Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Devemos rir ?

Amigos e amigas.
Recebi há um bom tempo uma lista de tipos de assassinatos e outros "exotismos" que 'testemunhas' afirmam ter ocorrido durante a 2ª Guerra Mundial.

São coisas deste tipo que sempre me farão questionar qualquer coisa sem me preocupar de ser tachado de racista, nazista, talmudista ou qualquer "ista".

Leiam-na abaixo e vejam se várias não são risíveis (no mínimo).
FAB29

Assassinatos (e afins) na 2ª Guerra
  1. - Gêiseres de sangue a partir das covas coletivas; confirmado por testemunhas famosas como Elie Wiesel, Adolf Eichmann e Adalbert Rückerl, diretor da central para esclarecimento dos crimes nacional-socialistas, passou-a para frente, assim como o tribunal do processo sobre Auschwitz, em Frankfurt.
  2. Covas coletivas explodiam, segundo Eichmann.
  3. - Barril para banho com ácido ou água fervente para a obtenção de esqueleto humano; Filip Müller afirmou isto sobre Auschwitz.
  4. Injeções nos olhos dos detentos para alteração da cor dos olhos; Hermann Langbein espalhou isso sobre Auschwitz.
  5. - Extração de gordura fervente das incinerações a céu aberto; sobre isso relataram R. Höß, H. Tauber, F. Müller e espalhado por Langbein.
  6. Um homem das SS pula no último segundo junto com uma desconhecida mãe e seu filho, por pura compaixão, para morrer com eles na câmara de gás; essa história vem de Emmi Bonhoeffer.
  7. - Fabricação de sabão a partir da gordura humana. Afirmado por Simon Wiesenthal e pelo juiz da SS Konrad Morgen.
  8. Genocídio subterrâneo em enormes galpões através de alta tensão; as famosas histórias de S. Szende sobre Belzec, semelhante também com aquelas de S. Wiesenthal assim como foi afirmado em Nuremberg para Bergen-Belsen (!).
  9. - Assassinato em câmaras de vácuo ou em vapor d’água e gás clorídrico; diversas testemunhas e “relatórios” sobre o campo de Treblinka.
  10. Eliminação (sem rastros) de covas coletivas com milhares de cadáveres em poucas semanas; isso é alegado por muitas testemunhas e “relatórios” para praticamente todos os supostos locais das matanças pelos alemães.
  11. - Câmara de gás móvel em Treblinka, a qual esvaziava suas vítimas diretamente nas valas de incineração; afirmado pela resistência polonesa e levado a sério pelo historiador do Holocausto P. Longerich.
  12. Gás letal com ação retardada que possibilitava suas vítimas a deixarem a câmara de gás e irem por si só até as covas coletivas; afirmado pela resistência polonesa e levado a sério pelo historiador do Holocausto P. Longerich.
  13. - Execuções em uma linha de produção eletrificada; assim o Prawda anunciou após a libertação de Auschwitz (2/2/1945).
  14. Incineração de cadáveres em Altos-Fornos. Esse rumor foi espalhado pelo membro da resistência, o alemão H. von Moltke durante a guerra e depois o Prawda, levado a sério pelo historiador do Holocausto P. Longerich.
  15. - Corrida de bicicletas da SS na câmara de gás de Birkenau; segundo Notícias de Nuremberg, citando uma testemunha.
  16. Eliminação de cadáveres através de explosão; testemunho de Rudolf Höß obtido sob tortura e levado a sério pelo promotor A. Rückerl e Helge Grabitz.
  17. - Canto do hino nacional e da Internacional comunista pelas vítimas nas câmaras de gás; F. Müller assim como as declarações citadas por H.G. Adler, H. Langbein e E. Lingens-Reiner.
  18. Enchimento das bocas das vítimas com cimento, para evitar que cantassem canções patrióticas ou comunistas; afirmado em Nuremberg.
  19. - Jovem de 12 anos profere na câmara de gás, antes do gaseamento, um discurso impressionante e heróico diante das outras crianças; segundo afirmação de F. Friedman.
  20. Casinhas para gaseamento de rápida construção, para que os judeus fugitivos pudessem ser imediatamente gaseados após a recaptura; Adolf Eichmann relatou isso após tratamento especial através de seus carrascos israelenses.
