Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


domingo, 30 de outubro de 2016

Ponta do iceberg

Amigos e amigas.
Esta notícia escabrosa, que facilmente figuraria nos depoimentos dos "sobreviventes do holocausto", aconteceu há uns seis anos e tenho certeza de que a esmagadora maioria da humanidade não ficou sabendo. Também, quase não foi divulgada. Ao menos, nem um milésimo da contundência necessária.

Agora, quando os culpados são padres ou qualquer outro que não um judeu, o fato ganha todas as mídias, sendo estampado em primeira página com manchetes garrafais e megafone em todas as televisões e rádios, direcionando a raiva e a exasperação dos oligofrênicos para longe dos "eleitos". O mais indigno é a reação das entidades judaicas protegendo os seus, além das conivência e amparo ianques.

Então, venho novamente reforçar essa história de degenerados pouco divulgada. Que os adestrados de plantão, como o pit bull estadunidense, venham em defesa dos "difamados". Colchetes azuis são meus.
FAB29
Resultado de imagem para pedofilia
Direitos humanos ou um tiro nos genitais
para lixos deste desnível?
Descoberta quadrilha de judeus que produziam filmes pornográficos com crianças que eram assassinadas durante os filmes.
Roma, Itália — As polícias italiana e russa, trabalhando em conjunto, descobriram uma quadrilha de gangsteres judeus que está envolvida com o rapto de crianças e a produção de filmes pornográficos com assassinatos.
Três judeus russos e oito judeus italianos foram presos após a polícia descobrir que eles raptavam, de orfanatos russos, crianças não-judias, geralmente brancascom dois a cinco anos de idade; raptavam as crianças e, então, as matavam durante o filme.
Muitos “clientes” [degenerados] destes judeus, incluindo 1700 nacionais, 600 na Itália e um número desconhecido nos Estados Unidos, pagavam até US$ 20.000,00 para cada filme mostrando as pequenas crianças sendo raptadas e assassinadas [Eles mereciam o mesmo tratamento].
Representantes [morféticos] judeus em uma grande agência de notícias italiana tentaram acobertar a história, mas foram driblados pelos repórteres italianos [Heróis!], que colocaram no ar cenas dos filmes, que foram vistas por mais que 11 milhões de telespectadores italianos.
Os [morféticos] representantes judeus, então, atacaram os executivos da televisão italiana, acusando-os de incentivar a “difamação do sangue” [Hipocrisia com deboche!].
Durante toda a História, vários grupos acusaram os judeus da prática de rituais onde crianças pequenas são assassinadas. Num destes casos, o Hugh de Lincoln liderou a expulsão dos judeus da Bretanha (hoje Grã-Bretanha) no século 13. Apesar dos esforços para abafar, tais casos tinham tanta repercussão que as organizações judaicas [escroques] desenvolveram esse nome para eles: “difamação do sangue”.
A organização estadunidense ADL (Liga Anti-Difamação) foi fundada para defender um judeu, Leo Frank [O último nesta lista de serial killers], acusado de raptar e matar uma menina de 5 anos de idadeMary Fagan, em sua fábrica de lápis em 1913. A ADL dizia que ele era inocente. Uma multidão linchou Leo Frank após o governador [Sem colhões!] ter transformado sua pena de morte em prisão perpétua.
Através das agências AP e Reuters, a notícia da prisão dos judeus foi divulgada, mas os conglomerados jornalísticos dos Estados Unidos se recusaram a divulgar esta história na televisão, novamente alegando que a história colocaria os norte-americanos contra os judeus [Eles veriam que o "povo eleito", protegido pelo seu governo fantoche, não é essa santidade toda].
Na Rússia, quadrilhas de judeus tem sido, de forma progressiva, associadas ao tráfico de “escravos brancos” e prostitutas para Israel, de acordo com uma recente reportagem do Jerusalem Post. Israel faz vistas grossas para a prostituição forçada, e não pune cidadãos israelenses que sejam “proprietários de escravas sexuais, DESDE QUE AS ESCRAVAS NÃO SEJAM JUDIAS.

“E quanto a teu escravo ou a tua escrava que tiveres, serão das nações que estão ao redor de vós; deles comprareis escravos e escravas.

