Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


domingo, 30 de outubro de 2016

Ponta do iceberg

Amigos e amigas.
Esta notícia escabrosa, que facilmente figuraria nos depoimentos dos "sobreviventes do holocausto", aconteceu há uns seis anos e tenho certeza de que a esmagadora maioria da humanidade não ficou sabendo. Também, quase não foi divulgada. Ao menos, nem um milésimo da contundência necessária.

Agora, quando os culpados são padres ou qualquer outro que não um judeu, o fato ganha todas as mídias, sendo estampado em primeira página com manchetes garrafais e megafone em todas as televisões e rádios, direcionando a raiva e a exasperação dos oligofrênicos para longe dos "eleitos". O mais indigno é a reação das entidades judaicas protegendo os seus, além das conivência e amparo ianques.

Então, venho novamente reforçar essa história de degenerados pouco divulgada. Que os adestrados de plantão, como o pit bull estadunidense, venham em defesa dos "difamados". Colchetes azuis são meus.
FAB29
Resultado de imagem para pedofilia
Direitos humanos ou um tiro nos genitais
para lixos deste desnível?
Descoberta quadrilha de judeus que produziam filmes pornográficos com crianças que eram assassinadas durante os filmes.
Roma, Itália — As polícias italiana e russa, trabalhando em conjunto, descobriram uma quadrilha de gangsteres judeus que está envolvida com o rapto de crianças e a produção de filmes pornográficos com assassinatos.
Três judeus russos e oito judeus italianos foram presos após a polícia descobrir que eles raptavam, de orfanatos russos, crianças não-judias, geralmente brancascom dois a cinco anos de idade; raptavam as crianças e, então, as matavam durante o filme.
Muitos “clientes” [degenerados] destes judeus, incluindo 1700 nacionais, 600 na Itália e um número desconhecido nos Estados Unidos, pagavam até US$ 20.000,00 para cada filme mostrando as pequenas crianças sendo raptadas e assassinadas [Eles mereciam o mesmo tratamento].
Representantes [morféticos] judeus em uma grande agência de notícias italiana tentaram acobertar a história, mas foram driblados pelos repórteres italianos [Heróis!], que colocaram no ar cenas dos filmes, que foram vistas por mais que 11 milhões de telespectadores italianos.
Os [morféticos] representantes judeus, então, atacaram os executivos da televisão italiana, acusando-os de incentivar a “difamação do sangue” [Hipocrisia com deboche!].
Durante toda a História, vários grupos acusaram os judeus da prática de rituais onde crianças pequenas são assassinadas. Num destes casos, o Hugh de Lincoln liderou a expulsão dos judeus da Bretanha (hoje Grã-Bretanha) no século 13. Apesar dos esforços para abafar, tais casos tinham tanta repercussão que as organizações judaicas [escroques] desenvolveram esse nome para eles: “difamação do sangue”.
A organização estadunidense ADL (Liga Anti-Difamação) foi fundada para defender um judeu, Leo Frank [O último nesta lista de serial killers], acusado de raptar e matar uma menina de 5 anos de idadeMary Fagan, em sua fábrica de lápis em 1913. A ADL dizia que ele era inocente. Uma multidão linchou Leo Frank após o governador [Sem colhões!] ter transformado sua pena de morte em prisão perpétua.
Através das agências AP e Reuters, a notícia da prisão dos judeus foi divulgada, mas os conglomerados jornalísticos dos Estados Unidos se recusaram a divulgar esta história na televisão, novamente alegando que a história colocaria os norte-americanos contra os judeus [Eles veriam que o "povo eleito", protegido pelo seu governo fantoche, não é essa santidade toda].
Na Rússia, quadrilhas de judeus tem sido, de forma progressiva, associadas ao tráfico de “escravos brancos” e prostitutas para Israel, de acordo com uma recente reportagem do Jerusalem Post. Israel faz vistas grossas para a prostituição forçada, e não pune cidadãos israelenses que sejam “proprietários de escravas sexuais, DESDE QUE AS ESCRAVAS NÃO SEJAM JUDIAS.

“E quanto a teu escravo ou a tua escrava que tiveres, serão das nações que estão ao redor de vós; deles comprareis escravos e escravas.

Também os comprareis dos filhos dos forasteiros que peregrinam entre vós, deles e das suas famílias que estiverem convosco, que tiverem gerado na vossa terra; e vos serão por possessão.