  21. - Assassinato através da ingestão de um copo de ácido cianídrico líquido (ácido cianídrico não é encontrado como substância que possa ser despejada como líquido em um copo; além disso, ele evapora muito rápido, o que colocaria em perigo as pessoas do entorno); Veredicto do Tribunal de Hannover, segundo Heiner Lichtenstein.
  22. Os músculos retirados das pernas dos detentos executados tremiam tanto, que o reservatório onde estavam balançava muito; este absurdo anatômico e físico foi espalhado por F. Müller.
  23. - Encanamento para introdução do Zyklon-B nas câmaras de gás de Auschwitz e outros lugares através de chuveiros ou garrafas de aço; relatório da comissão de Dachau e Auschwitz assim como segundo historiador Wolfgang Benz.
  24. Enchimento total de um detento com água, até que ele explodisse. [#1038]
  25. - Criança sobrevive a seis gaseamentos na câmara de gás de Bergen-Belsen (que comprovadamente nunca existiu); reportado por Moshe Peer a um jornal canadense.
  26. Mulher sobrevive a três gaseamentos, porque os nazistas não mantinham o gaseamento constante; testemunhos relatados no mesmo jornal canadense, também afirmado pelo político britânico Michael Howard. [#1039]
  27. - Lendas sobre ursos e águias em uma gaiola, que comiam um judeu diariamente; declaração sobre o Campo de Buchenwald.
  28. Fabricação de lingüiça no crematório a partir da carne humana pela SS (“RIW” – “Reine Juden Wurst”: Pura lingüiça judia?); afirmado por David Olère, o pintor fantasioso de Auschwitz.
  29. - Abajures, capas de livros, luvas, selas, calças de equitação, sapatos, bolsas femininas... de pele humana; afirmado em Nuremberg e novamente durante o processo contra Ilse Koch.
  30. Quadros pornográficos em tela de pintura feitos com pele humana; da mesma forma afirmado em Nuremberg.
  31. - Dedões humanos mumificados foram usados por Ilse Koch como interruptores elétricos; testemunhos divulgados pelo New York Times.
  32. Pai SS joga bebês para o ar e atira neles como se o fizessem com pombos, enquanto a filha de 9 anos aplaude e grita: “Papa, mais uma vez, mais uma vez, Papa!”; afirmado em Nuremberg.
  33. - Juventude hitlerista usa crianças judias como treinamento de tiro; afirmado em Nuremberg.  
  34. Vagões de trem desaparecem numa rampa no crematório subterrâneo de Auschwitz; segundo o juiz da SS Konrad Morgen, citado pela historiadora polonesa de Auschwitz, Danuta Czech.
  35. - Prisioneiros foram forçados, limpar a escada lambendo-a e juntar o lixo com a língua; afirmado em Nuremberg.
  36. Mulheres foram inseminadas artificialmente em Auschwitz e, então, gaseadas; afirmado em Nuremberg. 
  37. - Tortura de detentos com uma “caixa de torturas” especial, fabricadas em série pela Krupp; afirmado em Nuremberg.
  38. Tortura de detentos, onde balas de madeira foram disparadas contra eles para que os forçassem a falar; segundo o Congresso Mundial Judaico.
  39. - Espancamento de detentos através de uma máquina especial para espancamento; afirmado em Nuremberg.
  40. Assassinato de detentos com limonada envenenada; afirmado em Nuremberg.
  41. - Assassinato através da queda de árvores: forçava-se as vítimas a subir nas árvores, e então deixavam-na cair; afirmado em Nuremberg e por Eugene Kogon.
  42. Assassinato de jovens através da alimentação forçada de areia; Rudolf Reder, levado a sério pelo historiador do Holocausto Martin Gilbert.
  43. - Gaseamento de prisioneiros de guerra soviéticos em uma pedreira; afirmado em Nuremberg.
  44. Prisioneiros foram, primeiro, espancados até a morte, e, então, autopsiados para descobrir a causa da morte; afirmado em Nuremberg.
  45. - Moagem de crânio através de máquina a pedal para destruir crânios, acompanhado de programação radiofônica; afirmado em Nuremberg.
  46. 840 mil prisioneiros de guerra soviéticos assassinados em Sachsenhausen e queimados em quatro crematórios móveis; afirmado em Nuremberg.
  47. - Extermínio instantâneo de 20.000 judeus na Silésia através da detonação de uma bomba atômica; afirmado em Nuremberg.