Também os comprareis dos filhos dos forasteiros que peregrinam entre vós, deles e das suas famílias que estiverem convosco, que tiverem gerado na vossa terra; e vos serão por possessão.

E possui-los-eis por herança para vossos filhos depois de vós, para herdarem a possessão; perpetuamente os fareis servir; mas sobre vossos irmãos, os filhos de Israel, não vos assenhoreareis com rigor, uns sobre os outros.” (Levítico 25: 44-46)

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Holocausto e cinzas

Amigos e amigas.
Como sempre e cada vez mais, a democracia mostra seus ares de sordidez e seu fedor. Já falei reiteradas vezes (e o farei mais) sobre as iniquidades inerentes à do Brasil (voto obrigatório é a cereja desse bolo azedo). Nos EUA, estamos mais uma vez defronte às desgraças de lá. Trump vs Hillary; o boca-dura vs a cortesã; a besta vs a reptiliana. Que escolha (se bem que, por aqui, o fedor é maior)! Além do quê, não faz nenhuma diferença quem ocupará o "trono" (vulgo "vaso sanitário") da Casa Branca. Os bastidores, onde a verdadeira História é decidida e o mundo, governado (palavras do premiê judeu Benjamin Disraeli, em 1880), continuam os mesmos.

Entre os dois, eu votaria no do meio, mas preciso ponderar: o entreguismo de Hillary é "bunda e *" ao entreguismo que grassa por aqui, com nosso congresso vendilhão e governo temerário que eu repudio universalmente. A brutal preferência que a grande podre mídia dá à Hillary (em especial, a judaica, que esconde seus podres) é idêntica à que recebem os golpistas por aqui da mídia tupiniquim (inclua-se denúncias de fraudes). A perseguição midiática a Trump (em especial, de mulheres "que teriam sido assediadas pelo magnata por volta de 1980 e em 2005", mas que só agora, na reta final da eleição, criaram coragem? Estranho!...) é similar à que fazem ao PT (virão os paneleiros de plantão dizer: "AHÁÁÁ!!"). Sendo assim, ouso crer que o que tem menos vícios e mais intenções nacionalistas é Trump.

De tudo isso, uma coisa que me causa náuseas é a agenda anti-católica da campanha de Hillary. Segue abaixo uma reportagem com alguns detalhes sórdidos dessa excrescência revelada em vazamentos da Wikileaks e minimizada e tergiversada ao máximo pela mídia "hillarysta", que a defende desviando todos os holofotes às denúncias dos assédios sexuais "trumpistas".

O circo mórbido não pode parar! As engrenagens, ainda que enferrujadas, ainda rodam. Entre mortos e feridos, sobrarão traumatizados, aleijados, obsediados, parasitas a torto e a direito. Mas o mato verde e saudável, isto está garantido para a boiada humana se recuperar.
FAB29

Resultado de imagem para papa francisco anticristão
"A cruz mostra-nos uma maneira diferente de medir o sucesso:
a nós cabe-nos semear, e Deus vê os frutos do nosso trabalho.
E se, às vezes, os nossos esforços e o nosso trabalho parecem gorar-se e não dar fruto,
estamos a trilhar a mesma via de Jesus Cristo;
a sua vida, humanamente falando, acabou com um fracasso:

o fracasso da cruz."
Homilia do papa Francisco em Nova Iorque
A terceira leva de e-mails vazados recentemente pela Wikileaks compromete o círculo político mais próximo de Hillary Clinton, candidata democrata à presidência dos Estados Unidos. Entre os milhares de e-mails divulgados pela equipe de hackers de Julian Assange, os que mais alimentaram a polêmica são os de John Podesta, diretor da campanha presidencial de Hillary.
Os e-mails publicados apontam que o colaborador mais próximo e mais antigo de Hillary Clinton tem a intenção de fomentar o que chama de “Primavera Católica”, infiltrando na Igreja idéias revolucionárias que, no fim das contas, a levem a implodir doutrinalmente.

