Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Anti-câncer

Amigos e amigas.
Completando o post "Máfia médica pró-câncer", quero compartilhar com vocês o início das pesquisas e descobertas nas quais se baseou o Dr. Royal Raymond Rife para construir seu aparelho que eliminava todos os tipos de câncer e que foi obliterado pela supracitada máfia médica.

A contundência das explicações do Dr. Otto simplificam de sobremaneira esse "fantasma invencível" chamado câncer, demonstrando o quão fácil é para a maioria da humanidade compreendê-lo, evitá-lo ou se curar dele. Confiram o trabalho e conclusões desse benemérito da humanidade e, em seguida, acessem o link da primeira linha para ver as belas consequências deles, ocultas da humanidade.
FAB29

3_08_MPF_58-59_Rueckbl_Frg.indd
Dr. Otto Heinrich Warburg
Em 1931, o cientista Otto Heinrich Warburg (1883-1970) recebeu o Prêmio Nobel por descobrir a causa primária de câncer em sua tese "A causa e prevenção do câncer primário". Segundo o Dr. Warburg, o câncer é o resultado de uma dieta antifisiológica e estilo de vida antifisiológico.
Por quê?
O poder antifisiológico (dieta baseada em alimentos acidificantes e sedentarismo) em nosso corpo cria um ambiente de acidez e este, por sua vez, faz com que a expulsão de oxigênio ocorra nas células. Dr. Warburg afirmou:
  • "A falta de oxigênio e a acidose são dois lados da mesma moeda: se você tiver um, você terá o outro";
  • "As substâncias ácidas rejeitam oxigênio; No entanto, as substâncias alcalinas atraem oxigênio";
  • "Privar uma célula de oxigênio por 48 horas pode torná-la cancerosa";
  • "Todas as células normais têm uma exigência absoluta para o oxigênio, mas as células cancerosas podem viver sem oxigênio (esta é uma regra sem exceção)";
  • "Tecidos acídicos são tecidos cancerosos, enquanto que os tecidos saudáveis ​​são alcalinos";
Em seu livro "O metabolismo dos tumores", Dr. Warburg demonstrou que todas as formas de câncer são caracterizadas por duas condições básicas: a acidose e a hipóxia (falta de oxigênio). Ele também descobriu que as células cancerosas são anaeróbias (não respiram oxigênio) e não podem sobreviver na presença de altos níveis de oxigênio. No entanto, elas sobrevivem em glucose, desde que o ambiente seja livre de oxigênio.
Portanto, o câncer seria nada mais do que um mecanismo de defesa de certas células do corpo para se manterem vivas em um ambiente ácido e de falta de oxigênio. As células saudáveis ​​vivem em um meio alcalino e oxigenado, que permite o seu funcionamento normal. Uma vez finalizado o processo de digestão, os alimentos gerarão uma condição de acidez ou alcalinidade no corpo, dependendo da qualidade das proteínas, hidratos de carbono, gorduras, minerais e vitaminas.
Equilíbrio é tudo
O resultado acidificante ou alcalinizante é medido por meio de uma chamada escala de pH, cujos valores estão no intervalo de 0 - 14, sendo 7 um pH neutro. É importante saber como os alimentos ácidos e alcalinos afetam de saúde, já que para as células funcionarem corretamente, o pH adequado deve ser ligeiramente alcalino. Em uma pessoa saudável, o pH do sangue situa-se entre 7,40 e 7,45. Observe que, se o pH do sangue cai abaixo de 7, entra em um estado de coma à beira da morte.
De acordo com o exposto aqui, você pode gerar duas listas de alimentos que acidificam e alcalinizam o corpo. Vejamos os acidificantes:
  •  O açúcar refinado e seus produtos (o pior de todos: não tem proteína, nem gordura, nem vitaminas ou sais minerais; somente hidratos de carbono refinados que estressam o pâncreas. Seu pH é de 2,1, ou seja, é altamente acidificante).
  • Carne (todas).
  • O leite de vaca e todos os seus derivados.
  • Sal refinado.
  • Farinha refinada e todos os derivados (massas, biscoitos, etc.).
  • Produtos de padaria (a maioria contém gorduras saturadas, margarina, sal, açúcar e conservantes).
  • Margarinas.
  • Soda.
  • A cafeína.
  • O álcool.
  • Rapé.
  • Medicamentos.
  • Qualquer alimento cozido (O cozimento elimina oxigênio e deixa o alimento ácido), incluindo legumes cozidos.