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Desproporcionalidades

Amigos e amigas.
A cada dia, o abismo de desproporções humanas é alargado e aprofundado. Cada vez mais, um número maior de miseráveis e oligofrênicos sustenta uma casta parasítica que lenta e inexoravelmente se enraizou no âmago da humanidade.

Procurei abaixo dar minha visão resumida da vida que levamos, que prima pelas injustiças, restrições, desavenças, isolamento, tudo constante e devidamente financiado pelos supremacistas para nos manter "ocupados" mental, emocional e espiritualmente e limitados em todo o resto.

Mas o maior dos crimes foi e sempre será a passividade da boiada humana ante a seus algozes.

A proporção "1 para 10" que utilizei serve apenas de padronização e uniformização de idéias. Cada qual que a adapte ao seu bel prazer, de acordo com sua idiossincrasia.
FAB29

DESPROPORCIONALIDADES
De cada dez palavras que ouço, uma vem do coração. Nove vêm da língua.

De cada dez atitudes que vejo, uma é construtiva e procedente. Nove nada acrescentam ou são nocivas.

De cada dez sorrisos exibidos, um é espontâneo. Nove são disfarces.

Imagem relacionada
Supra sumo
De cada dez risadas que ecoam, uma é visceral. Nove são guturais.

De cada dez olhares que vislumbro, um é claro e objetivo. Nove são perdidos, desconfiados, maliciosos,...

De cada dez coisas que aprendemos, uma condiz com a verdade. Nove são algaravias.


De cada dez opiniões que se dá, uma é própria, original. Nove são repetições condicionadas.

De cada dez relações que temos, uma marca pelo bem querer. Nove se diluem em dissabores.

De cada dez entretenimentos oferecidos, um sacia nossas necessidades. Nove pervertem e viciam.

Resultado de imagem para rave
Superfluidades
De cada dez alimentos que são produzidos, um é nutriente saudável. Nove são lixos disfarçados.

De cada dez medicamentos que ingerimos, um estimula a cura. Nove minimizam os sintomas com efeitos colaterais.

De cada dez imagens de pessoas, uma exprime o brilho da alma. Nove se resumem à maquiagem.

Resultado de imagem para drag queen
Superfícies
De cada dez pessoas que juram o amor, uma o sente profundamente e o vive. Nove se perdem na carne.

De cada dez pessoas que afirmam sentir a felicidade, uma é sólida. Nove são fogos-fátuos.

De cada dez pessoas que procuram a satisfação, uma a descobre nas mínimas coisas. Nove se afundam no fosso do ego.

De cada dez minutos de nossas vidas, um é próprio. Nove nos são desapropriados.

De cada dez dias de trabalho, um nos permite sobreviver. Nove sustentam nossos parasitas.
Imagem relacionada
Dentro da agenda
De cada dez informações veiculadas, uma é realidade. Nove são para criar pânico e dominar a boiada.

De cada dez leis vigentes, uma faz justiça ao cidadão de bem. Nove o cercam, limitam, tolhem, castram,...

De cada dez inventos e descobertas, um é liberado à humanidade. Nove são exclusividades da elite parasítica.

E, nessa toada de alienação e comodismo, sobreviva quem e como puder.

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Assim falou o Barão.

Amigos e amigas.
Aparício Torelly foi um jornalista que sempre primou pela acidez, mordacidade, visão crítica, universalidade e consciência, nunca perdendo o bom humor.

Suas frases jamais deixarão a contemporaneidade porque refletem a essência do bom ser humano, o anti-politicamente correto.

Vejam os exemplos abaixo de sua rascante genialidade.
FAB29

FRASES DO BARÃO DE ITARARÉ
Resultado de imagem para barão de itararé

*  De onde menos se espera, daí é que não sai nada.

*  Quem empresta, adeus.

*  Dizes-me com quem andas e eu te direi se vou contigo.

*  Pobre, quando mete a mão no bolso, só tira os cinco dedos.

*  Um bom jornalista é um sujeito que esvazia totalmente a cabeça para o dono do jornal encher nababescamente a barriga.

* Voto deve ser rigorosamente secreto. Só assim, afinal, o eleitor não terá vergonha de votar no seu candidato.

* Negociata é todo bom negócio para o qual não fomos convidados.