As infiltrações, que não foram desmentidas pelos democratas, delatam, ainda, a dubiedade da candidata em relação ao controle de fronteiras e à regulação das finanças. Ela própria afirma que é necessário que os políticos tenham, às vezes, uma postura pública e uma postura privada: uma curiosa distorção dos princípios democráticos norte-americanos para tentar justificar o perjúrio.
Enquanto os conteúdos revelados sacudiram a nação norte-americana, muitos outros países têm preferido guardar um silêncio sugestivo a respeito do escândalo.
A Igreja, uma “ditadura medieval”
Os e-mails apresentam uma série de conversas propostas pelo ativista de esquerda Sandy Newman, braço direito de Hillary Clinton, sobre a “revolução” que ele e seu grupo pretendem fomentar no seio da Igreja católica. O próprio assunto da mensagem inicial que ele enviou a John Podesta é explícito: “Início de uma primavera católica? Algumas ideias”.

Sandy Newman, fundador e presidente da organização Voices for Progress, é amigo íntimo do presidente Barack Obama. De origem judaica, ele mesmo admite não saber grande coisa da Igreja e se declara “incapaz” de dirigir a campanha de subversão da doutrina católica. “Mesmo que a idéia não seja uma loucura, eu não estou qualificado para participar dela, nem pensei no modo de espalhar as sementes da revolução, nem em quem poderia plantá-las”.

Ainda assim, ele é direto ao expor sua proposta geral: “Tem que acontecer uma primavera católica, na qual os próprios católicos exijam o fim de uma ditadura medieval e o começo de um pouco de democracia e respeito pela igualdade de gênero na Igreja católica”.

John Podesta o tranquiliza e pede que Sandy confie nele e nos seus amigos, que já criaram organizações explicitamente concebidas para infiltrar-se na Igreja católica a fim de inserir dentro dela uma ideologia “progressista”. No entanto, Podesta avisa que o momento não é ideal para uma revolução total… pelo menos por enquanto:
Já criamos a Catholics in Alliance for the Common Good [Aliança de Católicos pelo Bem Comum] para nos organizarmos em momentos como este. Mas acho que ainda falta liderança para agir agora. O mesmo acontece com a Catholics United [Católicos Unidos]. Como na maioria das ‘Primaveras’, acho que esta aqui vai ter que acontecer de baixo para cima”, escreve Podesta.

Católicos tratados com desprezo
A conversa manifesta o desprezo dos progressistas radicais pelos católicos e pela Igreja.
O professor John Halpin, do think-tank democrata Center for American Progress, enviou a Podesta, em 2011, uma mensagem com afirmações agressivas contra o então diretor da rede Fox News, denegrindo a sua fé católica.

Halpin também arremete contra os católicos em geral numa conversa com Podesta e Jennifer Palmieri, diretora de comunicação da campanha de Hillary. “Eles se sentem atraídos por um pensamento sistemático e gravemente retrógrado no tocante às relações entre os sexos e devem ignorar totalmente qualquer idéia de democracia cristã”, julga ele.

A diretora de campanha concorda: “Suponho que eles imaginam que a sua religião é a mais conservadora e aceitável política e socialmente”.

Halpin prossegue, atacando com meras impressões subjetivas e generalizações a respeito de temas que ele próprio afirma que sequer entende: “Eles podem sair por aí soltando suas idéias tomistas e seu princípio de subsidiariedade para parecerem sofisticados, mas, na verdade, ninguém entende de que diabos estão falando”.

Insulto contra milhões de pessoas
O presidente da Câmara dos Deputados dos EUA, Paul Ryan, republicano eleito pelo Estado de Wisconsin, condenou os comentários:
Desdenhar da Igreja católica tachando-a de ‘gravemente retrógrada’ é um insulto contra milhões de pessoas de todo o país. De qualquer modo, essas declarações revelam a atitude hostil da campanha de Hillary Clinton contra as pessoas de fé em geral. Todos os americanos crentes deveriam considerar com seriedade este assunto e decidir se estes são os valores que queremos ver representados em nosso próximo presidente. Se Hillary Clinton continuar empregando pessoas intolerantes e preconceituosas, fica claro onde estão as prioridades dela”.

