Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


segunda-feira, 4 de abril de 2016

Anti-golpismo

Amigos e amigas.
No blog do Leonardo Boff, encontrei esses dados comparativos no fim do post acerca dos governos FHC e Lula. Não sou defensor de PT, Lula ou Dilma, mas o tanto que falam contra eles é exagerado e oportunista, bem ao estilo dos parasitas golpistas que querem tomar de assalto o país.

Assim sendo, para fazer jus a fatos concretos em detrimento às vontades escusas e imbecilidades de oligofrênicos que as defendem, vejam os dados e tirem suas conclusões.
FAB29

Primeira leva de dados
Segunda leva de dados
Terceira leva de dados
Só especificando para reforçar

Para quem quiser mais comparativos, veja AQUI.

Com a eventual vitória de Aécio Neves, voltará em cheio o projeto neoliberal que não deu certo nem aqui nem nos países centrais com uma crise abissal e 102 milhões de desempregados. O futuro ministro da Fazenda Arminio Fraga já sinalizou para onde vai a direção do Governo ao dizer: “dos bancos públicos (Banco do Brasil, Caixa Econômica e BNDS) com as correções a serem feitas, vai sobrar pouca coisa”; e disse algo assustador para quem vive de salário:”os salários estão altos demais”; há que rebaixá-los. Cada umm vota conforme sua preferência, mas pense antes nas consequências globais para o país e para quem mais precisa de meios para viver que são as grandes maiorias pobres: Lboff
Sobre o segundo turno das eleições presidenciais (Por que a grande imprensa brasileira nunca publicou esses dados com destaque?)
Comparando o Brasil de 2002 (Fernando Henrique Cardoso) ao de 2013 (Lula/ Dilma)… segundo a OMS, a ONU, o Banco Mundial, o IBGE, o Unicef etc…
Publicado em 15/09/2014 > http://www.hildegardangel.com.br/?p=41715
Leiam e tirem as suas próprias conclusões….
1. Produto Interno Bruto:
2002 – R$ 1,48 trilhões
2013 – R$ 4,84 trilhões
2. PIB per capita:
2002 – R$ 7,6 mil
2013 – R$ 24,1 mil
3. Dívida líquida do setor público:
2002 – 60% do PIB
2013 – 34% do PIB
4. Lucro do BNDES:
2002 – R$ 550 milhões
2013 – R$ 8,15 bilhões
5. Lucro do Banco do Brasil:
2002 – R$ 2 bilhões
2013 – R$ 15,8 bilhões
6. Lucro da Caixa Econômica Federal:
2002 – R$ 1,1 bilhões
2013 – R$ 6,7 bilhões
7. Produção de veículos:
2002 – 1,8 milhões
2013 – 3,7 milhões
8. Safra Agrícola:
2002 – 97 milhões de toneladas
2013 – 188 milhões de toneladas
9. Investimento Estrangeiro Direto:
2002 – 16,6 bilhões de dólares
2013 – 64 bilhões de dólares
10. Reservas Internacionais:
2002 – 37 bilhões de dólares
2013 – 375,8 bilhões de dólares
11. Índice Bovespa:
2002 – 11.268 pontos
2013 – 51.507 pontos
12. Empregos Gerados:
Governo FHC – 627 mil/ano
Governos Lula e Dilma – 1,79 milhões/ano
13. Taxa de Desemprego:
2002 – 12,2%
2013 – 5,4%
14. Valor de Mercado da Petrobras:
2002 – R$ 15,5 bilhões
2014 – R$ 104,9 bilhões
15. Lucro médio da Petrobras:
Governo FHC – R$ 4,2 bilhões/ano
Governos Lula e Dilma – R$ 25,6 bilhões/ano
16. Falências Requeridas em Média/ano:
Governo FHC – 25.587
Governos Lula e Dilma – 5.795
17. Salário Mínimo:
2002 – R$ 200 (1,42 cestas básicas)
2014 – R$ 724 (2,24 cestas básicas)
18. Dívida Externa em Relação às Reservas:
2002 – 557%
2014 – 81%
19. Posição entre as Economias do Mundo:
2002 – 13ª
2014 – 7ª
20. PROUNI – 1,2 milhões de bolsas
21. Salário Mínimo Convertido em Dólares:
2002 – 86,21
2014 – 305,00
22. Passagens Aéreas Vendidas:
2002 – 33 milhões
2013 – 100 milhões
23. Exportações:
2002 – 60,3 bilhões de dólares
2013 – 242 bilhões de dólares
24. Inflação Anual Média:
Governo FHC – 9,1%
Governos Lula e Dilma – 5,8%
25. PRONATEC – 6 Milhões de pessoas
26. Taxa Selic:
2002 – 18,9%
2012 – 8,5%
27. FIES – 1,3 milhões de pessoas com financiamento universitário
28. Minha Casa Minha Vida – 1,5 milhões de famílias beneficiadas
29. Luz Para Todos – 9,5 milhões de pessoas beneficiadas
30. Capacidade Energética:
2001 – 74.800 MW
2013 – 122.900 MW
31. Criação de 6.427 creches
32. Ciência Sem Fronteiras – 100 mil beneficiados
33. Mais Médicos (Aproximadamente 14 mil novos profissionais): 50 milhões de beneficiados
34. Brasil Sem Miséria – Retirou 22 milhões da extrema pobreza
35. Criação de Universidades Federais:
Governos Lula e Dilma – 18
Governo FHC – zero
36. Criação de Escolas Técnicas:
Governos Lula e Dilma – 214
Governo FHC – 0
De 1500 até 1994 – 140
37. Desigualdade Social:
Governo FHC – Queda de 2,2%
Governo PT – Queda de 11,4%
38. Produtividade:
Governo FHC – Aumento de 0,3%
Governos Lula e Dilma – Aumento de 13,2%
39. Taxa de Pobreza:
2002 – 34%
2012 – 15%
40. Taxa de Extrema Pobreza:
2003 – 15%
2012 – 5,2%
41. Índice de Desenvolvimento Humano:
2000 – 0,669
2005 – 0,699
2012 – 0,730
42. Mortalidade Infantil:
2002 – 25,3 em 1000 nascidos vivos
2012 – 12,9 em 1000 nascidos vivos
43. Gastos Públicos em Saúde:
2002 – R$ 28 bilhões
2013 – R$ 106 bilhões
44. Gastos Públicos em Educação:
2002 – R$ 17 bilhões
2013 – R$ 94 bilhões
45. Estudantes no Ensino Superior:
2003 – 583.800
2012 – 1.087.400
46. Risco Brasil (IPEA):
2002 – 1.446
2013 – 224
47. Operações da Polícia Federal:
Governo FHC – 48
Governo PT – 1.273 (15 mil presos)
48. Varas da Justiça Federal:
2003 – 100
2010 – 513
49. 38 milhões de pessoas ascenderam à Nova Classe Média (Classe C)
50. 42 milhões de pessoas saíram da miséria
FONTES:
42 – OMS, Unicef, Banco Mundial e ONU
37 – índice de GINI: http://www.ipeadata.gov.br
45 – Ministério da Educação
13 – IBGE
26 – Banco Mundial
Notícias, Informações e Debates sobre o Desenvolvimento do Brasil:

E, a seguir, o caso Furnas:



Adendo 1: o que mais vemos nos últimos anos pelas redes sociais são ofensas, achincalhes, maldições, execrações e tudo mais o que se pode pensar contra Dilma, Lula e PT. Às vezes, o bom humor vence e as brincadeiras e críticas são muito bem vindas. Porém, em sua imensa maioria, a tônica é a abjeção, digna das maiores oligofrenias. Mas, já que pensamos viver numa democracia, está valendo: cada qual tem direito às livres expressão e arbítrio.