* A televisão é a maior maravilha da ciência a serviço da imbecilidade humana.


Resultado de imagem para televisão imbecilidade
Irreversível ?

* A forca é o mais desagradável dos instrumentos de corda.

* Tudo seria fácil se não fossem as dificuldades.

* Sábio é o homem que chega a ter consciência da sua ignorância.

* É mais fácil sustentar dez filhos que um vício.

* A esperança é o pão sem manteiga dos desgraçados.

* Adolescência é a idade em que o jovem se recusa a acreditar que um dia ficará chato como o pai.
Imagem relacionada
Nem aí.
* Advogado, segundo Brougham, é um cavalheiro que põe os nossos bens a salvo dos nossos inimigos, mas não diz onde os guardou.

*Senso de humor é o sentimento que faz você rir daquilo que o deixaria louco de raiva se acontecesse com você.

*A criança diz o que faz, o velho diz o que fez e o idiota, o que vai fazer.

*O BRASIL é feito por NÓS. Só falta desatá-los.
Resultado de imagem para Nós
Desatáveis ?
*A gente leva da vida a vida que levamos.

*O tambor faz muito barulho, mas é vazio por dentro.

*Quanto mais conheço os homens, mais gosto das mulheres.

*Os vivos são e serão sempre, cada vez mais, governados pelos mais vivos.

*Todo homem que se vende recebe mais do que vale.

*Tudo é relativo: o tempo que dura um minuto depende de que lado da porta do banheiro você está.

Resultado de imagem para apertado banheiro
Uma eternidade.
*Devo tanto que, se eu chamar alguém de "meu bem", o banco toma!

*Viva cada dia como se fosse o último. Um dia, você acerta."

*Quem inventou o trabalho não tinha o que fazer.

*Tempo é dinheiro. Vamos, então, fazer a experiência de pagar as nossas dívidas com o tempo.

*Se você tem dívida, não se preocupe, porque as preocupações não pagam as dívidas. Nesse caso, o melhor é deixar que o credor se preocupe por você.

*O homem é um animal que pensa; a mulher, um animal que pensa o contrário. O homem é uma máquina que fala; a mulher é uma máquina que dá o que falar.

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Escravidão querida

Resultado de imagem para huxley
Aldous Huxley
Amigos e amigas.
"A ditadura perfeita terá a aparência da democracia, uma prisão sem muros na qual os prisioneiros não sonharão sequer com a fuga. Um sistema de escravatura onde, graças ao consumo e ao divertimento, os escravos terão amor à sua escravidão."

A profética e eternal frase de Huxley está às portas da hegemonia. Brevemente, nada escapará dela, como tanto querem e para tanto trabalham os grandes parasitas. O texto abaixo discorre sobre essa escravidão querida e consentida pela boiada humana. Uma reflexão simples e clara da extrema miséria moral, espiritual e cognitiva que espreita a humanidade, mas que não é vista como tal por esta. Extraído daqui.
FAB29

Saramago já nos advertia que estamos cegos da razão. Talvez seja o nosso ego, sempre inflado e se achando o dono do pedaço. Talvez seja pela nossa incessante incapacidade para amar. Podemos dizer que essa cegueira se alastra em função da facilidade. É sempre mais fácil andar sem olhar para o lado. Sem olhar para nós mesmos. Sem olhar para o que somos ou nos tornamos.
Cegos que somos, seguimos a doutrina da sociedade de consumo. Condicionados como bons soldados, não recusamos a missão de esvaziar um Shopping Center. Aprendemos desde cedo, que como partes do todo, devemos manter a ordem e, assim, não devemos transgredir as leis de ouro que tornam a sociedade contemporânea um reino de “felicidade”.
O sistema hegemônico, através da mídia, não nos deixa esquecer a importância de manter o sistema funcionando harmonicamente, e de que como ele é um bom senhor, devemos-lhes obediência e servidão. Servidão esta, construída por meio de chicotes ou força física? Não. Ora, se somos seres desejantes, então, nada melhor do que usar a mídia para nos seduzir.
Somos seduzidos pela promessa de felicidade escondida atrás do consumismo. Somos tentados por todos os sorrisos espalhados nas propagandas. Somos condicionados a acreditar que "a felicidade só me é possível se, e somente se, tenho condições de participar da orgia do consumo".

