Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Valores e Moral

Amigos e amigas


Qual é o valor da honestidade? Esta, que deveria permear cada atitude humana em prol do progresso, do bem querer e do bem estar, desaparece quando entram em cena as características supremacistas: ganância, sanha por dominância e poder, envoltas pela impiedade. Há radicais que afirmam que ninguém fica rico honestamente, mesmo sem nunca ter cometido uma falcatrua. Isto porque a corrupção está entronizada nas sociedades, política e economia mundiais que regem nossas vidas. Então, seja por ignorância, omissão ou impotência, todos nós somos atingidos, conspurcados em algum nível pela imoralidade desses parasitas amaldiçoados. Quanto maior o progresso financeiro, tanto maior é o contato com o dinheiro sujo da corrupção generalizada, drogas, estelionatos, pornografia,... Se levarmos a ferro e fogo dessa maneira, a humanidade precisa ser resetada e reconstruída. Porém, não devemos condená-la sumariamente como um todo; apenas garimpar, filtrar, segregar, educar, orientar, organizar, doutrinar, tudo aquilo que acontece naturalmente na Mãe Terra e que faz dela essa grandiosidade. Dentro da família, fazer tudo isso desde o berço resolve quase todos os problemas.


Qual é o valor da justiça? Esta, que deveria zelar pela lisura dos atos humanos, distribuindo culpas e inocências bem ao estilo "Daí a César o que é de César", há muito tempo se vê superlotada, distorcida, vilipendiada e até intimidada pelo poder do capital e desses Grandes Corruptores. Nesse "Quem pode mais, chora menos", os menos abastados superlotam as penitenciárias (vários, injustamente), enquanto a maior das raridades é ver um dos "grandes" (que geram as misérias do mundo) pagando por seus crimes. O corporativismo grassa sem o menor constrangimento nas altas rodas. Vemos o caso Eduardo Cunha hoje em dia que, após muito bate lá, bate aqui, ele tentando, nos bastidores, evitar a exposição de suas contas, etc, resolveu assumir “em termos” que possui as malfadadas contas. Mas suas declarações são a personificação da desfaçatez. A despeito disto, o máximo que a Justiça fará contra ele será um impeachment. Se tanto! Justiça democrática é pura ilusão para o gado humano que, independente de estar consciente disto, não se revolta por não possuir nenhuma competência cognitiva, persistência e união. O "divide et impera" supremacista que exorta o individualismo sempre vence.


Qual é o valor da paz? Esta, que é sinônimo de harmonia e equilíbrio, não serve para os usurários. Paz não gera os lucros estratosféricos que eles almejam. Assim como um lago estagnado ou um céu todo azul, a paz não necessita de loucuras e atitudes extremas e urgentes. Os "defensores da guerra" (lembram do fantoche Obama a defendendo ao receber o Prêmio Nobel da Paz? Enojante!...) dizem que "a paz cria mofo na humanidade, atrasando em muito a sua evolução. A guerra sacode a poeira, tira o povinho do marasmo e injeta sangue novo à vida". Certamente, para substituir a infinidade de sangue que verteu dos milhões de mortos...! Apesar da imensa maioria da humanidade se dizer contra as guerras (até contra a posse de armas), elas existem, persistem e cada vez mais se impregnam no cotidiano, como os impostos e a usura. A hipocrisia afirma que a guerra é democrática, atingindo qualquer um igualmente. Outra prova de que democracia é o maior dos embustes. Quem fomenta as guerras são os mesmos que fomentam democracias pelo mundo, colocando no comando seus adoradores, os "buchas-de-canhão" fisiológicos regiamente pagos para servirem de isolantes a seus donos.

Vocês podem notar que os três tópicos são inseparáveis. Pensem assim: se você é honesto, jamais cometerá injustiças. Então, sempre viverá em paz com seus semelhantes. Eu as vejo como o "Tripé Humanista" porque a prática delas cria uma confiança, respeito e bem querer tão poderosos que tudo o que houver de bom brotará dali. A maior das ironias é que, para se obtê-las e mantê-las, é necessário... GUERRA, cuja maior arma de ataque e defesa é a vigilância constante de nossa parte para manter os parasitas longe de tudo que nos faz sadios física, mental, moral e espiritualmente. Sempre que necessário e o que precisar ser feito, reagir automática e ostensivamente, sem meios termos, com a mesma piedade que eles têm por nós, execrando o desprezível "politicamente correto" que insistem em nos imputar para tolher nossas idiossincrasias.

Esta guerra, sim, é obrigatória e devemos nascer alistados nela para garantir nosso presente saudável. Eu sempre serei um defensor intransigente desses três pilares, base da Moralidade. Tudo que eu acreditar ser uma nódoa sequer que manche seus brilhos e transparência, eu contestarei, independente de aparecer qualquer vendido ou coisa pior que venha me condenar. Como disse o maior poeta estadunidense do século 20, Ezra Pound: "Aquele que não está disposto a morrer por sua opinião, ou a sua opinião, ou ele próprio não vale nada!
FAB29

10 comentários:

  1. Terei que concordar com a frase do Lennon logo no inicio do artigo! Ultimamente so consegui fazer amizades boas atraves de aparelhos tecnologicos que daqui a alguns anos, vao virar sucata. Mesmo assim, eu tenho medo de terminar esta simples vida sozinho e sem ninguem. A sociedade ainda e muito materialista, e o capitalismo nos torna cada vez mais tristes e sozinhos!

