Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Convulsões

Amigos e amigas.
Vocês se lembram que 2011 foi pródigo em invasões das 'potências democráticas' nas vidas de outros povos, principalmente nas dos islâmicos? Invasões que ainda são a tônica dos supremacistas e geram as piores sequelas possíveis para as vítimas, criando um estado de horrores e privações. As atuais "imigrações" de africanos à Europa são parte cruenta dessas invasões financiadas por essas "democracias".

No Egito e na Líbia, tais invasões foram as mais destacadas. No primeiro, Hosni Mubarak estava há mais de 30 anos sugando e desviando os recursos da nação, tornando-se um bilionário, sob as bênçãos das grandes potências. No segundo, Muammar Khadafi estava há mais de 40 anos, arrogante e 'intocável', também sob a condescendência dos impérios vigentes. Hoje, está a Síria sendo vilipendiada e o Irã e a Coréia do Norte têm um alvo de neon em suas costas.

O que aconteceu em 2011 para tanta invasão?

'Oficialmente', a mesma desculpa para a invasão ao Iraque, com a subsequente deposição, 'julgamento' e execução de Saddam Hussein: IDEAIS DEMOCRÁTICOS!

"O mundo não pode mais tolerar esses ditadores que ameaçam a paz mundial com suas armas de destruição em massa e sua sede de conquista! Além das injustiças sociais e atrocidades que cometem diuturnamente contra seu povo!"

Khadafi (de branco) numa boa com seus pares
Numa análise rápida, é público e notório que no Iraque nunca existiram armas de destruição em massa e que Saddam não tinha nenhum plano pra dominar o Oriente Médio; o egípcio Mubarak era o maior aliado africano dos EUA e de Israel em qualquer questão que fosse aventada pelos dois aliados; e Khadafi era sempre bem recebido, com cordiais (e hipócritas?) abraços e sorrisos, por todos os líderes das grandes potências.

Quanto à dominação pela força e ameaça nuclear, é preciso dizer que as maiores potências bélicas e/ou nucleares do mundo são EUA, Rússia, França, Israel (que nega, é claro), Reino Unido, China, Índia e Paquistão? Confiram os outros:

Quadro bem ilustrativo
Mas tudo o que nos é veiculado pelos grandes parasitas são acusações mentirosas de que Irã e Coréia do Norte são "um perigo para a paz mundial com seus programas nucleares", desviando a atenção de tantos problemas reais e prementes, como a miséria galopante, as drogas e, principalmente, os planos sórdidos de dominação. Esse é o típico papo furado de supremacista criando cortina de fumaça para salvar seus traseiros. Essa "ameaça terrorista" para a dominação mundial não tem nenhuma lógica! Se qualquer país (até EUA e israel) tentar usar seus arsenais atômicos numa guerra, será imediatamente retaliado e repelido pela humanidade, sendo obliterado do seio das nações. Eles são ditadores ou supremacistas, nunca suicidas.

https://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%8Dndice_de_Desenvolvimento_Humano
Quanto mais verde, melhor.
A ONU, anualmente, divulga a lista do IDH (Índice de Desenvolvimento Humano). A que vemos acima é de 2014 e mostra detalhes interessantes: os países africanos mais ricos são África do Sul e Egito e estão acima da 100ª posição no ranking. Os africanos à frente deles são (Vejam só!) Líbia (o melhor colocado da África, bem acima do Brasil!), Tunísia, Argélia e Botsuana!!

Líbia adorada pelos supremacistas
Pergunta: como a Líbia, com o executado ditador Khadafi, conseguiu tal feito? Um país que tem mais de 3/5 do seu território dominado pelo deserto do Saara e parcos recursos naturais (fora o petróleo) não deveria ser superior em IDH a um país riquíssimo em tantos recursos como o Brasil. Mas a Líbia da era Khadafi dava show: bela renda per capita; energia elétrica, saúde e educação gratuitas; gasolina a 15 centavos o litro; quem comprovasse não possuir renda para construir sua casa, o governo a construía. Mais detalhes e links AQUI.

Ainda por muito tempo, vamos ter de aguentar essas toneladas de sordidezes que visam destruir civilizações ancestrais, soberanas, tradicionais, desviar as atenções de soluções plenamente possíveis para melhorar as condições de vida dos povos. O comodismo das massas que se deitam no "berço esplêndido da democracia" (este belo embuste!) à espera de salvadores da pátria que pensarão e agirão por elas, entregando-lhes tudo (migalhas, sobras e restos) de mão beijada é o maior câncer que assola a mente e o espírito da humanidade, tornando-a marionete suscetível a todo e qualquer desmando.

As torpes facilidades e entretenimentos que a modernidade dispõe às pessoas (aliadas a um ensino subversivo) cumprem garbosamente a função de estupidificá-las e anestesiá-las, evitando convulsões, com um requinte de crueldade: faz as massas execrarem todos aqueles que tentam tirá-las desse nefasto conforto que as deixa propícias a serem  docemente parasitadas pelos seus feitores. São plenamente partidárias do "melhor pingar do que faltar". Popularmente falando: "Tá ruim, mas tá bom!"

Nesta toada, nada pode prosperar. Enquanto essa inércia perdurar nos brios das pessoas, a realidade será uma névoa a nos separar de horizontes e esperanças. Um mínimo de coragem de abrir mão desse limbo é urgente. Dando-se este primeiro passo, a inanição moral será paulatinamente solapada. Cada qual que dê seu primeiro passo e siga adiante.
FAB29

Nenhum comentário:

Postar um comentário