Todavia, bastou o canal Porta dos Fundos fazer uso dessa democracia para mostrar um pouco do outro lado dessa bandalheira (liderada por PSDBostas e PMDBestas) que estão querendo imputar ao Estado de Direito para surgirem dezenas de seres grotescos destilando suas truculência e coprolalia aos borbotões, conclamando todos a partilharem de seus ódio e estupidez. Então, esses imbecis se sub-rogam o direito de falar o diabo e mais um pouco sobre o assunto e querem esmagar o direito dos que não rezam sua cartilha asquerosa?

Prezados ignóbeis e pusilânimes: chafurdem alegremente em suas covardias e continuem rosnando e babando virtualmente suas excrescências, enquanto todos os que amam a liberdade prosseguirão seus caminhos alheios a vocês.

E este último detalhe sobre o BRICS, vocês podem constatar AQUI:

Adendo 2: só para reforçar os maiores escândalos do Brasil, na maioria dos quais os tucanos são protagonistas, com alguns detalhes:

CASO: Máfia dos fiscais
ROMBO: R$ 18 milhões
QUANDO: 1998 e 2008
ONDE: Câmara dos vereadores e servidores públicos de São Paulo.
Comerciantes e ambulantes (mesmos aqueles com licença para trabalhar) eram colocados contra a parede: se não pagassem propinas, sofriam ameaças, como ter as mercadorias apreendidas e projetos de obras embargados. O primeiro escândalo estourou em 1998, no governo de Celso Pitta. Dez anos mais tarde, uma nova denúncia deu origem à Operação Rapa.

CASO: Mensalão
ROMBO: R$ 55 milhões
QUANDO: 2005
ONDE: Câmara Federal
Segundo delatou o ex-deputado federal Roberto Jefferson, acusado de envolvimento em fraudes dos Correios, políticos aliados ao PT recebiam R$ 30 mil mensais para votar de acordo com os interesses do governo Lula. Dos 40 envolvidos, apenas três deputados foram cassados. A conta final foi estimada em R$ 55 milhões, mas pode ter sido muito maior.

CASO: Sanguessuga
ROMBO: R$ 140 milhões
QUANDO: 2006
ONDE: Prefeituras e Congresso Nacional
Investigações apontaram que os donos da empresa Planam pagavam propina a parlamentares em troca de emendas destinadas à compra de ambulâncias, superfaturadas em até 260%. Membros do governo atuavam nas prefeituras para que empresas ligadas à Planam ganhassem as licitações. Nenhum dos três senadores e 70 deputados federais envolvidos no caso perdeu o mandato.

CASO: Sudam
ROMBO: R$ 214 milhões
QUANDO: 1998 e 1999
ONDE: Senado Federal e União
Dirigentes da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia desviavam dinheiro por meio de falsos documentos fiscais e contratos de bens e serviços. Dos 143 réus, apenas um foi condenado e recorre da sentença. Jader Barbalho, acusado de ser um dos pivôs do esquema, renunciou ao mandato de senador, mas foi reeleito em 2011.

CASO: Operação Navalha
ROMBO: R$ 610 milhões
QUANDO: 2007
ONDE: Prefeituras, Câmara dos Deputados e Ministério de Minas e Energia
Atuando em nove estados e no Distrito Federal, empresários ligados à Construtora Gautama pagavam propina a servidores públicos para facilitar licitações de obras. Até projetos ligados ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e ao Programa Luz Para Todos foram fraudados. Todos os 46 presos pela Polícia Federal foram soltos.

CASO: Anões do orçamento
ROMBO: R$ 800 milhões
QUANDO: De 1989 a 1992
ONDE: Congresso Nacional
Sete deputados (os tais “anões”) da Comissão de Orçamento do Congresso faziam emendas de lei remetendo dinheiro a entidades filantrópicas ligadas a parentes e cobravam propinas de empreiteiras para a inclusão de verbas em grandes obras. Ficou famoso o método de lavagem do dinheiro ilegal: as sucessivas apostas na loteria do deputado João Alves.