  • Tudo o que contém conservantes, corantes, aromatizantes, estabilizantes, etc: todos os alimentos embutidos.
O sangue é constantemente autorregulado para não cair em acidose metabólica, assegurando assim o bom funcionamento das células, a otimização do metabolismo. O corpo deveria obter a partir dos alimentos as bases (minerais) para neutralizar a acidez do sangue do metabolismo, mas todos os alimentos já mencionados contribuem muito pouco e, em troca, o desmineralizam o organismo, especialmente os refinados. Tenha em mente que, no estilo de vida moderno, esses alimentos são consumidos todos os dias do ano.
Alimentos alcalinizantes (saudáveis e favoráveis à vida) 
  • Todos os vegetais crus (alguns são ácidos no corpo, mas tem reação alcalinizante, e  outros são um pouco acidificantes, mas trazem com eles a base necessária para equilíbrio adequado). Os crus fornecem oxigênio, não os cozidos.
  • Frutas, igual aos vegetais, mas, por exemplo, o limão tem um pH de cerca de 2,2, mas dentro do corpo tem um (talvez o mais potente de todos) efeito altamente alcalinizante. Frutas fornecem quantidades saudáveis ​​de oxigênio.
  • Sementes: além de todos os seus benefícios, são altamente alcalinizantes, como as amêndoas.
  • Cereais integrais: O único grão 100%  alcalinizante é painço; todos os outros são um pouco acidificantes, mas muito saudáveis. Todos devem ser consumidos cozinhados.
  • Mel (altamente alcalinizante).
  • A clorofila nas plantas (qualquer planta) é altamente alcalinizante (especialmente aloe vera).
  • A água é importante para o suprimento de oxigênio: "Desidratação crônica é o principal agente estressante e a raiz da maioria das doenças degenerativas", diz Dr. Fereydoon Batmanghelidj.
  • Exercício oxigena todo o seu corpo; o sedentarismo o desgasta.
Dr. George W. Crile, de Cleveland, um dos principais cirurgiões do mundo, declara abertamente: "Todas as mortes mal chamadas “naturais” são apenas o ponto terminal da saturação de ácidos no corpo. Ao contrário do anterior, é completamente impossível para um câncer se proliferar no corpo de uma pessoa que se liberou da sua acidez, nutrindo-se com alimentos que produzem reações metabólicas alcalinas e aumentando o consumo de água pura e, por sua vez, evitou alimentos que causam tais acidezes, cuidando dos elementos tóxicos. Cancro. em geral, não é contagioso ou hereditário. O que se herda são os hábitos nutricionais, ambientais e de estilo de vida que o produzem".
Mencken escreveu: "A vida é a luta contra a retenção de ácido. Envelhecimento, a falta de energia, mau humor e dores de cabeça, doenças cardíacas, alergias, eczema, urticária, asma, arteriosclerose e cálculos são apenas o acúmulo de ácidos".
O Dr. Theodore A. Baroody diz em seu livro "Alkalize or Die!" (Alcalinize ou morra!): "Não importa os incontáveis nomes ​​das doenças. O que importa é que todos elas vêm da mesma causa raiz: muitos resíduos ácidos no corpo".
Dr. Robert O. Young disse: "Acidificação excessiva no organismo é a causa de todas as doenças degenerativas. Quando o equilíbrio é quebrado e o corpo começa a produzir e armazenar mais acidez e resíduos tóxicos que podem ser removidos, em seguida, várias doenças se manifestam”.
E a quimioterapia?
A quimioterapia acidifica o corpo de tal forma que ele deve usar reservas alcalinas para neutralizar imediatamente tanta acidez, sacrificando bases minerais (cálcio, magnésio, potássio) depositadas em ossos, dentes, unhas e cabelo, articulações. É por essa razão que tal degradação é observada em pessoas que recebem este tratamento e, entre muitas outras coisas, têm seus cabelos caindo em alta velocidade. Para o corpo, não significa nada ficar careca, mas um pH ácido significa a morte.
Precisa-se dizer que tudo isto não é divulgado porque as indústrias do câncer e da quimioterapia são das mais bilionárias empresas que existem hoje? Precisa-se dizer que a indústria farmacêutica e a indústria de alimentos são uma única entidade macabra?
Traduzido por mim DAQUI.