E possui-los-eis por herança para vossos filhos depois de vós, para herdarem a possessão; perpetuamente os fareis servir; mas sobre vossos irmãos, os filhos de Israel, não vos assenhoreareis com rigor, uns sobre os outros.” (Levítico 25: 44-46)

18 comentários:

  1. Exatamente caro FAB!

    Quando ocorrem descobertas de transgressões cometidas pela Igreja Católica a mídia propaga alto e vastamente tal notícia, mas quando são os judeus, a notícia saia com o máximo de discrição e timidez possível...

    E sempre bem colocada tal extração bíblica...


    Agora, porque raios os cristãos arrastaram para seus ensinamentos de Jesus e outros que hoje nem conhecemos mas que deviam partilhar dos ensinamentos cristãos aberrações como estas do Velho Testamento?

    Daí a arenga de sempre, Paulo é judeu, Pedro é judeu, e trouxeram a epopeia judaica para o cristianismo... poderiam ter como base qualquer religião tradicional, zoroastrismo, hermetismo, orfismo, mitraismo ou qualquer outro culto solar, que apesar de poderem ter, umas mais, outras menos, pontos decadentes, seriam reformadas ou no mínimo polidas de algumas grosserias por Jesus, tal como Pitágoras fez no orfismo, Buda no Bramanismo em alguma medida... mas não, trouxeram o Velho Testamento...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São as contaminações e distorções que acabam apodrecendo as melhores coisas, caro Tannhauser.

      O Paulinismo bíblico é uma adaptação mal feita dos ensinamentos de Jesus. Vários dogmas (Pecado Original e Expiação dos nossos pecados pela Crucificação, p. ex.) foram criações desse ser atormentado.

      A Palavra é muito mais forte a amplo do que os 47% do "NT paulínico" nos mostra.
      Abraço.

      Excluir
    2. Meus caros, aí que está, Jesus arrumou a grosseria 'hamurábica' da Torá talmúdica "tal como Pitágoras fez no orfismo, Buda no ...". Entre outras, a Carta aos Gálatas escrita por Paulo é toda só pra isso. Foi escrita pra ensinar, mostrar, advertir que "as coisas velhas se passaram e eis que tudo se fez novo" como lemos em 2ª Coríntios 5: 17 também.

      Um exemplo gritante, e deveria ser suficiente, dessa mudança é que os judeus tinham um Tabernáculo (tenda que depois virou Templo), enquanto os cristãos SÃO o Tabernáculo ou Templo de Deus. Os judeus tinham Deus morando FORA deles no tal do Tabernáculo, já os cristãos (verdadeiros) têm Deus morando DENTRO deles. O cristão É O Templo de Deus agora na Terra. São um progresso e diferenças enormes.

      E entendo que um dos motivos por se ter o VT no mesmo volume que temos o NT, é mostrar o contraste, a ruptura, a quebra do VT e a "arrumação" proporcionada no NT.

      Ainda, tudo que está no NT está nas entrelinhas do VT. Diria que não é o NT, é o VT que foi total ou parcialmente deturpado. Insisto para lermos a interessante obra "O Fator Melquisedeque" de Don Richardson, temos-la em PDF.

      Excluir
    3. Caros, o fundamental é aceitarmos de uma vez por todas o fato que judeus não são humanos, e temos que parar de dizer que eles são maus, ou depravados, ou qualquer coisa, eles são pura e simplesmente OUTRA ESPÉCIE.
      Para um judeu não é assassinato matar humanos (gentios), basta ler o velho testamento, então devemos começar a entender que a recíproca também é verdadeira!
      Com essa simples medida, ou seja, imitarmos eles em todos os mandamentos bíblicos do velho testamento, só o que temos que mudar é onde está escrito judeu, escreve-se gentio, e onde está escrito gentio, escreve-se judeu, é de uma banalidade apavorante!
      Todos os problemas serão sanados!

      Excluir
    4. Gorilas e chimpanzés também são outras espécies e são legais para caramba, meu caro. Os maus e depravados merecem o "olho por olho, dente por dente, fratura por fratura".

      Passei há algum tempo a concordar inteiramente com essa sua tese de seguir o VT com essa sutilíssima alteração.