Os “cavalos de Troia” da revolução
A organização Catholics in Alliance for the Common Good foi fundada porTom Periello em 2005. Em seu conselho de administração está Fred Rotondaro. Ambos estão ligados aoCenter for American Progress, fundado por… John Podesta. Rotondaro advoga regularmente pela ordenação sacerdotal de mulheres.

A Catholics United foi criada em 2005 por dois ativistas democratas, Chris Korzen e James Salt. A organização censurou os bispos que se negaram a dar a comunhão a políticos favoráveis ao aborto e critica rotineiramente o que chama de “tentativa vergonhosa de usar os sacramentos católicos como arma política”.

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Lixo judiciário

Resultado de imagem para corrupção judiciário
Amigos e amigas.
Este ano de 2016 ficará marcado na História como o ano em que o Judiciário brasileiro (em especial, o STF, na bufa figura de Gilmar Mendes) naufragou. Sua credibilidade já capenga foi desmoralizada de vez e atirada ao esgoto por uma leva de absurdos e arbitrariedades. Não bastasse sua morosidade (o Moro não escapará nunca), com milhões de processos entupindo suas "despensas", e casos tragicômicos como este, ele ter bovinamente chancelado o circo de horrores perpetrado pelo Congresso no kafkiano impeachment da Dilma foi o ápice da sua nulidade e a implosão de sua moral.

Evitarei ao máximo remoer a quantidade colossal de covardias, mas cito novamente estes dois artigos de Maria Inês Nassif para que comecem a visualizar o tema do post. E, para sacramentar, os três maiores exemplos recentes de toda essa gama de iniquidades legais:

- O patético e vexatório show do procurador Dellagnol, com seu 'powerpoint' demonstrando o Lula como o "Poderoso Chefão", culminado com a 'anta'lógica frase: "Não temos provas, mas temos convicção!";

- A parcialidade do 'semideus' Moro em aceitar tal denúncia sem provas e, nesta mesma toada, mandar prender outro petista célebre (Palocci) "por falta de provas". Se tivesse provas, mandaria executá-lo?

- O caso da juíza no Pará que, em 2007, mandou prender uma adolescente junto com 30 homens por 26 dias e foi recentemente "punida" por seus pares com 2 anos de férias remuneradas.

Em face disso tudo, antecipo: o alvo maior, Lula, não escapará da prisão. Não por ser culpado, nem por já terem as provas necessárias; pura e simplesmente para evitar que o entreguismo acelerado do país seja atrapalhado, situação financiada pelo capital apátrida que está prestes a tomar posse dos principais recursos (petróleo e água) e capitaneada pelo seu peão-mor Temer. Sabem bem que, se permitirem sua candidatura em 2018, há grande risco dele vencer e tais parasitas terão mais trabalho para finalizar tal agenda.

Tudo o que está ocorrendo "dentro da lei" e com a vibração histriônica dos oligofrênicos só visa esse impedimento. Passado o prazo de candidatura, tudo voltará ao normal em pouco tempo e Lula será devidamente relegado e perdoado, como já está acontecendo com o "tenebroso e maldito" José Dirceu. Já em meio a toda essa sanha de acusações contra o PT e seus componentes, essa Justiça se esmera em blindar todos os outros denunciados (Renan, Sarney, Jucá, Aécio, Serra e uns dois terços do Congresso). Até mesmo o Cunha (acusação retirada pelo Moro) e esposa (passaporte devolvido pelo Moro) estão sendo beneficiados. Essa notícia recente de que Moro acatou a denúncia contra Cunha é pífia e só serve para manter os paneleiros em seus cabrestos, felizes e esperançosos, além de avalizar a prisão de Lula sem que o acusem de notória seletividade.

Neste país de desdentados, alienados e comodistas, não podemos almejar, sequer imaginar um estado de coisas menos apodrecido. E a instituição que deveria cuidar da justiça para todos se reduziu a uma mera espectadora conivente e conveniente, lutando apenas para tentar manter um mínimo da aura de importância e dignidade inerente a ela. Além de todos os seus privilégios, logicamente.
FAB29

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Gaza milionária!

Amigos e amigas.
Volto a este assunto por causa desta notícia, que mostra a crueza, a sordidez e a hipocrisia do "estado judeu" contra todos aqueles que tentam burlar seu sistema de aprisionamento dos palestinos na Faixa de Gaza para levar ajuda humanitária. No texto abaixo, a desfaçatez é a tônica, afirmando que Gaza é uma região privilegiada, com riquezas e pujança que poucos países possuem.