    Abracos, meu amigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro, só está só quem está aleijado por dentro.

      Amar sua vida e a Criação é tudo o que você precisa para estar satisfeito. E, da satisfação, vem a força para seguir adiante, ajudando quem você vir que merece, abraçando todos aqueles que lhe são queridos e compartilhando tudo o que você aprender. Não tenha dúvidas de que muitos irão amá-lo pela sua honestidade e justiça.

      Abraço.

      Excluir

  2. Olá FAB,

    Dizer; "aquele que não está disposto a morrer por sua opinião..." é bem diferente de dizer "aquele que está disposto a matar por sua opinião", que é a generalidade do que se vê por aí. Já dizia D. Juan para lutar apenas dentro de seu próprio território, o que vale dizer; DEFESA.
    Como disse Baroja, as ideias são apenas o uniforme vistoso de sentimentos e instintos. Se maus, matam, se bons, morrem.
    Agora gostaria de saber, como se luta contra a mais covarde e diabólica das guerras, o terrorismo. Não vale perder a consciência e sair por aí matando todos. Ficaremos ao mesmo nível dos terroristas...

    Um grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Fada Mestra.

      Matar pode não ser uma solução de fato, visto que tal atitude extrema gera reações proporcionais a ela, mas reprime seus pretensos algozes. Estes, cientes da firmeza de suas posições e da sua intransigente defesa delas, teriam os dois pés atrás consigo.

      Terrorismo, há muitos tipos. Creio que a única maneira de combatê-los é sinergia. É como nosso organismo agindo contra intrusos. Uma sociedade coesa, bem fundamentada, com leis, cultura e tradições bem definidas, voltada para a produção, autogestão e independência, não se deixaria conspurcar com esses agentes patogênicos.

      É utópico, mas não perdi minhas esperanças.
      Abração.

      Excluir
    2. Por isso mesmo, é que neste momento é melhor ser morto do que matar, pois estamos no ponto, onde podemos realmente comprometer a nossa Imortalidade. Que preferimos? meia dúzia de anos neste inferno ou continuar imortais! Morreremos de qualquer forma, mas as pessoas não se convencem... julgam-se talvez eternas quando matam outras.
      Quem instiga à matança para eliminar o inimigo, não faz mais do que fortalecer esse mesmo inimigo e inconscientemente, são asseclas dos magos da treva, talvez mentecaptos... e os mentecaptos são os últimos, tal como os ébrios, a reconhecer que o são.
      Como ensinaram nossos Instrutores (tal como Buda, que não é uma Individualidade material, mas sim um estado de consciência), não se combate um problema dessa complexidade, o terrorismo, no mesmo nível de consciência... isso é o que eles, os da treva, querem. Essa é a armadilha colocada.

      As boas notícias, é que a mudança é para essa mesma realidade que chama
      Utopia e nada de demo-cracia mas sim de Sinarquia, onde a República é soberana e o povo também.
      Quanto ao texto, eu substituiria individualidade por personalidade. A Individualidade mantém-se ao longo de várias reencarnações, aperfeiçoando-se e a personalidade é efêmera, dura apenas uma vida... e geralmente, é do que a Individualidade prescinde quando aquela não é harmoniosa e perfeita, para continuar sua eterna senda.

      Um abraço, amigo querido

      Excluir
    3. Fada Mestra com olhos de lince.

      Minha intenção não era escrever "individualidade"; era algo ortograficamente parecido. Falha minha já devidamente corrigida. Muito grato.

      Eu sou daqueles super cientes da própria e incalculável limitação. Tanto assim que valorizo "cada sagrado segundo do meu coração" (lembra desta minha poesia?) e sou intransigente na manutenção de minhas saúdes e dos meus entes queridos. Só chegaria a extremos se a situação se mostrar assim.

      Abraço, Mestra.

      Excluir
    4. Sim, claro que lembro amigo querido, :)
      Todos somos imensamente limitados neste mundo de ilusão, FAB, uns mais que outros e o FAB, não parece ser o caso.
      E também sei que apenas usa a "espada" para defesa. Dá para entender agora, porque os trevosos odeiam visceralmente os Avataras da Humanidade e os mataram?... se pudessem, o fariam de novo tal é o ódio! mas desta vez os Mestres estão cá, em absoluto anonimato. Felizmente os trevosos, não saem da lama fétida e a humanidade finalmente começa a acordar para os ensinamentos sobre a Verdade.

      Tudo de bom para si e para seu queridos e esperando sempre, que a Lei da Harmonia os proteja.

      Excluir
    5. Igualmente a você e a todos os seus queridos.

      Como e para sempre, muito grato.

      Excluir
  3. Vivas caro FAB!

    Então ouvi dizer que durante o fim-de-semana, é o "Dia da Consciência Negra" ? Correcto se assim o for, não há mal nenhum nisso... mas para quando será o "Dia da Consciência Branca" ? Será que haverá ? ? Como dizia ai resumidamente o artigo, a desonestidade ganhou o mundo...

    Boas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja esta resposta cabal do Morgan Freeman a um judeu sobre isso (repare que este tenta tirar o * dele da reta, dando a entender que ele é judeu antes de ser branco):

      https://www.youtube.com/watch?v=-ZNhYlkksPs

      Abraço.

      Excluir