      Excluir
    5. Caro FAB, e quem comparou primatas com golens?
      Primatas são outras espécies, oriundas todas do ser humano ( o judeu também, mas os métodos diferem em tudo), o gorila foi mutação dos negros (Observe a saemelhança facial com o negro), os orangotangos são mutações dos asiáticos (observe o rosto dele "amassado" como são os rostos de asiáticos), os gibões são mutações do indiano (observe a semelhança com inclusive os braços longos dos indianos, o gibão é o primata mais "braçudo"), o chimpanzé é algo ainda indefinido em meu estudo, achava que era do caucasiano, tanto é que eles tem diversos tons de pele e de padrões de cor ocular, mas a bestialidade do chimpanzé me remete a uma mutação de um protojudeu.
      E nao por acaso esse antropóide é visto pelos "doutos" como o mais "inteligente", uma alusão a presunção judia e cristã, o que nos leva de novo a dúvidas sobre a origem desse antropomutante.
      E os bonobos, chimpanzés pequenos são talvez os descendentes dos caucasianos.
      Para entender o que digo é fundamental aceitar que o ser humano está a milhões de anos sobre a terra e a cada "geração existe uma colheita, ou seja, a cada cinco, seis mil anos a colheita é feita e uma nova geração é feita.
      Para aceitar que o ser humano não é o que boçais antropólogos e arqueologos dizem, deixo uma obviedade citada por Robert Charroux, se todos os animais fazem suas moradas, se todos os antropoides fazem suas moradas (camas em árvores cobertas por folhas via de regra), porque maldita razão o ser humano seria o único a morar em cavernas, os ditos homens das cavernas?
      Só um idiota acredita em homens das cavernas!
      As cavernas, representações uterinas eram as catedrais dos animistas, eles veneradores da força geradora feminina (não existia viadagem de ajoelhar para falos naquela época) entravam nas cavernas para receber energia telúrica favorável ao deslocamento da consciência.

      O ser humano caiu em uma armadilha cósmica regida pela entidade parasitária que a boçalia chama deus.
      E desde então somos enredados mais e mais dentro de um esquema degenerativo que só garante a nós humanos como "chesters" de aberrações extraterrestres, somos os animais transgênicos que alimentam essa aberração.
      E os judeus são os policias de deus, são as armas letais, os sicários divinos, foram feitos de ser humano escolhido a dedo dentre todos, o mais lixo, o mais abjeto , o mais manso, o mais traidor virou adão e foi mutado, e dele foi extraida uma fêmea mutante, a eva, algo com setup de macho (foi feita de macho) ou seja, uma fêmea que dá para qualquer um, uma fêmea com agonia genital como homem, foi essa peça que garantou a degeneração sexuando com todos e gerando fêmeas entusiasmadas com a desseleção, hoje em dia graças a eva e adão somos todos em alguma porcentagem judeus!
      Resumo da ópera: O dito deus disse em deuteronômio que toda a terra seria dos judeus, e realmente aconteceu!
      Eu prefiro acordar meu setup TERRENO, como a matriz é terráquea, basta que aceitemos isso de forma absoluta e conseguimos deletar o gene judeu.
      Essa é a forma mais limpa de eliminar o judeu, eliminando o judeu que existe em cada um de nós!

      Excluir
    6. Minha observação foi com o simples intuito de dizer que os maus são maus e pronto! Precisam ser obliterados.

      De resto, interessantes ponderações.

      Excluir
    7. "Chesters", vampiro?! ... rs Fala sério.
      https://encrypted-tbn2.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcQgLkcvBUpi3U3Q7y3PuPc6eLuDm_iRNFOGhmQQMpv3E1ysAVhv

      https://encrypted-tbn2.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcRTZYTwnrCB7aSg2CQibABs7RsijlMpTy9MSmbNcqUBH674Cd_-

      O que será que seu ídolo xamã tolteca tem a dizer?

      Em verdade foi Deus através de Jesus e Sua Igreja que nos livrou desse xamanismo que via e vê os outros como "chesters" para si e para as suas mais absurdas "divindades cósmicas" ou não.

      Acaso a sua mãe entra no rol daquelas "fêmeas" vituperadas? Ou você nasceu como, caro aprendeu a ler sozinho?

      Só fala bobagem e tropeça nas próprias asneiras (não dá pra chamar isso de ideia).