Dêem uma lida (ou relida) seguindo os links propostos e acessem a notícia do link acima para complementar. Parênteses em azul são meus.
FAB29

Resultado de imagem para A taxa de pobreza em Gaza é de 16%
Da canetada da ONU em 1947 às espoliações de terras subseqüentes,
muitas covardias judaicas, com a complacência da humanidade.
"Os leitores regulares têm visto essas (terríveis) histórias/fotos antes sobre Gaza. Agora, o pessoal do 'The Religion of Peace' gentilmente coloca-nas todas juntas em uma visão concisa do que a vida realmente é para o povo de Gaza. Pró-Palestinianos/ativistas anti-Israel: prestem atenção.

Após a retirada unilateral das forças de segurança de Israel, em 2005, ninguém pode alegar que a Faixa de Gaza é "território ocupado"Na verdade, o único sítio a que o povo de Gaza está submetido é o que eles trazem em si mesmos  (Nem 'sitiado' pode? Vão dizer que os palestinos podem ir e vir normalmente?). Seu governo usa ajuda humanitária doada para contrabandear foguetes, que são disparados contra centros populacionais israelenses. (Mas, de onde vem o dinheiro pra sustentar tanta pujança?) Quando isso falha em provocar conflito em Israel, terroristas palestinos cruzam a fronteira e tentam seqüestrar ou matar israelenses em sua própria terra (Que os palestinos afirmam, com razão, ser deles).

Da mesma forma, não há absolutamente nenhuma fome em Gaza. Os palestinos recebem enormes quantidades de assistência gratuita vindas do resto do mundo (Então, israel não bloqueia com violência as tentativas de ajuda humanitária aos palestinos? Tá bom!) e são tão bem alimentados que os territórios são, na verdade, o oitavo "país" com mais obesos no mundo, segundo a Organização Mundial de Saúde. (Incríveis dados de 2003! Pela ordem: Líbano, Catar, Kwait, Panamá, EUA, Chipre e Arábia, sendo Inglaterra, em 11º, e Alemanha, em 12º, os grandes europeus mais bem colocados! A Europa se alimenta mal ou só está de dieta?)

Quando se trata de Gaza e da vida dos palestinos "refugiados", a diferença entre o mito e a realidade é tão dramática que a percepção quase se torna realidade em sua cabeça. Saúde e qualidade de vida nos territórios são muito superiores à média da maior parte do mundo - e não apenas onde as pessoas mais estão precisando, como a África, mas, mesmo em países desenvolvidos, como China e áreas da América do Sul.

A taxa de pobreza em Gaza é de 16% - aproximadamente igual à Espanha, Alemanha e Califórnia. A taxa de pobreza é realmente maior na Grécia, a maior parte da UE, e até mesmo partes dos Estados Unidos, como Washington DC. Como o pesquisador Daniel Greenfield apontou, em 24%, que a taxa de pobreza em Israel, na verdade, é 50% maior do que em Gaza! (Daí, verificamos no ranking da pobreza deste link que Gaza está em 43º e israel, em 102º. Além do mais, por que Israel vive se gabando de sua invejável qualidade de vida - saúde, educação, tecnologia,...?)

Os moradores de Gaza recebem ajuda alimentar por mês per capita mais livre do que qualquer outra pessoa no mundo (Há dados que provam que os israelitas recebem mais dinheiro que qualquer outra pessoa no mundo em ajuda estadunidense) incluindo aqueles que vivem em regiões atingidas pela fome. A Somália, por exemplo, recebe, em média, sete vezes menos em ajuda. O Zimbábue, com uma expectativa média de vida de 46 anos, também recebe cerca de sete vezes menos em ajuda alimentar do que a média do residente de Gaza - que tem uma expectativa de vida de 73 anos (ainda maior do que na Rússia, Malásia e no vizinho Egito) (Se nenhuma bomba ou tiro os pegarem).

