Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Falsa imigração!

Amigos e amigas.
É dito para nós que a imigração em massa para a Europa é devido às guerras e à fome. Então, deveríamos supor que a maioria dos imigrantes seria de idosos, mulheres e crianças, certo? Afinal, é prioritário que estes familiares sejam colocados a salvo dessas iniquidades pelos chefes de família.

Porém, por que será que a esmagadora maioria dos imigrantes atuais (principalmente da África) que estão entupindo a Europa é de homens jovens e saudáveis? Cadê suas famílias? Eles as abandonaram? E quem está financiando suas viagens? Como eles, tão pobres, conseguiram arrumar CADA UM mais de dois mil dólares para pagar os "coiotes"? E água e comida, para sobreviverem a essa viagem tão longa? Confiram:

75% dos ditos "refugiados" são homens. Só 51% de todos os clandestinos poderão ser mesmo considerados "refugiados"; são os que vem da Síria :

http://data.unhcr.org/mediterranean/regional.php

Então, essa história não passa de mais um esquema para destruir a identidade caucasiana na Europa. Enquanto israel fecha as suas fronteiras aos imigrantes e procura expulsá-los, a vendida Alemanha anuncia que poderá receber até um milhão deles até o fim deste ano.

Desafio você a encontrar 15 idosos, ou mulheres, ou crianças nas fotos abaixo. E os mantimentos. Se conseguir, você é um prodígio!









E só para concluir: sabemos que as taxas de desemprego na Europa estão enormes. Confiram:




Daí, a pergunta óbvia: onde e como se encaixarão num mercado de trabalho tão exigente quanto o europeu tantos milhares de imigrantes sem nenhuma qualificação?

Pergunta puramente retórica. Afinal, a agenda dos supremacistas não é encontrar soluções para os imigrantes; apenas causar todos os transtornos possíveis à raça branca e assassiná-la aos poucos. Ao que vemos, sob as bênçãos de muitos representantes dela própria.
FAB29

Adendo: Neste link, uma entrevista com Oskar Freysinger, político suíço, onde ele fala sobre a imigração. Abaixo, um trecho traduzido por Gang2 Ervilha:

Transcrição a partir de 2:30 a 2:58:

«« Nós sabemos, e eu sei diretamente através de fontes que estiveram no próprio local: quando eles chegam por exemplo da Macedônia á Sérvia, eles têm todos um telemóvel, estão muito bem vestidos, muito bem cuidados, em norma... eles têm cartas de crédito! E na última fronteira quando chegam à Hungria, por momentos as caixas automáticas ficam completamente vazias. Portanto, quem dá essas cartas bancárias a esses jovens? Publicitam-nos essas pessoas como sendo pobres, que fogem e fogem da miséria e tudo o mais...»»
Uma coisa é uma coisa e
outra coisa é outra coisa?
Muito justo!...
O rapaz melhorou de vida, não?
E este, também.
Na primeira parte, mulheres e crianças.
Na segunda, os covardes machos fugitivos.
Leia mais: http://nazismo-verdades-e-mentiras.blogspot.com.br/2015/09/alemanha-epidemia-de-estupros.html