      Excluir
    8. Caro Resetado, o macaco surgiu do humano ou o humano surgiu do macaco(Evolução)? Vi que na sua concepção o macaco é um mutante do humano, o macaco seria a involução do humano? Há seres com sindrome de down que tem fisionomia com os orangotangos por uma mutação genetica. O ser Down seria o "meio termo" desta mutação?

      Excluir
  2. Caro Paulo, o fato dos primatas terem vindo dos humanos em minha visão não quer dizer que houve uma involução, ao contrário, acredito que o único a não evoluir, mas sim continuar a saga anterior é o chimpanzé, um personagem bastante demente, bastante humano.
    Acredito que pós hecatombe pré diluviana, há alguns milhões de anos, os sobrantes se adaptaram de acordo com suas localizações e características fisiológicas e fisionômicas, e ao longo do tempo foram voltando a ter as qualidades inerentes aos animais, as ferramentas e armas fundamentais a evolução.
    Poderiamos dizer que os antropóides são os humanos "desdebicados".
    Se observar vai ver que o humano é totalmente desequipado para a defesa ou proteção, não tem unhas fortes, não tem caninos robustos, não tem pelo protetor...
    Ele parece que foi "melhorado" para corte, ele foi debicado pela aberração deus e seu séquito.
    Uma forma fácil de entender esse processo são os porcos, porcos e javalis são o mesmo animal, só que um deles é sedentário e o outro chucro, selvagem.
    Geneticamente são exatamente iguais.
    Há algumas décadas atrás uns pecuaristas trouxeram para o brasil o javali por conta de febres gastronômicas de carne de caça (um esquema de degustar defunto caçado sem precisar sujar as mãos com a carnificina), e esses javalis não foram tão aceitos e os pecuaristas soltaram esses animais ferocíssimos na natureza, eles se reproduzem como porcos e não tem inimigo natural do porte deles, um javali macho adulto chega a 250 kilos enquanto o maior jaguar não passa dos 120 kilos, e os javalis são muito bem equipados para combate com mandíbulas poderosíssimas.
    As porcas das adjacências de regiões infestadas de javalis são insemiadas pela javalizada e o resultado são os "javaporcos" uma raça hibrida também muito feroz, essa raça já tem inclusive um pelo bem mais denso, bem mais protetor que os pelos patéticos de porcos domésticos, e as presas já são pronunciadas, são porcos "dessedentarizados".
    Os antropóides eram humanos dessedentarizados sem humanos selvagens para doar semem, o resultado foi mais lento e em função das variantes que já comentei.
    Esses humanos dessedentarizados foram bem sucedidos no regresso às origens.
    Com relação aos com síndrome de down, pode até ser, entretanto o prejuizo situacional de um down é patente, eles são menos equipados, eles parecem tão sonolentos ou dispersos que nada é assimilado.
    Animais com down não sobrevivem na natureza, tem até um gato famoso na internet pela "cara" de puto que ele tem, mas na verdade o bicho tem sindrome de down, ele só está vivo porque é criado por alguém, na natureza acredito que as fêmeas rejeitem a cria com down.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo isso, meu amigo, foi fruto de suas observações, estudos e análises ou há quem siga essa mesma vertente? Já tem textos assim no "Resetando"? Gostaria de lê-los.

      Excluir
    2. Caro FAB, foram frutos de observação, o que sempre afirmo é que a única forma de raciocinarmos é triangulando, visto que tudo que nos é transmitido é falso, é sabotatório, é obliteração do bom senso com objetivos claros de destruição da espécie humana.
      Nunca vi ninguém seguir essa vertente, entretanto já observo que as propostas que coloco estão fazendo surgir muito "pensador" com propostas empenadas calçadas no que digo. Defender o que coloco exige potência mental e essa turma não entende isso, e acham que podem defender a proposta só no argumento. Isso só é possível se potentes.
      No resetando os textos são muito digressivos, pois tenho que partir do zero até chegar às propostas, isso faz com que eu escreva sobre tudo de forma muito distribuida, mas acho que eu já comentei sobre isso lá, acho que tem um post que falo sobre as metodologias estúpidas dos antropólogos e arqueólogos.
      Mas não lembro qual.
      É evidente que usei de estudos de outros para substanciar minhas análises.
      Todos os materiais de arqueologia e antropologia proibidos são boas fontes de pesquisa.
      Observando as evidências de que não estamos a pouco tempo sobre a Terra, percebi que as coisas alegadas fatos nao se sustentavam sob a triangulação dos fatos.
      É fundamental o estudo da etologia, da física, da biologia, da geografia, da química, de todas as compartimentadas ciências que por si sós nada revelam ou esclarecem, mas que entendidas de forma epistemológica, holística e polimática nos dão um fantástico esboço de um jogo que foge em muito a imaginação da mais criativa mente humana.