CASO: TRT de São Paulo
ROMBO: R$ 923 milhões
QUANDO: De 1992 a 1999
ONDE: Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo
O Grupo OK, do ex-senador Luiz Estevão, perdeu a licitação para a construção do Fórum Trabalhista de São Paulo. A vencedora, Incal Alumínio, deu os direitos para o empresário Fabio Monteiro de Barros. Mas uma investigação mostrou que Fabio repassava milhões para o Grupo OK, com aval de Nicolau dos Santos Neto, o Lalau, ex-presidente do TRT-SP.

CASO: Banco Marka
ROMBO: R$ 1,8 bilhão
QUANDO: 1999
ONDE: Banco Central
Com acordos escusos, o Banco Marka, de Salvatore Cacciola, conseguiu comprar dólar do Banco Central por um valor mais barato que o ajustado. Uma CPI provou o prejuízo aos cofres públicos, além de acusar a cúpula do BC de tráfico de influência, entre outros crimes. Cacciola foi detido em 2000, fugiu para a Itália no mesmo ano e, preso em Mônaco em 2008, voltou ao Brasil deportado.

CASO: Vampiros da Saúde
ROMBO: R$ 2,4 bilhões
QUANDO: De 1990 a 2004
ONDE: Ministério da Saúde
Empresários, funcionários e lobistas do Ministério da Saúde desviaram dinheiro público fraudando licitações para a compra de derivados do sangue usados no tratamento de hemofílicos. Propinas eram pagas para a Coordenadoria Geral de Recursos Logísiticos, que comandava as compras do Ministério, e os preços (bem acima dos valores de mercado) eram combinados antes. Todos os 17 presos já saíram da cadeia.

CASO: Banestado
ROMBO: R$ 42 bilhões
QUANDO: De 1996 a 2000
ONDE: Paraná
Durante quatro anos, cerca de US$ 24 bilhões foram remetidos ilegalmente do antigo Banestado (Banco do Estado do Paraná) para fora do país por meio de contas de residentes no exterior, as chamadas contas CC5. Uma investigação da Polícia Federal descobriu que as remessas fraudulentas eram feitas por meio de 91 contas correntes comuns, abertas em nome de “laranjas”. A fraude seria conhecida por gerentes e diretores do banco. Foram denunciados 684 funcionários - 97 foram condenados a penas de até quatro anos de prisão. O estado obteve o retorno de arrecadação tributária de cerca de R$ 20 bilhões.

CASO : Privataria Tucana
ROMBO : Mais de R$ 100 bilhões
QUANDO : Governo FHC
ONDE : Brasil
Vejam um resumo dela aqui: http://www.fpabramo.org.br/fpadefato/?p=225

12 comentários:

  1. Caro FAB,

    Concordo com o fato de que fhc foi a mais imunda governança dessa fossa, sobretudo com leilões feitos pelo genro sinagogal zilsberstein para entregar o "pré pré sal".
    Entretanto entender que os lumpens que vieram depois foram exemplos de algo é algo incoerente.
    Veja que os excrementos do BB (lixos que usuram o povo para entregar paitrocínio para judeuzeco ficar brincando de autorama de adulto)tiveram lucro às custas do POVO, ás custas da desgraça individatória dos idiotas, às custas dos idiotas despojados de bens para sustentar salafros agiotas.
    Comemorar lucro de banco, sobretudo o dobrasil, é comemorar a agenda JUDIA!

