Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Desmasculinização

Amigos e amigas.
O processo de degeneração da humanidade segue a passos firmes e tácitos há muitas décadas. Além dos desvirtuamentos mental, moral e espiritual através da prostituição das Artes, do envilecimento do Ensino, das algaravias midiáticas, da desagregação familiar, da desunião emocional e religiosa, etc, temos a deterioração física.

A alimentação é o cerne da boa saúde ('Somos aquilo que comemos') e esses aumentos brutais dos problemas de saúde da humanidade em todos os níveis que temos visto e sentido nas últimas décadas devem-se quase exclusivamente à poluição alimentar (maximizada pela "máfia mérdica e seus remérdios", como diz um amigo): corantes, anabolizantes, agrotóxicos, etc, químicas em geral onipresentes na "alimerdação" do povinho.

Um desses venenos silenciosos é o Bisfenol A, presente nos plásticos de embalagens de alimentos. As simples alterações das temperaturas fazem com que ele seja liberado constante e microscopicamente nas comidas e bebidas, funcionando como um desregulador endócrino, especialmente na feminilização. Vejam mais aqui

Vejam abaixo um exemplo desse sórdido esquema de degradação planejada e levada a cabo pelos 'Senhores do Mundo' no intuito de submeter cada vez mais seus escravos a uma vida de nenhures. Extraído daqui.
FAB29

Resultado de imagem para feminização masculina
Entre 1973 e 2011, o número de espermatozóides por mililitro de esperma caiu 52,4% em homens de países ocidentais, diz o estudo. O total de células reprodutivas masculinas por ejaculação registrou um declínio ainda maior no mesmo período: 59,3%.

Os níveis de testosterona também vêm caindo assustadoramente nos homens de hoje em dia. As altas doses de hormônios femininos estrógeno e progesterona diminuem os níveis do hormônio masculino testosterona, que é responsável pelo desenvolvimento e manutenção das características físicas e sexuais do homem.

Os homens estão com níveis cada vez mais altos de hormônios femininos, e isso afeta até mesmo o desenvolvimento do pênis. Esses hormônios estão sendo encontrados nos alimentos que consumimos diariamente em nossa sociedade moderna, inclusive na água.

Veja algumas das mudanças que os hormônios femininos podem causar no organismo masculino:

-Diminuição do número de espermatozoide, chegando à esterilidade completa;
-Impotência sexual;
-Redução do tamanho do pênis e dos testículos;
-Aumento gradual das mamas;
-Acúmulo de gordura nos quadris, coxas e nádegas;
-Crescimento mais lento dos pelos do corpo, que podem ainda ficar mais claros ou menos intensos;
-Perda de massa muscular;
-Ganho de peso e maior dificuldade para emagrecer;
-Clareamento da pele, que também fica mais fina;
-Alterações nos odores corporais;
-Desequilíbrio emocional, com amplificação das emoções;
-Os homens também possuem progesterona e estrogênio no corpo, mas em quantidades muito inferiores às mulheres. No sexo masculino, esses hormônios são derivados de outros hormônios, como a testosterona e a androstenediona.

Portanto, níveis elevados desses hormônios femininos no homem podem provocar efeitos feminilizantes.

E esse excesso de hormônios também está afetando as mulheres.

Está bem claro que nos últimos anos, enquanto os homens estão ficando cada vez mais afeminados, as mulheres estão desenvolvendo características femininas mais precocemente, como aumento dos seios e bunda. É comum hoje em dia ver garotas de 13, 14 anos com aparência de 18, 19. Isso acontece pelo excesso de estrogênio que também está afetando as mulheres. Em breve veremos garotas de 9, 10 anos, com características de mulheres de 20, tanto biologicamente, devido ao excesso de hormônios femininos no corpo, quanto psicologicamente, devido ao fácil acesso a qualquer tipo de informação que a internet dispõe nos tempos modernos, inclusive as que deveriam ser restritas apenas aos adultos. E claro, também devido a sexualização precoce que vemos hoje em dia [a lascívia cevada pela mídia].

Nas últimas duas décadas, os níveis de testosterona caíram bastante, segundo alguns estudos. Um deles, feito com mais de 1.500 homens entre 1987 e 2004, constatou que os machos de hoje têm 22% menos testosterona do que os de duas décadas atrás.

Segundo os pesquisadores, do New England Research Institute, nos EUA, o declínio dos índices não está relacionado com a idade dos participantes da pesquisa; a queda foi generalizada.

Como se não fosse o bastante, a cultura e os valores masculinos estão sendo brutalmente atacados pelos militantes modernos de esquerda. Existe uma engenharia social em funcionamento que bagunça a cabeça das pessoas quanto a noção do próprio gênero, auxiliando a causa do crescimento constante do número de homossexuais e bissexuais em nossa sociedade.

A parcela homossexual da população brasileira é estimada em cerca de 17,9 milhões de pessoas!

Seria o aumento dos hormônios femininos nos homens a causa do crescimento no número de homossexuais? Será que o ataque psicológico por si só está emasculando o homem moderno? Como será a próxima geração de homens?