      Excluir
    3. Caso se lembre de algum texto seu nesse tópico, favor me indicar. Creio que outros além de mim se interessarão.
      Abraço.

      Excluir
    4. Grande FAB, eu realmente não me lembro!
      E nem sei como achar sem ler os textos!
      Mas sei que o sapo tem um search pelos tags, daí eu sugeriria que colocassem lá os tags: arqueologia, antropologia, humano, antropoide, chimpanzé, gorila, orangotango, gibão

      Com esses tags acredito que é possível chegar oas textos que falo do assunto.
      Até porque com os tags o resultado pode ser mais abrangente, pois vai listar todos os posts (eu acho) nos quais eu falo dos assuntos relativos.
      Mais que isso é complicado, pois os temas muitas vezes vem dirpersos em meio a temas aparentemente diferentes.
      É isso.
      Abraço

      Excluir
    5. Digitei "Chimpanzé" e deu isto:

      http://resetandobrain.blogs.sapo.pt/search?q=chimpanz%C3%A9

      Poderia me orientar em qual poderia estar o assunto?

      Excluir
    6. @ Vampiro,

      estude Ibn Khaldun. O sujeito é uma verdadeira potência: "foi um polímata árabe — astrônomo, economista, historiador, jurista islâmico, advogado islâmico, erudito islâmico, teólogo islâmico, hafiz, matemático, estrategista militar, nutricionista, filósofo, cientista social e estadista."
      https://pt.wikipedia.org/wiki/Ibn_Khaldun

      Excluir
  3. Grande FAB, a coisa é complicada!
    Lá tem mais de mil páginas em corpo 12 com espaço 1 1/2 em tabulação de 1,5 cm por margem!
    Isso só estimado!
    É impossível para mim lembrar o que escrevi, e onde, sei que escrevi, mas não sei como, porque, e aonde.
    É um assunto instigante mas evito falar dele, sei bem que o que afirmo é o mais próximo do correto e sei que já tem judeus roubando minhas propostas e escrevendo teses de graduação e até de doutorados, tudo tergiversado e transliterado, plágio total.
    Caro FAB, o preço de ser sui generis é ter que ler nossas propostas sui generis roubadas pelos badalados midiáticos, os judeus. Esse é o método deles se fazerem os gênios, os filósofos, os tais, eles não permitem a divulgação do idealizador da proposta, inclusive com deletações exporáadicas e espúrias, e depois deixam a coisa esfriar e lançam algum lixo narigudo como o "pensador" que criou a proposta dos outros, emplacam, viram bostsellers e fazem conferência e a massa gentia, como só tem olhos para suas religiões e seus mestres maiores continua pastando e chamando lixos RETARDADOS do quilate de einstein e newton de gênios.
    Sei que minhas porpostas são roubadas, mas conto que antes delas serem subtraidas, terei mostrado aos que querem ficar fortes que é possível sim ser livre, mas para isso é fundamental ficar forte, e fortes, todos enxergarão o que proponho em suas próprias mentes, sem precisar ler textos meus ou de quem quer que seja!
    Ficando forte, caro FAB, não vais precisar de meus textos, entenderás tudo como um livro aberto!
    É por isso que a agenda máxima é a de enfraquecimento, é por isso que a agenda farmáfiosa e mérdica são as mais poderosas junto com as agendas armamentistas!
    Só fracos legitimam o estado excremencial que vigora e determina leis "rígidas" e mais severidade em punições dentor do que eles entendem lei: "para os nossos tudo, aos outros, a dureza da lei"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seus textos seriam um bom atalho para tais fortalecimentos, meu amigo. Como os textos do Castañeda e de outros, que foram e ainda são úteis para muitos esclarecimentos e conduções.

      Mas se nem você consegue acessá-los facilmente, irei navegando pelo "Resetando". Grato pela atenção.

      Excluir