    Se observar melhor verá que os tributos continuam butinando o povo, enquanto os excrementos "empresários" continuam sem pagar porra nenhuma de tributo, visto que tributo é SEMPRE repasssado para o consumidor final.
    Nenhum governeco desde que essa fossa foi fundada e afundada tributou LUCRO e patrimônio, os únicos pontos que poderiam ser tributados (eu entendo tributo como ROUBO), isso é PROVA de que qualquer governo é salafro, bandido degenerado!
    Nenhum governo obrigou voto para a canalhada togada sem esquecer os abjetos agentes do MPF e caterva.
    Nenhum governo eliminou o auto de resistência (Decreto-Lei 3.689/1941) que é o direito de qualquer jagunço armado e fardado e desfardado e disfarçado do estado poder ASSASSINAR qualquer cidadão que recuse ser preso, o que é pena de morte sem julgamento, é EXECUÇÃO SUMÁRIA e o poveco estúpido ousa dizer que nessa fossa não existe pena de morte! Não só tem como é sem julgamento, aliás, pior, é julgamento feito por covardes sicários do estado!
    Nenhum governo aumentou salario de professores no mesmo ritmo que os parasitas togados e "colarinhados". Ao contrário, professores não tem direito de estabelecerem seus salários como os abjetos que citei.
    NUNCA nessa fossa se fez uma lei proibindo as imundícies que passam na TV, e mais, nunca os governos republicanos entenderam que povo que assiste novelas e bbbs, futebol, programa dominical NÃO TEM DIREITO A VOTO, POIS NÃO PRESTA E NEM DEVIA EXISTIR, assim, só o que os governos teriam que fazer era "DESLIXIFICAR" ESSES EXCREMENTOS ENTENDIDOS COMO POVO.

    Como mostro, NUNCA nessa fossa houve governo decente, só EXCREMENTOS parasitas.

    E claro, o fundamental, esse excremento boff e sua religião degenerada, como toda religião sói ser, são peças fundamentais para que o povo seja essa lixeira, os lixos perdoantes do que não presta.
    Só para clarificar lembro que se vemos uma barata, matamos, pois não presta. Então porque não fazer o mesmo com um bípede que é mais letal e nefasto que qualquer blata germânica ou periplaneta brasiliensis?
    A resposta é banal, graças ao judeu cristo e seu paizeco e suas leis perdoantes.

    Ainda em tempo, leonardo boff é JUDEU.

    A religião estupidifica assim como as "belas" palavras e "fecosofias" do tal cristo.
    Estamos em guerra e à beira do extermínio, só não vê quem acredita em governos!

    Peço desculpas pela dureza, mas esse maniqueismo com vertente degenerada em todas as versões me dá nos nervos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, caro amigo.
      Primeiro, nunca se desculpe comigo pela sua rascância, visto que ela é sempre bem vinda.

      Segundo, sempre digo a todos que o que me enoja é a canalhice de só apontar para o PT et caterva, quando a corrupção está enraizada até as vísceras no congresso nacional, comandada pelo execrável Cunha.

      Terceiro, repare melhor: o artigo, na verdade, é da Hildegard Angel. Não muda muita coisa, mas o importante são os dados.

      Por fim, se um dia, eu precisar pegar em armas, acredito que não vacilarei. Estou ficando pelas tampas com tanta cretinice grassando livremente. Estou começando a 'resetar'.

      Abraço.

      Excluir
    2. Bom dia Caro FAB,

      Já que a rascancia não o incomoda (o que é prova do reboot mental), vamos dizer que me desculpar é uma mostra de respeito aos seus leitores, visto que os leitores usuais que leem aqui merecem consideração!

      Com relação aos dados, assino embaixo, os números do PT são bem menos vergonhosos.
      Mas é fundamental que entendamos que tais números só existem para legitimar as mudanças que estão armadas e elas são o coup de grâce ou melhor de "desgrace"!
      A agenda maldita de controle total, a lá 1984 al dente!
      Ela está armada para finalizar a diaspora judia para a terra prometida, a terra de ofir!


      Mas você me dizer que a corrupção está enraizada até nas visceras congressais é sacanagem :-D ela está enraizada no poveco, nos excrementos que legitimaram o famoso "sexo anal".