Imagem relacionada
Sendo assim, somos ludibriados por um sistema que nos entorpece e nos torna míopes que só enxergam a realidade pelos óculos que lhes são oferecidos. Tornamo-nos, dessa forma, servos voluntários do sistema, pois embora livres, nos permitimos condicionar e obedecê-lo. Sem espaço para a crítica ou autorreflexão, somos apenas reprodutores de uma cultura aprisionadora que qualifica como tolice qualquer prazer fora do consumo.
Imaginem que tolice, permitir que as pessoas se dedicassem a jogos complicados que não contribuíam em nada para o consumo. Atualmente, os Administradores não aprovam nenhum jogo novo, salvo se, se demonstrar que ele necessita, pelo menos, de tantos acessórios quanto o mais complicado dos jogos existentes.
A felicidade, portanto, deve ser comprada, aliás, somente existe se for comprada. Não há espaço para as coisas simples, para o que é “gratuito”. Para que possamos ser felizes e ter prazer, precisamos inexoravelmente consumir. Essa é a servidão voluntária através do consumo, não pela violência ou coerção, mas pela sedução e erotismo produzido nas relações de consumo.
Devidamente seduzidos pelo mercado, não conseguimos sair das suas entranhas. Não precisamos. Tudo é mercadoria. Ouvimos o tempo inteiro a voz do mercado, com seus alto-falantes que denunciam qualquer ato de “tolice” e nos lembram incessantemente a necessidade vital de consumir, pois como bem atenta Huxley:
 “Sessenta e duas mil repetições fazem uma verdade.
Todos esses mecanismos de controle social escondem um autoritarismo com o qual nos acostumamos e aceitamos, pela indisposição em ser mais que um pacote de biscoitos e um par de sapatos. Preferimos estar cegos e condicionados que se opor ao sistema. Estamos, assim, mais que cegos da razão, estamos, como diz Bauman, em uma cegueira moral.
Somos subservientes a um sistema que racionaliza as emoções e que transforma a vida em uma longa linha de produção, de modo que não existe outro caminho a uma vida prazerosa sem passar por ela. Somos cegos admirando os caminhos líquidos de um mundo novo.
O admiramos, pois fomos seduzidos pelo encanto e enlace erótico de um mundo que me permite ser um novo a cada dia, em que não se precisa de laços e que, portanto, cada um é um fim em si mesmo. Somos servos voluntários, pois nós mesmos nos fazemos dominar. Entretanto, esquecemos que esse sistema hegemônico através da sedução que nos domina, mantém o status quo de opressão e escravidão.
Como diz Bauman: A vida desejada tende a ser a vida vista na TV. Mas, a vida vai além de padrões de comportamento, de cartilhas, senhas e números. Vai além de escravidão e dominação. Vai além de reproduzir as verdades da mídia. Vai além de um cartão sem limites. Vai além de algumas polegadas. Ainda que para enxergar esse além, seja preciso coragem para sair do cinema e visitar a própria vida.

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Isto é a Vida.

Amigos e amigas.
Começando 2018 com uma reflexão sobre cada sagrado segundo chamado vida.

Vejo a vida como a partida que nos conduz a um tempo melhor (depende de cada um). Tudo o que faço é um mero pedaço de um plano inserido num plano muito maior. Busco sempre aprender a viver (sem reservas) a música da Criação.

Minha maior alegria é o dia que surge bem claro de uma noite invernal. Em seu calor, minhas dores se dissipam e posso sair à busca do meu ideal. Esse momento é o sustento que nutre minhas esperanças que sempre se fazem ser.

Imagem relacionada
Invencível, mas tem de ser.
Nossa jornada é uma estrada infinita e não temos como vencê-la. Mas não permitamos que tal frio desafio nos faça termos medo de seguir em frente. Nunca esmorecer e agradecer ao destino por tudo o que houver de verdadeiro valor.

Apesar de haver instantes de luz fulgurantes, é certo que reinam as trevas sem fim. Apesar de indistintos, sempre sinto que há horizontes que podem se abrir diante de nós. Desfaça de seu peito todo o desalento que um dia tenha vivido.

Para o meu coração, vida tem de ser um caminho repleto de amor, um mundo de paz, junto a todos aqueles que me querem bem. Esta é a eterna busca.

Felicidades, saúde e sorte a todos os que fizerem por as merecer.
FAB29