Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


segunda-feira, 13 de junho de 2016

Detalhes

Amigos e amigas.
Deus está nos detalhes, mas é o Diabo que se aproveita deles. As sutilezas, subliminaridades, dubiedades, porciúnculas da verdade de um fato, coisinhas que a grande maioria da boiada humana é doutrinada a relevar ou mesmo desprezar, são o cerne da gradual inutilização ou até destruição da mesma. Como uma represa, a massa oligofrênica vai acumulando enganada e enganosamente todos os tipos de venenos (físicos, mentais, emocionais, morais, espirituais) que os supremacistas injetam nela. Alguns desses venenos estão tão intrincados para o povinho que, se forem banidos, é capaz de haver uma revolução armada (vide coca-cola, novela,...).

Resultado de imagem para dioxina e pelo bisfenol
Perigo total e imediato
Nem preciso citar muitos exemplos, pois acredito que vocês tenham certa consciência de grande parte deles. Quero me ater a dois que um amigo do blog destacou e que são conhecidos pelos endocrinologistas. Sobre eles, já foram feitos vários alertas e denúncias, mas nada de prático foi executado pelos governos do mundo. Tudo continua a existir "sem problemas". Refiro-me ao envenenamento das águas pela dioxina e pelo bisfenol contidos em recipientes de plástico. Ambas substâncias são acumulativas no corpo e de difícil eliminação. Somando-se ao constante consumo delas, imaginem o quanto estamos sendo insidiosamente deteriorados e destruídos há décadas.

"A dioxina é um subproduto industrial de certos processos, como produção de cloro, certas técnicas de branqueamento de papel e produção de pesticidas (...) Se você come a carne de um animal que contém muitas dioxinas, elas serão acumuladas no seu corpo (...) o uso de filtro simples de papel para coar café feito com papel branqueado industrialmente, por exemplo, como suficiente para exceder os “níveis aceitáveis” de dioxina por toda uma vida"
(Vejam mais AQUI). Então, pergunto: como você acha que está o nível deste veneno teratogênico (formador de monstros), mutagênico (alterador genético) e carcinogênico (causador de câncer), desregulador do crescimento celular, no seu organismo? Você nunca se perguntou por que a quantidade de N tipos de doenças aumentou exponencialmente neste século XXI? Simples envenenamento gradual e insidioso através da alimentação, principalmente.
Vejam o bisfenol: "O bisfenol A foi sintetizado como estrogênio sintético pela primeira vez em 1891, na Rússia (...) Em 1930, voltou a ter suas propriedades investigadas e, em 1950, fez seu retorno aplicado em policarbonatos usados para fabricar garrafas plásticas e para revestir o interior de latas de refrigerante. (...) O BPA é uma molécula muito instável e pode migrar dos produtos para os alimentos apenas com mudanças de temperatura ou danos à embalagem (...) Portanto, o leite da criança pode ser contaminado, por exemplo, quando uma mamadeira feita de plástico com BPA é levada ao microondas" (Vejam mais AQUI).
Pergunto: o que dizer de uma substância que nos envenena desde os verdes anos e pode levar a pessoa à infertilidade? No homem, pode reduzir sua produção de esperma e causar câncer de próstata. Na mulher, causar câncer de mama. Em ambos, pode acarretar obesidade por alteração do mecanismo celular e da tireóide, além de interferir no sistema imunológico.

E tudo isso provém de apenas DOIS produtos que se tornaram criminosamente onipresentes em nossas vidas. Entendem porque existe água mineral que é envasada em vidro? A "pobraiada" chama de frescura por achar "cara e sem necessidade", mas ela é 100% íntegra e saudável. Só para ricos. Sempre repetindo que há centenas de outros venenos que nos são insidiosa e indiscriminadamente enfiados goela abaixo. Como podemos continuar aceitando bovinamente tanta sordidez? Pensar que os supremacistas sabem e financiam tudo isso e mais um pouco contra a humanidade para mantê-la fragilizada, além de usá-la como cobaia (qualquer coisa que funcione comprovadamente com ela, eles retiram do mercado e deixam uma nulidade no lugar), é de se horrorizar e se enfurecer. Mas quase toda a boiada está bem doutrinada a se manter apascentada com toneladas de lixo.

E vejam vocês o quanto estamos ferrados nesta vida! Não bastassem esses envenenamentos via alimentação, nos últimos anos, temos os maciços ataques com rastros químicos, que envenenam ar, água e terra, maximizando doenças respiratórias, alergias e dermatites, limitando a evolução, o progresso, e confinando ainda mais a população numa concha de temor quase hermética (apesar da maioria dela não crer neles, basta um mínimo de observação. Confiram no link da legenda ao lado o nível de tergiversação que existe sobre o assunto).

Finalizo com uma frase de pobre e pobre em qualquer sentido: "Se formos analisar tudo o que consumimos hoje em dia, vamos ter que parar de comer. Não tem jeito!"

Tem jeito sim! Há salvação, mas "Falta cultura pra cuspir na estrutura!" (Raul Seixas). Além de um bocado de disciplina, perseverança, hombridade, temperança, obstinação, sacrifício, vergonha na cara,...!
FAB29