      Eles querem que nós peguemos em armas, será a forma deles legitimarem a "draconiedades" que serão estabelecidas com o apoio dos "fecolovers" e dos politicamente corretos (sic)!
      A forma de entrar nessa guerra não é armado, é fortalecido, é com o espírito borbulhando energia, visto que só espíritos assim podem fazer valer um ditado velho atribuido a buda, nosso mundo nós criamos, tudo o que existe é criação nossa.
      A forma certa de entrar nessa guerra é invocando o ponto de ruptura e ajustando nosso dial na sintonia do extermínio de deus.
      Para isso precisamos matar a alma (alma é um chip colocado nos seres humanos para faze-los "viverem" o mundo de deus, de judeus).
      Pode parecer um tanto enigmático o que coloco, mas com a potência aumentando percebemos melhor o que afirmo.

      Sei que estas resetando, tanto é que busco dar mais "voltagem" em seu blog com a rascância, afinal as pilhas geram energia através da "diferença de potencial" entre a "rascância" (não é exata a colocação, vamos metaforizar para funcionar) e a alcalinidade! :-D

      Abraço

      Excluir
    3. Prezado, quando falei sobre a corrupção congressista, não me esqueci da que existe na humanidade.

      Só que, enquanto a da 2ª é muito mais potencial, a do congresso é oficial, escrachada e cevada a qualquer preço pelos supremacistas, que têm nesses "representantes do povo" a consolidação de sua dominância e abusos.

      Se eliminássemos essa sangria oficial, abriria-se um grande horizonte para trabalharmos uma sadia evolução. Paulatinamente, a coisa melhoraria sensivelmente em uma geração.
      Abraço.

      Excluir
  2. Caro FAB,
    Não citei o fundamental!

    NENHUM GOVERNO PERMITIU O USO DE ARMAS PELO POVO, ALIAS, NÃO FORNECEU ARMAS PARA O POVO, entendendo que o povo É O VERDADEIRO EXÉRCITO DE UM PAÍS!

    Esses lixos entendidos governos tem medo do povo porque são sabotadores assassinos do povo.
    São baratas, aliás, bem piores e mais nocivos!
    Abraço

    ResponderExcluir
  3. Eu gostaria de fazer um complemento sobre o assunto armas.
    Concordo plenamente que a população deve se armar, mas não basta ter arma, tem que saber atirar!
    Para se tornar um atirador razoavel é preciso de pelo menos 1 ano de treino.
    Os cursos, clubes e stands de tiro estão aí, e pelo menos por enquanto nós goys ainda temos acesso a eles.
    Então, independente de qq coisa, treinem, treinem muito.
    Os eleitos do diabo treinam desde criança e possuem stand de tiro nos seus clubes.
    Não vai adiantar nada conseguir uma arma se não souber maneja-la direito.
    Não é para deixar para amanhã, é para ir HOJE a um curso de tiro e começar o treinamento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um grande problema, Eduardo, são os custos. A maioria mal se sustenta, não tendo a menor condição de investir milhares de reais em adquirir uma arma, munições e tudo o mais necessário para tal empreitada.

      Mas o que mais me assusta é o psicológico. De posse de uma arma, muitos covardes se arvorariam a ser corajosos; muitos medrosos perderiam o controle em situações extremas; muitos loucos seriam ainda mais loucos.

      E, nesse fio de navalha, muitos inocentes se perderiam. Realmente, muito difícil!

      Excluir
  4. Pior que faz um tempo li sobre o reino de Ofir, e o Resetado tem razão, vale procurar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma ajudinha:

      http://thoth3126.com.br/o-reino-de-ofir-eo-brasil/

      Excluir
  5. + http://www.filologia.org.br/xv_cnlf/tomo_1/82.pdf

    ResponderExcluir
  6. Caro FAB, como se sente defendendo a maior organização criminosa das AMÉRICAS?
    Todos os partidos são quadrilhas , mas PT é LIXO, VERGONHA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Todos os partidos são quadrilhas , mas PT é LIXO, VERGONHA."

      Caro Ralf.
      PSDB, PMDB e DEM não são, no mínimo, iguais? Você acha que são menos? Veja isto aqui e depois, você me conta:

      http://www.informacoesemfoco.com/2014/07/os-10-maiores-escandalos-de-corrupcao.html#.VwWs3_krLIU

      Excluir