Quando a alma deseja

A PALAVRA SÓ É LIVRE QUANDO FLUI PARA DENTRO DA MENTE, DO CORAÇÃO E DA
ALMA SEM RANCORES, DISTORÇÕES E FALSIDADES.

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.

Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.

Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos.

Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.

Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.

Mas, depois de muita análise e observação, se você vir que algo concorda com a razão

e conduz ao bem e ao beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Sidarta Gautama (Buda)


sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Às escâncaras !

Amigos e amigas.
Há muito, vivemos o abuso de todos os tipos de iniquidades, o escancarar do tripúdio, do escárnio, do desprezo, aliados à passividade das massas e sua aversão em abandonar seu comodismo.

Nossos feitores supremacistas encontram-se tão confortáveis que se dão ao desplante de abrir o jogo de N maneiras em qualquer esfera e nada dos seus escravos mostrarem uma mínima reação de repúdio ou revolta. Não raro, apoiam e defendem tais parasitas.

Caso o povinho reaja, acionam suas mídias e sacam de seus bolsos uma gama de contra-ataques de amenizações, especialmente com seus "especialistas de m&#%@ nenhuma" que propalam qualquer tipo de lixo que seus donos ordenam. E a boiada, satisfeita, agradece: "MUUUU...!!"

Resultado de imagem para acordo do jucá
E cadê o Jucá ? É o líder temerário no Senado
Nossa política atual é o mais brutal exemplo disso que explicitei. O já antológico "Acordo do Jucá, com Supremo e tudo" garantiu a blindagem de todas as piores excrescências possíveis perpetradas pelas elites governamentais, empresariais e togadas. Retiraram sem nenhum motivo cabal uma presidente legitimamente eleita; a substituíram por um mais podre que carniça, que trabalha sem pejos para homologar a escravatura; convocaram um juiz comprometido e parcial para encabeçar a condenação do mentor da presidente deposta e de seus generais (também sem provas cabais, claro) e livrar os golpistas. Paralelamente, a já descarada bandalheira de desvios, propinas, compras-e-vendas de apoio, negociatas, etc, aumentou exponencialmente para manter o desgoverno temerário. Tudo e bem mais com o beneplácito da turba oligofrênica, os capachos paneleiros.

A foto abaixo tirada há cerca de um mês no Vale do Anhangabaú mostra o tamanho das consequências da miserabilidade que se instalou no país. Num "feirão" oferecendo 1800 vagas, mais de 6 mil se aglomeraram para tentar garantir alguma migalha de sub-emprego.

Resultado de imagem para desemprego anhangabaú
Cidade de São Paulo, julho de 2018

Na Europa, as coisas não são nada mais suaves devido à nefasta e secular campanha sionista/talmúdica/khazariana de exterminar a raça branca e o Catolicismo. A maior e mais contundente da atualidade é o investimento maciço na imigração em massa e na miscigenação de brancos com africanos e semitas (todos muçulmanos, em essência) que criam convulsões culturais, religiosas, étnicas, sociais e todas as degradações advindas delas. E os desgovernos fantoches (merkel, may, macron,...), alavancados e financiados por esses supremacistas e protegidos por suas mídias, fazem todo tipo de blindagem a esse estado degenerado. E o povinho europeu, mesmo com todo seu orgulho e pompa, sequer faz "MUUUUUUU !!"

Vê-se abaixo o mais sórdido exemplo do preposto. O embotamento da pureza das culturas, tradições e ensinamentos desde os verdes anos de sua formação intelectual, emocional e espiritual nesse amálgama humano. Notem, porém, que é especificamente na Europa.
Multiculturalismo, sim! Na Europa.
Poderia novamente falar da fraude do "aquecimento global", da sordidez dos "rastros químicos", das mentiras "nasistas", das impossibilidades "holocáusticas",... Mas prefiro me limitar aos links (em vermelho), caso queiram exemplos da veracidade desta postagem.

Enfim, nada se salva ! A humanidade antecipada por Huxley está quase no ponto certo desejado pelos seus donos. Logo, o 1º Mandamento das Pedras da Geórgia poderá ser executado sem que seus escravos se horrorizem. Restar-nos-á o conformismo com o mundo do super sionista Steven Spielberg ("Ficção é mais eficaz que documentário") e escolher um lugar para nos apascentar, onde tudo poderá parecer um "País das Maravilhas". Seguem alguns para ajudá-los a, quem sabe, serem felizes.
FAB29