito por eles mas costumo sinaliza-los para "baixarem a bola da prepotência" e auto-centrismo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Cruz Vermelha Internacional, que grassou pelas zonas de conflito, incluindo os "campos de extermínio", contabilizou pouco mais de 600 mil mortos da etnia judaica.

      E todos os documentos e pesquisas idôneas como as da CV confirmam que essas mortes ocorreram praticamente da mesma maneira que quase todas que ocorrem em todas as guerras.

      Em resumo, nada de absoluto e inacreditável. Se quiser minha opinião e dúvidas principais sobre o assunto, veja aqui:

      http://fab29-palavralivre.blogspot.com.br/2013/11/por-favor-me-esclarecam.html

      Tem um pouco mais aqui:

      http://fab29-palavralivre.blogspot.com.br/2015/06/pingos-dos-is.html

      Abraço.

      Excluir