Parece que, enquanto os palestinos mostram um lado para visitantes crédulos e os meios de comunicação internacionais, os contribuintes ocidentais estão subsidiando realmente algo completamente diferente." (Fala-se o mesmo de Israel. Mas vejam neste link de um baba-ovos de 'estado judeu' o quanto é "livre e agradável" morar em Gaza sob estreita vigilância israelita).

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Desonestidade

Amigos e amigas.
A desonestidade é a célula-máter da corrosão da humanidade. É um dos elementos que formam o tripé de sustentação dos grandes parasitas, completado pela imoralidade e pela impiedade. Ela permeia todos os níveis, classes sociais e departamentos da sociedade organizada (político, jurídico, empresarial, eclesiástico,...) e está personificada em dois tipos de pessoas:

Resultado de imagem para pedofilia
O pior de todos os degenerados.
- O corruptor: o 'Poderoso Chefão', aquele determina cada vão detalhe dos acontecimentos, sendo incontestável, investindo, cooptando, convencendo por qualquer meio, da sedução com vantagens, cargos e dinheiro até a exasperação por ameaças, extorsão e atentados. Do pedófilo que apodrece a inocência a um magistrado que a chancele. o corruptor é o ápice da podridão, o maior dos degenerados, o mais desprezível dos seres que destrói aos milhares por vez.

- O corrupto: o obediente seduzido, aquele fraco, inútil e candidato a ser um eterno NADA, que aproveita qualquer chance para tentar diminuir ou disfarçar sua imensa pequenez, servindo de capacho, escudo e papel higiênico a seus mestres. Sua 'filosofia' para obliterar um fortuito sentimento de culpa é: "A chance apareceu. Se eu não a pegar, outro vai pegar de qualquer jeito!". Portanto, ele se perdoa e se rejubila por estar 'no lugar certo, na hora certa, na situação certa'.

O corrupto pode ser um "parasita menor", mas nem por isto, é menos podre, degenerado e desprezível, além de existir numa quantidade imensa. Em sua maioria, são dissimulados, aparentando ser, às vezes, inofensivos e simplórios; outras, travestidos com uma aura de respeitabilidade; outras ainda, populares e maleáveis. Tudo o que for necessário para seduzir os incautos e fazer deles seus provedores inadvertidos, seus hospedeiros ou seus escravos.

Disse um filósofo contemporâneo: "Uma pessoa desonesta não tem amigos; tem cúmplices". E quem não é nenhum dos dois tipos citados, mas se faz amigo ou mesmo condescendente de um deles não passa de um infeliz, o maior e mais merecido candidato a padecer calado, alegremente conformado e acomodado pelas 'facilidades' proporcionadas pelos seus feitores. Já é mais do que merece!

Quanto à minoria minimamente pensante, inconformada e contestadora (da qual eu orgulhosa e humildemente faço parte), restam-lhe duas opções: continuar insistentemente batendo no status quo apodrecido e em seus defensores (conscientes ou não) ou abandoná-los total e completamente, passando a viver apenas a própria vida junto aos que exclusivamente ama ("Viva e deixe morrer!" Sempre!). Afinal, espaço no mundo é o que mais tem e condições de desenvolver uma vida plena apenas se aproveitando de laivos e sobras da imensurável produtividade escrava mundial existem.

Ainda faço parte (burramente?) do primeiro time. Só não imagino até quando vou aturar essa oligofrenia coletiva masoquista.
FAB29

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

País do Imposto e da Impostura

Resultado de imagem para brasil política
Reciclagem urgente!
Amigos e amigas.
Quem me acompanha, já sabe o quanto este meu país me exaspera política e socialmente. Os últimos acontecimentos patrocinados pelos grandes parasitas mundiais, executados por seus fantoches tupiniquins e chancelados pelo povinho, que causaram uma ruptura grosseira na ordem estabelecida por uma democracia ainda que capenga, risível e vacilante, porém existente, acabaram com minha paciência.

Apesar de não ser nenhum fã de nenhum tipo de governo e pregar uma desobediência civil, sou ferrenho inimigo dos que atropelam sem ter razão o que está estabelecido, simplesmente para tomar o poder e escrever a História ao seu bel prazer. Seres imorais, vendidos e inescrupulosos, a pior casta que há, são predominantes nas decisões que direcionam o destino da humanidade. E esses tipinhos nocivos estão aprimorando cada vez mais sua capacidade de sugar seus hospedeiros.

Após a ruptura supracitada, uma leva de aberrações jurídico-político-midiáticas aflorou com tudo, capitaneada pelo "paladino semideus" Sérgio Moro, avalizada pelo bovino STF e incensada pela grande podre mídia. Desde a cinematográfica condução coercitiva do Lula e a aceitação da denúncia contra ele baseada em "convicção sem provas", passando pela incompetência "morosa" de ''apenasmente' notificar a mulher do Cunha, pelos sucessivos arquivamentos de processos contra PSDB e PMDB, pela esdrúxula detenção de Guido Mantega enquanto ele estava no hospital com sua esposa e chegando à prisão de Palocci "por falta de provas", tudo o que este país de baratas pode almejar é o esgoto da História. E o povinho se resume a ficar em stand by, à espera das ordens de seus feitores.

A primeira resposta a esse estado de exceção veio na última eleição, quando houve vários casos onde votos nulos, brancos e abstenções venceram os vencedores. Resposta, sim, tímida, sem a devida contundência, sequer paregórica, mas demonstra que o repúdio existe e pode ser potencializado.
Resultado de imagem para brasil impostos
"...lucram!"
Mas a maior prova da oligofrenia coletiva é a aceitação-zumbi da maior carga de impostos do mundo. O brasileiro paga estupidamente e sem se indignar ou se revoltar impostos altíssimos descontados na fonte ou embutidos em todos os tipos de mercadorias, além de taxas e juros bancários estratosféricos. Selecionei daqui exemplos do percentuais de impostos em mercadorias, destacando os que me pareceram mais interessantes:

Aparelho MP3 ou iPOD                    49%
Água38%
Água c/ açúcar e edulcorantes (h2o)53%
Água de coco34%
Água-de-colônia (nacional)50%
Água mineral44%
Água oxigenada41%
Água sanitária26%
Arma de fogo (revólver)                     72%
Bola de futebol                                   46%
Brinquedos                                        40%
Bronzeador49%
Cachaça                                           82%
Cachimbo61%
Caipirinha                                         77%
Caneta                                             48%
Casa popular    48%
Casaco de pele vison                    82%
Cerveja                                           56%
Champagne                                    59%
Charuto/ cigarrilha                          62%
Chope                                             62%
Cigarro                                            80%
Conta de água                                24%
Conta de luz48%
Conta de telefone                           46%
Cosméticos                                    55%
Desodorantes                                 37%
Diesel                                             41%
Espumante                                    60%
Fogos de artifício                          62%
Gasolina                                        53%
Jogos vídeo                                  72%
Jornal                                            14%
Juros bancários         26%
Maquilagem                                  56%
Mesa de bilhar (sinuca)                62%
Moto (acima de 250 cc)                65%
Papel higiênico (com 4 rolos)       40%
Perfume importado                        78%
Perfume nacional69%
Playstation                                     72%
Serviço de TV por Assinatura        46%
Telefone celular                              40%
Telefonia46%
Televisor45%
Universidade (mensalidade)          26%
Urna funerária36%
Vermute                                          62%
Vodca                                              82%
Whisky61%

Cada qual que opine conforme seu grau de susto ou de asco. No meu caso, estou começando a tornar parte intrínseca do meu ser duas expressões: "Cada qual que cave o seu!" (Noel Rosa) e "Viva e deixe morrer!" (James Bond). A conjunção das duas, na minha idiossincrasia, se resume numa terceira, de minha autoria: Cuido só da minha vida e ajudo só os que amo!

O desprezo ao status quo e a aversão ao politicamente correto são a síntese de como vejo e o que sinto pela pobreza da humanidade, chafurdada em todos os tipos de tabus, superfluidades, autopiedades e tudo o que a mantém anestesiada no limbo. E deste riquíssimo país, pródigo em desigualdades, inconsciência e passividade obediente, não espero muita coisa ao seu povo, além de servir de repasto e escravo feliz com as pseudo benesses (migalhas mofadas) delegadas a ele. Que a terra lhe seja leve.
FAB29